Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quinta, 20 de Janeiro de 2022 - 16:50

Férias com crianças: confira 5 cuidados para manter a saúde dos pequenos neste verão

por Juliana Cabral de Oliveira

Férias com crianças: confira 5 cuidados para manter a saúde dos pequenos neste verão
Foto: Arquivo Pessoal

Tão aguardado pelas crianças, o período das férias costuma vir acompanhado de fugas da rotina, passeios, viagens e muita diversão para toda a família. Mas é justamente na época preferida da criançada que os pequenos mais precisam de cuidados. No Verão, por conta da maior exposição solar, aumentam os riscos de desidratação, queimaduras de pele e até mesmo casos mais graves como insolação, acidentes e afogamentos. Criança com tempo livre é sinônimo de criança com mais energia para gastar, por isso, é importante oferecer programas divertidos, brincadeiras ao ar livre e incentivar atividades que inibam o sedentarismo, mas sempre com supervisão de um adulto e adotando alguns cuidados essenciais.

 

Proteção solar

 

O filtro solar é importantíssimo em todos os momentos, até mesmo em dias nublados, e não apenas em praias, parques aquáticos e de diversão. Os mais recomendados são aqueles com fator de proteção solar igual ou maior que 50 (FPS50). Deve ser aplicado na criança cerca de meia hora antes da exposição ao sol e a cada duas horas precisa ser reaplicado. Também é fundamental evitar exposição solar entre 10h e 16h, e utilizar roupas e acessórios com proteção contra os raios solares (UVA e UVB) como bonés, chapéus e camisas de sol.

 

Hidratação

 

O verão merece uma atenção redobrada com o consumo de água. É comum que crianças se esqueçam de beber água, principalmente quando estão se divertindo, por isso é necessário repor os líquidos perdidos. Para isso, também vale apostar em alimentos com bastante água em sua composição, água de coco, sucos naturais sem adição de açúcar e frutas. Além disso, os responsáveis precisam ficar atentos aos sinais de desidratação, como olhos secos, choro sem lágrimas, ausência de saliva embaixo da língua, lábios secos e xixi de cor amarelo forte.

 

Alimentação

 

É importante manter a rotina normal de alimentação dos pequenos durante viagens e passeios, respeitando os horários e alimentos que já consomem diariamente e estão acostumados. Tenha sempre à mão uma fruta, um alimento fresco e água!

 

Prevenção de doenças

 

O verão é também a época das viroses, intoxicações alimentares e crises alérgicas por conta da maior exposição dos pequenos a ambientes e substâncias que nem sempre fazem parte de sua rotina. Por isso, antes de viajar, consulte sua pediatra para elaborar sua farmacinha com alguns itens básicos que poderão ser necessários. Também não pode deixar de lado o cuidado com a higiene. Para a prevenção de doenças, é muito importante manter as mãos da criança limpas, ter cuidado no manuseio e preparo dos alimentos, incentivar os cuidados básicos de higiene como escovar os dentes adequadamente, tomar banho e cortar as unhas.

 

Prevenção de acidentes

 

A primeira regra para evitar qualquer tipo de acidente é manter a atenção constante. Em lugares com muita gente, os pais ou responsáveis podem usar pulseiras de identificação; quando a criança for brincar com bicicletas, patins e skates, o maior perigo é a queda, por isso é essencial o uso de acessórios de proteção adequados, como cotoveleiras, joelheiras e capacetes. O uso de boia não impede afogamentos em praias e piscinas, ambientes que exigem um cuidado redobrado e supervisão constante dos adultos.

 

Os cuidados não se limitam a quem vai passear, pois os acidentes também podem acontecer dentro de casa. 80% dos acidentes domésticos costumam ocorrer dentro da cozinha, então vale ter uma atenção especial com panelas em uso no fogão, objetos cortantes, tomadas, armazenamento de produtos tóxicos, mesas de vidro e tapetes escorregadios. Se a criança se machucar, é importante lavar o ferimento com água e sabão e usar compressas geladas no local da pancada para diminuir o inchaço. Em suspeita de fratura, é preciso levar a criança imediatamente a uma unidade de pronto atendimento e evitar ao máximo mover o local.

 

*Juliana Cabral de Oliveira é pediatra, pós-graduada em Nutrição Pediátrica pela Boston University (EUA), Mestre em Biotecnologia em Saúde e Medicina Investigativa pela Fiocruz Bahia, professora de pediatria da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública e preceptora do curso de medicina da UNIFACS

 

*Os artigos reproduzidos neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do Bahia Notícias

Histórico de Conteúdo