Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Salvador e Portugal fazem parceria para projetos de combate à pobreza
Foto: Lucas Moura / Secom

A prefeitura de Salvador firmou uma parceria com o governo de Portugal, na Europa, para elaboração de projetos sociais de combate à pobreza. O ato ocorreu neste sábado (11) durante visita de uma comitiva portuguesa à capital baiana. A prefeitura foi representada pela vice-prefeita, Ana Paula Matos (PDT).

 

Do lado português estiveram presentes a ministra da Presidência , Mariana Vieira da Silva, o embaixador de Portugal em Brasília, Luís Faro Ramos, e o Cônsul Geral na Bahia, Jorge Fonsêca. O encontro celebrou também o Dez de junho, Dia de Portugal. No encontro, realizado no gabinete da prefeitura de Salvador, foram propostas iniciativas de aproximação a partir das temáticas comuns, com ênfase na área social e cooperação internacional.

 

A vice-prefeita de Salvador falou sobre as iniciativas da área social desde 2013 e foi convidada a participar da agenda oficial nas cidades de Matosinhos e Lisboa para construir conjuntamente projetos voltados para a área. “Somos países irmãos, com tanta coisa em comum. Será uma honra para nós de Salvador, que avançamos tanto nas políticas sociais nos últimos anos, poder dividir as nossas experiências e trabalhar conjuntamente com os portugueses para avançarmos juntos”, declarou Ana Paula Matos.

 

A estratégia portuguesa apresentada na reunião tem entre os objetivos reduzir a taxa de pobreza para 10% da população, o que significa retirar 660 mil pessoas da situação de pobreza até 2030. A meta do governo português é de reduzir para metade a pobreza das crianças, o que significará retirar 170 mil crianças desta condição durante o mesmo período de tempo.

 

Foram definidos seis eixos prioritários de intervenção, em estreita articulação com o Pilar Europeu dos Direitos Sociais e com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030.

Histórico de Conteúdo