Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Segunda, 19 de Abril de 2021 - 10:00

Home office longo e falta de ergonomia são responsáveis por aumento das dores na coluna

por Djalma Amorim Junior

Home office longo e falta de ergonomia são responsáveis por aumento das dores na coluna
Foto: Divulgação

O home office durante a pandemia do coronavírus foi fator determinante para adaptações na rotina de muita gente. Essa situação, que estava prevista para durar apenas algumas semanas, foi incorporada por muitas empresas de maneira híbrida ou integral. Entretanto são poucos os que possuem, em suas casas, uma estrutura adequada para passar horas trabalhando. Dores na coluna são, em geral, o primeiro sinal da ausência de um ambiente propício para o trabalho (mesa, cadeira, iluminação, entre outros).


De acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), divulgada no ano passado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 52% das pessoas maiores de 18 anos apresentaram diagnóstico de doenças crônicas. 21,6% delas, cerca de 34,3 milhões de pessoas, apontaram problemas de coluna.


Com o aumento das atividades em home office, que se traduz em longas horas sentado e sem um ambiente ergonômico correto, observamos um aumento das queixas de dores na coluna decorrentes da sobrecarga sobre a coluna lombar. Além disso, trabalhar na cama ou no sofá é totalmente desaconselhável: ainda que seja possível apoiar a lombar na parede ou cabeceira, o pescoço é projetado para frente, sobrecarregando os ombros, e para baixo, o que pode causar dores ao final do dia.


HOME OFFICE SEM DOR
Talvez você não possua o melhor local para trabalhar, mas existem algumas dicas que você pode adotar para garantir a saúde da sua coluna:
• Ajuste a altura da cadeira para permitir o apoio total dos pés no chão, com os joelhos em um ângulo de 90 graus;
• Sente-se com os glúteos perto do encosto da cadeira e mantenha o tronco ereto;
• Posicione o computador na altura dos olhos;
• Aproxime a mesa do corpo a fim de que não seja necessário curvar a coluna, os ombros ou o pescoço;
• Mantenha os antebraços apoiados e em um ângulo de 90 graus. 


Em caso de dores que melhoram ou sintomas como pinçamento, irradiação para braços com formigamento ou perda de força, procure atendimento médico. No Itaigara Memorial Clínica da Coluna, você encontra um time experiente de ortopedistas de coluna, atendimento clínico em consultório, centro cirúrgico altamente equipado para cirurgias minimamente invasivas e um serviço de medicina diagnóstica completo para atender aos pacientes.


*Djalma Amorim Junior é ortopedista de Coluna do Itaigara Memorial Clínica da Coluna

 

*Os artigos reproduzidos neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do Bahia Notícias

Histórico de Conteúdo