Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Domingo, 16 de Janeiro de 2022 - 19:18

Dado avalia que faltou perna para o Vitória e surto de Covid atrapalhou

por Nuno Krause

Dado avalia que faltou perna para o Vitória e surto de Covid atrapalhou
Foto: Enaldo Pinto / Ag. Haack / Bahia Notícias

O surto de Covid-19 pelo qual passou o Vitória e o pouco tempo de preparação para a estreia no Campeonato Baiano atrapalharam a equipe neste domingo (16). Essa é a visão do técnico Dado Cavalcanti após o empate em 1 a 1 com a Juazeirense, no Barradão (confira aqui).

 

"Talvez o surto de Covid tenha nos atrapalhado mais, porque foi algo que não esperávamos. O pouco tempo de trabalho já sabíamos que teríamos, desde a nossa reapresentação. Consequentemente, a questão física dos atletas era esperada, que a gente perdesse rendimento no segundo tempo. As trocas foram feitas principalmente nesse quesito. Não houve trocas táticas, estratégia de mudança de desenho do jogo. Infelizmente, nos primeiros jogos eu fico refém apenas da questão física dos atletas", afirmou o comandante, em entrevista coletiva. 

 

Na última segunda-feira (10), o Leão chegou a suspender suas atividades, após sete jogadores e seis membros da comissão técnica terem sido diagnosticados com a doença (lembre aqui). Os atletas não puderam estar presentes na partida deste domingo. Apesar disso, Dado viu pontos positivos na atuação rubro-negra. 

 

"A ideia lançada foi assimilada. Conseguimos controlar o jogo, ter a maioria das ações ofensivas, e mesmo sem a bola nós também tivemos o controle. Defendemos bem. Esse equilíbrio, mas principalmente as questões ofensivas, de perder menos bolas, jogar o adversário para o seu campo, de tentar jogar sempre próximo ao gol, foi representativo. Conversamos e treinamos muito e aconteceu", destacou. 

 

O Vitória volta a campo no próximo domingo (23), quando visitará o Barcelona de Ilhéus, pela segunda rodada do estadual. O técnico acredita que a semana cheia de trabalho ajudará na forma física dos atletas. 

 

"Vamos ganhar uma semana cheia de preparação, para recuprar os atletas mais cansados e fazer um jogo melhor na próxima rodada", finalizou. 

Histórico de Conteúdo