Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quinta, 15 de Abril de 2021 - 10:33

'Já é de pleno conhecimento do MP', diz Bruno Reis sobre critério para aulas presenciais

por Bruno Luiz / Ailma Teixeira

'Já é de pleno conhecimento do MP', diz Bruno Reis sobre critério para aulas presenciais
Foto: Jade Coelho/ Bahia Notícias

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), mostrou descontentamento com a recomendação do Ministério Público da Bahia (MP-BA) para que o município divulgue, de forma imediata, os critérios estabelecidos para o retorno das aulas presenciais. O democrata foi questionado sobre a medida na manhã desta quinta-feira (15), em mais uma coletiva de imprensa virtual.

 

"A gente fica sem entender essas posições, que não são do Ministério Público, mas de um ou outro promotor", disse Bruno. A recomendação é assinada pelo promotor de Justiça, José Renato Oliva (veja aqui).

 

De acordo com o prefeito, há um grupo formado para discutir o assunto com a chefe do MP-BA, a procuradora-geral Norma Cavalcanti, com o defensor-público geral, Rafson Ximenes, o presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargador Lourival Trindade, e representantes da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), das prefeituras e do governo do Estado.

 

"Naquela ocasião, discutimos os protocolos e eles foram validados. Já é de pleno conhecimento do Ministério Público dos protocolos e dos critérios que estabelecemos para a retomada da educação na nossa cidade", argumentou o prefeito. Bruno não disse se vai atender à recomendação, que pede também a publicização dos critérios no site da Secretaria Municipal de Educação (Smed).

Histórico de Conteúdo