Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Terça, 23 de Novembro de 2021 - 11:05

Vico processa Vitória e pede R$ 722 mil; Justiça nega pedido de rescisão antecipada

por Glauber Guerra

Vico processa Vitória e pede R$ 722 mil; Justiça nega pedido de rescisão antecipada
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

O atacante Vico, do Vitória, ingressou com uma ação na Justiça contra o clube. Ele cobra R$ 722 mil referente a salários atrasados, direitos trabalhistas como FGTS, 13º e férias não recolhidos. O processo tramita na 20ª Vara do Trabalho de Salvador.

 

Vico ainda pleiteou a rescisão antecipada do seu contrato com o Vitória, que expira no fim de dezembro. Porém, a Justiça do Trabalho indeferiu o pedido. “No caso em exame, o direito alegado pelo reclamante embasa-se em fato controverso, qual seja, o modo de extinção do contrato do trabalho, não tendo este Juízo, em cognição exauriente e sem manifestação da parte contrária, convencido quanto a plausibilidade do direito aos bens da vida pretendidos”, diz trecho da decisão proferida pelo juiz Cássio Meyer Barbuba, publicada nesta segunda-feira (22).

 

No processo, Vico diz que firmou um acordo para redução do seu salário de 25% em razão da crise causada pela pandemia do coronavírus. Esse acerto foi selado para os meses de maio a junho de 2020. Porém, ele acusa o clube de ter feito a extensão da referida diminuição salarial de forma indevida no mês de abril e também o período de julho do mesmo ano até março de 2021. Nesse período, o clube era gerido pelo presidente Paulo Carneiro, que foi afastado do cargo em setembro sob suspeita de gestão temerária (relembre aqui).

 

Uma audiência de instrução na modalidade presencial foi agendada para 07 de fevereiro de 2022, às 14h30, na 20ª Vara do Trabalho de Salvador.

 

Vico está fora dos planos do Vitória desde outubro (relembre aqui). Ele passou por sucessivas lesões nesta temporada e segundo a diretoria do clube, o jogador não ficaria apto para ajudar o clube nesta reta final da Série B.

Histórico de Conteúdo