Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Vivo é condenada por chamar cliente de 'chata maior de todas'
Foto: Reprodução
A Vivo foi condenada a pagar R$ 15 mil por danos morais a uma cliente por chama de “chata maior de todas”. O juiz Ricardo de Toledo Junior, da 9ª Vara Cível de São Paulo, na decisão, afirmou que “não é razoável que alguém seja ofendido por reclamar dos seus direitos”. Os adjetivos foram lançados no perfil e fatura da cliente, após ela buscar informações para ajustes no seu plano em uma loja localizada em um shopping de São Paulo. De acordo com o site Migalhas, ela percebeu que o plano não havia sido alterado, acessou o site para reiterar a solicitação, e quando entrou no site, com login e senha, se deparou com os seguintes dizeres: “Bom dia, Chata maior de todas”. Na ação, ela relatou que o caso gerou abalo e que entrou em contato com a central de atendimentos informando o ocorrido, mas a ofensa prosseguiu e mais tarde seu acesso foi interrompido. Afirma que entrou em contato com a ouvidoria, mas não houve nenhuma retratação. O juiz afirmou que não há motivos para que uma empresa trate o cliente “com tamanho desrespeito”. 

Histórico de Conteúdo