Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Pfizer monta operação para entrega de mais 17 milhões de doses da vacina até 22 de agosto
Foto: Divulgação

Uma megaoperação para entregas da vacina contra Covid-19 ao Brasil foi anunciada pela Pfizer nesta segunda-feira (2). A previsão da farmacêutica é de entregar mais 17 milhões de doses até o dia 22 de agosto, em 17 voos saindo de Miami, nos Estados Unidos, com destino ao Aeroporto de Viracopos, em Campinas.

 

A primeira remessa está prevista para esta terça-feira (3). Serão um milhão de doses da vacina. Esse representa o 36º lote entregue pela farmacêutica ao país.

 

No domingo (1º), a companhia fez duas entregas e completou os 13 milhões de doses que havia anunciado até o início de agosto.

 

A empresa já entregou 30,1 milhões de 200 milhões de doses de imunizantes contratados pelo governo federal.

Casos ativos da Covid-19 chegam ao 10º dia consecutivo de queda na Bahia
Foto: Paula Fróes / GOVBA

Os casos ativos da Covid-19 chegaram ao 10º dia consecutivo de queda na Bahia, conforme dados publicados diariamente em boletim epidemiológico pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab). Do dia 22 de julho até esta segunda-feira (2), o número de contaminados foi diminuindo regularmente, de 9.408 para 5.118, a menor quantidade desde o dia 5 de janeiro.

 

Nas últimas 24 horas, o estado confirmou 638 novas contaminações pelo novo coronavírus e 26 mortes em decorrência da infecção. No acumulado desde o início da pandemia, a Sesab registra 1.194.954 casos confirmados da Covid-19 e 25.785 óbitos pela doença.

 

A taxa de ocupação das unidades de terapia intensiva (UTI) reservados para adultos com Covid-19 no estado é de 51%, enquanto o percentual de leitos clínicos ocupados, com pacientes de casos mais leves da doença, é de 30%.

Salvador cai para 4ª posição entre cidades da Bahia em número de casos ativos da Covid
Foto: Divulgação/Sesab

Depois de passar meses da pandemia da Covid-19 com os números mais altos de casos ativos da Covid-19 entre os municípios da Bahia, Salvador caiu para a 4ª posição nesse ranking neste domingo (1º).

 

A capital baiana foi ultrapassada por Itabuna, Vitória da Conquista e Eunápolis no que se refere a pessoas ainda doentes ou em tratamento da Covid-19.

 

A informação consta no boletim da Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab).

 

O documento mostra que Itabuna, no Litoral Sul do estado, lidera em número de casos ativos com 220 ocorrências. Em segundo lugar está Vitória da Conquista, no Sudoeste baiano, e seus 214 casos.

 

Eunápolis, na Costa do Descobrimento, tem 175 registros e é terceira cidade baiana com mais casos ativos da Covid-19.

Fonte: Sesab

Salvador prorroga recadastramento do cartão SUS, essencial para vacina contra a Covid-19
Foto: Priscila Melo / Bahia Notícias

Necessário para a vacinação contra a Covid-19, o recadastramento no Sistema Único de Saúde (SUS) está aberto em Salvador e teve o prazo prorrogado até 31 de agosto.

 

É possível realizar o recadastramento online através de um computador, celular ou tablet com acesso a internet no site da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) (clique aqui para fazer o recadastramento).

 

A atualização cadastral é exigida para a vacinação contra a Covid-19. Aquelas pessoas com a situação regularizada entram na lista de elegíveis para a aplicação das doses do imunizante da SMS.

 

Antes de se direcionar a um posto de imunização, o cidadão deve conferir se o nome consta na lista da SMS. Caso não conste, deve fazer o recadastramento e aguardar a atualização da lista.

Em um mês, Salvador desativou 431 leitos Covid e ainda assim reduziu taxas de ocupação
Foto: Carol Garcia/GOVBA

Salvador começou agosto com 431 leitos exclusivos para Covid-19 a menos do que tinha no início do mês anterior. Ainda assim, as taxas de ocupação na capital baiana são melhores do que há um mês, o que sinaliza para uma melhora da crise sanitária na cidade.

 

Os boletins da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) mostram que em 1º de julho Salvador tinha um total de 1.547 leitos destinados ao tratamento da Covid-19, sendo que destes 779 eram de UTI adulto. Já neste domingo (1º) o documento informava que a cidade tinha 1.116 leitos, sendo 569 de tratamento intensivo adulto.

 

Em relação a ocupação dessas vagas hospitalares, a taxa passou de 61% no total de leitos e 69% em UTI s adulto, para 40% ocupação geral neste domingo e 46% em UTI adulto.

 

Na semana passada a Sesab sinalizou que a cidade de Vitória da Conquista, no Sudoeste Baiano, ultrapassou Salvador no número de casos ativos da Covid-19. Na sexta-feira (30), a  a capital registrou 229 casos, enquanto Conquista encerrou o dia com 235 pacientes que ainda estavam tratando a doença (leia mais aqui).

Segunda, 02 de Agosto de 2021 - 12:20

Bahia fecha 405 leitos exclusivos para Covid e reduz taxa de ocupação a 41%

por Jade Coelho

Bahia fecha 405 leitos exclusivos para Covid e reduz taxa de ocupação a 41%
Foto: Bahia Notícias

No último mês a Bahia fechou 405 leitos exclusivos para Covid-19, diante da melhora nos índices da pandemia no estado. Em 1º de julho eram 3.467 leitos hospitalares, de UTI e enfermaria, destinados ao tratamento da infecção pelo coronavírus. Passado um mês, neste domingo (1º) a Bahia tinha 3.062 leitos.

 

Entre os leitos desativados, 220 eram de Tratamento Intensivo adulto. O número desse tipo de vaga, destinada aos casos mais graves da infecção, passou de 1.608 para 1.388 no estado nesse período.

 

A melhora nos indicadores da pandemia permitiu flexibilizações, como o retorno de aulas semipresenciais e redução do toque de recolher. É possível citar como exemplo dessa melhora o número de casos ativos da Covid-19 que passou dos 11.777 registrados no início de julho para os atuais 5.568.

 

Mesmo com a redução de leitos, a Bahia observa também diminuição das taxas de ocupação de vagas hospitalares Covid-19. Enquanto no começou do mês passado o boletim da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) trazia a informação de 48% ocupação geral e 73% nas UTI adulto, a atualização de ontem mostrava que o estado tinha 41% ocupação total de leitos e 52% em relação a UTI adulto.

Butantan recebe IFA suficiente para produzir 4 milhões de doses de vacinas Covid-19
Foto: Governo do Estado de São Paulo

O Instituto Butantan recebeu dois mil litros de Ingrediente Farmacêutico Ativo (IFA) neste domingo (1º). A matéria prima vai permitir que o laboratório produza cerca de quatro milhões de doses da vacina Coronavac.

 

O avião partiu de Pequim, na China, e chegou ao Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, às 20h45. As doses serão entregues ao Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde, de 15 a 20 dias depois que a produção começar, prevê o Ministério da Saúde.

 

Até o momento, o Ministério da Saúde já distribuiu mais 184 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19. Mais de 69 milhões são vacinas produzidas pelo Instituto Butantan.

Farmacêutica dará início a testes clínicos de vacina contra Covid-19 em forma de pílula
Foto: Reprodução/Pixabay

A empresa farmacêutica israelense Oramed vai iniciar testes clínicos de uma vacina Covid-19 em forma de pílula. Os ensaios estão previstos para ser iniciados nos primeiros dias deste mês de agosto, conforme informou o CEO da empresa, Nadav Kidron, em entrevista a Agência AFP.

 

Caso se confirma a eficácia da vacina nesse novo método, as pessoas seriam imunizadas sem agulhas e sem necessidade de profissionais da saúde para administrar. Diante disso, o argumento de Kidron é que este tipo de vacina oral seria atraente para o mundo em desenvolvimento porque reduz a carga logística das campanhas de imunização.

 

Além disso, a visão da farmacêutica é de que esse tipo de vacina também interessaria aos países mais ricos, onde a aversão às agulhas é um fator frequentemente esquecido, destaca matéria do jornal O Globo. Uma pesquisa recente descobriu que quase 19 milhões de americanos que recusam as vacinas as tomariam se tivessem a opção de pílula.

 

Outro ponto positivo apontado pelo CEO da Oramed é a redução do desperdício de plástico e seringa e, potencialmente, menos efeitos colaterais.

Segunda, 02 de Agosto de 2021 - 06:40

Médicos apontam aumento da miopia durante a pandemia

Médicos apontam aumento da miopia durante a pandemia
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Sete em cada dez médicos entrevistados em um levantamento do Conselho Brasileiro de Oftalmologia (CBO) identificaram progressão de miopia em crianças durante a pandemia. Outros três em cada dez não constataram esse problema entre pacientes. A informação foi divulgada pela Agência Brasil.

 

A pesquisa entrevistou 295 médicos oftalmologistas com diversas subespecialidades, como pediatria, córnea, catarata, glaucoma e retina. O estudo foi realizado em abril e junho deste ano.

 

Entre os que verificaram aumento dos graus de miopia, 6% apontaram o problema em 75% dos pacientes, 27% relataram a situação em 50% dos pacientes e 67% registraram o quadro em cerca de 25%.

 

Dos profissionais ouvidos, 75,6% avaliaram que o uso de diversos dispositivos eletrônicos pode agravar o quadro de miopia. Outros 22% entenderam que esse fator pode influenciar, mas apenas com uso de tablets e celulares. Apenas um pequeno percentual não viu relação entre os dois fenômenos.

 

Quase todos os profissionais ouvidos (98,6%) disseram que a redução do tempo gasto em telas (como celular, televisão e videogames) pode ajudar no caso de crianças míopes. Seis em cada dez entrevistados defenderam as recomendações da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) sobre o tema.

Bahia registra 627 novos casos de Covid-19 e mais nove óbitos pela doença
Foto: Paula Fróes / GOVBA

Na Bahia, nas últimas 24 horas, foram registrados 627 casos de Covid-19 e 1.125 recuperados. O boletim epidemiológico deste domingo (1º) também registra nove óbitos.

 

Dos 1.194.316 casos confirmados desde o início da pandemia, 1.162.989 já são considerados recuperados, 5.568 encontram-se ativos e 25.759 tiveram óbito confirmado.

 

Com 6.338.146 vacinados contra o coronavírus (Covid-19) com a primeira dose, dos quais 2.559.626 receberam também a segunda aplicação, e mais 249.627 vacinados com o imunizante de dose única, até as 17 horas deste domingo, a Bahia já vacinou 59,08% da população baiana com 18 anos ou mais (estimada em 11.148.781) com, pelo menos, a primeira dose.

Histórico de Conteúdo