Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Adolfo diz ato de Biden que quebra de patentes das vacinas é 'digna de grande estadista'
Foto: Divulgação

O presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), o deputado Adolfo Menezes (PSD) pontuou, nesta quarta-feira (5), que a atitude de quebrar a patente das vacinas tomado pelo presidente dos Estados Unidos Joe Biden é “digna de grande estadista, preocupado com a humanidade”. 

 

"Renunciar à propriedade intelectual para as vacinas contra a Covid-19 é histórica, digna de um grande estadista realmente preocupado com a humanidade, pensando em salvar vidas, diminuindo a distância entre países ricos e pobres no acesso aos imunizantes”, disse ao Bahia Notícias.

 

Menezes lamentou que a atitude de Biden não tenha sido acompanhada pelo Brasil, neste esforço para aumentar o fornecimento global de vacinas. “É muito louvável que a maior nação capitalista do mundo tome esta decisão, mas é lamentável que o Brasil, um dos epicentros mundiais da doença, continue com o seu discurso negacionista, não se alinhando aos EUA e à maioria esmagadora dos países que defendem a quebra das patentes. O Planalto continua avesso à ciência e, principalmente, ao bom senso”, completou.

Danos a órgãos vitais e tecidos são identificados em crianças que morreram por Covid-19
Foto: Reprodução / Jornal da USP

Um estudo realizado por pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) e do Instituto Adolfo Lutz revelou, pela primeira vez, que danos a vários órgãos vitais, vasos sanguíneos e tecidos são identificados em crianças que morreram por Covid-19. A pesquisa foi realizada por meio de uma técnica autópsia minimamente invasiva, guiada por ultrassom, em cinco jovens de 7 meses a 15 anos, que tiveram morte pela doença.

 

Após analisar amostras de tecidos de todos os órgãos vitais, o estudo detectou o novo coronavírus em todos os pacientes nos pulmões, coração e rins. Em dois dos jovens, o vírus foi encontrado também em células de revestimento dos vasos sanguíneos do coração e do cérebro.

 

Os achados variaram entre os pacientes e incluem pneumonia pelo SARS-CoV-2, microtrombose pulmonar, edema cerebral, inflamação do músculo cardíaco, e inflamação intestinal.

 

“Além disso, mostramos pela primeira vez a presença de SARS-CoV-2 no tecido cerebral de uma criança com SIM-P [Síndrome Inflamatória Multissistêmica Pediátrica] com encefalopatia aguda e no tecido intestinal de uma criança com colite aguda. A inflamação do tecido cardíaco com a presença do vírus já havia sido descrita previamente em um dos casos”, afirmou a professora Marisa Dolhnikoff, do Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e coordenadora do estudo.

 

Dois padrões principais da Covid-19 grave foram observados: uma doença respiratória aguda, resultado da pneumonia grave pelo SARS-CoV-2, presente nas duas crianças com doenças prévias, e a síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica, com envolvimento de vários órgãos e tecidos, presente nas três crianças previamente saudáveis.

 

“A SIM-P é considerada como uma reação imune exacerbada em resposta à infecção prévia pelo SARS-CoV-2, mas a presença do vírus em diferentes órgãos, associada a alterações ultraestruturais celulares, indica que um efeito direto do SARS-CoV-2 nos tecidos esteja envolvido na patogênese da SIM-P”, declarou Marisa.

 

O estudo constatou a “alta capacidade do SARS-CoV-2 de invadir e causar lesões nos tecidos de vários órgãos como um dos fatores que induzem à SIM-P, desencadeando uma diversidade de manifestações clínicas que incluem, além de febre persistente, dores abdominais, insuficiência cardíaca e convulsões”, disse o Dr. Amaro Nunes Duarte Neto, infectologista e patologista da FMUSP e do Instituto Adolfo Lutz.

 

Os pesquisadores também detectaram a formação de microtrombos pulmonares em crianças com SIM-P, a exemplo do que já havia sido observado em adultos com Covid-19. A professora Elia Caldini explica que “os fenômenos relacionados à coagulação do sangue devem ser sempre considerados na Covid-19, uma vez que a microscopia eletrônica mostra que, em todos os órgãos estudados, há capilares sanguíneos obstruídos pelo acúmulo de hemácias, leucócitos, restos celulares e fibrina, inclusive com ruptura da parede endotelial.” Essas observações têm impacto direto na abordagem terapêutica da SIM-P.

 

À medida que a pandemia progride e um número maior de crianças e adolescentes se infecta, “é muito importante que a comunidade médica atente para possíveis manifestações clínicas diferentes da Covid-19 em crianças e adolescentes, para que a infecção seja diagnosticada e o tratamento da SIM-P com suporte hospitalar seja instituído rapidamente”, afirmou Marisa Dolhnikoff.

 

Apesar do novo coronavírus manifestar-se geralmente de forma leve ou assintomática em crianças e adolescentes, casos graves podem levar à morte. Desde o início da pandemia até o final de dezembro de 2020, o Brasil havia registrado mais de 7,6 milhões de pessoas infectadas e 193,9 mil mortes. Entre estes, 1.203 crianças e adolescentes morreram da doença. Até o momento, este é o primeiro registro de uma série de autópsias feitas em casos de Covid-19 pediátrica.

 

Os resultados da pesquisa foram publicados em um artigo divulgado pela revista científica de livre acesso EClinicalMedicine, do grupo Lancet, em 25 de abril de 2021.

Quarta, 05 de Maio de 2021 - 19:20

Ministério da Saúde fará estudo em 274 cidades para verificar taxa de infecção da Covid

por Natália Cancian | Folhapress

Ministério da Saúde fará estudo em 274 cidades para verificar taxa de infecção da Covid
Foto: Reprodução / G1

O Ministério da Saúde fará um novo estudo para estimar a prevalência da infecção pelo coronavírus nas capitais, nos estados e nas regiões metropolitanas. O objetivo é mapear a extensão da transmissão do vírus e o comportamento da doença no país.
 

A pesquisa, chamada de PrevCOV, envolverá dados de histórico de possível contato com o vírus e coleta de amostras de sangue para detecção de anticorpos.
 

A amostra utilizada será semelhante à aplicada pela Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), do IBGE. Ao todo, serão coletados dados em 274 cidades, com abrangência de 62 mil domicílios nestes locais.
 

Ao comentar a pesquisa, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou que "negacionismo é negar o investimento que o governo federal tem feito na pesquisa, ciência e tecnologia". As declarações são respostas a críticas feitas ao governo durante a CPI no Senado que apura possíveis falhas no enfrentamento da epidemia da Covid-19.
 

Segundo o Ministério da Saúde, o levantamento do PrevCOV será um dos maiores já realizados no mundo sobre a prevalência do novo coronavírus.
 

"Para isso, foi feito estudo transversal para detecção de anticorpos do Sars-CoV-2, baseado no desenho amostral da Pnad do IBGE", diz o secretário de vigilância em saúde, Arnaldo Medeiros.
 

A previsão é que a pesquisa seja iniciada em junho. Os moradores das residências selecionadas devem receber um contato prévio por mensagem e ligação telefônica. Em seguida, será feito o agendamento de uma visita de profissionais de saúde, quando serão coletadas as amostras.
 

O estudo também vai levantar a ocorrência de sintomas recentes e anteriores, o histórico de contato com casos suspeitos e e quais participantes já receberam doses da vacina contra a Covid-19.
 

Também será criado um repositório de amostras na Fiocruz para pesquisas futuras sobre o coronavírus. Segundo Queiroga, o investimento será de cerca de R$ 200 milhões.
 

No evento, o ministro voltou a enfatizar a aposta de vacinar toda a população até o fim deste ano e, rebatendo de forma indireta as críticas ao ritmo lento da vacinação no país, disse que a pasta "não mediu esforços para ter vacinas suficientes", citando medida provisória editada em dezembro, no valor de R$ 20 bilhões, para compra de vacinas.
 

Como a Folha mostrou, no entanto, o governo negou ao menos três propostas da Pfizer em 2020 para obter doses ainda em dezembro ou janeiro do último ano.
 

Antes do PrevCOV, o país já teve outras pesquisas para verificar a prevalência da infecção pelo novo coronavírus, como a Epicovid. O estudo chegou a receber recursos do Ministério da Saúde em uma primeira etapa, mas o financiamento não foi renovado.

Covid-19: Prefeitura divulga programação da vacinação em Salvador nesta quinta; confira
Foto: Bruno Concha / Secom PMS

A prefeitura de Salvador divulgou a programação da imunização contra a Covid-19 desta quinta-feira (6), com aplicação de primeira dose para pessoas com comorbidade com 40 anos de idade ou mais e para pessoas com deficiência a partir dos 18 anos. Antes de se dirigir ao ponto de vacinação, deve-se conferir se o nome já está cadastrado no site da Secretaria Municipal da Saúde. 

 

Além delas, também serão imunizados idosos a partir dos 60 anos ou ainda a completar neste ano; imunossuprimidos; pessoas com transtorno intelectual severo e moderado; pacientes transplantados; pessoas com Síndrome de Down; pacientes em hemodiálise; trabalhadores da saúde e autônomos da área; doulas; trabalhadores da limpeza urbana; trabalhadores da educação; rodoviários; e agentes de segurança e salvamento.

 

Confira a programação desta quinta-feira, 06 de maio de 2021:

 

1ª DOSE IDOSOS: 08H ÀS 16H

Idosos com 60 anos ou mais de idade nascidos até o dia 31 de dezembro de 1961 já podem receber a primeira dose do imunizante.

 

Drivers: FTC Paralela; Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; 5ª Centro de Saúde. 

 

Ponto Fixo: FTC Paralela; 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma. 

 

2ª DOSE: 08H às 16H

OXFORD

A segunda aplicação do imunizante Oxford segue normalmente na capital baiana. 
Antes de se dirigir ao ponto de vacinação, a data de reforço deve ser conferida no cartão de vacina ou no site da Secretaria Municipal da Saúde.

 

Drives: Faculdade Universo (campus AV. ACM), Centro de Convenções, USF San Martim III e Shopping Bela Vista.

 

Pontos fixos: Clube dos Oficiais (Dendezeiros), Centro de Saúde Ramiro de Azevedo, USF Colinas de Periperi, USF Vila Nova de Pituaçu e USF João Roma Filho.

 

CORONAVAC

A aplicação da 2ª dose da CoronaVac está suspensa por conta do desabastecimento do imunobiológico por parte do Governo Federal. A Secretaria Municipal da Saúde aguarda o recebimento de novo lote para regularizar a situação na capital baiana, e assim realizar o fechamento do esquema vacinal daqueles que já receberam a primeira dose.

 

PESSOAS COM COMORBIDADES: 08H às 16H

As pessoas com comorbidades dentro das elencadas e autorizadas para vacinação pelo Plano Nacional de Imunização (veja a lista em anexo), com idade igual ou superior a 40 anos, seguem contempladas com a vacinação. Os indivíduos devem estar com o nome cadastrado no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina apresentar documento oficial de identificação com foto.

 

Drivers: Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; FBDC Cabula; 5ª Centro de Saúde; Vila Militar (Dendezeiros), PAF Ondina, FTC Paralela e Arena Fonte Nova. 

 

Ponto Fixo: FTC Paralela, USF Curralinho, USF Teotônio Vilela II, USF Santa Luzia, USF Federação, USF Fernando Filgueiras (Cabula VI), USF Cajazeiras X, USF Itapuã, USF Vale do Matatu, 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma. 

 

IMUNOSSUPRIMIDOS: 08H ÀS 16H

Para receber a primeira dose da vacina os imunossuprimidos com idade entre 18 e 59 anos devem estar com o nome cadastrado no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina apresentar documento oficial de identificação com foto.

 

Drivers: Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; FBDC Cabula; 5ª Centro de Saúde; Vila Militar (Dendezeiros), PAF Ondina, FTC Paralela e Arena Fonte Nova. 

 

Ponto Fixo: FTC Paralela, USF Curralinho, USF Teotônio Vilela II, USF Santa Luzia, USF Federação, USF Fernando Filgueiras (Cabula VI), USF Cajazeiras X, USF Itapuã, USF Vale do Matatu, 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma. 

 

TRANSTORNO INTELECTUAL SEVERO E MODERADO (entre eles, os Autistas): 08H ÀS 16H

As Pessoas com Transtorno Intelectual Severo e Moderado, entre elas as pessoas com Espectro Autista, com idade entre 18 e 59 anos, também continuam sendo vacinadas. Para receber a primeira dose é obrigatório estar com o nome cadastrado no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina apresentar documento oficial de identificação com foto.

 

Drivers: FTC Paralela; Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; 5ª Centro de Saúde;  

 

Ponto Fixo: FTC Paralela; 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma. 

 

PESSOAS COM DEFICIÊNCIA PERMANENTE: 08H às 16H

As pessoas com 18 anos ou mais com deficiência permanente e cadastro ativo para o recebimento do Benefício de Prestação Continuada (BPC) também continuam sendo beneficiadas. Para isso deverão estar com o nome no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina apresentar documento oficial de identificação com foto, além da cópia impressa do Laudo de Deficiência Permanente do INSS ou do médico.

 

Esse público, preferencialmente os acamados ou com dificuldade de locomoção, também poderá solicitar a vacinação domiciliar através do portal Vacina Express. 

 

Drivers: Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; FBDC Cabula; 5ª Centro de Saúde; Vila Militar (Dendezeiros), PAF Ondina, FTC Paralela e Arena Fonte Nova. 

 

Ponto Fixo: FTC Paralela, USF Curralinho, USF Teotônio Vilela II, USF Santa Luzia, USF Federação, USF Fernando Filgueiras (Cabula VI), USF Cajazeiras X, USF Itapuã, USF Vale do Matatu, 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma. 

 

PACIENTES TRANSPLANTADOS: 08H às 16H

Os pacientes transplantados devem estar com os nomes cadastrados no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina apresentar documento oficial de identificação com foto.

 

Drivers: Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; FBDC Cabula; 5ª Centro de Saúde; Vila Militar (Dendezeiros), PAF Ondina, FTC Paralela e Arena Fonte Nova. 

 

Ponto Fixo: FTC Paralela, USF Curralinho, USF Teotônio Vilela II, USF Santa Luzia, USF Federação, USF Fernando Filgueiras (Cabula VI), USF Cajazeiras X, USF Itapuã, USF Vale do Matatu, 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma. 

 

PESSOA COM SÍNDROME DE DOWN: 08H às 16H

As pessoas com Síndrome de Down com idade entre 18 e 59 anos devem estar com os nomes cadastrados no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina apresentar documento oficial de identificação com foto.

 

Drivers: Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; FBDC Cabula; 5ª Centro de Saúde; Vila Militar (Dendezeiros), PAF Ondina, FTC Paralela e Arena Fonte Nova. 

 

Ponto Fixo: FTC Paralela, USF Curralinho, USF Teotônio Vilela II, USF Santa Luzia, USF Federação, USF Fernando Filgueiras (Cabula VI), USF Cajazeiras X, USF Itapuã, USF Vale do Matatu, 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma. 

 

PACIENTES EM HEMODIÁLISE: 08H ÀS 16H

Devem estar com os nomes cadastrados no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina apresentar documento oficial de identificação com foto.

 

Drivers: Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; FBDC Cabula; 5ª Centro de Saúde; Vila Militar (Dendezeiros), PAF Ondina, FTC Paralela e Arena Fonte Nova. 

 

Ponto Fixo: FTC Paralela, USF Curralinho, USF Teotônio Vilela II, USF Santa Luzia, USF Federação, USF Fernando Filgueiras (Cabula VI), USF Cajazeiras X, USF Itapuã, USF Vale do Matatu, 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma. 

 

TRABALHADORES DA SAÚDE E AUTÔNOMOS: 08H ÀS 16H

Para ser beneficiado com a primeira dose todos devem estar com os nomes cadastrados no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina apresentar os seguintes documentos: 

 

Trabalhadores da saúde: documento oficial de identificação com foto e cópia impressa do último contracheque ou do contrato PJ ativo.

 

Autônomos (médicos, fisioterapeutas, dentistas, enfermeiros, farmacêuticos, auxiliar e técnico de enfermagem, auxiliar e técnico de saúde bucal, nutricionistas, psicólogos, fonoaudiólogos, biomédicos e técnico em radiologia): documento oficial de identificação com foto, carteira do conselho de classe e cópia impressa do último Imposto de Renda, ou do comprovante atualizado de pagamento do ISS, ou do contrato de Pessoa Jurídica ativo ou da última nota fiscal.

 

Drivers: FBDC Brotas, Unijorge (Campus Paralela), Barradão e Universidade Católica de Salvador (Campus Pituaçu)

 

Pontos Fixos: FBDC Brotas, Unijorge (Campus Paralela), Barradão, Colégio da Polícia Militar (Dendezeiros) e Universidade Católica de Salvador (Campus Pituaçu)

 

DOULAS: 08 ÀS 16H

Devem estar com os nomes cadastrados no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina apresentar documento oficial de identificação com foto, além de cópia impressa do Imposto de Renda, ou do ISS, ou nota fiscal ou contrato de trabalho com firma reconhecida em cartório.

 

Drivers: FBDC Brotas, Unijorge (Campus Paralela), Barradão e Universidade Católica de Salvador (Campus Pituaçu)

 

Pontos Fixos: FBDC Brotas, Unijorge (Campus Paralela), Barradão, Colégio da Polícia Militar (Dendezeiros) e Universidade Católica de Salvador (Campus Pituaçu)

 

TRABALHADORES DA LIMPEZA URBANA: 08 às 16H

Os trabalhadores da limpeza urbana com 40 anos ou mais que atuam em Salvador seguem na estratégia de imunização contra a Covid-19. Para isso, devem estar com o nome cadastrado no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina apresentar documento oficial de identificação com foto e cópia impressa do último contracheque.

 

Drivers: FTC Paralela; Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; 5ª Centro de Saúde.

 

Ponto Fixo: FTC Paralela; 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma. 

 

TRABALHADORES DA EDUCAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR EM SALVADOR COM 40 ANOS OU MAIS: 08H ÀS 16H

 

O trabalhador do ensino superior das redes privada e pública de Salvador, com 40 anos ou mais de idade, podem ser vacinados contra a COVID-19. Para isso devem estar em pleno exercício das atividades, lotados na capital baiana e com o nome cadastrado no site da Secretaria Municipal da Saúde. No ato da vacina deverá apresentar documento oficial de identificação com foto e cópia impressa do último contracheque ou do contrato de trabalho PJ.

 

Drivers: FBDC Brotas, Unijorge (Campus Paralela), Barradão e Universidade Católica de Salvador (Campus Pituaçu)

 

Pontos Fixos: FBDC Brotas, Unijorge (Campus Paralela), Barradão, Colégio da Polícia Militar (Dendezeiros) e Universidade Católica de Salvador (Campus Pituaçu)

 

TRABALHADORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA DA REDE PÚBLICA E PRIVADA DE SALVADOR: 08H ÀS 16H

O trabalhador deve ter 18 anos ou mais, estar em pleno exercício das atividades e com o nome cadastrado no site da Secretaria Municipal da Saúde. No ato da vacinação deverá apresentar documento oficial de identificação com foto e cópia impressa do último contracheque ou do contrato de trabalho PJ.

 

Drivers: FBDC Brotas, Unijorge (Campus Paralela), Barradão e Universidade Católica de Salvador (Campus Pituaçu)

 

Pontos Fixos: FBDC Brotas, Unijorge (Campus Paralela), Barradão, Colégio da Polícia Militar (Dendezeiros) e Universidade Católica de Salvador (Campus Pituaçu)

 

RODOVIÁRIOS: 08H às 16H

Também seguem sendo imunizados os rodoviários com idade igual ou superior a 50 anos. Para ter acesso ao imunizante, o trabalhador deve estar com o nome cadastrado no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina apresentar documento oficial de identificação com foto e cópia impressa do último contracheque.

 

Drivers: FTC Paralela; Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; 5ª Centro de Saúde. 

 

Ponto Fixo: FTC Paralela; 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma. 

 

POLICIAL FEDERAL, POLICIAL RODIVIÁRIO FEDERAL, POLICIAIS MILITARES E CIVIS; BOMBEIROS, AGENTES DE SALVAMENTO E TR NSITO, AGENTES PENITENCIÁRIOS, FISCAIS DE MEDIDAS RESTRITIVAS E GUARDAS CIVIS MUNICIPAIS: 08H ÀS 16H

Todos devem estar em pleno exercício das atividades, lotados em Salvador, nome cadastrado no site da Secretaria Municipal da Saúde e ter idade igual ou superior a 40 anos. No ato da vacina deverão apresentar documento oficial de identificação com foto e cópia impressa do último contracheque.

 

Drivers: Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; FBDC Cabula; 5ª Centro de Saúde; Vila Militar (Dendezeiros), PAF Ondina, FTC Paralela e Arena Fonte Nova. 

 

Ponto Fixo: FTC Paralela, USF Curralinho, USF Teotônio Vilela II, USF Santa Luzia, USF Federação, USF Fernando Filgueiras (Cabula VI), USF Cajazeiras X, USF Itapuã, USF Vale do Matatu, 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma. 

 

2ª DOSE – HORA MARCADA 

A aplicação da segunda dose ocorrerá normalmente para quem fez o agendamento pelo site HORA MARCADA para o dia 06 de maio APENAS para as pessoas que irão completar o esquema vacinal com o imunizante Oxford. A aplicação da vacina CoronaVac está suspensa. 

 

Drives: Universidade Maurício de Nassau – Campus Pituba; Associação dos Delegados (Rua da Gratidão, 03, Piatã - Próximo ao Cimatec

 

Pontos Fixos:
 
DISTRITO SANITÁRIO BARRA RIO VERMELHO
- USF DA FEDERAÇÃO
DISTRITO SANITÁRIO DA BOCA DO RIO
- USF PARQUE DE PITUAÇU
DISTRITO SANITÁRIO BROTAS
- UBS MARIO ANDREA
- UBS MANOEL VITORINO
DISTRITO SANITÁRIO CABULA/BEIRU
- UBS CSU PERNAMBUÉS
- UBS EUNISIO COELHO TEIXEIRA
- USF FERNANDO FILGUEIRAS
- USF MATA ESCURA
DISTRITO SANITÁRIO DE CAJAZEIRAS
- USF CAJAZEIRAS V
DISTRITO SANITÁRIO DO CENTRO HISTÓRICO
- UBS PERICLES ESTEVES CARDOSO
- USF DONA IRACI ISABEL DA SILVA - GAMBOA
DISTRITO SANITÁRIO ITAPAGIPE
- JOANES CENTRO OESTE
DISTRITO SANITÁRIO DE ITAPUÃ
- USF PROFESSOR EDUARDO MAMEDE
- USF ALTO DO COQUEIRINHO
DISTRITO SANITÁRIO DA LIBERDADE
- UBS PROFESSOR BEZERRA LOPES
DISTRITO SANITÁRIO DE PAU DA LIMA
- UBS CASTELO BRANCO
DISTRITO SANITÁRIO SÃO CAETANO/VALÉRIA
- UBS MARECHAL RONDOM
- USF ANTONIO LAZZAROTTO
DISTRITO SANITÁRIO SUBURBIO FERROVIÁRIO
- USF TUBARÃO
- USF FAZENDA COUTOS III

 

VACINA EXPRESS

Além dos idosos, pessoas com deficiência e portadores de comorbidades que integram o público elegível para a vacina também podem fazer o agendamento da imunização domiciliar através do Vacina Express. O serviço é oferecido, preferencialmente, para pessoas acamadas ou com dificuldade de locomoção. As pessoas que já foram imunizadas em casa não precisam fazer novo registro na plataforma digital já que o retorno da equipe de saúde é feito automaticamente, de acordo com a data de reforço programada no sistema.  

 

Sobre a aplicação da 2ª dose da CoronaVac pelo Vacina Express, o serviço está suspenso devido ao baixo estoque do imunizante. 

 

Já as pessoas que tomaram a primeira dose da Oxford seguem com o esquema vacinal domiciliar programado normalmente.

Quarta, 05 de Maio de 2021 - 17:48

Biden anuncia apoio dos EUA a quebra de patentes de vacinas contra Covid-19

por Bruno Leite

Biden anuncia apoio dos EUA a quebra de patentes de vacinas contra Covid-19
Foto: Reprodução / CNN Brasil

Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden anunciou apoio para a proposta de quebra de patentes de vacinas contra a Covid-19 nesta quarta-feira (5). A medida visa facilitar a transferência de tecnologia e possibilitar a produção de imunizantes em países em desenvolvimento.

 

A ideia de quebra de patentes é de países como Índia e África do Sul na Organização Mundial do Comércio (OMC). A decisão de apoio dos EUA à política foi divulgada pela embaixadora americana para a OMC, Katherine Tai. No passado recente, ainda durante a gestão do chanceler Ernesto Araújo, o Brasil se manifestou contrário à medida. 

 

"Essa é uma crise de saúde global e as circunstâncias extraordinárias da pandemia de Covid-19 exigem medidas extraordinárias. O governo acredita fortemente nas proteções de propriedade intelectual, mas em trabalho para acabar com essa pandemia apoia a suspensão dessas proteções para as vacinas contra Covid-19", diz o comunicado veiculado pela representante em suas redes sociais.

 

"Essas negociações levarão tempo considerando a natureza da instituição de busca por consenso e a complexidade das questões envolvidas", afirmou Tai, que disse que os EUA vai participar das tratativas na OMC para que isso aconteça.

 

Bolsonaro sugere que China faz guerra química com pandemia da Covid-19
Foto: Gustavo Magalhães / MRE

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a atacar a China nesta quarta-feira (5) em um evento no Palácio do Planalto, em Brasília. Ele sugeriu que o país teria se beneficiado economicamente com a pandemia do novo coronavírus (Covid-19) e afirmou que a doença pode ter sido criada em laboratório. 

 

"É um vírus novo, ninguém sabe se nasceu em laboratório ou por algum ser humano [que] ingeriu um animal inadequado. Mas está aí. Os militares sabem que é guerra química, bacteriológica e radiológica. Será que não estamos enfrentando uma nova guerra?", disse o presidente. "Qual o país que mais cresceu seu PIB? Não vou dizer para vocês."

 

A versão levantada por Bolsonaro não tem amparo científico, uma vez que Ben Embarek, que lidera uma equipe de investigação da OMS (Organização Mundial da Saúde) sobre as origens do coronavírus, já disse que a hipótese de que o vírus tenha "vazado" de um laboratório é "extremamente improvável". A versão também é refutada por autoridades chinesas, onde o primeiro caso de Covid-19 foi identificado.

 

Estudiosos acreditam que o vírus tenha sido transmitido diretamente de um animal silvestre para um humano ou que ele tenha circulado primeiro entre uma espécie intermediária antes de infectar uma pessoa.

 

Conforme publicou a Folha, na semana passada, o ministro Paulo Guedes (Economia) também afirmou numa reunião que "o chinês inventou o vírus". Posteriormente, ele pediu desculpas.

Covid-19: Número de pacientes internados em UTIs cresce e volta a superar 1.300 na BA
Foto: Paula Fróes / GOVBA

A quantidade de pacientes internados com casos graves da Covid-19 voltou a crescer, nesta quarta-feira (5) na Bahia, e chegou à marca de 1.302 pessoas ocupando leitos de terapia intensiva no estado, sendo 1.278 adultos e 24 crianças, de acordo com dados publicados pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab).

 

A taxa de ocupação das UTIs reservadas exclusivamente para adultos com Covid-19 subiu de 79% para 80% nas últimas 24 horas. No caso dos leitos pediátricos de terapia intensiva, o percentual se manteve estável em 67%.

 

O número de casos ativos da Covid-19 também apresentou um pequeno aumento, de 15.809 para 15.824. Os 10 municípios baianos com mais contaminados, segundo a Sesab, são Salvador (2.754), Feira de Santana (645), Vitória da Conquista (412), Itabuna (356), Barreiras (347), Lauro de Freitas (282), Guanambi (205), Paulo Afonso (202), Eunápolis (200) e Juazeiro (188).

 

Nas últimas 24 horas, a Bahia confirmou 3.931 novas contaminações pelo novo coronavírus e 85 mortes em decorrência da infecção. No total, desde o início da pandemia, o estado acumula 916.951 casos confirmados da Covid-19 e 18.897 óbitos pela doença.

Teich diz que deixou governo por divergência acerca da 'ampliação do uso da cloroquina'
Foto: Reprodução / TV Senado

O ex-ministro da Saúde, Nelson Teich, disse nesta quarta-feira (5), na CPI da Covid, que pediu demissão do cargo diante da falta de autonomia para atuar à frente da pasta e por conta do desejo do governo de “ampliação do uso da cloroquina” para tratar pacientes com o novo coronavírus. O médico compareceu ao Senado na condição de testemunha, quando há o compromisso de dizer a verdade sob o risco de incorrer no crime de falso testemunho.

 

"O pedido específico [de demissão] foi pelo desejo [do governo] de ampliação do uso de cloroquina. Esse era o problema pontual. Mas isso refletia uma falta de autonomia e uma falta de liderança", afirmou Teich.

 

“As razões da minha saída do ministério são públicas, elas se devem basicamente à constatação de que eu não teria autonomia e liderança que imaginava indispensáveis ao exercício do cargo”, disse o médico.

 

“Essa falta de autonomia ficou mais evidente em relação às divergências com o governo quanto à eficácia e extensão do uso do medicamento cloroquina para o tratamento da Covid-19, enquanto minha convicção pessoal, baseada nos estudos, que naquele momento não existia evidência de sua eficácia para liberar", complementou.

 

A cloroquina não tem eficácia comprovada para tratamento da Covid-19, de acordo com estudos científicos. Mas desde o início da pandemia, contrariando a ciência, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem estimulado o uso do medicamento para tratar a doença.

CPI da Covid aprova convocações de Dimas Covas, Wajngarten e Ernesto Araújo
Foto: Carolina Antunes/PR

A CPI da Covid aprovou nesta quarta-feira (5) as convocações do ex-secretário de Comunicação da Presidência, Fábio Wajngarten, do diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, e do ex-ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo.

 

Além disso, segundo o G1, foram convocados Nísia Trindade, presidente da Fiocruz; o secretário de Saúde de Amazonas, Marcelus Campelo; e representantes dos laboratórios União Química e Pfizer.

 

Os convocados devem depor na CPI na próxima semana. Fábio Wajngarten deve ser o primeiro a ser ouvido. Um dos temas a serem questionados ao ex-secretário de Comunicação da Presidência são as negociações e tratativas do governo federal com a Pfizer para a compra de imunizantes contra a Covid-19.

 

Wajngarten já deu declarações à imprensa sobre o atraso na compra das vacinas. Segundo ele, a situação ocorreu por "incompetência" e "ineficiência" do Ministério da Saúde, que não adquiriu lotes ofertados pela farmacêutica.

Quarta, 05 de Maio de 2021 - 16:40

Instituto Butantan busca doação de plasma de pessoas que tiveram Covid

por Fábio Munhoz | Folhapress

Instituto Butantan busca doação de plasma de pessoas que tiveram Covid
Foto: Governo de São Paulo

O Instituto Butantan iniciou uma campanha em busca de pessoas que já tiveram Covid-19 para que doem plasma. O material, que é a parte líquida do sangue, está sendo utilizado em caráter experimental para o tratamento de pacientes que estejam com a doença em sua fase inicial, com até 72 horas desde o início dos sintomas.
 

"O sangue é formado por dois grandes componentes: a parte líquida, que é o plasma, e os elementos celulares, que são as plaquetas, hemácias e leucócitos", explica o médico hematologista Juliano Cordova Vargas, professor do Centro Universitário São Camilo.
 

"Quando a gente tem um processo infeccioso, é muito comum localizar no plasma os anticorpos contra aquele agente que o organismo reconheceu e combateu. Isso acontece com a Covid", acrescenta o professor. Por esse motivo, o chamado plasma convalescente -isso é, das pessoas que já tiveram o coronavírus- é usado nos doentes, para que haja estímulo à produção de anticorpos.
 

Em um vídeo publicado nas redes sociais do Butantan, o diretor do instituto, Dimas Covas, afirmou que o tratamento com plasma convalescente é uma "vacina instantânea".
 

"A intenção é transferir ao paciente, de maneira passiva, anticorpos, até que seu próprio organismo tenha tempo para montar sua resposta imune. Os dados disponíveis, até o momento, indicam que o plasma de convalescente funciona bem contra as variantes existentes no Brasil", diz o Butantan, em nota.
 

Segundo o instituto, esse tipo de tratamento "já foi utilizado em outras doenças infecciosas como a poliomielite, sarampo, caxumba, entre outras". O Butantan cita infecções, como gripe espanhola, SARS, MERS e ebola.
 

Vargas acrescenta, porém, que os estudos sobre a eficácia da terapia com plasma convalescente em casos de Covid ainda estão em fase preliminar. O próprio Butantan afirma que não tem dados consolidados de resultados obtidos a partir desse tratamento.
 

Mesmo assim, o especialista considera a iniciativa válida. "A Covid pegou todo mundo desprevenido e, por isso, começou-se a pensar em estratégias. Estamos trocando o pneu com o carro andando", diz.
 

O Butantan afirma que o projeto-piloto está sendo feito, por enquanto, em somente três cidades paulistas: Araraquara (273 km de SP), Batatais (352 km de SP) e Santos (72 km de SP). "A ideia é ampliar para todo o estado de São Paulo por meio de parcerias com às prefeituras", diz o instituto.
 

O procedimento para doação de plasma é semelhante ao de uma doação de sangue convencional. Para doar, a pessoa precisa ter se recuperado da Covid há pelo menos 30 dias, estar em boas condições de saúde, ter entre 16 e 69 anos (desde que a primeira doação tenha sido feita até os 60, pois, segundo os protocolos, quem tem 61 anos ou mais e nunca doou sangue está inapto) e ter pelo menos 50 quilos. Menores de 18 anos devem apresentar autorização do responsável. A doação pode ser feita em qualquer hemocentro parceiro do Butantan no estado.
 

Para receber o plasma convalescente, a pessoa deve estar com sintomas da Covid-19 iniciados em até 72 horas, além de apresentar uma ou mais das seguintes indicações: ser imunossuprimido, ter 60 anos ou mais ou possuir comorbidades (diabetes, hipertensão, coronariopatia ou obesidade).
 

A administração do plasma convalescente no paciente infectado pelo coronavírus é parecida com uma aplicação de soro ou com uma transfusão de sangue comum. Uma bolsinha com 200 a 500 ml é colocada ao lado da pessoa e o líquido vai sendo injetado aos poucos. Segundo o Butantan a infusão pode ser feita em um ou mais dias.

Ministério admite que só comprou metade das 560 mi de doses de vacina anunciadas
Foto: Fernando Vivas/GOVBA

O Ministério da Saúde (MS) anunciou um número maior de vacinas contra a Covid-19 do que realmente foi contratado. A pasta admitiu ter divulgado um número superestimado. Tanto em peças publicitárias, quanto em discursos do próprio ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, a informação divulgada era que de o país teria comprado mais de 560 milhões de doses.

 

O MS respondeu a um questionamento do Congresso Nacional e admitiu que o número realmente contratado é, na verdade, metade do anunciado: 280 milhões de doses. As informações são de reportagem do Estadão. Na resposta, a área técnica do ministério informou que já havia 281.023.470 doses contratadas e disse que 281.889.400 estão “em fase de negociação”.

 

Entre as peças publicitárias que divulgavam informação superestimada sobre vacinas está um vídeo publicado no Twitter no dia 24 de março. A duração era de 30 segundos e o vídeo informava que “já foram comprados mais de 560 milhões de doses” de vacinas. O Estadão lembra que passados alguns dias, em 31 de março, o ministro Marcelo Queiroga repetiu o número.

 

“O governo federal já tem contratados mais de 560 milhões de doses de vacina”, disse ele, após reunião do comitê de combate à covid, que reúne Executivo, Legislativo e Judiciário. “(Mas) é claro que não dispomos dessas doses no departamento de logística do Ministério da Saúde, até porque há uma carência de vacinas a nível internacional.”

 

Segundo a matéria, entre as doses que ainda estão em negociação pelo Ministério, a maior parte são doses do imunizante de Oxford/AstraZeneca/Fiocruz. Segundo a pasta, são esperados 210 milhões de unidades até o fim do ano, mas até hoje não há contrato assinado que garanta toda essa produção.

Salvador aplica 1º dose de vacina contra Covid em 1/6 da população
Foto: Jefferson Peixoto/Secom

Salvador já vacinou 550 mil pessoas com a primeira dose da vacina contra a Covid-19. O número representa cerca de 1/6 da população da cidade, estimada em três milhões de habitantes. De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde (SMS), do total de vacinados até a terça-feira (4), aproximadamente 250 mil pessoas completaram o esquema vacinal com a administração das duas doses da vacina.

 

A pasta informa que os trabalhadores da saúde continuam como maior público imunizado até então. Eles representam cerca de 167 mil pessoas vacinadas. As mulheres correspondem a 63% dos imunizados na cidade e as pessoas pretas ou pardas são 57% dos vacinados.

 

“Salvador é a capital brasileira mais eficaz na aplicação da vacina contra Covid-19. Temos cerca de 1,5 mil servidores atuando incessantemente na nossa cidade para garantir a celeridade do processo de imunização contra o coronavírus. Implantamos uma estrutura muito mais robusta que a divulgada no início da campanha justamente para que dar agilidade”, destacou Leo Prates, secretário municipal da Saúde.

Influenza: A menos de uma semana para fim da 1ª etapa, SSA só vacinou 30% do público
Foto: Rodrigo Nunes/MS

A menos de uma semana para o fim da primeira etapa da campanha de vacinação contra a Influenza, Salvador está longe da meta de imunização dentro do público-alvo. Apenas 30% das pessoas que deveriam receber a imunização nesta fase compareceram aos postos.

 

O público alvo desta fase inclui crianças entre seis meses e menores de seis anos, gestantes, puérperas e trabalhadores de saúde. De acordo com a coordenadora de Imunização da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Doiane Lemos, 321 mil pessoas fazem parte do público desta etapa e até o momento 95.875 foram vacinadas.

 

Entre as crianças o índice de cobertura vacinal da influenza em Salvador está em 36%; entre as gestantes 30%; 32% puérperas; e os trabalhadores da saúde 21%. A meta estabelecida pelo Ministério da Saúde é de vacinar 90%.

 

 

A campanha começou em 10 de abril. Uma nova fase, com novo público alvo, começa na próxima segunda-feira (10). O foco será na vacinação de idosos com 60 anos ou mais e professores. Mas mesmo com a mudança de fase, as pessoas dos grupos prioritários da primeira podem, e devem, procurar os postos para se vacinarem contra a Influenza.

 

A gestora ressalta que o vírus da Influenza tem potencial em causar adoecimento, internamento, e complicações e a vacina tem o objetivo de reduzir esses riscos, além de evitar aumento da demanda por serviço de saúde em meio a pandemia de Covid-19.

Quarta, 05 de Maio de 2021 - 13:20

Renan se irrita com falta de assertividade de Teich: 'O senhor precisa nos ajudar'

por Ailma Teixeira

Renan se irrita com falta de assertividade de Teich: 'O senhor precisa nos ajudar'
Imagem: TV Senado

A postura do médico Nelson Teich na CPI da Pandemia irritou o relator da comissão, Renan Calheiros (MDB-AL). Ex-ministro da Saúde, Teich está prestando depoimento desde a manhã desta quarta-feira (5) e respondeu de forma vaga a diversas perguntas feitas pelos senadores.

 

Uma delas foi feita por Humberto Costa (PT-PE). O parlamentar quis saber se Teich chegou a planejar alguma campanha para conscientizar a população sobre a Covid-19. O ex-ministro, então, disse que conversou com uma pessoa, mas, quando questionado sobre quem seria, não soube dizer quem era nem se fazia parte da Secretaria de Comunicação.

 

"O senhor precisa nos ajudar", criticou o relator. "Eu exerci um cargo de ministro no século passado e eu lembro de tudo", acrescentou o emedebista. Renan Calheiros foi ministro da Justiça no governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) entre 1998 e 1999. 

 

Já Teich, que foi ministro por menos de um mês, entre abril e maio do ano passado, usou o tempo como justificativa para o esquecimento. "Às vezes eu não consigo lembrar, isso tem um ano", afirmou, repetindo o que já havia respondido a outros questionamentos. O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da CPI, que está à frente da sessão neste momento, sugeriu a apresentação de um requerimento para obter a agenda oficial do Ministério da Saúde.

 

CPI DA PANDEMIA

Instalada nesta semana, a CPI da Pandemia visa investigar as ações e omissões do governo federal no combate à pandemia. Nesta terça (4), os senadores ouviram o primeiro ministro da Saúde, o médico Luiz Henrique Mandetta (saiba mais aqui), e agora colhem o depoimento de Teich, segundo a ocupar o posto.

 

Após ter passado menos de um mês no ministério, ele disse que se demitiu por não ter autonomia para conduzir as ações da pasta.

 

Nos próximos dias, a CPI também vai ouvir o terceiro ministro, o general Eduardo Pazuello, cujo depoimento foi remarcado para o dia 19 (saiba mais aqui), o atual ministro da pasta, o médico Marcelo Queiroga, e o diretor-presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres.

Salvador tem 58 mil pessoas que não tomaram a 2ª dose por 'abandono' ou falta de vacina
Foto: Jefferson Peixoto/Secom

Salvador soma 58 mil pessoas que estão aptas e ainda não receberam a segunda dose da vacina contra a Covid-19. Esse total inclui aquelas que não retornaram aos postos para completar o esquema, e também as que foram imunizadas com a Coronavac e que não receberam a segunda dose porque não há imunizante disponível. A informação é da chefe da Imunização da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), Doiane Lemos, que falou com o Bahia Notícias no Ar, da Rádio Salvador FM 92,3, nesta quarta-feira (5).

 

A capital baiana é uma das cidades do Brasil que sofre com a escassez de doses da vacina Coronavac e que está assistindo ao atraso na aplicação da segunda dose do imunizante por falta de disponibilidade. Salvador seguiu a orientação do Ministério da Saúde e utilizou os imunizantes reservados para o reforço como primeira dose.

 

Doiane sinalizou que setor de Imunização da SMS ainda não tem como definir uma estratégia para compensar o atraso e agilizar a vacinação com a CoronaVac até que se saiba o quantitativo e quando as doses estarão disponíveis. Apenas com essas informações a SMS poderá traçar o plano para retomar a vacinação com o imunizante produzido pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac.

 

A chefe da Imunização em Salvador ressaltou que doses de vacina não se perde, e que mesmo com o atraso não será necessário reiniciar o esquema de vacinação. Quando as doses estiverem disponíveis as pessoas serão convocadas para a administração da segunda dose.

 

Salvador segue aplicando a segunda dose da vacina de Oxford/Astrazeneca normalmente.

Quarta, 05 de Maio de 2021 - 12:40

Feira: Boletim registra mais 6 óbitos por Covid e casos ativos batem recorde

por Francis Juliano

Feira: Boletim registra mais 6 óbitos por Covid e casos ativos batem recorde
Foto: Divulgação / Prefeitura de Feira de Santana

O último boletim epidemiológico de Feira de Santana divulgado na noite desta terça-feira (4) registrou mais seis mortes pela Covid-19. Segundo a secretaria municipal da saúde [SMS], cinco dos óbitos ocorreram em abril e um deles em janeiro. A semana já registra 11 mortes, após um dia sem perdas como ocorreu no domingo (2). Na cidade, o número de vítimas da doença chegou a 641.

 

No mesmo boletim chama a atenção a soma de casos ativos, aqueles em condição de contaminar outras pessoas. Pelo segundo dia consecutivo, houve recorde entre o grupo, como informou a TV Subaé. Foram 4.438 casos ativos na segunda-feira (3) e 4.542 nesta terça.

 

Já os casos confirmados diminuíram, saíram de 192 na segunda para 122 nesta terça.  Ao todo, a cidade acumula 35.636 casos confirmados. Em relação aos internados pela doença, o número é de 133.

 

Até as 12h40 desta quarta-feira (5), a taxa de ocupação de leitos de UTI adulto na rede pública estava em 90%, sendo que no Hospital Geral Clériston Andrade, dos 40 leitos destinados à Covid-19, 38 estavam com pacientes. No Hospital de Campanha, a situação também era parecida. Dos 18 leitos, 16 estavam ocupados.

 

Os dados são do monitoramento de leitos  online da Secretaria da Saúde do Estado (Sesab).

Briga entre senadores governistas e senadoras faz presidente suspender sessão da CPI
Imagem: TV Senado via Twitter @pinkbloc_

A segunda sessão de oitivas da CPI da Pandemia chegou a ser suspensa por volta das 11h50 desta terça-feira (5). Enquanto o médico e ex-ministro da Saúde, Nelson Teich, respondia a questionamentos dos senadores, parlamentares governistas entraram em conflito com as senadoras Eliziane Gama (Cidadania-MA) e Simone Tebet (MDB-MS).

 

A confusão se deu porque, a pedido delas, o presidente da comissão, senador Omar Aziz (PSD-AM), permitiu que a senadora Eliziane  fizesse suas perguntas ao depoente antes dos membros da CPI - dos 11 titulares do colegiado, nenhum é mulher. Dessa forma, elas não possuem direito a voto e, justamente por essa falta de representatividade, requisitaram o direito de questionar o ex-ministro mais cedo.

 

Mas isso não foi bem aceito por parlamentares como Ciro Nogueira (PP-PI), Fernando Bezerra (MDB-PE) e Marcos Rogério (DEM-RO). "O gesto de vossa excelência em tentar atender o apelo da bancada feminina não encontra respaldo no regimento interno", disse o democrata, em protesto. Os três entraram em uma discussão acalorada com as senadoras Simone e Eliziane.

 

A emedebista frisou que elas não teriam direito a voto nem estavam pleiteando a titularidade na comissão. Já a segunda subiu o tom contra Ciro Nogueira, questionando a intenção dele ao tentar impedi-la de questionar Nelson Teich.

 

Diante de tamanha confusão, Omar Aziz se desculpou com o médico e decidiu fazer uma breve suspensão. Por volta das 12h, a transmissão foi retomada no Youtube da TV Senado, mas os parlamentares continuaram a brigar até que o presidente conseguiu restabelecer a ordem.

 

Por ora, ficou decidido que Eliziane faria seus questionamentos, o que já foi feito conforme deliberado antes da sessão. "Primeiro o relator [Renan Calheiros], depois o senador Randolfe [Rodrigues] como vice-presidente, que hoje também foi questionado isso, e logo em seguida nós passaremos a palavra a uma das 12 mulheres", frisou Aziz, ao citar o acordo. Com semblante irritado, ele anunciou que ao final da sessão vai colocar a ordem de inquirição em votação para avaliar se alguém discorda.

 

PRÓXIMOS DEPOIMENTOS

A CPI começou os trabalhos com o depoimento do primeiro ministro da Saúde neste governo, o também médico Luiz Henrique Mandetta (saiba mais aqui). Depois, os senadores devem ouvir o atual ministro, o médico Marcelo Queiroga, o diretor-presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres, e o general Eduardo Pazuello, terceiro a comandar a pasta. Ele alegou que está em quarentena após ter tido contato com duas pessoas diagnosticadas com a Covid-19 (veja aqui), por isso seu depoimento foi remarcado para o dia 19.

Quarta, 05 de Maio de 2021 - 11:15

Não ousem contestar, diz Bolsonaro em recado ao STF sobre decreto para barrar lockdown

por Ricardo Della Coletta | Folhapress

Não ousem contestar, diz Bolsonaro em recado ao STF sobre decreto para barrar lockdown
Foto: Flickr/ Palácio do Planalto

No segundo dia de depoimento da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Pandemia, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) voltou a ameaçar editar um decreto contra medidas de isolamento social tomadas por governadores e prefeitos para, segundo o mandatário, garantir a realização de cultos e a "liberdade para poder trabalhar".
 

Em um recado ao Judiciário, Bolsonaro ainda afirmou: "não ouse contestar, quem quer que seja".
 

A fala do mandatário ocorreu em evento no Palácio do Planalto, um dia depois de o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, ter apontado que Bolsonaro contrariou orientações do Ministério da Saúde baseadas na ciência para o combate à pandemia da Covid.
 

"Nas ruas já se começa a pedir que o governo que baixe um decreto. Se eu baixar um decreto ele vai ser cumprido, não será contestado por nenhum tribunal", declarou Bolsonaro, em evento no Palácio do Planalto.
 

"Queremos a liberdade de cultos, queremos a liberdade para poder trabalhar, queremos o nosso direito de ir e vir, ninguém pode contestar isso. Se esse decreto eu baixar, repito, [ele] será cumprido. Juntamente com o nosso parlamento, juntamente com todo o poder de força que temos em cada um dos nossos atualmente 23 ministros", declarou.
 

Em outro momento, sem citar o STF (supremo Tribunal Federal), Bolsonaro disse que o reconhecimento da competência de estados e municípios para a adoção de medidas de controle sanitário é uma "excrescência".
 

O STF julgou que estados e municípios, assim como a União, têm atribuição para a tomada de decisões referentes ao controle do vírus, entre eles o fechamento de comércios.
 

Bolsonaro afirmou que, com a proibição de cultos em alguns estados -outra ação avalizada pelo Supremo- "pastores e padres passaram a ser vilões no Brasil".

Quarta, 05 de Maio de 2021 - 11:00

Em meio a escassez de 2ª dose da CoronaVac, Bruno transfere 'culpa' para ministério

por Bruno Luiz / Jade Coelho

Em meio a escassez de 2ª dose da CoronaVac, Bruno transfere 'culpa' para ministério
Foto: Mateus Pereira/GOVBA

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), acredita que a população deve analisar os fatos e julgar os responsáveis pela falta de vacinas. A capital baiana é uma das cidades do Brasil que sofre com a escassez de doses da vacina Coronavac e que está assistindo ao atraso na aplicação da segunda dose do imunizante por falta de disponibilidade.

 

Salvador seguiu a orientação do Ministério da Saúde e utilizou os imunizantes reservados para o reforço como primeira dose. Bruno Reis não se arrepende da decisão e argumenta que, caso agisse de forma diferente, seria cobrado pela população, pela imprensa e a cidade não teria níveis de imunização satisfatórios.

 

“Se o governo federal diz que pode aplicar todo o lote e que eles garantem a segunda dose, o que vamos fazer?”, questionou o gestor durante entrevista coletiva nesta quarta-feira (5). “Se eu tivesse retido, tenho certeza que, na época, a população ia cobrar, a imprensa ia cobrar, Salvador ia aparecer nos últimos lugares, com a vacinação mais atrasada, iam dizer que a aplicação da prefeitura é incompetente”, completou Bruno Reis.

 

Na visão do prefeito, a população deve analisar os fatos e julgar a competência e responsabilidades do governo. “Se o governo federal tomou uma decisão equivocada e nós estamos pagando o preço, quero apenas que a população julgue as responsabilidade de cada um”, afirmou o gestor.

 

A decisão de seguir as orientações do Ministério da Saúde será mantida também em relação a vacina da Pfizer. A cidade recebeu na segunda-feira (3) o primeiro lote com os imunizantes. Junto com a remessa, o ministério fez a orientação para que a segunda dose seja aplicada com um intervalo de 12 semanas, diferente do que orienta a bula do imunizante, que prevê que a segunda dose seja aplicada 21 dias após a primeira.

 

A Secretaria da Saúde do Estado (Sesab) informou na terça-feira (4) que seguiria a recomendação do ministério (lembre aqui).

Quarta, 05 de Maio de 2021 - 10:24

Doses previstas da Coronavac não dão conta de vacinar público pendente em Salvador

por Bruno Luiz / Ailma Teixeira

Doses previstas da Coronavac não dão conta de vacinar público pendente em Salvador
Foto: Divulgação/ Sesab

Mesmo com a previsão de que novas doses da Coronavac cheguem à Bahia nesta quinta-feira (6), a Prefeitura de Salvador disse que a quantidade não será suficiente para cumprir o público já habilitado para receber a segunda dose. Atualmente, a aplicação desse imunizante está suspensa na capital baiana por falta de doses.

 

"A informação que nós temos é que devem chegar somente 50 mil doses para a Bahia. Viriam algo em torno de 10 mil doses para Salvador. Dessas 10 mil que vão chegar amanhã, não dá para cumprir o público que está pendente", disse o prefeito Bruno Reis (DEM), em coletiva de imprensa virtual, realizada na manhã desta quarta-feira (5).

 

De acordo com o gestor, atualmente a cidade tem cerca de 40 mil pessoas que precisam tomar a segunda dose da Coronovac. Sendo assim, todo o montante que chegar será aplicado como dose de reforço. O prefeito ressalta que novas pessoas só serão imunizadas com a Coronavac depois que o número de pendências for zerado.

Feira: Mãe que perdeu 3 filhos para doença rara busca apoio para tratamento
Foto: Reprodução / TV Subaé

Após perder três filhos pequenos para uma doença rara e hereditária, uma moradora de Feira de Santana tenta através de doações fazer um tratamento em São Paulo. Sumara Santos, de 39 anos, teve o diagnóstico de porfiria, doença causada por mutação genética que provoca falta de uma substância no fígado.

 

Segundo a TV Subaé, em 2015, a filha de Sumara Santos, Sara, teve de ser internada. Ele apresentava infecção urinária, vômito e fortes dores. Após um ano em UTI, a garota veio a óbito.

 

Já em 2017, Santos engravidou do filho Lucas, e em 2019, ficou grávida de Levi. No entanto, em janeiro de 2020, os meninos tiveram os mesmos sintomas. Levi ficou internado por quatro meses e não resistiu. Quatro dias depois do óbito de Levi, o filho Lucas passou a ter os sintomas da doença e faleceu três meses depois.

 

Além de porfiria, há a suspeita de que Sumara tenha também amiloidose, outra doença rara, causadora de acúmulo da proteína amiloide no coração, rim, fígado e cérebro. Para se locomover, Sumara, que é professora, usa cadeira de rodas. Ela também foi diagnosticada com retocolite ulcerativa por uso constante de opioides.

 

Através de uma vaquinha virtual, amigas da professora tentam conseguir recurso suficiente para garantir o tratamento, considerado muito caro, em unidade especializada em São Paulo, . Para ajudar, basta clicar no link.

Quarta, 05 de Maio de 2021 - 08:03

Devoto de Santa Dulce, Paulo Gustavo doou mais de R$ 1,5 milhão à instituição baiana

por Júnior Moreira Bordalo

Devoto de Santa Dulce, Paulo Gustavo doou mais de R$ 1,5 milhão à instituição baiana
Foto: Reprodução / Instagram

O perfil oficial do Santuário Santa Dulce dos Pobres também fez uma homenagem ao ator e humorista Paulo Gustavo, que faleceu nesta terça-feira (4) após complicações da Covid-19 (veja aqui). Devoto da religiosa baiana, o artista fez diversas doações ao longo da vida para a instituição, que somam mais de R$ 1,5 milhão.

 

"Com um coração grandioso, ele amou os pobres e doentes de Dulce, deixando suas pegadas na casa do Anjo Bom e sua presença nos corações dos acolhidos por ela. Apesar da imensa dor pela notícia de sua partida, seguimos firmes na certeza de que a alegria semeada na Terra também se traduz em sorrisos no céu; e que os irmãos outrora acolhidos por seu amor estão hoje representados na acolhida que também terás nos braços de sua querida Santa Dulce", postou a página oficial do Santuário.

 

Segundo o padre Julio Lancelloti, só para a construção de uma unidade de oncologia (tratamento de câncer) em 2017, Paulo Gustavo doou R$ 600 mil. "Nunca esqueceremos de vossa dedicação aos pacientes da instituição, exemplificada na unidade que construíste para atendimento às pessoas em tratamento do câncer. Nunca esqueceremos do carinho para com nossos profissionais, ao prover os recursos necessários para a compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e testes para diagnóstico da Covid-19; entre inúmeras outras ações solidárias", seguiu a instituição.

Quarta, 05 de Maio de 2021 - 07:00

Vamos descobrir junto com o vírus qual o perfil da 3ª onda, diz médico

por Cláudia Collucci | Folhapress

Vamos descobrir junto com o vírus qual o perfil da 3ª onda, diz médico
Foto: Paula Fróes/ GOVBA

Uma terceira onda da pandemia está no radar dos gestores de saúde, mas o impacto da vacinação nos grupos prioritários traz a esperança de que o pior já tenha ficado para trás. É o que pensa o médico especializado em administração José Marcelo de Oliveira, 54, conhecido por Jota, o novo diretor-presidente do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, que inicia nesta semana a fase de transição e assume oficialmente o cargo a partir de 1º de junho.
 

"A terceira onda terá um outro perfil. Tem o perfil do comportamento social dos jovens, o das novas variantes e o perfil da vacinação. A gente está descobrindo junto com o vírus qual será esse novo perfil", diz ele, que encerrou na última sexta (30) uma gestão de seis anos no A.C. Camargo Cancer Center.
 

Jota assume a direção do Oswaldo Cruz em um momento de expansão. Em receita, o hospital passou de R$ 493 milhões para R$ 852 milhões, entre 2013 e 2020. No mesmo período, saiu de 327 leitos para 538. Neste primeiro trimestre, foram contratados 400 novos funcionários, quase 10% da força de trabalho da instituição.

Pessoas de 45 anos com comorbidades e deficiência são vacinadas nesta quarta em SSA
Foto: Jefferson Peixoto/ Secom PMS

Com a chegada de mais doses das vacinas da Pfizer e de Oxford, no início da semana, a Prefeitura de Salvador conseguiu avançar na aplicação dos imunizantes em primeira dose. Nesta quarta-feira (5), pessoas com comorbidades e deficiência permanente a partir dos 45 anos poderão se dirigir a um dos postos de vacinação.

Além delas, também serão imunizados idosos a partir dos 60 anos ou ainda a completar neste ano; imunossuprimidos; pessoas com transtorno intelectual severo e moderado; pacientes transplantados; pessoas com Síndrome de Down; pacientes em hemodiálise; trabalhadores da saúde e autônomos da área; doulas; trabalhadores da limpeza urbana; trabalhadores da educação; rodoviários; e agentes de segurança e salvamento.

 

Confira abaixo a programação do dia por grupo prioritário:

PESSOAS COM COMORBIDADES: 08H às 16H

 

As pessoas com todas as comorbidades elencadas no Plano Nacional de Imunização (veja a lista em anexo) com idade igual ou superior a 45 anos seguem contempladas com a vacinação. Os indivíduos devem estar com o nome cadastrado no site da Secretaria Municipal da Saúde (veja aqui) e no ato da vacina apresentar documento oficial de identificação com foto.

 

Drivers: Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; FBDC Cabula; 5ª Centro de Saúde; Vila Militar (Dendezeiros), PAF Ondina, FTC Paralela e Arena Fonte Nova. 

 

Pontos fixos: FTC Paralela, USF Curralinho, USF Teotônio Vilela II, USF Santa Luzia, USF Federação, USF Fernando Filgueiras (Cabula VI), USF Cajazeiras X, USF Itapuã, USF Vale do Matatu, 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma.

 

IMUNOSSUPRIMIDOS: 08H ÀS 16H

Para receber a primeira dose da vacina, os imunossuprimidos com idade entre 18 e 59 anos devem estar com o nome cadastrado no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina apresentar documento oficial de identificação com foto.

 

Drivers: Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; FBDC Cabula; 5ª Centro de Saúde; Vila Militar (Dendezeiros), PAF Ondina, FTC Paralela e Arena Fonte Nova. 

 

Pontos fixos: FTC Paralela, USF Curralinho, USF Teotônio Vilela II, USF Santa Luzia, USF Federação, USF Fernando Filgueiras (Cabula VI), USF Cajazeiras X, USF Itapuã, USF Vale do Matatu, 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma.

 

TRANSTORNO INTELECTUAL SEVERO E MODERADO (entre eles, os Autistas): 08H ÀS 16H

As pessoas com Transtorno Intelectual Severo e Moderado, entre elas as pessoas no Espectro Autista, com idade entre 18 e 59 anos, também continuam sendo vacinadas. Para receber a primeira dose é obrigatório estar com o nome cadastrado no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina apresentar documento oficial de identificação com foto.

 

Drivers: FTC Paralela; Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; FBDC Cabula; 5ª Centro de Saúde; Vila Militar (Dendezeiros). 

 

Pontos fixos: FTC Paralela; 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma.

 

PESSOAS COM DEFICIÊNCIA PERMANENTE: 08H às 16H

As pessoas com 45 anos ou mais de idade com deficiência permanente e cadastro ativo para o recebimento do Benefício de Prestação Continuada (BPC) também continuam sendo beneficiadas. Para isso deverão estar com o nome no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina apresentar documento oficial de identificação com foto, além da cópia impressa do Laudo de Deficiência Permanente do INSS ou do médico.

 

Esse público, preferencialmente os acamados ou com dificuldade de locomoção, também poderá solicitar a vacinação domiciliar através do portal Vacina Express. 

 

Drivers: Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; FBDC Cabula; 5ª Centro de Saúde; Vila Militar (Dendezeiros), PAF Ondina, FTC Paralela e Arena Fonte Nova. 

 

Pontos fixos: FTC Paralela, USF Curralinho, USF Teotônio Vilela II, USF Santa Luzia, USF Federação, USF Fernando Filgueiras (Cabula VI), USF Cajazeiras X, USF Itapuã, USF Vale do Matatu, 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma.

 

PACIENTES TRANSPLANTADOS: 08H às 16H

Os pacientes transplantados devem estar com os nomes cadastrados no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina apresentar documento oficial de identificação com foto.

 

Drivers: Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; FBDC Cabula; 5ª Centro de Saúde; Vila Militar (Dendezeiros), PAF Ondina, FTC Paralela e Arena Fonte Nova. 

 

Pontos fixos: FTC Paralela, USF Curralinho, USF Teotônio Vilela II, USF Santa Luzia, USF Federação, USF Fernando Filgueiras (Cabula VI), USF Cajazeiras X, USF Itapuã, USF Vale do Matatu, 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma.

 

PESSOA COM SÍNDROME DE DOWN: 08H às 16H

As pessoas com Síndrome de Down com idade entre 18 e 59 anos devem estar com os nomes cadastrados no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina apresentar documento oficial de identificação com foto.

 

Drivers: Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; FBDC Cabula; 5ª Centro de Saúde; Vila Militar (Dendezeiros), PAF Ondina, FTC Paralela e Arena Fonte Nova. 

 

Pontos fixos: FTC Paralela, USF Curralinho, USF Teotônio Vilela II, USF Santa Luzia, USF Federação, USF Fernando Filgueiras (Cabula VI), USF Cajazeiras X, USF Itapuã, USF Vale do Matatu, 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma.

 

PACIENTES EM HEMODIÁLISE: 08H ÀS 16H

Devem estar com os nomes cadastrados no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina apresentar documento oficial de identificação com foto.

 

Drivers: Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; FBDC Cabula; 5ª Centro de Saúde; Vila Militar (Dendezeiros), PAF Ondina, FTC Paralela e Arena Fonte Nova. 

 

Pontos fixos: FTC Paralela, USF Curralinho, USF Teotônio Vilela II, USF Santa Luzia, USF Federação, USF Fernando Filgueiras (Cabula VI), USF Cajazeiras X, USF Itapuã, USF Vale do Matatu, 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma.

 

TRABALHADORES DA SAÚDE E AUTÔNOMOS: 08H ÀS 16H

Para ser beneficiado com a primeira dose todos devem estar com os nomes cadastrados no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina apresentar os seguintes documentos:

 

- Trabalhadores da saúde: documento oficial de identificação com foto e cópia impressa do último contracheque ou do contrato PJ ativo.

 

- Autônomos (médicos, fisioterapeutas, dentistas, enfermeiros, farmacêuticos, auxiliar e técnico de enfermagem, auxiliar e técnico de saúde bucal, nutricionistas, psicólogos, fonoaudiólogos, biomédicos e técnico em radiologia): documento oficial de identificação com foto, carteira do conselho de classe e cópia impressa do último Imposto de Renda, ou do comprovante atualizado de pagamento do ISS, ou do contrato de Pessoa Jurídica ativo ou da última nota fiscal.

 

Drivers: FBDC Brotas, Unijorge (Campus Paralela), Barradão e Universidade Católica de Salvador (Campus Pituaçu)

 

Pontos fixos: FBDC Brotas, Unijorge (Campus Paralela), Barradão, Colégio da Polícia Militar (Dendezeiros) e Universidade Católica de Salvador (Campus Pituaçu)

 

DOULAS: 08 ÀS 16H

Devem estar com os nomes cadastrados no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina apresentar documento oficial de identificação com foto, além de cópia impressa do Imposto de Renda, ou do ISS, ou nota fiscal ou contrato de trabalho com firma reconhecida em cartório.

 

Drivers: FBDC Brotas, Unijorge (Campus Paralela), Barradão e Universidade Católica de Salvador (Campus Pituaçu)

 

Pontos fixos: FBDC Brotas, Unijorge (Campus Paralela), Barradão, Colégio da Polícia Militar (Dendezeiros) e Universidade Católica de Salvador (Campus Pituaçu).

 

TRABALHADORES DA LIMPEZA URBANA: 08 às 16H

Os trabalhadores da limpeza urbana com 40 anos ou mais que atuam em Salvador seguem na estratégia de imunização contra a Covid-19. Para isso, devem estar com o nome cadastrado no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina apresentar documento oficial de identificação com foto e cópia impressa do último contracheque.

 

Drivers: FTC Paralela; Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; FBDC Cabula; 5ª Centro de Saúde; Vila Militar (Dendezeiros). 

 

Pontos fixos: FTC Paralela; 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma.

 

TRABALHADORES DA EDUCAÇÃO DO ENSINO SUPERIOR EM SALVADOR COM 40 ANOS OU MAIS: 08H ÀS 16H

O trabalhador do ensino superior das redes privada e pública de Salvador, com 40 anos ou mais de idade, podem ser vacinados contra a Covid-19. Para isso devem estar em pleno exercício das atividades, lotados na capital baiana e com o nome cadastrado no site da Secretaria Municipal da Saúde. No ato da vacina deverá apresentar documento oficial de identificação com foto e cópia impressa do último contracheque ou do contrato de trabalho PJ.

 

Drivers: FBDC Brotas, Unijorge (Campus Paralela), Barradão e Universidade Católica de Salvador (Campus Pituaçu)

 

Pontos fixos: FBDC Brotas, Unijorge (Campus Paralela), Barradão, Colégio da Polícia Militar (Dendezeiros) e Universidade Católica de Salvador (Campus Pituaçu).

 

TRABALHADORES DA EDUCAÇÃO BÁSICA DA REDE PÚBLICA E PRIVADA DE SALVADOR: 08H ÀS 16H

O trabalhador deve ter 18 anos ou mais, estar em pleno exercício das atividades e com o nome cadastrado no site da Secretaria Municipal da Saúde. No ato da vacinação deverá apresentar documento oficial de identificação com foto e cópia impressa do último contracheque ou do contrato de trabalho PJ.

 

Drivers: FBDC Brotas, Unijorge (Campus Paralela), Barradão e Universidade Católica de Salvador (Campus Pituaçu)

 

Pontos Fixos: FBDC Brotas, Unijorge (Campus Paralela), Barradão, Colégio da Polícia Militar (Dendezeiros) e Universidade Católica de Salvador (Campus Pituaçu).

 

RODOVIÁRIOS: 08H às 16H

Também seguem sendo imunizados os rodoviários com idade igual ou superior a 50 anos. Para ter acesso ao imunizante, o trabalhador deve estar com o nome cadastrado no site da Secretaria Municipal da Saúde e no ato da vacina apresentar documento oficial de identificação com foto e cópia impressa do último contracheque.

 

Drivers: FTC Paralela; Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; FBDC Cabula; 5ª Centro de Saúde; Vila Militar (Dendezeiros). 

 

Pontos fixos: FTC Paralela; 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma.

 

POLICIAL FEDERAL, POLICIAL RODOVIÁRIO FEDERAL, POLICIAIS MILITARES E CIVIS; BOMBEIROS, AGENTES DE SALVAMENTO E TRÂNSITO, AGENTES PENITENCIÁRIOS, FISCAIS DE MEDIDAS RESTRITIVAS E GUARDAS CIVIS MUNICIPAIS: 08H ÀS 16H

Todos devem estar em pleno exercício das atividades, lotados em Salvador, nome cadastrado no site da Secretaria Municipal da Saúde e ter idade igual ou superior a 40 anos. No ato da vacina deverão apresentar documento oficial de identificação com foto e cópia impressa do último contracheque.

 

Drivers: Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; FBDC Cabula; 5ª Centro de Saúde; Vila Militar (Dendezeiros), PAF Ondina, FTC Paralela e Arena Fonte Nova. 

 

Pontos fixos: FTC Paralela, USF Curralinho, USF Teotônio Vilela II, USF Santa Luzia, USF Federação, USF Fernando Filgueiras (Cabula VI), USF Cajazeiras X, USF Itapuã, USF Vale do Matatu, 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma. 


 

1ª DOSE IDOSOS: 08H ÀS 16H

Idosos com idade a partir dos 60 anos ou aqueles com 59 anos nascidos até 31 de dezembro de 1961 já podem receber a primeira dose do imunizante.

 

Drivers: FTC Paralela; Atakadão Atakarejo (Fazenda Coutos); Parque de Exposições; FBDC Cabula; 5ª Centro de Saúde; Vila Militar (Dendezeiros). 

 

Pontos fixos: FTC Paralela; 5ª Centro de Saúde; USF Vista Alegre, UBS Nelson Pihaui Dourado; USF Resgate; USF Plataforma.

 

2ª DOSE: 08H às 16H - OXFORD

A segunda aplicação para quem recebeu imunizante do laboratório AstraZeneca com a Universidade de Oxford segue normalmente na capital baiana. 

 

Antes de se dirigir ao ponto de vacinação, a data de reforço deve ser conferida no cartão de vacina ou no site da Secretaria Municipal da Saúde.

 

Drives: Faculdade Universo (campus AV. ACM), Centro de Convenções, USF San Martim III e Shopping Bela Vista.

 

Pontos fixos: Clube dos Oficiais (Dendezeiros), Centro de Saúde Ramiro de Azevedo, USF Colinas de Periperi, USF Vila Nova de Pituaçu e USF João Roma Filho.

 

CORONAVAC

A aplicação da segunda dose da CoronaVac será suspensa a partir desta quarta-feira (05) por conta do desabastecimento do imunobiológico por parte do Governo Federal. A Secretaria Municipal da Saúde aguarda o recebimento de novo lote para regularizar a situação na capital baiana, e assim realizar o fechamento do esquema vacinal daqueles que já receberam a primeira dose.

 

2ª DOSE – HORA MARCADA

A aplicação da segunda dose ocorrerá normalmente para quem fez o agendamento pelo site Hora Marcada (veja aqui) para o dia 05 de maio e vai completar o esquema vacinal com o imunizante Oxford. Veja os pontos:

 

Drives: Universidade Maurício de Nassau – Campus Pituba; Associação dos Delegados (Rua da Gratidão, 03, Piatã - Próximo ao Cimatec

 

Pontos fixos:

DISTRITO SANITÁRIO BARRA RIO VERMELHO

- USF DA FEDERAÇÃO

DISTRITO SANITÁRIO DA BOCA DO RIO

- USF PARQUE DE PITUAÇU

DISTRITO SANITÁRIO BROTAS

- UBS MARIO ANDREA

- UBS MANOEL VITORINO

DISTRITO SANITÁRIO CABULA/BEIRU

- UBS CSU PERNAMBUÉS

- UBS EUNISIO COELHO TEIXEIRA

- USF FERNANDO FILGUEIRAS

- USF MATA ESCURA

DISTRITO SANITÁRIO DE CAJAZEIRAS

- USF CAJAZEIRAS V

DISTRITO SANITÁRIO DO CENTRO HISTÓRICO

- UBS PERICLES ESTEVES CARDOSO

- USF DONA IRACI ISABEL DA SILVA - GAMBOA

DISTRITO SANITÁRIO ITAPAGIPE

- JOANES CENTRO OESTE

DISTRITO SANITÁRIO DE ITAPUÃ

- USF PROFESSOR EDUARDO MAMEDE

- USF ALTO DO COQUEIRINHO

DISTRITO SANITÁRIO DA LIBERDADE

- UBS PROFESSOR BEZERRA LOPES

DISTRITO SANITÁRIO DE PAU DA LIMA

- UBS CASTELO BRANCO

DISTRITO SANITÁRIO SÃO CAETANO/VALÉRIA

- UBS MARECHAL RONDOM

- USF ANTONIO LAZZAROTTO

DISTRITO SANITÁRIO SUBURBIO FERROVIÁRIO

- USF TUBARÃO

- USF FAZENDA COUTOS III

 

VACINA EXPRESS

Além dos idosos, pessoas com deficiência e portadores de comorbidades que integram o público elegível para a vacina podem fazer o agendamento da imunização domiciliar através do Vacina Express (veja aqui). O serviço é oferecido, preferencialmente, para pessoas acamadas ou com dificuldade de locomoção. As pessoas que já foram imunizadas em casa não precisam fazer novo registro na plataforma digital já que o retorno da equipe de saúde é feito automaticamente, de acordo com a data de reforço programada no sistema.

 

Sobre a aplicação da 2ª dose da CoronaVac pelo Vacina Express, o serviço será prestado somente até esta quarta-feira (05) devido ao baixo estoque do imunizante. Já as pessoas que tomaram a primeira dose da Oxford seguem com o esquema vacinal domiciliar programado normalmente. (Atualizada às 8h34)

Quarta, 05 de Maio de 2021 - 00:00

MP-BA e MPT querem suspensão de contratação de médicos por PJ: 'Fraude'

por Jade Coelho

MP-BA e MPT querem suspensão de contratação de médicos por PJ: 'Fraude'
Foto: Cláudia Cardozo/Bahia Notícias

O Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) e o Ministério Público do Trabalho (MPT) solicitaram na Justiça do Trabalho que o governo da Bahia suspenda a contratação de médicos através de contratos firmados por Pessoa Jurídica (PJ). A promotora Rita Tourinho vê neste regime de contratação uma “fraude” e uma forma de esvaziamento de direitos trabalhistas.

 

Essa é uma pauta defendida pelo Sindicato dos Médicos (Sindimed-BA) (lembre aqui). Na semana passada a categoria chegou a protocolar uma Denúncia de Fato no MP para expor detalhes da situação dos médicos, que estão sendo "levados a deixar seus vínculos estatutários e/ou CLT e migrarem para pessoa jurídica". Segundo a categoria, os profissionais estão há mais de 11 anos sem concurso na Bahia (leia mais aqui).

 

“Nós pedimos que seja proibida essa contratação, esse credenciamento de PJ pelo estado, dizendo inclusive que essa pratica de contratação PJ é uma fraude aos direitos trabalhistas dos médicos”, disse Rita Tourinho ao BN.

 

Como exemplo a promotora de Justiça citou que alguns médicos que trabalharam sob esse regime na primeira onda da pandemia da Covid-19, no ano passado, não quiseram mais prestar serviços durante a segunda onda, em março deste ano, “em função da instabilidade”. “Porque quando eles adoeciam não tinham direito a nada”, afirmou. 

 

Os órgãos entendem como “fraude” a contratação de médicos por Pessoa Jurídica porque o estado acaba terceirizando uma função que é típica de cargos públicos. “Ele não está fazendo uma contratação de prestação de serviço, porque o que o estado alega é que está contratando prestação de serviço, mas não é. O que ele está fazendo é uma contratação de mão de obra para exercer função típica de cargo público de médico”, argumenta a promotora.

 

Rita Tourinho ainda compara a situação dos médicos a outros cargos públicos, a exemplo dos professores. Segundo ela, o entendimento atual do governo da Bahia para adotar esse regime de contratação pode ser aplicado também entre os profissionais da educação. “Dessa forma que o estado está fazendo é muito capaz que amanhã ou depois ele queira contratar professor por PJ. A situação seria a mesma”, analisou Rita Tourinho. 

 

Na ação o MP-BA e o MPT pedem que os contratos com médicos sejam firmados “através de formas legais que são permitidas e não através desses subterfúgios”, ao citar como exemplo concurso público ou Regime Especial de Direito Administrativo (Reda).

Morre ator e humorista Paulo Gustavo aos 42 anos, após complicações da Covid-19
Foto: Reprodução / Instagram

Morreu nesta terça-feira (4) o ator e humorista Paulo Gustavo, aos 42 anos, após complicações da Covid-19. O artista estava hospitalizado desde 13 de março, em uma unidade do Rio de Janeiro.

 

Inicialmente, Paulo Gustavo apresentava sintomas leves e foi internado por ter asma, doença que o incluía no grupo de risco para a doença causada pelo coronavírus. A situação se agravou e ele teve que ser intubado e submetido à terapia ECMO (Oxigenação por Membrana Extracorpórea).

 

No início de maio o artista chegou a apresentar melhora, segundo informações da assessoria dele. No domingo (2) os médicos reduziram os sedativos e bloqueadores para que Paulo interagisse com médicos e o marido, Thales Bretas.

 

No boletim da segunda-feira (3), a informação foi de que o quadro havia se agravado novamente e o ator teria sofrido uma embolia.

 

Além de ator e comediante, Paulo Gustavo também era roteirista, produtor e diretor. Sua obra mais conhecida foi a peça que posteriormente virou uma trilogia no cinema, a comédia "Minha Mãe é uma Peça". Nos filmes ele interpretava Dona Hermínia, personagem inspirada em sua própria mãe. O ator também fez sucesso como Valdomiro na série "Vai Que Cola" do Multishow.

 

Minha Mãe é uma Peça 3, lançado em 2019, se tornou a maior bilheteria da história do cinema nacional, com R$ 143,9 milhões arrecadados em sua passagem pelas salas.

 

Paulo Gustavo era casado com o médico Thales Bretas desde 2015. O casal teve dois filhos: Gael e Romeu, de um ano e meio.

Rui Costa atribui 'culpa' por falta de vacinas para segunda dose ao Ministério da Saúde
Foto: Reprodução / Redes Sociais

 

O governador Rui Costa (PT) atribuiu ao governo federal a falta de vacinas para aplicação de segunda dose do imunizante em Salvador (reveja aqui). Rui participou do "Papo Correria", nesta terça-feira (4). 

 

"Enquanto o ministério deixou facultativo para que os estados e municípios tomassem a decisão de guardar ou não a segunda dose, a Bahia optou por guardar. No oitavo ou nono lote, houve uma decisão do ministério para aplicar as doses, que eles teriam a garantia da chegada de novas doses. Aplique que estou garantindo que vai chegar. A garantia do ministério não está valendo de nada. A responsabilidade não foi dos estados e municípios. Infelizmente é isso que aconteceu", comentou.

 

O governador também revelou que um novo relatório do Comitê do Nordeste avaliando a Sputnik-V, será anexado à Anvisa. "Quanto mais rápido aprovarem e liberarem vamos voltar a normalidade. Não vai dar errado. Não trabalho nessa hipótese. Já está sendo aplicada em 64 países. São quase 30 milhões de doses. Tem alguma notícia que tenha saído algum problema? Não. Por isso estamos insistindo na Anvisa", disse. 

Casos ativos da Covid-19 caem na Bahia; Sesab registra 82 mortes pela doença em 24h
Foto: Paula Fróes / GOVBA

A Bahia registrou, nesta terça-feira (4), uma queda nos casos ativos da Covid-19 e também do número de internados em leitos de terapia intensiva, conforme dados publicados em boletim epidemiológico pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab).

 

Os casos ativos caíram de 16.253 na segunda-feira (3) para 15.809 nesta terça (4). Os 10 municípios baianos com mais contaminados são Salvador (2.743), Feira de Santana (647), Vitória da Conquista (373), Itabuna (353), Barreiras (323), Lauro de Freitas (268), Eunápolis (216), Paulo Afonso (193), Guanambi (192) e Juazeiro (181).

 

A quantidade de pacientes internados com casos graves da Covid-19 seguiu a mesma tendência de queda, reduzindo de 1.283 para 1.279 nas últimas 24 horas, sendo 1.255 adultos e 24 crianças. A taxa de ocupação dos leitos de UTI está em 79% para adultos e 67% para pediatria.

 

Também nas últimas 24 horas, a Bahia confirmou 3.108 novas contaminações pelo novo coronavírus e 82 mortes em decorrência da infecção. Com esses números, o estado passa a acumular agora, desde o início da pandemia, 913.020 casos confirmados da Covid-19 e 18.812 óbitos pela doença.

Aplicação da segunda dose da CoronaVac é suspensa em Salvador
Foto: Bruno Concha/Secom

A aplicação da 2ª dose da CoronaVac será suspensa em Salvador a partir desta quarta-feira (5). A razão se dá por conta do desabastecimento das vacinas pelo Governo Federal. A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) aguarda o recebimento de novo lote para regularizar a situação na capital baiana e, assim, realizar o fechamento do esquema vacinal daqueles que já receberam a primeira dose.

 

De acordo com a secretaria, a imunização domiciliar, através do Vacina Express, está mantida para a segunda dose da CoronaVac nesta quarta-feira (5). A segunda aplicação das doses da vacina Oxford também segue sem restrição para os indivíduos habilitados no município.

Medida privisória reinstitui dispensa de licitação para compras relacionadas à Covid-19
Foto: Reprodução / Sesa

As compras de bens e serviços relacionados ao enfrentamento da pandemia de Covid-19 poderão voltar a ser feitas com dispensa de licitação. A flexibilização das regras consta da Medida Provisória (MP) 1.047, sancionada nesta terça-feira (4) pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

 

De acordo com a Agência Brasil, os bens abrangidos pelas regras simplificadas, estão vacinas, medicamentos, material hospitalar e serviços de engenharia nos hospitais. De acordo com a MP, bens usados podem ser adquiridos sem necessidade de licitação, desde que o fornecedor se responsabilize pelas condições de uso e funcionamento.

 

O Palácio do Planalto revelou que a maior parte das medidas restabelecidas pela MP constava das leis 13.979 e 14.065, de 2020, que haviam expirado em 31 de dezembro do ano passado. Caberá ao Ministério da Saúde editar um ato definindo o prazo de vigência das condições excepcionais de contratação.

 

Em nota, o Ministério da Economia informou que a medida provisória permitirá garantir que bens, serviços e insumos usados no combate à pandemia cheguem de forma mais rápida à população, promovendo o combate à situação de emergência sanitária e ajudando a recuperar a economia. A pasta informou que a MP não tem impacto sobre as contas públicas, porque se trata apenas da adaptação das rotinas internas de órgãos federais e de entidades.

 

“O governo prevê a racionalização das compras, com minimização de custos – administrativos e financeiros – bem como a mitigação de esforços operacionais por cada órgão e entidade na garantia do atendimento à população, sem afastar o adequado processo administrativo, as justificativas para alocação dos recursos e a transparência ativa de todas as compras de governo”, destacou o Ministério da Economia no comunicado.

Histórico de Conteúdo