Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Cantor que teria testemunhado morte de MC Kevin não estava no Brasil
Foto: Reprodução/Instagram

O cantor português que afirmou ter visto o cantor MC Kevin pedir socorro a um amigo antes de cair da varanda e morrer pode ter dado falso testemunho. Isso porque, de acordo com jornal Metrópoles, parceiro do BN, a Polícia Federal confirmou aos investigadores do caso que a testemunha não estava no Brasil no dia da morte do funkeiro. 

O músico Fernando Jimmy Junior chegou a conceder entrevistas afirmando ter visto o artista ser incentivado a pular da sacada do edifício (relembre aqui).

"Deu a entender que o MC VK estava incentivando o Kevin a se pendurar naquele local e que o Kevin largou a mão direita e ficou somente apoiado com a esquerda. E ali deu claramente para ouvir o que ele estava a dizer. Ele estava a pedir que o VK ajudasse ele. Ele gritou mesmo que deu para ouvir de onde eu estava", relatou Fernando no Domingo Espetacular, da TV Record, em agosto.

De acordo com reportagem do Extra, o português teria sido indicado pelo advogado de Bianca Dominguez, mulher que estava com Kevin no momento da queda, a depor sobre o caso. 

Na época, Victor Elias Fontenelle, o MC VK, e seus advogados, apresentaram uma queixa-crime contra Fernando Dimmy, pois, não havia registros de que o cantor teria passado pelo hotel e nem em imagens das câmeras de segurança (veja aqui). 



Histórico de Conteúdo