Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quinta, 25 de Novembro de 2021 - 00:00

Salvador cedeu 14 ambulâncias sem ônus para cidades do interior em seis anos

por Maurício Leiro / Bruno Leite

Salvador cedeu 14 ambulâncias sem ônus para cidades do interior em seis anos
Foto: Arquivo / SMS Salvador

A prefeitura de Salvador firmou, na última semana, um termo em que cede gratuitamente duas ambulâncias antes utilizadas pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ao município de Juazeiro, no Norte do estado. Em seis anos, mais de 14 unidades foram repassadas para outras cidades.

 

De acordo com o resumo, publicado no Diário Oficial do Município (DOM) do dia 17 de novembro, os veículos deverão ser utilizados para "o acionamento pré-hospitalar móvel a população fixa e flutuante do município de Juazeiro, não podendo ser dada destinação para quaisquer outros fins".

 

A parceria entre as duas gestões, segundo a administração municipal da capital baiana, ocorreu após um pedido de Juazeiro e foi possível por conta do recebimento de 41 novas viaturas para substituição da frota antiga de Salvador. 

 

"A renovação foi realizada por conta do desgaste dos veículos pela grande utilização, como prevê o regramento do Ministério da Saúde (MS) e seriam, posteriormente, leiloadas pelo município assim como outras ambulâncias", disse a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) através de nota.

 

Os veículos devem estar à disposição de Juazeiro pelos próximos cinco anos. Contatada pela reportagem, a cidade não deu detalhes sobre a solicitação, mas disse aguardar o recebimento dos veículos.

 

Salvador esclareceu que, apesar da cessão, não houve um prejuízo para a cobertura do Samu. "Embora Salvador possua 41 ambulâncias habilitadas pelo MS, a pasta conta com uma frota de 62 unidades móveis em atividade e mais uma reserva técnica de 30 veículos", salientou.

 

A política de cessão de ambulâncias já é uma prática comum da capital, que afirmou, nos últimos seis anos, ter formalizado acordos com diferentes municípios, a exemplo de Camaçari, Vera Cruz, Lauro de Freitas e Feira de Santana.

 

Conforme dados apresentados pela Saúde soteropolitana, somente em 2015 pelo menos seis unidades foram entregues a outras prefeituras: quatro unidades à Feira de Santana, uma foi cedida para Vera Cruz e outra foi deslocada para a gestão de Itajubá. Já nos anos seguintes, dez ambulâncias que iriam a leilão foram enviadas para Feira, sendo três em 2016, quatro em 2017 e três em 2018.

Histórico de Conteúdo