Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Destaque na temporada, João Pedro diz que se adaptou rápido ao Vitória: 'Foi bem tranquilo'
Foto: Reprodução/ YouTube/ Rádio Salvador FM 92,3

O volante João Pedro, de 22 anos, foi uma das grandes notícias do Vitória na temporada. Contratado por empréstimo junto à Portuguesa Santista, em fevereiro, o atleta dominou o meio de campo e se tornou titular absoluto do time. Nesta sexta-feira (26), em entrevista ao programa BN Na Bola, da Rádio Salvador FM 92,3, apresentado por Emídio Pinto, Glauber Guerra e Ulisses Gama, ele comentou a própria evolução. 

 

"Quando você muda de time, de estado, tem essa situação da adaptação. Só que eu sou um tipo de cara que se adapta rápido. Sou fácil de fazer amizade. Foi bem tranquilo. Foi a primeira vez que eu fiquei longe da família, tive que assumir minhas próprias responsabilidades. Lá em São Paulo eu morava com meus pais. Baiano é um cara maravilhoso de fazer amizade. Eu tenho uns amigos aqui, encontrei eles. Deixei minha família lá, mas eu tinha uma família aqui", afirmou. 

 

A temporada do Leão como um todo, no entanto, não foi boa. O Rubro-Negro entra na última rodada da Série B, contra o Vila Nova, no Barradão, no próximo domingo (28), precisando de uma combinação de resultados para não ser rebaixado. João Pedro é desfalque, pois foi expulso no último jogo, contra o CRB. Ele preferiu não comentar muito sobre o lance que o tirou da partida derradeira. 

 

"É porque hoje em dia não tem como ter um parâmetro da arbitragem. Quem sou eu pra julgar o que ele viu na hora? Eu posso ter visto uma coisa e ele outra. Eu prefiro não opinar sobre isso. Achei que não seria para expulsão, mas se ele viu a gente tem que aceitar, infelizmente", refletiu. 

 

Sobre o jogo contra o CRB, inclusive, o volante concordou que o Rubro-Negro fez uma partida excelente no primeiro tempo, mas vacilou na etapa final. "Questão da concentração. O futebol hoje é resumido em detalhes. Se bobear um pouquinho, acaba acontecendo uma fatalidade que a gente não consegue reverter. São detalhes. Entramos meio desatentos", lamentou. 

 

Independente do destino do Vitória, fato é que João Pedro seguirá no clube. O presidente em exercício do clube, Fábio Mota, afirmou que exerceu a opção de compra do atleta com a Portuguesa Santista, e que pagou a primeira parcela do contrato. 

 

Confira a entrevista completa: 

 

Histórico de Conteúdo