Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Bolsa reage a declaração de Bolsonaro, cai mais de 4% e dólar se aproxima de R$ 5,70
Foto: Reprodução / TV Brasil

O mercado financeiro vem reagindo as ações do presidente Jair Bolsonaro, nesta quinta-feira (21). Após o anúncio dos novos valores do Auxílio Brasil (reveja aqui), o presidente comentou que irá prover um auxílio para caminhoneiros autônomos, pensando em compensar o aumento do preço do combustível. Até as 15h, a Ibovespa teve queda de 4,10%, atingindo 106 mil pontos. 

 

"Vamos atender aos caminhoneiros autônomos. Em torno de 750 mil caminhoneiros. Fazemos isso pois através deles que a comida chega na mesa dos brasileiros. Não deixaremos ninguém para trás", comentou Bolsonaro nesta, quinta-feira (21), durante agenda. 

 

O mercado financeiro preocupado com a manobra do governo para instaurar o programa de auxílio diesel tem sofrido um escoamento de ações.  O Auxílio Brasil terá o primeiro pagamento feito a partir do mês de novembro e foi anunciado pelo ministro da Cidadania, João Roma, na última quarta-feira (20), sofrendo ainda um reajuste de 20%.

Histórico de Conteúdo