Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Wagner Lopes afirma que Vitória 'deu orgulho' e elogia David: 'Vai melhorar muito, ainda'
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O técnico Wagner Lopes está, como ele mesmo definiu, orgulhoso da atuação do Vitória neste sábado (23). O Leão goleou o Brasil de Pelotas por 4 a 0, no Barradão, pela 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, e deu passo importante na luta para fugir do rebaixamento. 

 

"Era, sim. Uma vitória muito contudente, fomos muito sólidos. Traz confiança, principalmente para o nosso ataque. Dois jogos, sete gols. Foram 17 finalizações. Dessas, 10 no gol. É uma coisa que a gente trabalha, pede muito. É agradecer aos jogadores pela raça, determinação. O time deu muito orgulho hoje", afirmou, em entrevista coletiva após a partida. 

 

O atacante David, grande destaque da partida e autor de dois gols, foi particularmente elogiado. Inclusive, Wagner revelou uma "peculiaridade" sobre a evolução do atleta.

 

"Pedi pra Sandro Rosa, meu auxiliar técnico, conversar com David. Sandro é um cara muito especial, com uma experiência grande, jogou no Japão 17 anos. Ele teve uma conversa muito impactante com David, acho que isso ajudou bastante a motivá-lo, a trazê-lo de volta para os trilhos. Ele já vinha treinando nessa posição algumas vezes, era uma questão de oportunidade. Estou muito feliz, não só pelos gols. Mas confiança, jogou 90 minutos, é um menino trabalhador, que está sempre buscando uma oportunidade. Quando tem que dar o puxão de orelha, a gente dá (...) A gente julga que tem muito para melhorar, ainda. Não só em termos de finalização, mas movimentação também. É continuar trabalhando.", contou. 

 

O Vitória atuou hoje, em casa, com o segundo uniforme, branco. Wagner revelou que é supersticioso. "Eu acho muito bonito o uniforme número 2. Tudo que é para positividade, leveza, para deixar todo mundo feliz. Uns têm superstição, outros não. O negócio é agradar todo mundo. Eu também sou supersticioso. A diretoria pediu, estamos jogando com o manto branco, vamos manter isso aí", destacou. 

 

Com 32 pontos, o Leão segue na zona de rebaixamento, mas vê a "luz no fim do túnel" mais próxima. Está a dois pontos da Ponte Preta. É importante ressaltar, porém, que a Macaca jogará neste domingo (24), contra o Remo, fora de casa. 

 

O próximo duelo do Rubro-Negro Baiano é pela Pré-Copa do Nordeste, contra o Botafogo-PB, no estádio Almeidão, na próxima terça-feira (26). Apesar da sequência cansativa de jogos, Wagner Lopes não garantiu se irá poupar ou não jogadores. Ele também falou sobre a situação de Bruno Oliveira, substituído por Caíque Souza ainda no primeiro tempo, com dores na posterior da coxa direita. 

 

"Nós temos que esperar. Amanhã vamos treinar pela manhã. Reapresentação. Para saber quais jogadores estão com problema. Bruno teve uma contratura, não sabemos o grau disso. O máximo de informações do nosso departamento médico vamos pegar e analisar", pontuou. 

Sábado, 23 de Outubro de 2021 - 18:46

David comemora oportunidade como titular e boa atuação: 'Segui trabalhando calado'

por Nuno Krause

David comemora oportunidade como titular e boa atuação: 'Segui trabalhando calado'
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

Grande destaque deste sábado (23), com dois gols marcados para a goleada do Vitória sobre o Brasil de Pelotas, por 4 a 0 (veja aqui), David comemorou a oportunidade de iniciar a partida. 

 

"Segui trabalhando muito calado para essa oportunidade. Pude jogar na posição que desde a base venho fazendo, e pude ajudar o Vitória a lutar para sair dessa situação", afirmou, na saída do gramado.

 

O atacante de 26 anos não era titular desde o dia 17 de setembro,  quando o Leão empatou em 0 a 0 com o Brusque, em Santa Catarina. Neste sábado, ele atuou como centroavante, usando, inclusive, a camisa 9, e cumpriu bem seu papel. O fato se deu porque Manoel, titular nos últimos jogos na posição, foi vetado pelo departamento médico. 

 

O próximo compromisso do Leão é pela Pré-Copa do Nordeste. A equipe treinada por Wagner Lopes vai enfrentar o Botafogo-PB, na terça-feira (26), no estádio Almeidão, pela terceira e última fase do torneio eliminatório. 

Sábado, 23 de Outubro de 2021 - 18:24

De goleada: Vitória amassa Brasil de Pelotas e vence segunda seguida na Série B

por Nuno Krause

De goleada: Vitória amassa Brasil de Pelotas e vence segunda seguida na Série B
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

Os 2.054 torcedores do Vitória que foram ao Barradão neste sábado (23), para ver o jogo contra o Brasil de Pelotas, com certeza não se arrependeram. Com gols de Fabinho, David - duas vezes - e Roberto, o Leão amassou o lanterna da Série B e venceu a segunda partida consecutiva na Série B com autoridade: 4 a 0. 

 

O triunfo também marcou a quebra da sequência negativa do Rubro-Negro Baiano no Barradão pela Segundona. Não conquistava um triunfo em casa pela competição há quatro jogos. A última vez tinha sido contra o Guarani, no dia 21 de agosto.

 

Contando todas as competições, esse é o segundo resultado positivo do Leão no Manoel Barradas, já que a equipe bateu o Itabaiana por 3 a 0, na última terça-feira (19), pela Pré-Copa do Nordeste. 

 

O resultado deixa o Vitória com 32 pontos, dois a menos que a Ponte Preta, primeiro clube fora da zona de rebaixamento. No entanto, a Macaca joga neste domingo (24), contra o Remo, fora de casa, às 16h. 

 

O próximo compromisso do Leão é pela Pré-Copa do Nordeste. A equipe treinada por Wagner Lopes vai enfrentar o Botafogo-PB, na terça-feira (26), no estádio Almeidão, pela terceira e última fase do torneio eliminatório. 

 

DOMÍNIO RUBRO-NEGRO

A cobrança de falta de Rildo, aos quatro minutos, foi um raro momento de relativo perigo do Brasil de Pelotas no primeiro tempo. A bola bateu do lado de fora da rede. Depois disso, o Vitória dominou. 

 

Com boa organização defensiva, o Leão conseguiu aproveitar os espaços deixados pelo Xavante no contra-ataque. Aos 14 minutos, Marcinho enfiou para David dentro da área. O camisa 9, já sem ângulo, chutou forte em cima do zagueiro adversário. 

 

O Brasil apostava nas bolas longas para o centroavante Erison, mas sem sucesso. Aos 20 minutos, Eduardo aproveitou o espaço no meio para arriscar um chute de fora. O goleiro Marcelo estava atento para ficar com a bola. 

 

Uma melhor oportunidade surgiu no minuto seguinte, em novo contra-ataque. Marcinho recebeu na esquerda, ajeitou para a perna boa e chutou colocado no canto esquerdo de Marcelo, que fez ótima defesa. 

 

Aos 23, foi a vez de Bruno fazer um belo lance. Com drible seco, o meia deixou o marcador para trás, entrou sozinho na área pela esquerda e finalizou cruzado. A bola passou próxima à trave da adversária. 

 

O camisa 10 estava inspirado, e arrancou em novo contra-ataque aos 29 minutos, originando uma falta perigosa para o Rubro-Negro. Do bico da grande área, Raul Prata cobrou por cima da meta. 

 

É pena que a jogada tenha causado também a lesão na posterior da coxa direita do atleta, que teve de deixar o gramado para a entrada de Caíque Souza. 

 

A lamentação durou pouco. Aos 35 minutos, Fabinho recebeu na entrada da área, cortou para a esquerda e chutou forte para abrir o placar para o Vitória. 

 

Fabinho comemora primeiro gol do Vitória (Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias)

 

Dois minutos depois, David ampliou. Fabinho roubou a bola no meio campo e enfiou para o camisa 9. Aproveitando todo o espaço deixado na defesa, ele avançou pelo meio, entrou na área e tirou com qualidade de Marcelo. 

 

David ampliou no minuto seguinte (Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias)

 

A maior ameaça ao domínio rubro-negro veio aos 43 minutos. Rildo recebeu na área e acertou a trave. Na volta, Renatinho chutou forte no canto e obrigou Lucas Arcanjo a se esticar todo para mandar para escanteio. 

 

O medo também não se criou. Aos 46 minutos, Roberto cobrou falta de longe e a bola bateu no braço aberto do capitão do Brasil-RS, Arthur Henrique. O árbitro Heber Roberto Lopes consultou o VAR e assinalou o pênalti. O próprio Roberto foi para a cobrança, e converteu. 

 

Roberto, de pênalti, anotou o terceiro tento (Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias)

 

Segundo tempo

O Vitória começou a etapa final administrando o jogo, controlando a posse de bola e evitando arriscar, por conta do placar construído no primeiro tempo. Até por isso, a primeira chance foi do Brasil de Pelotas. Aos 14 minutos, Renatinho recebeu cruzamento da direita e cabeceou com perigo para a meta de Lucas Arcanjo. 

 

Aos 22 minutos, o técnico Wagner Lopes passou a poupar jogadores, e o Leão seguiu sem sofrer riscos. Aos 30, voltou a assustar lá na frente, com novo contra-ataque. David arrancou pela esquerda e inverteu para Marcinho, que entrou na área e chutou cruzado. A bola passou com perigo. 

 

O próprio David viria a completar a festa, aos 37 minutos. O camisa 9 recebeu cruzamento na medida de Roberto e cabeceou com força para superar Marcelo e fechar o placar. 

 

Aos 40, Caíque Souza teve a chance de fazer o quinto. Em nova saída errada do Brasil, o Vitória roubou a bola, e Alisson Santos encontrou o camisa 19 dentro da área, pela esquerda. No entanto, ele pegou mal e ela foi para fora. 

 

Na sequência, o Xavante levou perigo com Netto, que chutou forte, dentro da área, mas parou em boa defesa de Lucas Arcanjo. 

 

FICHA TÉCNICA

Vitória 4 x 0 Brasil de Pelotas
Série B - 31ª rodada

Data: 23/10/2021 (sábado)
Local: Barradão, em Salvador (BA)
Horário: 16h30
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Éder Alexandre (SC) e Johnny Barros de Oliveira
Quarto Árbitro: Ricarle Gustavo Gonçalves Batista (BA)
Analista de Campo: Cláudio Antônio Dias Aragão (BA)
Árbitro de Vídeo: Rodrigo Dalonso Ferreira – Fifa (SC)
AVAR: Henrique Neu Ribeiro (SC)
Observador VAR: Emerson Luiz Sobral (PE)
Gols: Fabinho, David (2) e Roberto (Vitória)
Cartões amarelos: Caíque Souza e Roberto (Vitória) / Alan, Arthur Henrique e Bruno Matias (Brasil de Pelotas) 
Público pagante: 2.054
Renda total: R$ 27.872,50


Vitória: Lucas Arcanjo, Raul Prata (Van), Wallace (Thalisson Kelven), Mateus Moraes e Roberto; João Pedro, Bruno (Caíque Souza) e Eduardo (Fernando Neto); Fabinho (Alisson Santos), Marcinho e David. Técnico: Wagner Lopes.

 

Brasil de Pelotas: Marcelo; Vidal, Arthur Henrique (Héverton), Alan (Leandro Camilo) e Kevin; Diego Gomes (Patrick), Bruno Matias, Rildo (Sousa), Renatinho (Caio Rangel) e Netto; Erison. Técnico: Jerson Testoni.

Sábado, 23 de Outubro de 2021 - 04:05

No Z-4, Vitória enfrenta o lanterna Brasil de Pelotas

por Glauber Guerra

No Z-4, Vitória enfrenta o lanterna Brasil de Pelotas
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

O Vitória duela com o Brasil de Pelotas neste sábado (23), às 16h30, no Barradão, válido pela 31ª rodada da Série B. As duas equipes estão em situação ruim na competição. O Leão tem 29 pontos e ocupa a 19ª posição, enquanto o time gaúcho possui 20 e é o lanterna.

 

O atacante Manoel foi vetado pelo departamento médico em razão de uma fratura na face. Por outro lado, o goleiro Lucas Arcanjo que chegou a ser dúvida por conta de dores no joelho, se recuperou e está confirmado na meta rubro-negra.

 

Wagner Lopes espera um jogo bastante disputado diante do Brasil de Pelotas.

 

“Um jogo de paciência, um jogo que você tem que jogar os 100 minutos, 90, quantos o árbitro der, concentrado, disputar todos os lances como se fossem lances decisivos porque só isso vai realmente nos dar o resultado que a gente precisa”, projetou.

 

O Brasil de Pelotas é o pior visitante da Série B. Até o momento, a equipe gaúcha obteve cinco empates e dez derrotas, com sete gols marcados e 19 sofridos. Aproveitamento de apenas 11,1%.

 

Adversário do Vitória no próximo sábado (23), no Barradão, o Brasil de Pelotas ainda não venceu como visitante na Série B. Até o momento, são cinco empates e dez derrotas, com sete gols marcados e 19 sofridos. 

 

Lanterna da competição, o Xavante vem de três reveses consecutivos longe de seus domínios. Perdeu para Goiás (2 a 1), Ponte Preta (1 a 0) e Cruzeiro (2 a 0). 

 

FICHA TÉCNICA

Vitória x Brasil de Pelotas
Série B - 31ª rodada

Data: 23/10/2021 (sábado)
Local: Barradão, em Salvador (BA)
Horário: 16h30
Árbitro: Heber Roberto Lopes (SC)
Assistentes: Éder Alexandre (SC) e Johnny Barros de Oliveira
Quarto Árbitro: Ricarle Gustavo Gonçalves Batista (BA)
Analista de Campo: Cláudio Antônio Dias Aragão (BA)
Árbitro de Vídeo: Rodrigo Dalonso Ferreira – Fifa (SC)
AVAR: Henrique Neu Ribeiro (SC)
Observador VAR: Emerson Luiz Sobral (PE)


Vitória: Lucas Arcanjo, Raul Prata, Wallace, Mateus Moraes e Roberto; João Pedro, Bruno e Eduardo; Fabinho, Marcinho e David. Técnico: Wagner Lopes.

 

Brasil de Pelotas: Marcelo; Vidal, Arthur Henrique, Alan e Kevin; Diego, Bruno Matias, Rildo, Renatinho e Netto; Erison. Técnico: Jerson Testoni.

Sexta, 22 de Outubro de 2021 - 20:55

Técnico do Vitória diz que Samuel precisa entrar em forma para voltar ao time

por Glauber Guerra

Técnico do Vitória diz que Samuel precisa entrar em forma para voltar ao time
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

O atacante Samuel não vai enfrentar o Brasil de Pelotas. O atleta ficou de fora pela segunda vez consecutiva da lista de relacionados por problemas com a balança. A revelação foi feita por Wagner Lopes, técnico do time rubro-negro.

 

“O Samuel, quando estiver em forma, quando estiver com o percentual de gordura, quando estiver com peso no que a gente quer, estiver bem fisicamente, estiver treinando melhor do que os outros, aí ele vai jogar”, disse Wagner Lopes.

 

Nesta temporada, Samuel atuou 45 jogos e marcou nove gols.

 

Vitória e Brasil de Pelotas se enfrentam no sábado (23), às 16h30, no Barradão, válido pela 31ª rodada da Série B.

Bahia e Vitória caem no mesmo grupo da Copa do Nordeste sub-20
Foto: Divulgação

A bola vai rolar para a Copa do Nordeste sub-20 a partir do dia 6 de novembro. Inicialmente, a competição terá uma fase preliminar, assim como no modelo dos profissionais. Na segunda fase, as equipes se enfrentam em grupos e a dupla Ba-Vi caiu na mesma chave.

 

Os jovens tricolores e rubro-negros estão no Grupo C, ao lado de Boca Júnior-SE e Jacyobá-AL. O clássico vai voltar a acontecer depois das eletrizantes partidas decisivas do Baianão sub-20, vencido pelo Esquadrãozinho.

 

Na última temporada, o Náutico foi o campeão da competição regional.

 

 

Confira a fase preliminar: 

 

Sampaio Corrêa x América-RN
Data: 6/11
Horário: 15h
Local: estádio Nhozinho Santos, em São Luís

 

Santa Cruz x Botafogo-PB
Data: 6/11
Horário: 15h
Local: estádio do Arruda, no Recife

 

Veja a fase de grupos:

GRUPO C: Boca Junior-SE, Jaciobá-AL, Vitória e Bahia
GRUPO D: Confiança-PB, CRB, Náutico e Vencedor de Santa x Botafogo-PB
GRUPO E: Sport, ABC, Floresta e Vencedor de Sampaio x América-RN
GRUPO F: Fortaleza, Ceará, Liga Médici-MA e Fluminense-PI

Sexta, 22 de Outubro de 2021 - 12:15

Lucas Arcanjo treina e é relacionado pelo Vitória para enfrentar o Brasil de Pelotas

por Glauber Guerra

Lucas Arcanjo treina e é relacionado pelo Vitória para enfrentar o Brasil de Pelotas
Foto: Pietro Carpi/ Vitória

O goleiro Lucas Arcanjo se recuperou das dores no joelho (relembre aqui) e foi relacionado pelo Vitória para o duelo diante do Brasil de Pelotas. O jogo acontece no sábado (23), às 16h30, no Barradão, válido pela 23ª rodada da Série B.

 

Titular do time rubro-negro, Lucas Arcanjo disputou 37 partidas pelo Leão nesta temporada. 
TREINO DO VITÓRIA

 

O técnico Wagner Lopes, do Vitória, comandou um trabalho tático no último treino antes do duelo contra o Brasil de Pelotas. Ele também aplicou estratégias ofensivas e defensivas e concluiu com bola parada.

 

O atacante Manoel foi vetado pelo departamento médico em razão de uma fratura na face (saiba mais aqui).


Com 29 pontos, o Vitória ocupa a 18ª posição, na Série B enquanto o Brasil de Pelotas tem 20 e é o lanterna.

Sexta, 22 de Outubro de 2021 - 11:30

Vetado pelo DM, Manoel não enfrenta o Brasil de Pelotas

por Glauber Guerra

Vetado pelo DM, Manoel não enfrenta o Brasil de Pelotas
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

O atacante Manoel, do Vitória, está fora do confronto contra o Brasil de Pelotas. O jogador não se recuperou de uma fratura na face e foi vetado pelo departamento médico (saiba mais aqui).

 

Manoel desembarcou no Vitória no fim do mês passado. Ele disputou seis jogos e não marcou nenhum gol.

 

Vitória e Brasil de Pelotas se enfrentam no sábado (23), às 16h30, no Barradão, válido pela 31ª rodada da Série B.  

Vitória inicia venda de ingressos para jogo contra Brasil de Pelotas
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

Os ingressos para o confronto entre Vitória e Brasil de Pelotas já estão à venda. O duelo acontecerá no Barradão, sábado (23), às 16h30, válido pela 31ª rodada da Série B. Os bilhetes são comercializados apenas pelo site do Futebol Card. Não há ponto físico de venda.

 

O bilhete para o setor de arquibancada custa R$ 30 (meia) e R$ 60 (inteira), enquanto a cadeira é oferecida por R$ 50 (meia) e R$ 100 (inteira).

 

Para ter acesso ao estádio, o torcedor terá que ter completado o esquema vacinal contra a Covid-19. A comprovação será por meio do cartão de vacinação ou do aplicativo ConectSus.

 

Com 29 pontos, o Vitória ocupa a 18ª posição, enquanto o Brasil de Pelotas tem 20 e é o lanterna.

Quinta, 21 de Outubro de 2021 - 17:55

Fabinho crê no potencial do Vitória para escapar da degola

Fabinho crê no potencial do Vitória para escapar da degola
Foto: Max Haack/ Ag. Haack/ Bahia Notícias

O Vitória encara o Brasil de Pelotas, sábado (23), às 16h30, no Barradão, pela 31ª rodada da Série B. Com 29 pontos, o time rubro-negro ocupa a 18ª posição e briga contra a degola. O atacante Fabinho vê a equipe com potencial para escapar do rebaixamento.

 

 “A gente encara [o jogo contra o Brasil de Pelotas] como decisão. Vamos chegando ao momento mais decisivo da Série B, e o psicológico dos atletas é cada vez mais trabalhar forte. Sabemos da nossa capacidade de poder ter um bom desempenho e sair dessa situação o mais rápido possível”, disse Fabinho.

 

De acordo com o departamento de matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o Vitória tem 83,9% de risco de rebaixamento. Com oito jogos para o término da Série B, o Leão precisa vencer cinco e empatar e assim chegar ao número mágico de 45 pontos para evitar a degola.

Histórico de Conteúdo