Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 15 de Outubro de 2021 - 17:30

Dirigente do América-MG comenta saída de Mancini e promete: 'Vamos ganhar do Bahia'

por Ulisses Gama / Nuno Krause

 Dirigente do América-MG comenta saída de Mancini e promete: 'Vamos ganhar do Bahia'
Foto: Reprodução / TV Coelho

Apesar de ter recebido, nesta quinta-feira (14), a notícia de que o técnico Vagner Mancini estava de saída para o Grêmio (veja aqui), o coordenador de Futebol Clube-Empresa do América-MG, Marcos Salum, não perdeu a confiança para o jogo deste sábado (16), contra o Bahia, no estádio Independência. 

 

"O jogo de sábado já está resolvido. É o Diogo Giacomini que vai dirigir. Ele é auxiliar permanente do clube. Vou receber os jogadores no CT, vamos fazer reunião, vamos para o hotel, para o jogo e vamos ganhar do Bahia", prometeu, em pronunciamento oficial divulgado nas redes do Coelho. 

 

O dirigente fez questão de comentar a forma como a saída de Mancini ocorreu, e classificou o futebol brasileiro como "poluído". "A mensagem que quero passar é para a torcida do América: para ter tranquilidade, e saber que já estamos amadurecidos no futebol há muitos anos, para enfrentar essas situações. Esse é o futebol brasileiro, e não adianta criar "leis" que não funcionam", disse, referindo-se a regra implementada pela CBF de permitir apenas uma troca de técnico durante toda a Série A. 

 

Como pediu demissão, Mancini terá de pagar a multa rescisória. Marcos Salum revelou que o clube já está discutindo o perfil do novo treinador. Essa é a segunda vez que um profissional deixa o comando do Coelho durante o Brasileirão. Em junho, Lisca Doido também pediu desligamento. 

 

Histórico de Conteúdo