Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Ludmilla cancela apresentação no Prêmio Multishow por falta de representatividade
Foto: Reprodução / Instagram

Anunciada como uma das atrações a se apresentar no Prêmio Multishow, a cantora Ludmilla promoveu um boicote ao evento e retirou sua participação da premiação após não aparecer como uma das indicadas na categoria Cantora do Ano.

 

Em seu perfil no Twitter a artista desabafou sobre a situação, afirmando que enxergava o caso como uma falta de reconhecimento do seu trabalho e falta de representatividade da mulher negra e bissexual.

 

 

 

"Uma representante das minorias, uma cantora negra, bissexual, funkeira, periférica, nunca mais fui indicada na categoria ‘Cantora do Ano’. Infelizmente essa é a forma que o sistema te boicota! Mesmo eu sendo indicada em outras categorias da premiação".

 

Apesar de ter sido indicada nas categorias Hit do Ano com a música 'Deixa de Onda' e Clipe TVZ do Ano com 'Rainha da Favela', o fato de ter sido deixado de fora de uma das categorias mais importantes mexeu com a funkeira.

 

"É nítida a falta de reconhecimento e entendimento das (poucas) premiações que temos aqui no Brasil. Assim como eu, vários artistas de vários segmentos e bandeiras que mereciam ser indicados ou serem reconhecidos da mesma forma que entregam conteúdos para seus públicos e estão na mesma situação".

 

 

 

Em 2019, a artista recebeu o título de Cantora do Ano e chegou a ser vaiada por fãs de Anitta na época em que a polêmica com 'Onda Diferente' havia estourado. 

Histórico de Conteúdo