Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Após confirmação de federação, Rede e PSOL ainda debatem formação de chapa; entenda
Foto: Divulgação

A federação partidária firmada PSOL com a Rede Sustentabilidade foi aprovada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) (veja mais), porém questões na Bahia não foram pacificadas totalmente. A indicação da pré-candidatura de Iaraci Dias para a vaga de vice na chapa (relembre aqui) do PSOL ainda não foi definida e aprovada pelo PSOL. 

 

"Somos um partido político, temos que ter maioridade, queremos indicar. Só vamos construir uma chapa com a construção da Rede, se o PSOL quiser. Queremos ver a melhor forma, vamos estar juntos independente da indicação da chapa. É normal, todos os partidos querem se ver. É da política. Não vamos fazer nenhum tensionamento com esse tema. Nossa estratégia é a eleição parlamentar", disse Júlio Rocha, membro da executiva nacional e interlocutor da Rede na Bahia. 

 

Iaraci Dias concederia entrevista ao Bahia Notícias no Ar, programa da rádio Salvador FM, porém não esteve presente, alegando estar em reunião com lideranças do partido, justamente para debater a pré-candidatura indicada. "Estamos festejando a federação. Estamos estruturando as direções partidária na direção da federação. Vamos estar juntos quatros anos com o PSOL. A direção estadual da Rede aprovou a indicação da nossa porta-voz, Iaraci Dias, para a chapa majoritária. O PSOL já tinha feito sua convenção. São tempos do PSOL e da Rede. Oferecemos ao PSOL o nome que entendemos para a vaga. Estamos conversando, tanto no patamar estadual e nacional", comentou Júlio. 

 

Para o integrante da Rede, a prioridade é a eleição parlamentar. "[Queremos] superar a cláusula de barreira. Marina Silva é candidata a federal em São Paulo, Heloísa Helena no Rio de Janeiro, Joênia Wapixana em Roraima, Paulo Lamaica em Minas Gerais. Temos feito um esforço de combinar com o PSOL para a eleição das bancadas, que é cumprir os desafios. Nós tínhamos uma definição de não lançar candidaturas majoritárias, antes da federação. Só temos a candidatura no Espírito Santo de Audifax Barcelos", explicou.

 

Procurado pelo Bahia Notícias, a executiva estadual do Psol pontou que não iria se manifestar.

Histórico de Conteúdo