Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Quinta, 12 de Agosto de 2021 - 09:35

Pensando no boxe profissional: Hebert não sabe se disputará Paris 2024, diz Mone Silva

por Leandro Aragão / Nuno Krause

Pensando no boxe profissional: Hebert não sabe se disputará Paris 2024, diz Mone Silva
Arte: Paulo Victor Nadal / Bahia Notícias

Campeão olímpico do boxe nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, o baiano Hebert Conceição é uma incógnita em relação à disputa da edição do evento em 2024, que vai acontecer em Paris. Convidado da Live do Bahia Notícias, na manhã desta quinta-feira (12), o técnico da seleção brasileira da modalidade, Amonio Silva, o Mone, disse que o atleta pode migrar para o profissional.

 

"Todos os atletas pensam em ser campeão também no profissional, né? Mas eu estava conversando com ele, acho cedo para pensar nisso. Vamos curtir nossa medalha, vamos curtir nosso momento e vamos esperar para ver como vai ser feito. A gente não está pensando ainda... Na verdade já estamos trabalhando para 2024, mas eu disse a ele para esperar um pouco. Vamos curtir esse momento, porque senão acaba atropelando. 'Nem vivi o olímpico e já tô pensando o profissional'. Vamos esperar, vamos deixar as coisas tudo no seu devido lugar. Vai acontecer tudo o que realmente deve acontecer. Ele é um atleta que tem condições psicológicas de se manter aqui mais três anos, de brigar pelo bicampeonato. Normalmente quando você é campeão olímpico, você quer ser duas vezes ou quer ser campeão mundial. Vai muito de propostas, de como vai ser no futuro para ele. Hebert é um moleque que tem uma cabeça boa, sabe o que quer. Tenho certeza que para o lado que ele se direcionar, vai se destacar. É um moleque que tem realmente um potencial muito grande e tem uma cabeça boa, tem uma família que apoia ele. Todo mundo em volta dele são pessoas boas e vão estar sempre orientando o melhor para ele", afirmou ao BN.

 

O caminho que Hebert Conceição ainda não decidiu foi o trilhado por outro baiano Robson Conceição. Após conquistar a medalha de ouro nos Jogos da Rio-2016, o campeão olímpico migrou para o profissional com o sonho de conquistar um cinturão mundial. No próximo dia 10 de setembro, ele subirá no ringue para desafiar o mexicano Oscar Valdez, atual dono do título mundial pelo Conselho Mundial de Boxe (CMB), na categoria dos superpenas (até 60kg) (leia aqui). A luta será em Tucson, nos Estados Unidos. Mas Mone já avisa que Hebert terá o apoio de todos em qualquer decisão que tomar.

 

"A gente vai apoiá-lo independente de qual seja a decisão. Eu disse a ele: "Vamos para Bahia, descansar, recuperar as energias". Amanhã estamos indo para Salvador", completou.

 

Após cumprirem os últimos compromissos da agenda pós-Olimpíada, Hebert Conceição e Mone Silva desembarcam em Salvador nesta sexta (12) por volta das 9h30, para um período de descanso.

 

Assista na íntegra:

Histórico de Conteúdo