Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Após triunfo do Bahia, Prates admite problemas ofensivos e mira evolução nas semifinais
Foto: Enaldo Pinto / Ag. Haack / Bahia Notícias

O Bahia venceu o Jacuipense por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (5), em Pituaçu, e se garantiu nas semifinais do Campeonato Baiano. Após o jogo, o técnico Cláudio Prates reconheceu que o time ainda está devendo, mas apontou a busca para evoluir na sequência do estadual.

 

"A ideia é sempre evolução. Nem sempre se consegue de um jogo para outro, de uma fase para outra. A gente sabe que tem algumas dificuldades, principalmente ofensivas. Não podemos deixar de ressaltar que esse time tem a melhor defesa do campeonato. Com certeza, a gente gostaria de ter uma classificação mais tranquila", disse.

 

Questionado se algo o preocupava em relação ao time, Prates preferiu não expor os pontos fracos e destacou a importância do jovem elenco conseguir passar de fase. Ele voltou a bater na tecla sobre a competência ofensiva.

 

"Não tenho nada a reclamar. Internamente resolvemos nossos problemas. Teve comemoração pela classificação pelo merecimento dos meninos. Time jovem. Temos que melhorar na parte ofensiva, mais um pouco de jogo e saber matar os jogos. Eles nos empurraram para trás. Precisamos sair e matar. Precisamos estar mais conscientes disso", indicou.

 

Prates disse que não esperava sofrer a pressão exercida pelo Jacuipense e ressaltou a entrega do elenco tricolor. Para ele, a equipe está forte na briga pelo tetracampeonato.

 

"Adversário, a gente sabia que teria dificuldade, pelos anos que trabalham juntos, pela experiência dos jogadores. Não esperávamos sofrer tanto, mas queríamos aproveitar alguns detalhes que eles deixam. Não conseguimos mais por falta de capricho. Os jogadores têm se entregado. Estamos dentro da briga para conseguir esse título", finalizou.

Quarta, 05 de Maio de 2021 - 23:10

Bellintani se manifesta sobre polêmica entre Bahia e FBF: 'Não há diálogo'

por Ulisses Gama

Bellintani se manifesta sobre polêmica entre Bahia e FBF: 'Não há diálogo'
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, se manifestou na noite desta quarta-feira (5) sobre todo o imbróglio envolvendo a realização do jogo contra o Jacuipense pelo Campeonato Baiano. Entrevistado pela Rádio Sociedade da Bahia, o mandatário tricolor afirmou que o vice-presidente da Federação Bahiana de Futebol (FBF), Manfredo Lessa, não contou toda a história sobre o ocorrido. Segundo ele, houve um acordo feito em 2019 para que Bahia e Vitória jogassem o estadual com times de transição para que a FBF pudesse marcar datas simultâneas com a Copa do Nordeste.

 

"O vice-presidente Manfredo não falou mentiras, mas esqueceu de contar a história toda e o reflexo disso acaba se tornando uma inverdade. Tivemos uma reunião em 2019: eu e Vitor Ferraz representando o Bahia, o presidente Paulo Carneiro representando o Vitória, o presidente Ricardo e, salvo engano, o vice-presidente Manfredo estava. Bahia e Vitória se comprometeram em jogar os Campeonatos Baianos, a partir de 2020, com os times de transição, e a Federação Bahiana marcaria jogos concomitantes com as outras competições que Bahia e Vitória estivessem jogando. Por que? Porque a Copa do Nordeste precisava ganhar mais datas. Ela estava saindo de um modelo e indo para outro. Com isso, o Baiano seria estrangulado ou os times teriam que jogar com os times alternativos...", explicou.

 

Apesar do acordo, Bellintani afirmou que se viu surpreendido com o fato do Vitória não usar um elenco alternativo em 2021 e disse não ter sido informado pela FBF e citou que o Rubro-negro teve "todo espaçamento necessário" para jogar as suas partidas. Vale lembrar que dois jogos do Vitória foram remarcados por conta de surtos de Covid-19 no Jacuipense e no Vitória da Conquista.

 

"Em 2020, Bahia e Vitória jogaram o Baiano com o time de transição até a pandemia. Em 2021, fomos surpreendidos porque o Vitória anunciou que jogariam com o time principal. O Vitória tem o direito, mas nós não fomos informados de que nosso acordo estava caindo. Não precisa me dar satisfação, ele [Paulo Carneiro] não me deve satisfação. Mas eu queria entender da Federação se as datas continuariam sendo marcadas de forma concomitantes ou se não haveria mais isso. No começo do Campeonato Baiano desse ano, a Federação nos perguntou se a gente jogaria com o time sub-23. Eu disse que seguiriamos e continuou sem nos falar nada. Inclusive, o início do Baiano foi antecipado para o Vitória ter mais datas para não chocar com outras competições. Qual foi a reclamação do Bahia? Zero. Nenhuma. Nunca nos dirigimos para reclamar. Começou a marcar datas concomitantes do Bahia e o Vitória com todo o espaçamento necessário. O Bahia nunca reclamou disso. Nos sentimos prejudicados? Sim. Perdemos um pouco de flexibilidade", disse.

 

"A Federação exigiu do Bahia que jogasse sábado e domingo e deu a possibilidade do Vitória jogar quartas e domingos. Por que o Vitória não poderia jogar com o time reserva um jogo só e manter o final da fase classificatória? Por que a Federação não poderia marcar um jogo terça, um jogo quinta e um jogo domingo e ajustar para o Vitória jogar um jogo com reservas?", completou.

 

De acordo com Bellintani, o Bahia tem problemas de diálogo com a FBF e a entidade ignorou um ofício com o pedido de que a última rodada do Campeonato Baiano fosse remarcada. O argumento do clube era o fato de jogar contra o Independiente na terça-feira (4) passada.

 

"Nunca houve diálogo. O Bahia mandou um ofício para a Federação avisando que não poderia jogar na primeira semana de maio com o time de transição. Sabe o que a Federação fez? Ignorou o ofício do Bahia. E o tempo foi passando e a final da Copa do Nordeste virou realidade. Jogo sábado, jogo terça e jogo sábado de novo. Tenho um time de transição para apoiar em jogos importante, um exemplo disso é Guedes e Teixeira que foram para o time principal. Eu não pedi para parar de jogar com o time de transição. Pedi apenas para que a nona rodada não fosse adiada e que o Vitória jogasse três partidas em uma semana. O Vitória virou intocável. É diferença de tratamento. Ter um time de transição ajuda o Campeonato Baiano a ter mais dinâmica, mas não pode ser uma prisão. O Bahia foi prejudicado por ter um time de transição", pontuou.

 

Ainda segundo o presidente, houve um contato com o Sindicato dos Atletas Profissionais da Bahia (Sindap-BA) para informar a necessidade de usar jogadores em jogos com um intervalo menor de 66h. Durante a entrevista com a Sociedade, Guilherme disse ter saudades da relação com Ednaldo Rodrigues, que deixou a FBF para assumir o cargo de vice-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

 

"Avisei ao sindicato que nós precisaríamos usar jogadores terça e quarta, porque não quero o Sindicato em cima de mim e Ronaldo disse que não autorizava. Aí o Sindicato entrou com a ação. Vão dizer que é estranho o sindicato. Eles estão lutando por um direito do jogador. Quem está errada é a Federação. Esperamos o jogo de ontem e as decisões de Dado. Ao final do jogo, disse para o sindicato que não queria prejudicar o Campeonato Baiano. Nunca imaginei que diria isso, mas eu sinto saudade da forma com que Ednaldo Rodrigues dialogava com o Bahia", finalizou.

 

Classificado para a próxima fase do Campeonato Baiano, o Bahia entra em campo para enfrentar o Bahia de Feira no próximo sábado (8), às 19h30, no estádio de Pituaçu.

Quarta, 05 de Maio de 2021 - 22:34

FBF divulga tabela detalhada das semifinais do Baianão 2021

por Ulisses Gama

FBF divulga tabela detalhada das semifinais do Baianão 2021
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

A Federação Bahiana de Futebol definiu na noite desta quarta-feira (5) a tabela das semifinais do Campeonato Baiano. Atual campeão estadual, o Bahia irá enfrentar o Bahia de Feira no próximo sábado (8), às 19h30, no estádio de Pituaçu. O jogo está marcado para ocorrer pouco depois da decisão do Tricolor na Copa do Nordeste, contra o Ceará.

 

A partida decisiva será na próxima terça (11), também às 19h30, na Arena Cajueiro.

 

Líder da primeira fase com 18 pontos conquistados, a Juazeirense vai fazer o seu primeiro jogos no domingo (9), às 16h, no Carneirão, em Alagoinhas. A decisão da vaga na final ficou para a próxima quarta (12), às 19h30, no Adauto Moraes, em Juazeiro.

 

Todas as partidas desta fase do estadual terão a transmissão da TVE Bahia.

Quarta, 05 de Maio de 2021 - 21:29

Bahia sofre, mas consegue vencer o Jacuipense e vai às semifinais do Baiano

por Ulisses Gama

Bahia sofre, mas consegue vencer o Jacuipense e vai às semifinais do Baiano
Foto: Enaldo Pinto / Ag. Haack / Bahia Notícias

O Bahia está nas semifinais do Campeonato Baiano. Na noite desta quarta-feira (5), em Pituaçi, o time de transição saiu na frente logo no início de jogo, foi pressionado durante o maior tempo da partida, mas conseguiu levar a melhor por 1 a 0. O único gol foi de Marcelo Ryan.

 

Com o resultado, o Esquadrão de Aço vai aos 15 pontos ficou no terceiro lugar. Nas semifinais, a equipe vai enfrentar o Bahia de Feira.
 

 

O JOGO

Marcelo abre o placar

 

No jogo decisivo entre o Esquadrão e o Leão do Sisal começou movimentado e o Esquadrão saiu na frente. Aos cinco minutos, Marcelo Ryan tabelou com Gustavo, invadiu a área e finalizou bem para vencer o goleiro Vitor. 

 

Logo depois, o Bahia teve uma grande chance de fazer o segundo gol. Aos sete, erro na defesa do Leão do Sisal e Bruno Camilo mandou uma bomba colocada na trave. Aos 14, foi a vez dos grenás. Dinei invadiu a área, cruzou e Popó quase completou.

 

O Jacuipense começou a atacar com mais frequência. De fora da área, Peixoto mandou uma bomba e a bola passou perto da meta defendida por Júnior. Dois minutos depois, Danilo Rios bateu falta para defesa do goleiro tricolor. 

 

Dinei quase marca

 

Aos 36 minutos, o Jacuipense quase conseguiu o gol do empate. Após cruzamento de Railan, Dinei cabeceou no canto e a bola passou raspando a trave.

 

Antes do fim da primeira etapa, o Esquadrão assustou com Pablo, que bateu de fora da área e viu a sua finalização passar muito perto da meta. 

 

Segundo tempo

 

Precisando do resultado, o Leão do Sisal foi para cima do Bahia. Aos quatro minutos, Dinei recebeu cruzamento e furou o cabeceio. Um minuto depois, Popô recebeu cruzamento rasteiro e completou pra fora.

 

O Bahia não demorou de responder. Aos seis, Ronaldo saiu na cara do gol e chutou em cima de Vitor. Na sobra, Daniel Penha tentou de cobertura, mas o goleiro ficou com a bola.

 

Dinei acerta o travessão

 

Aos 14, Vicente cruzou na área e Dinei cabeceou no travessão. A sobra ficou com Popó, que finalizou por cima. Três minutos depois, mais uma bola na trave após escanteio. Com 20, Danilo Rios bateu falta.

 

Durante o segundo tempo, o Esquadrão sofreu pressão e viu o Jacuipense dominar a bola e buscar oportunidades. A superioridade dos grenás só teve uma resposta aos 43, quando Caio Mello chutou de fora da área para grande defesa de Vitor.

 

FICHA TÉCNICA
Jacuipense 0 x 1 Bahia
Campeonato Baiano - 9ª rodada

Local: Pituaçu, em Salvador
Data: 05/05/2021
Horário: 19h30
Árbitro: Reinaldo Silva de Santana
Assistentes: Jucimar dos Santos Dias e Ledes José Coutinho Neto

Cartões amarelos: Douglas Borel, Ignácio (Bahia) / Tiago (Jacuipense)

Gols: Marcelo Ryan (Bahia)

 


Jacuipense: Vitor; Railan, Tiago Alves, Railon e Vicente; Josa (Matheus Tenório), Luis Fernando (Cassio Santos), Peixoto e Danilo Rios (Perozo); Popô (Mateus) e Dinei. Técnico: Jonilson Veloso.

 


Bahia: Júnior; Douglas Borel (Luiz Felipe), Ignácio, Gustavo Henrique e Felipinho; Caio Mello, Bruno Camilo (Everson) e Pablo (Mayk); Daniel Penha, Gustavo (Ronaldo) e Marcelo (Chrystian). Técnico: Cláudio Prates.

VP da FBF detalha alegações que derrubaram liminar e vê ação do Sindap como 'casuísmo'
Foto: Glauber Guerra / Bahia Notícias

Através de recurso da Federação Bahiana de Futebol (FBF), a liminar que suspendia a partida entre Jacuipense e Bahia desta quarta-feira (5) foi derrubada. Com a partida confirmada, Manfredo Lessa, vice presidente da FBF, explicou em entrevista ao programa BN na Bola da rádio Salvador FM 92.3, apresentado por Emídio Pinto, Glauber Guerra e Ulisses Gama, quais alegações fizeram com a juíza da Suzana Maria Inácio Gomes garantisse o jogo da nona rodada do Campeonato Baiano na data prevista.

 

“Nós obtivemos a decisão favorável e conseguimos suspender a decisão que havia determinado a suspensão da partida entre o Esporte Clube Bahia Esporte Clube Jacuipense. Na realidade nós impetramos um mandado de segurança e conseguimos hoje a liminar por volta das 11h55 suspendendo os efeitos da decisão do juízo da 7ª Vara do Trabalho aqui em Salvador”, relatou Manfredo Lessa. 

 

"Alegamos que o Esporte Clube Bahia ele tem na realidade duas equipes distintas e duas comissões técnicas distintas uma para a disputa do Campeonato Baiano, outra para disputa das demais competições e essa nossa argumentação, com base nos documentos que apresentamos, ela foi acatada e por isso a liminar foi suspensa", explicou. 

 

Até então, o Sindicato dos Atletas Profissionais da Bahia (Sindap-BA) havia entrado com uma ação na Justiça do Trabalho solicitando que o jogo entre as equipes não acontecesse nesta quarta, uma vez que o time principal do Bahia jogou na noite de terça (4) e não teria as 66h obrigatórias de descanso. Entretanto, ao longo das últimas oito rodadas o Tricolor vem disputando o estadual com o time de transição, fato que foi reforçado pela FBF no recurso. 

 

O vice-presidente da entidade comentou ainda como as partes envolvidas entraram em acordo sobre a decisão de manter a realização do jogo, que acontecerá simultaneamente as outras partidas da nona rodada. 

 

"O Bahia não participou do acordo, o acordo foi entre o Sindap e a FBF depois que a liminar já havia sido cassada, onde diante de uma petição protocolada pelo Esporte Clube Bahia na qual ele se comprometeu a disputar a partida de hoje contra o Jacuipense sem a utilização dos atletas que entraram em campo ontem pela Copa Sul-Americana, portanto que ele efetivamente tem duas equipes e duas comissões técnicas", contou o dirigente. 

 

Manfredo Lessa ainda destacou que a situação do Bahia de jogos em dias seguidos não é inédita e que, por parte da FBF, as regras estão sendo mantidas como sempre, tratando todas as equipes igualmente conforme os acordos de disputa da competição. 

 

"Acho que foi com base no casuísmo, porque, só neste ano, o Bahia jogou em três oportunidades em dias subsequentes. No ano passado isso aconteceu também, inclusive, num sábado, ainda com a presença de público na Arena Fonte Nova, em que o Bahia jogou duas vezes no mesmo dia por competições distintas, uma delas o Campeonato Baiano e o sindicato nunca fez absolutamente nada", relembrou.

 

"A Federação não fez nada de diferente, nós não mudamos a regra do jogo, nós não alteramos tabela para beneficiar quem quer que seja, se nós tivemos que adiar dois jogos do Esporte Clube Vitória o motivo foi, justamente, as equipes das atletas das equipes do Jacuipense e do Vitória da Conquista (...) terem testado positivo para o Covid-19 e ambas ficaram com número inferior a 13 atletas, que o estabelecido pelo nosso regulamento, que segue as diretrizes da CBF. Então, a gente tá muito tranquilo porque (...) tratamos e sempre trataremos, enquanto estivermos à frente da Federação Bahiana de Futebol, todos os filiados da maneira mais igualitária possível", finalizou.

 

As partidas da nona rodada da primeira fase do Campeonato Baiano, assim como o duelo Jacuipense e Bahia, estão programadas para esta quarta, às 19h30. O jogo entre o Leão do Sisal e O Tricolor, que entrará em campo com o time de aspirantes, será no Estádio de Pituaçu.

Quarta, 05 de Maio de 2021 - 17:25

Reapresentação do Bahia: Titulares no regenerativo e reservas treinam com bola

por Ulisses Gama

Reapresentação do Bahia: Titulares no regenerativo e reservas treinam com bola
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Após o empate em 2 a 2 com o Independiente na última terça-feira (4), o elenco do Bahia voltou a treinar na tarde desta quarta (5) pensando no jogo contra o Ceará, pela decisão na Copa do Nordeste. A decisão está marcada para o próximo sábado(8), às 16h, na Arena Castelão, em Fortaleza.

 

Os jogadores que atuaram mais de 45 minutos ficaram apenas no regenerativo entre sala de musculação e fisioterapia. Já os demais fizeram um treino técnico com bola sob o comando do técnico Dado Cavalcanti.

 

Substituído por conta de uma entorse no tornozelo, o lateral-direito Nino Paraíba fez tratamento no departamento médico e depois fez uma atividade física na academia. Vale lembrar que ele está suspenso por cartão, assim como o volante Patrick e o zagueiro Luiz Otávio.

 

Após cumprir sua última partida de suspensão na Sul-Americana, o atacante Rossi treinou normalmente, assim como os goleiros Douglas e Mateus Claus.

 

A equipe treina na manhã desta quinta-feira (6) e na sequência embarca a caminho da capital do Ceará.

Quarta, 05 de Maio de 2021 - 17:11

Copa do Brasil sub-20: Bahia perde para o Coritiba no primeiro jogo das oitavas

por Ulisses Gama

Copa do Brasil sub-20: Bahia perde para o Coritiba no primeiro jogo das oitavas
Foto: Matheus Meneses / Neo Photo

O time sub-20 do Bahia perdeu para o Coritiba por 1 a 0 na tarde desta quarta-feira (5), em Curitiba, pelo primeiro jogo das oitavas de final da Copa do Brasil da categoria. A única bola na rede foi anotada por Bernardo.

 

A equipe comandada por Eduardo Guadagnucci atuou com  Vinícius Fávero (César); André, Lucimário, Gabriel e Ryan; Miquéias, Domingos (João Vitor) e Hiago (Luan); Everton (Robert), Gregory (Walace Rander) e Vinícius Almeida (Alexiel).

 

O reencontro entre as duas equipes será no próximo dia 15 de maio, às 15h, no estádio de Pituaçu. Para avançar, o Tricolor precisa ganhar por dois ou mais gols de diferença. Em caso de um gol de margem, a decisão vai para os pênaltis.

Vai ter jogo! Juíza derruba liminar que suspendia partida entre Jacuipense e Bahia
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Após pedir mais informações sobre o mandado de segurança pedido pela Federação Bahiana de Futebol (FBF), a juíza Suzana Maria Inácio Gomes decidiu por derrubar a liminar que suspendia a partida entre Jacuipense e Bahia. Com isso, a bola vai rolar às 19h30 desta quarta-feira (5), no estádio de Pituaçu, junto com os demais jogos da última rodada da fase de grupos do Campeonato Baiano.

 

Como principais argumentos, a FBF alegou que o Esquadrão de Aço possui duas equipes para se dividir entre a Copa Sul-Americana e o estadual, e citou que a entidade e os clubes teriam um prejuízo esportivo e financeiro por conta do adiamento da rodada, já que os clubes se encontram nos locais das suas respectivas partidas.

 

"Pelo exposto, a prova produzida nos autos, em uma análise compatível com a cognição sumária típica das tutelas urgentes, revela o preenchimento dos requisitos previstos no inciso III do art. 7º da Lei nº 12.016/09, vislumbrando este Juízo razões para deferir, antecipadamente, o pleito principal formulado na vestibular no sentido de “...suspender a liminar que determinou a suspensão da partida de futebol entre o EC Bahia e a EC Jacuipense, a ser realizada no próximo dia 05/05/21,...”, ficando prejudicado oexame do pleito alternativo", escreveu a juíza.

 

Na última segunda-feira (3), o Sindicato dos Atletas Profissionais da Bahia (Sindap-BA) moveu uma ação pedindo o adiamento do jogo. O argumento era o descumprimento do intervalo mínimo de 66h de descanso para os jogadores, já que na noite da última terça-feira (4) o Bahia jogou pela Copa Sul-Americana. 

 

Mesmo sem saber sobre a viabilidade da partida, o elenco comandado pelo técnico treinou normalmente e estava concentrado no CT Evaristo de Macedo. Com 12 pontos, o Tricolor está no quarto lugar e briga pela classificação às semifinais. O BN apurou que o clube ainda aguarda a notificação oficial para se manifestar sobre.

Quarta, 05 de Maio de 2021 - 11:52

Juíza pede mais informações e jogo Jacuipense x Bahia segue indefinido

por Ulisses Gama / Glauber Guerra

Juíza pede mais informações e jogo Jacuipense x Bahia segue indefinido
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

O jogo entre Jacuipense e Bahia, pela nona rodada do Campeonato Baiano, segue indefinido. Na manhã desta quarta-feira (5), a juíza Suzana Maria Inácio Gomes respondeu ao de segurança pedido pela Federação Bahiana de Futebol (FBF) e pediu mais informações dos envolvidos para tomar uma decisão sobre a liminar da Justiça do Trabalho que adiou a partida por conta de uma ação movida pelo Sindicato dos Atletas Profissionais da Bahia (Sindap-BA). 

 

O Sindap entrou com a ação por conta do descumprimento do intervalo mínimo de 66h de descanso para os jogadores, já que na noite da última terça-feira (4) o Bahia jogou pela Copa Sul-Americana. Vale ressaltar que, no estadual, o Esquadrão atua com o seu time de transição. 

 

Na semana passada, o Bahia havia pedido o adiamento da última rodada, mas a Federação Bahiana de Futebol (FBF) negou o pedido. A argumentação do clube era a necessidade de utilizar jogadores do time de transição na competição continental. Vale lembrar que, no estadual, o Tricolor joga com os aspirantes enquanto o time principal se divide entre Copa do Nordeste, Copa do Brasil e a própria Sul-Americana.

 

O regulamento do Campeonato Baiano prevê que todos os jogos da última rodada deve acontecer ao mesmo tempo. No entanto, o vice-presidente da FBF, Manfredo Lessa, afirmou na última terça que os demais jogos serão mantidos. 

 

"Vai haver a rodada por que nós temos o apoio dos presidentes das outras equipes, inclusive de alguns já se manifestaram, e vai haver rodada, ainda que seja parcial", anunciou o dirigente, em entrevista ao Programa BN na Bola, da Rádio Salvador FM 92,3 (leia mais e ouça a entrevista completa aqui). 

 

Apesar da chance de não haver o jogo, o Bahia Notícias apurou que o time de transição seguiu a programação normal e estava concentrado para a partida em caso de aprovação do mandado de segurança. No entanto, o jogo continua sem uma definição.

Com desfalques para final, Dado foca em 'três dias de avaliação' para montar o Bahia
Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

Após enfrentar o Independiente, o Bahia agora foca na decisão da Copa do Nordeste no próximo sábado (8), às 16h, contra o Ceará na Arena Castelão. Para esse jogo, o Bahia vai ter problemas com desfalques. O zagueiro Luiz Otávio, o lateral-direito Nino Paraíba e o volante Patrick estão suspensos.

 

Visando a partida, o técnico Dado Cavalcanti, logo após o empate pela Sul-Americana, começou a projetar o que deve fazer e falou em "três dias de avaliação" para fazer escolhas. É possível que Lucas Fonseca, Renan Guedes e Matheus Galdezani sejam os substitutos diretos. 

 

"Temos uma condição de buscar um equilíbrio e fazer com que nossa equipe seja mais confiante e isso implica em manter a forma de jogar, escalação... Qualquer jogador que faz trocas porque o jogador erra não vai ter elenco. O Lucas tá se recuperando, está apto, dificilmente vai jogar 90 minutos ainda. O Luiz está suspenso. Vou aguardar, tem três dias de avaliação para ver qual será a nossa formação no elenco de sábado", disse.

O comandante tricolor voltou a exaltar o elenco que tem à disposição e explicou as mudanças que fez jogo contra o Rei de Copas no estádio de Pituaçu.

 

"Temos um grupo que vem se mostrando mais forte. No primeiro tempo tive que fazer uma troca. No segundo tempo tentei mudar o desenho do jogo, tirei um extremo que não estava levando vantagem para colocar um mais interno, que é o Thonny, um jogador de centro. A última cartada foi no tempo certo. Tirei três jogadores de dentro e posicionei dois atacantes. Isso é timing. Se entrassem antes, poderia surtir um novo efeito. Mas não acho que as trocas vieram em momentos ruins", pontuou.

 

Para ficar com a taça do Nordestão, o Bahia precisa vencer por dois gols de diferença, já que perdeu o primeiro jogo por 1 a 0. Em caso de resultado a favor com margem de apenas um tento, a decisão vai para os pênaltis.

Histórico de Conteúdo