Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Brumado: Presidente da Câmara é alvo de pedido de 'impeachment'
Foto: Lay Amorim / Achei Sudoeste

Um vereador de Brumado, no Sertão Produtivo, Sudoeste baiano, protocolou um pedido de cassação do mandato da presidente da Câmara, Verimar Dias da Silva Meira, a Verimar do Sindicato (PT). O autor do pedido é um funcionário terceirizado, denominado de Bruno Correia Luz, ligado ao vice-presidente da Casa, Paulo Cesar de Souza Ferreira, o Cesar Bar (PCdoB). Caso Verimar caia, Cesar assume a presidência no lugar dela.

Segundo o Achei Sudoeste, o funcionário acusa a vereadora de contratações irregulares, fraudes administrativas, adulteração e manipulação de datas e contratos, além de desvio de finalidade no uso de diárias e veículo da casa. Após o protocolo, a representação será encaminhada ao Conselho de Ética, Decoro Parlamentar e Comissão Processante e à Comissão de Legislação, Justiça e Redação para análise.

 

Verimar do Sindicato se tornou presidente da Câmara em abril deste ano. A vereadora assumiu o posto após a morte do então presidente José Carlos Marques Pessoa (PSB), o Zé Carlos de Jonas (lembre aqui). 

Histórico de Conteúdo