Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Sexta, 19 de Agosto de 2022 - 00:00

CCR apresenta projeto para construção de VLT entre Piatã e Simões Filho

por Bruno Leite

CCR apresenta projeto para construção de VLT entre Piatã e Simões Filho
Render inicial do VLT do Subúrbio | Foto: Divulgação / GOVBA

A concessionária CCR Metrô Bahia apresentou ao governo do estado, na última semana, um estudo em que projeta a construção de um novo Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), ligando o bairro de Piatã, em Salvador, a São Luiz, no município de Simões Filho.

 

O projeto ao qual o Bahia Notícias teve acesso prevê a instalação de uma linha de 20,4 km, percorrendo os corredores da Avenida 29 de Março, Orlando Gomes e a BA-528 (Estrada do Derba) - conjunto de avenidas conhecido com o Linha Vermelha. O novo sistema seria integrado ao metrô e ao futuro VLT do Subúrbio.

 

Segundo a empresa, o modal deverá contar com 20 paradas e poderá impactar 530 mil habitantes do Subúrbio, do Miolo e da Orla de Salvador. A implantação seria dividida em duas etapas. A primeira faria a ligação entre a futura Rodoviária, em Águas Claras, e a Praia de Piatã. O segundo - que dependeria da duplicação da BA-528 - seria entre Águas Claras e São Luiz.

 


Foto: Reprodução / CCR Metrô

 

Ao todo, 27 trens, com capacidade para transportar 400 passageiros cada, prestariam o serviço. O trecho contemplado pelo projeto apresentado agora se localiza no traçado em que, inicialmente, foi proposto um outro projeto de mobilidade: o Bus Rapid Transit (BRT).

 

O investimento, previsto no Plano de Mobilidade Urbana (PlanMob) da capital baiana, tem sido um objeto de um imbróglio entre a prefeitura de Salvador e a gestão estadual. 

 

Em março deste ano, o governador Rui Costa (PT) chegou a tocar no assunto (relembre aqui). Na ocasião, o petista anunciou que havia autorizado a aquisição de 20 ônibus elétricos para percorrer as vias. 

 

Ele também afirmou que tinha informado ao prefeito Bruno Reis (União) o interesse em assumir a operação do sistema BRT na Linha Vermelha quanto na Azul (Av. Pinto de Aguiar - Av. Gal Costa). "Nós queremos, desejamos e aceitamos esse desafio de rodar o transporte coletivo", disse.

 

Alguns dias antes, o chefe do Executivo soteropolitano havia dito que estava disponível para discutir a possibilidade. "Havia previsão da implantação das estações do BRT que teriam que ser construídas pelo estado e passada e em seguida serem passadas para o município. Eu estou à disposição como sempre estive para qualquer diálogo com o governador", admitiu Reis na época.

 

O fato é que equipamentos importantes e bairros populosos estão no raio de abrangência da nova linha de VLT estudada. O Senai Cimatec, o Hospital do Subúrbio, a nova Rodoviária, Valéria, Cajazeiras, Castelo Branco e Fazenda Coutos são alguns deles.

 

Ao Bahia Notícias, a CCR disse que, em conjunto com o poder concedente, "sempre avalia o impacto da mobilidade urbana na região metropolitana de Salvador onde há potencial integração com o metrô". A proposta em questão foi uma dessas contribuições.

 

Procurada, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Sedur), pasta estadual que responde pela gestão do sistema metroviário, respondeu por meio de nota e confirmou a apresentação do estudo preliminar para ampliação da rede sobre trilhos, feita pela CCR Metrô Bahia, tendo como itinerário a Avenida 29 de Março. 

 

No entanto, a pasta informou que não poderia se pronunciar sobre detalhes. “A Sedur não tem como se manifestar considerando que foi um estudo que ainda está sendo analisado pelo Governo”, argumentou.

 

Reforçando a versão dada pela detentora da concessão, o órgão público acrescentou que as sugestões acontecem para que, conjuntamente, sejam encontradas formas de melhoria do transporte. “Assim, diversos estudos são debatidos em prol deste objetivo", finalizou a secretaria.

Sexta, 19 de Agosto de 2022 - 00:00

IPTU: Secretária da Fazenda diz que PL de readequação não será enviado à CMS até outubro

por Gabriel Lopes / Leonardo Costa

IPTU: Secretária da Fazenda diz que PL de readequação não será enviado à CMS até outubro
Foto: Gabriel Lopes / Bahia Notícias

A secretária da Fazenda de Salvador, Giovanna Victer, garantiu ao Bahia Notícias que a Prefeitura não deve encaminhar, pelo menos nos próximos dois meses, para a Câmara de Vereadores um projeto de readequação do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU), que a partir deste ano passou a ser equiparado ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

 

Para a chefe da pasta, é importante ouvir os moradores antes de fechar o tema. "Essa questão do IPTU a gente está ouvindo toda a sociedade, conversando, colocando os pressupostos, recebendo os movimentos lá na Secretaria da Fazenda e avaliando aquilo que pode ser feito administrativamente e legalmente. Nós não temos nenhuma expectativa de mandar nenhum projeto de lei para a Câmara até outubro", assegurou a secretária em conversa com o BN.

 

De acordo com especialistas da área tributária, a questão exige atenção do Executivo já que a partir de 2023 as chamadas "travas" no IPTU  a ser pago deixarão de existir, o que representará a ausência de limitação do imposto para os imóveis de Salvador, independente do ano em que foram construídos. O valor do imposto corresponde a números implantados com a Planta Genérica de Valores (PGV) de 2013 - que é ajustada ano a ano.

 

A prefeitura de Salvador dispôs que entre 2019 e 2021 os limites para o IPTU não poderiam superar à variação do IPCA, que é o Índice Nacional de Preços do Consumidor, e depois o entendimento foi estendido apenas para o imposto com exercício de 2022. O "destravamento", conforme apontado, pode resultar em aumentos acentuados para o contribuinte soteropolitano.

 

Além do IPTU, a taxa de coleta de lixo (TRSD) de Salvador foi alvo de críticas após ter aumentado 50% em relação ao ano anterior, cinco vezes mais do que a inflação de 2021, medido pelo índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), fixado em 10,74% e utilizado como base para reajustes de impostos e taxas em todo o Brasil.

 

Em janeiro deste ano, o Ministério Público do Estado da Bahia (MP-BA) abriu procedimento para investigar o aumento no IPTU. Na época, a promotora Rita Tourinho, disse que a majoração do valor este ano foi em torno de 50%, e não houve "nenhuma mensagem encaminhada à Câmara para essa majoração". Então, por conta disso, o procedimento foi instaurado. Dois pontos passaram a ser averiguados pelo MP: o aumento de ambos os tributos e a distorção do IPTU em bairros de Salvador (relembre aqui).

 

FINANCIAMENTO DO TRANSPORTE PÚBLICO

Durante a conversa com o Bahia Notícias, Giovanna Victer também falou sobre a questão do transporte público da capital baiana. A secretária defendeu uma mudança do modelo de financiamento do transporte público coletivo no Brasil. De acordo com ela, o sistema não pode ser sustentado apenas pelas pessoas que usam o serviço, através de tarifa (veja aqui).

 

“Com o tempo, nós precisamos, como país, avaliar uma forma de mudar a estrutura de financiamento do transporte coletivo que não seja só baseada na tarifa que cada um paga, até porque o benefício é de todos. Agora, como fechar essa conta é que nós ainda estamos refletindo, desenhando, e tentando chegar a um consenso”, afirmou Victer.

Ibama pode deixar de arrecadar mais de R$ 100 mil em multas aplicadas na Bahia; entenda
Foto: Divulgação

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) pode deixar de arrecadar R$ 104.189,60 em multas aplicadas na Bahia, por conta de prescrições nos processos administrativos. Na prática, isto significa que essas multas poderão deixar de ser cobradas pelo órgão no âmbito administrativo, restando apenas a via judicial. 

 

Os dados foram obtidos pela Fiquem Sabendo, agência de dados especializada no acesso a informações públicas, extraídos por servidores do Ibama em junho. Uma das multas aplicadas na Bahia tem o código de registro vinculado ao Distrito Federal, porém, a unidade técnica relacionada a infração é correspondente a Juazeiro.

 

No país, mais de 2 mil multas ambientais, a maioria por infrações cometidas na região amazônica, correm risco de prescrever por falta de ação do Ibama. A estimativa não considera o passivo de mais de 90 mil multas ainda não analisadas pelo instituto, então este número pode ser ainda maior. 

 

Na Bahia, os processos administrativos estão localizados entre a Superintendência do Ibama na Bahia, a divisão Técnica-Ambiental do estado, o Núcleo Técnico Setorial de Instrução Processual de Autos de Infração, o Núcleo de Fiscalização, o Núcleo de Biodiversidade e Florestas-BA, Centro de Triagem de Animais Silvestres em Porto Seguro-Ba e três unidades técnicas de 1º e 2º nível, em Eunápolis, Ilhéus e Juazeiro. 

 

Para o cálculo, o Ibama considera diferentes tipos de prescrições previstas na lei 9873/99. No art.1 fica indicado que: "Prescreve em cinco anos a ação punitiva da Administração Pública Federal, direta e indireta, no exercício do poder de polícia, objetivando apurar infração à legislação em vigor, contados da data da prática do ato ou, no caso de infração permanente ou continuada, do dia em que tiver cessado".

 

O parágrafo 1º aponta que: "Incide a prescrição no procedimento administrativo paralisado por mais de três anos, pendente de julgamento ou despacho, cujos autos serão arquivados de ofício ou mediante requerimento da parte interessada, sem prejuízo da apuração da responsabilidade funcional decorrente da paralisação, se for o caso".

 

Outra possibilidade de prescrição é o Art. 1º-A, onde fica "constituído definitivamente o crédito não tributário, após o término regular do processo administrativo, prescreve em 5 (cinco) anos a ação de execução da administração pública federal relativa a crédito decorrente da aplicação de multa por infração à legislação em vigor. (Incluído pela Lei nº 11.941, de 2009)". 

Sexta, 19 de Agosto de 2022 - 00:00

Bahia registrou 138 denúncias desde 2019 sobre trabalho escravo; 16% foram fiscalizadas

por Mauricio Leiro / Leonardo Almeida

Bahia registrou 138 denúncias desde 2019 sobre trabalho escravo; 16% foram fiscalizadas
Foto: Divulgação/MPT

A descoberta do caso em que uma mulher grávida foi resgatada em condições de trabalho análogo a escravidão, na cidade de Santa Terezinha, no Recôncavo baiano (veja aqui) ocorreu a partir de denúncia encaminhada pela Promotoria de Justiça. Apesar disso, desde 2019, a Bahia recebeu 138 denúncias sobre possíveis casos como esse, porém apenas 16% delas foram fiscalizadas.

 

Os dados foram obtidos pela Fiquem Sabendo, agência de dados especializada no acesso a informações públicas, com a Subsecretaria de Inspeção do Trabalho (SIT), vinculada à Secretaria de Trabalho (STRAB) e subordinada ao Ministério do Trabalho e Previdência (MTP).

 

Das 138 denúncias desde 2019 sobre trabalho análogo a escravidão, 23 delas foram fiscalizadas pelos órgãos competentes. Em toda a Bahia, denúncias deste tipo foram registradas em 67 cidades do estado. 

 

Como exemplo, no Brasil, em julho de 2022, foram 170 denúncias registradas sobre a temática, nenhuma delas foi fiscalizada. No mês anterior, em junho de 2022, foram 147 denúncias no Brasil com 2 fiscalizações.

 

MPT DA BAHIA

Ao Bahia Notícias, o procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho, Luís Carneiro, órgão que também faz a fiscalização desse tipo de conduta, apontou que a "caracterização do trabalho escravo doméstico não é apenas somente um desregramento entre trabalhador e empregado".

 

"Os números precisam ser examinados. As denúncias chegam de diversas formas. Nem sempre as denúncias são confirmadas no final. Quando se fala em trabalho escravo doméstico é muito forte. É algo que é uma chaga social ainda existente e tem muita repercursão", disse ao BN. 

 

Carneiro ressaltou que o "ambiente que deveria propiciar condições mais próximas" muitas vezes o MPT se depara com agressões. "Submeter, geralmente mulheres negras, uma prática discriminatória. Ela se caracteriza por uma condição sub humana, não pode ser vulgarizada. Não é qualquer arranhamento ou relação. São práticas cruéis, privação do direito de ir e vir", completou. 

Quinta, 18 de Agosto de 2022 - 22:00

PSOL aciona MP e STF contra empresários que defendem golpe

por Mônica Bergamo | Folhapress

PSOL aciona MP e STF contra empresários que defendem golpe
Empresário Luciano Hang | Foto: Eduardo Marques / Tempo Editorial

A Bancada Feminista, mandato coletivo do PSOL na Câmara Municipal de São Paulo, protocolou uma representação no Ministério Público de São Paulo (MP-SP) em que pede a investigação de empresários que teriam passado a defender, em um grupo de WhatsApp, um golpe de Estado caso o ex-presidente Lula (PT) vença as eleições em outubro.
 

O caso foi revelado pelo portal Metrópoles. O site reproduziu as postagens dos empresários, que, segundo o colunista Guilherme Amado, foram feitas em um grupo com o nome de Empresários & Política, criado no ano passado.
 

O grupo inclui perfis atribuídos a empresários de diversas partes do país, como Luciano Hang, dono da Havan, Meyer Nigri, fundador e presidente do conselho da Tecnisa, Ivan Wrobel, da construtora W3 Engenharia, Afrânio Barreira, do Grupo Coco Bambu, e José Isaac Peres, dono da gigante de shoppings Multiplan.
 

As parlamentares argumentam que as mensagens podem vir a configurar crimes "como ameaças de guerra civil, desobediência de ordem judicial e até mesmo um golpe de Estado" e devem ser investigadas pelos órgãos competentes.
 

O processo pede ainda que seja apurado se a campanha do presidente Jair Bolsonaro (PT) possui alguma conexão com o grupo, "seja incentivando-os, patrocinando-os ou até mesmo sendo autor das notícias falsas e das ameaças ao processo eleitoral".
 

A covereadora Paula Nunes diz que "é necessário uma forte reação da sociedade e das instituições contra todas as iniciativas golpistas e antidemocráticas". E segue: "Estamos às vésperas da eleição, e o que vemos nestas mensagens é parte da elite econômica do país conspirando contra os direitos políticos e sociais da maioria da população".
 

Também nesta quinta (18) deputadas federais do PSOL Fernanda Melchionna (RS), Sâmia Bomfim (SP) e Vivi Reis (PA) enviaram denúncia ao Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o caso.
 

Hang confirmou à reportagem que integra o grupo, mas disse que quase nunca se manifesta e em momento algum falou sobre os Poderes.
 

"Vejo que meu nome vende jornal e gera cliques. Me envolvem em toda polêmica possível, mesmo eu não tendo nada a ver com a história", disse o dono da Havan à reportagem. "Sou pela democracia, liberdade, ordem e progresso."
 

Questionada sobre as manifestações do fundador no grupo de empresários, a assessoria da Tecnisa informou que a companhia "não fala em nome de Meyer Nigri" e que ele "não é porta-voz da empresa".

Quinta, 18 de Agosto de 2022 - 21:40

Ademi-BA promove ciclo de debates com candidatos ao governo da Bahia

por Redação

Ademi-BA promove ciclo de debates com candidatos ao governo da Bahia
Foto: Divulgação

A Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário da Bahia - Ademi-BA, responsável pelo setor imobiliário baiano, vai receber os candidatos ao Governo do Estado para debater os principais temas do mercado imobiliário e outros assuntos do cenário local. Questões relacionadas à infraestrutura, meio ambiente, incentivos, segurança e educação também serão discutidos no encontro.

 

O primeiro candidato a participar do evento é Jerônimo Rodrigues (PT), junto com o vice de sua chapa, Geraldo Júnior (MDB). O encontro será na próxima segunda-feira (22), às 15h, na sede da Ademi-BA, na Av. Tancredo Neves.

Quinta, 18 de Agosto de 2022 - 21:20

Intenção de consumo das famílias mantém crescimento, aponta ICF

por Redação

Intenção de consumo das famílias mantém crescimento, aponta ICF
Foto: Tânia Rêgo / Agência Brasil

A pesquisa nacional de Intenção de Consumo das Famílias (ICF) de agosto, divulgada nesta quinta-feira (18) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), mostrou continuidade do processo de crescimento iniciado em janeiro, somando 82,1 pontos. É o maior nível desde abril de 2020 (95,6 pontos) e superou os resultados do mesmo mês nos 2 anos anteriores. 

 

De acordo com a Agência Brasil, o avanço de 1,1% do indicador no mês foi puxado pelo maior otimismo das famílias com renda acima de dez salários mínimos. A variação anual atingiu expansão de 17%.

 

A economista da CNC e coordenadora da pesquisa, Catarina Carneiro da Silva, disse que há mais de um ano as famílias com renda superior a dez salários mínimos se mostram mais otimistas do que aquelas de menor renda, mas que “este mês a variação foi mais forte e isso chamou a atenção. Mas já faz um tempo que elas estão mais otimistas”.

 

Catarina explicou que as famílias que recebem mais de dez salários mínimos têm maior acesso à renda e estão conseguindo consumir não só o que é essencial. “Elas estão tendo maior capacidade de consumo, tanto que o indicador delas de consumo atual atingiu 85,5 pontos em agosto, e o acesso ao crédito está acima de 100 pontos [100,5]. Elas já estão satisfeitas com a sua renda e com seu crédito também. Em agosto deu uma virada e, apesar da inflação, as famílias têm um rendimento maior e conseguem consumir”.

 

A economista da CNC disse que os juros altos não têm um peso grande no rendimento dessas famílias e, por isso, elas estão conseguindo ter um melhor acesso ao crédito. “Por causa desses fatores, elas estão conseguindo se sobressair no consumo”.

 

Já as famílias de renda até dez mínimos têm que escolher o que consumir e acabam priorizando o consumo de bens essenciais. Catarina disse que apesar do auxílio emergencial, os juros altos e a inflação alta fazem com que esses consumidores sejam mais cautelosos e tenham mais dificuldade para tomar o crédito para consumir. “Elas estão avançando também, mas não tanto como as outras famílias”.

 

Catarina Carneiro disse que a perspectiva de consumo das famílias de menor renda já passou a ser positiva neste mês. “Apesar das dificuldades, elas estão aumentando sua perspectiva de consumo, aos poucos”.

 

Para o grupo de famílias com renda acima de dez salários mínimos, a intenção de consumo avançou 3,3% em agosto, enquanto para o grupo de menor renda, o ICF apresentou variação positiva de 0,4%.

 

A CNC destacou, no mês de agosto, o crescimento do nível de consumo atual (2,8%), o maior dos últimos 6 meses. Esse item foi o que obteve o maior crescimento em ambas as categorias de renda: 2,1% para famílias com renda abaixo de dez salários mínimos e 5% para famílias cuja renda supera dez mínimos.

Caravelas: Operação Madeira Legal localiza quarteto acusado de produção ilegal de carvão
Foto: Divulgação / SSP

Uma operação conjunta entre as polícias Civil e Militar capturou , na manhã desta quinta-feira (18), quatro suspeitos de furto e produção de carvão ilegal no sul a Bahia. A ação faz parte da operação “Madeira Legal”, que teve como objetivo cumprir mandados de busca e apreensão na zona rural do município de Caravelas.

 

Segundo o delegado Marco Antônio Oliveira Neves,  titular da delegacia Territorial de Caravelas, a operação ainda contou com a apreensão de 360 sacos de carvão prontos para comercialização, 47 metros cúbicos de madeira e carvão mineral, cinco espingardas artesanais e três motosserras, além da destruição de 12 fornos ilegais.

 

 “Nessa mesma operação, ainda apreendemos cinco espingardas caseiras e o material utilizado para a montagem  dessas armas”, completou  o delegado.

 

Um dos homens foi autuado em flagrante por porte ilegal de arma, pagou fiança  e vai responder em liberdade. Os outros três assinaram o Termo Circunstanciado de Ocorrência e foram liberados.

 

Participaram da operação policiais da  8ª  Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Teixeira de Freitas),  da Companhia Independente de Polícia de Proteção Ambiental (CIPPA/Porto Seguro), da Companhia Independente de Policiamento Especializado Mata Atlântica (Cipe/Mata Atlântica),  e da 88ª Companhia Independente de Polícia Militar.

Quinta, 18 de Agosto de 2022 - 20:40

Moraes marca reunião com ministro da Defesa em meio a cobranças de militares ao TSE

por Mateus Vargas e Cézar Feitoza | Folhapress

Moraes marca reunião com ministro da Defesa em meio a cobranças de militares ao TSE
Foto: Divulgação / TSE

Novo presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o ministro Alexandre de Moraes vai se reunir com o ministro da Defesa, general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, na próxima terça-feira (23).
 

O encontro ocorre no momento em que os militares cobram mudanças em procedimentos de fiscalização das eleições. Também será a primeira reunião com o general após Moraes assumir o comando da corte eleitoral.
 

As Forças Armadas estão na lista de entidades de fiscalização das eleições. Por isso, militares participam de uma série de etapas do pleito, como a análise do código-fonte das urnas.
 

O magistrado ainda tem previstas reuniões com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD), na próxima segunda-feira (22), e com o diretor-geral da Polícia Federal, Márcio Nunes de Oliveira, no dia seguinte.
 

Ainda na terça-feira (23), o presidente do TSE deve receber dirigentes do Pacto pela Democracia, que reúne entidades da sociedade civil.
 

Aliados do presidente Jair Bolsonaro (PL) tentam convencer Moraes a aceitar sugestões das Forças Armadas para as eleições. Em troca, sugerem que o chefe do Executivo pode reduzir os ataques às urnas e insinuações golpistas.
 

Entre alguns ministros de tribunais superiores, a promessa do governo é vista com desconfiança, ainda que a expectativa é de melhora na relação entre Bolsonaro e o TSE na presidência de Moraes
 

O ministro Nogueira manteve contato por telefone com Moraes durante o período de crise entre os militares e a gestão de Edson Fachin no tribunal.
 

Segundo relatos de generais ouvidos pelo jornal Folha de S.Paulo, Nogueira não detalhou, nas conversas, as sugestões das Forças Armadas para o magistrado.
 

A expectativa do entorno de Nogueira é que as propostas das Forças Armadas de alteração no processo eleitoral sejam citadas no encontro com Moraes.
 

O principal pedido dos militares é o uso da biometria de eleitores reais para acionar urnas durante o teste de integridade. Trata-se de análise feita no dia da eleição para verificar se a urna eletrônica registra os mesmos votos de um pleito simulado com cédulas de papel.
 

O TSE já negou estes pedidos dos militares. Técnicos do tribunal consideram que alterar a forma de realizar o teste semanas antes do pleito poderia tumultuar as eleições.
 

Os detalhes dos pedidos das Forças Armadas, no entanto, só devem ser apresentados num segundo momento, quando se espera que técnicos militares e do TSE se reúnam para discutir as propostas.
 

Nesta quinta, Paulo Sérgio Nogueira se reuniu com os ministros Bruno Bianco (AGU) e Wagner Rosário (CGU), que também têm atuado, de diferentes formas, no esforço do Planalto de alterar o processo eleitoral.
 

A reunião tratava de questões burocráticas, como o aumento do efetivo de advogados da União que atuam nas Forças Armadas, mas a expectativa de melhora na interlocução dos militares com a gestão Moraes no TSE foi comentada no encontro, segundo generais com conhecimento do que foi discutido.
 

O encontro entre Moraes e Nogueira também é visto como um primeiro movimento para o distensionamento da crise. A reunião foi confirmada dois dias após Moraes fazer discurso de posse que foi criticado internamente no Ministério da Defesa. Nogueira participou da cerimônia.
 

Na posse, o novo presidente do TSE defendeu o sistema eletrônico de votação e foi ovacionado pela plateia de ministros de tribunais superiores, parlamentares e ex-presidentes.
 

"Somos a única democracia do mundo que apura e divulga os resultados eleitorais no mesmo dia, com agilidade, segurança, competência e transparência. Isso é motivo de orgulho nacional", disse Moraes, enquanto Bolsonaro se manteve sério, sem aplaudir.
 

Desde junho, Paulo Sérgio Nogueira tentava conseguir uma reunião com o então presidente do TSE, Edson Fachin. O magistrado, no entanto, se negava a receber o ministro da Defesa, argumentando que as discussões sobre o processo eleitoral deveriam ser feitas na Comissão de Transparência Eleitoral.
 

As Forças Armadas foram chamadas pelo próprio TSE, em 2021, para participar de discussões sobre as regras das eleições.
 

Desde então, os militares encerraram um silêncio de 25 anos sobre as urnas eletrônicas e apresentaram mais de 80 questionamentos ao tribunal, além de uma série de propostas de mudanças para o pleito.
 

A crise na relação entre o TSE e as Forças Armadas tem se intensificado desde maio, quando a corte apontou erros de cálculos dos militares ao negar sugestões dos militares de mudanças nos procedimentos das eleições.
 

No fim de julho, o Ministério da Defesa mudou a estratégia de atuação junto ao TSE e designou dez militares das três Forças para participar da fiscalização das eleições.
 

O grupo estabeleceu três sugestões prioritárias a serem acatadas pelo TSE. São elas:
 

Realizar o teste de integridade das urnas nas mesmas condições de votação, incluindo o uso de biometria.
 

Promover o TPS (Teste Público de Segurança) no modelo de urna UE2020, que representa 39% do total de urnas.
 

Incentivar a realização de auditoria por outras entidades, principalmente por partidos políticos, conforme prevê a legislação eleitoral.
 

Bolsonaro já afirmou que ele mesmo passou a ter voz dentro do TSE com a entrada dos militares no debate.
 

"Eles [TSE] convidaram as Forças Armadas a participarem do processo eleitoral. Será que esqueceram que o chefe supremo das Forças Armadas se chama Bolsonaro?", disse o mandatário no fim de abril.
 

No mês seguinte, o ex-presidente do TSE Edson Fachin afirmou que a eleição é tema de "forças desarmadas".
 


 

 

Com R$ 3,5 milhões, ACM Neto é candidato que mais recebeu doação do União Brasil até agora
Foto: Max Haack / Ag. Haack / Bahia Notícias

A campanha de ACM Neto (União) recebeu, de acordo com dados registrados no portal “Divulgação de Candidatos” do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), aproximadamente R$ 3,557 milhões em doações até o momento. O valor foi depositado integralmente pelo diretório nacional do União Brasil, partido do candidato ao governo da Bahia nas eleições deste ano e maior detentor de verbas do fundo eleitoral no país.

 

Ainda conforme informações do sistema do TSE, ACM Neto é, até o momento, o candidato a governador de estado que mais recebeu dinheiro do União Brasil, superando Sílvio Mendes (União), ex-prefeito de Teresina e postulante ao governo do Piauí, que recebeu pouco mais de R$ 1,423 milhão.

 

O ex-ministro Mendonça Filho (União), candidato a deputado federal por Pernambuco, também recebeu uma significativa doação para a campanha: R$ 750 mil.

 

O candidato à reeleição para o governo de Goiás, Ronaldo Caiado (União), uma das principais lideranças nacionais do partido, ainda não registrou qualquer doação no TSE.

 

Para além dos candidatos, o maior volume de dinheiro investido pelo União Brasil, até o momento, foi para o diretório municipal de São Paulo, que recebeu R$ 5,021 milhões. A direção do partido em Barueri-SP também ganhou uma parte da grana: R$ 100 mil.

 

ACM Neto é, por enquanto, o candidato ao governo da Bahia com mais dinheiro de doação. Ele supera, por muito, o segundo colocado Jerônimo Rodrigues (PT), que recebeu apenas R$ 2.045, oriundos de pessoas físicas. Giovani Damico (PCB), João Roma (PL), Kleber Rosa (PSOL) e Marcelo Millet (PCO) ainda não tiveram doações registradas no TSE.

Datafolha divulga pesquisas para governos de SP, MG e RJ; confira resultados
Haddad lidera em SP | Foto: Reprodução / Redes Sociais

O instituto Datafolha publicou, na noite desta quinta-feira (18), pesquisas para os governos de São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro. Os candidatos Fernando Haddad (PT), Romeu Zema (Novo) e Cláudio Castro (PL), respectivamente, lideram os levantamentos para os estados.

 

SÃO PAULO

No maior estado do Brasil, Haddad aparece com 38% das intenções de voto, contra 16% do bolsonarista Tarcísio de Freitas (PL) e 11% do atual governador de São Paulo, Rodrigo Garcia (PSDB). Em quarto lugar, aparecem empatados com 2% da preferência os candidatos Carol Vigliar (UP) e Gabriel Colombo (PCB).

 

Em seguida, Elvis Cezar (PDT), Vinicius Poit (Novo), Altino (PSTU) e Edson Dorta (PCO) surgem com 1% das intenções de voto. Brancos e nulos somam 17% e os indecisos, 11%.

 

De acordo com os números publicados pelo instituto, se as eleições fossem hoje, Fernando Haddad venceria no primeiro turno, já que a soma das intenções de voto de seus adversários (35%) não supera 38%.

 

O Datafolha entrevistou 1.812 pessoas em 72 municípios de São Paulo, entre os dias 16 e 18 de agosto. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número SP-02170/2022.

 

MINAS GERAIS

O atual governador Romeu Zema (Novo) lidera com folga a disputa eleitoral em Minas Gerais. Com 47% das intenções de voto, ele venceria as eleições no primeiro turno, caso o pleito fosse hoje.

 

Em segundo lugar, aparece o ex-prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), com 23% da preferência do eleitorado. O bolsonarista Carlos Viana (PL) registra apenas 5% das intenções de voto.

 

Vanessa Portugal (PSTU) e Renata Regina (PCB), ambas com 2%, dividem a quarta colocação. Marcus Pestana (PSDB), Cabo Paulo Tristão (PMB), Lourdes Francisco (PCO) e Lorene Figueiredo (PSOL) registraram apenas 1%. Indira Xavier (UP) não pontuou. Os indecisos somam 9% e os votos brancos e nulos, outros 9%.

 

O Datafolha entrevistou 1.216 eleitores entre os dias 16 e 18 de agosto, em 60 municípios de Minas Gerais. A margem de erro é de 3%, para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número MG-06603/2022.

 

RIO DE JANEIRO

No Rio, o Datafolha aponta um empate técnico entre o atual governador do estado, Cláudio Castro (PL), com 26% das intenções de voto; e o deputado federal Marcelo Freixo (PSB), com 23% da preferência do eleitorado.

 

Eduardo Serra (PCB), com 5%; Rodrigo Neves (PDT), também com 5%; Cyro Garcia (PSTU), com 4%; Wilson Witzel (PMB), também com 4%; e Juliete Pantoja (UP), com 2%, estão empatados tecnicamente na terceira colocação.

 

Milton Temer (PSOL) e Paulo Ganime (Novo) registraram 1% da preferência cada. Luiz Eugênio Honorato (PCO) não pontuou. Brancos e nulos somam 19% das intenções de voto, enquanto 10% se disseram indecisos.

 

O Datafolha entrevistou 1.204 eleitores entre os dias 16 e 18 de agosto, em 34 municípios do Rio de Janeiro. A margem de erro é de 3%, para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número RJ-05939/2022.

Paraná Pesquisas: No Distrito Federal, Bolsonaro lidera com 11 pontos a frente de Lula
Fotos: Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (PL) praticamente não cresceu na preferência do eleitorado do Distrito Federal, mas ainda assim aumentou a sua vantagem para o candidato do PT na disputa pelo Palácio do Planalto, Luiz Inácio Lula da Silva, segundo o Paraná Pesquisas.

 

De acordo com o levantamento publicado nesta quinta-feira (18), Bolsonaro tem 41,2%, contra 30,3% de Lula, uma diferença de 11 pontos. Em julho, a distância entre os dois era um pouco menor. O atual chefe do Executivo nacional tinha 41,1% e o ex-presidente registrou 32,7%, uma vantagem de nove pontos percentuais.

 

Na terceira colocação está Ciro Gomes (PDT) que marcou 8,4%. Em seguida aparecem Simone Tebet (MDB) com 2,7%, Pablo Marçal (Pros) 0,8%, Felipe D’Ávila (Novo) 0,7%, Eymael (DC) 0,5% e Sofia Manzano (PCB) 0,4%. Léo Péricles (UP), Vera Lúcia (PSTU) e Soraya Thronicke (União) ficaram empatados com 0,3% e Roberto Jefferson (PTB) finaliza a lista com 0,2%. Não souberam ou não responderam somaram 5,8% dos eleitores e aqueles que optaram pelo voto nulo, branco ou nenhum representam 8,2% dos entrevistados.

 

O levantamento foi realizado entre os dias 13 e 17 de agosto, em sete Unidades do Planejamento Territorial, através de entrevistas pessoais com 1540 pessoas. A margem de erro é de 2,5% e intervalo de confiança de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob número  BR-07507/2022.

Quinta, 18 de Agosto de 2022 - 20:00

Tempo médio para abrir empresa na Bahia caiu 26,5% em julho

por Redação

Tempo médio para abrir empresa na Bahia caiu 26,5% em julho
Foto: Reprodução / Sescap

O tempo médio para a abertura de uma empresa na Bahia foi de 25 horas no mês de julho deste ano, o que representou uma queda de 26,5% na comparação com junho, quando se faziam necessárias 34 horas para se abrir uma pessoa jurídica, e de 84,1% em relação a julho de 2021, quando a abertura de empresas levavam, em média, 157 horas.

 

Entre as capitais, Salvador ficou no grupo com o quinto tempo médio mais curto no processo de registro de uma nova empresa no mês passado, com 9 horas. Isso representa retração de 60,9% em relação a junho (23 horas) e queda de 87,1% sobre julho do ano passado (70 horas).

 

Os dados são do Painel Mapa de Empresas da Secretaria Especial de Produtividade e Competitividade (Sepec) do Ministério da Economia, que foi atualizado na terça-feira da semana passada (9), com a divulgação dos resultados apurados no mês passado de todo o país.

 

Em todo a Bahia, 17.360 novas empresas foram registradas no mês passado. Com isso, o estado encerrou o mês com 984.680 empresas ativas.

Bolsonaro evita disputas entre apoiadores e divulga candidatos ao Senado e ao Governo
Foto: Reprodução / Youtube

O presidente Jair Bolsonaro (PL) indicou que irá realizar apenas a divulgação das candidatura ao Senado e a governadores. Evitando criar disputas internas, o presidente sinalizou que não irá entrar em disputas internas e apresentou os candidatos indicados. Bolsonaro participou de live, nesta quinta-feira (18), nas redes sociais. 

 

"Vai falar gente, vão reclamar. Algumas candidatura pelo Brasil peço seu apoio. Só vou divulgar candidaturas para o Senado e para Governador. Em estados que tem mais de dois candidatos ao senado e a governador, que nos apoiem, a nossa ideia é não abrir nossa fissura", disse o presidente. 

 

O Partido Liberal, partido de Jair Bolsonaro, é a legenda com o maior número de candidatos nas eleições deste ano, são 1.578. Os dados parciais constam na plataforma Divulgacand, do Tribunal Superior Eleitoral, com base nos pedidos de registro.

Podcast 'A Bahia quer o quê?' traz reclames de região de Vitória da Conquista
Foto: Paulo Victor Nadal / Bahia Notícias

Neste segundo vídeo do podcast “A Bahia quer o quê?”, o BN conversa com Anderson Oliveira, diretor do Blog do Anderson, que cobre o território de Vitória da Conquista. É uma região que abriga a terceira maior cidade do estado, com 343,3 mil habitantes, com diversos municípios menores ao redor, caso de Maetinga, a menor em população do estado, com apenas 2,4 mil moradores.

 

No papo com Anderson, o leitor vai saber como anda a saúde, a educação, segurança e o setor cultural, uma fortaleza da região, como também se informar de ações que precisam sair do papel, como a duplicação de estradas, antigo desejo de quem mora nesse trecho da Bahia.

 

Uma dessas vias, caso seja melhorada, pode impulsionar o mercado de café, levando o produto para todo país.

 

Até 2 de outubro, nas terças-feiras e quintas-feiras, divulgaremos episódios desse projeto que vai trazer a Bahia para mais perto de você. 

 

Com apresentação de Francis Juliano e edição de Paulo Victor Nadal, o podcast segue disponível no site e nas plataformas de streaming Spotify, Deezer e Castbox.

Quinta, 18 de Agosto de 2022 - 19:40

Justiça do Trabalho da Bahia inaugura primeiro SAC Trabalhista do Brasil

por Leonardo Almeida

Justiça do Trabalho da Bahia inaugura primeiro SAC Trabalhista do Brasil
Foto: Leonardo Almeida/Bahia Notícias

O Tribunal de Justiça do Trabalho da Bahia (TRT5) inaugurou o primeiro Serviço de Atendimento ao Cidadão (SAC) Trabalhista do Brasil. A cerimônia foi realizada na tarde desta quinta-feira (15) no Fórum Juiz Antônio Carlos Araújo de Oliveiro, em Salvador, e contou com a presença de representantes de diversos órgãos do setor.

 

A presidente do TRT5, desembargadora Débora Machado, ressaltou que o serviço visa facilitar a procura por atendimentos relacionados a processos trabalhistas na Bahia, reunindo seis instituições diferentes no mesmo espaço.

 

“Essa é uma iniciativa pioneira da Justiça do Trabalho para fortalecer a cidadania e a relação institucional com a sociedade, a partir de um atendimento já consolidado para a população baiana. O SAC Trabalhista fortalece a relação da população baiana com a Justiça”, afirmou Machado.

 

 

 

 

O prédio começa a funcionar nesta sexta-feira (19), no térreo do Fórum do Comércio, das 8 às 15 horas. Para abertura do SAC, o TRT5 afirmou que reformulou a estrutura do local para um melhor atendimento ao público, ampliando os serviços prestados, como intermediação para o trabalho e seguro-desemprego.

 

O serviço idealizado pelo TRT5 contou com o apoio de outras seis instituições, que chegaram a assinar um Termo de Cooperação durante a cerimônia de inauguração. Entre os órgãos estão:  o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS); Ministério Público do Trabalho (MPT); Serviço Nacional do Comércio (SENAC); Serviço Nacional da Indústria (SENAI); Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte do Governo da Bahia (Setre); e Superintendência Regional do Trabalho na Bahia (SRT/BA).

 

As instituições parceiras do SAC Trabalhistas também irão oferecer serviços no local da sede, os cidadãos poderão ter acesso a diversos segmentos relacionados ao trabalho, inclusive, o SineBahia, que é vinculado ao Setre.

 

Confira lista de órgãos e serviços disponíveis:

 

  • SRT/BA: seguro-desemprego, Rais/Caged, Empregador Web, consulta ao abono salarial, denúncias e orientação sobre mediação trabalhista, acordos e convenções coletivas;
  • SENAI: formação profissional e informações;
  • SENAC: matrícula em cursos e banco de oportunidades;
  • MPT: denúncias, pedidos de mediação, cadastro de órgãos e entidades, protocolo eletrônico e inscrições em processos seletivos;
  • INSS: emissão de extratos e comprovantes previdenciários, preparação e instrução de requerimentos e informações sobre os serviços digitais.
Quinta, 18 de Agosto de 2022 - 19:32

VÍDEO: Apartamento é atingido por incêndio no Horto Bela Vista, em Salvador

por Redação

VÍDEO: Apartamento é atingido por incêndio no Horto Bela Vista, em Salvador
Foto: Reprodução Redes Sociais

Um apartamento foi atingindo por um incêndio no bairro Horto Bela Vista, em Salvador, no final da tarde desta quinta-feira (18). O imóvel fica no quarto andar e faz parte do Condomínio Reserva das Flores. Ainda não há informações das causas do incêndio.

 

O Corpo de Bombeiros debelou as chamas e informou que ninguém ficou ferido. Através de vídeos feitos por celular e que circulam nas redes sociais, é possível ver as chamas em uma das janelas do imóvel.

 

Segundo o G1, informações iniciais apontam que o fogo não atingiu outro imóvel. Também não há detalhes se o apartamento foi totalmente tomado pelas chamas ou se o fogo ficou concentrado em um cômodo até a chegada dos bombeiros.

 

Quinta, 18 de Agosto de 2022 - 19:20

Lula terá 1 minuto a mais que Bolsonaro na propaganda de TV

por Mateus Vargas | Folhapress

Lula terá 1 minuto a mais que Bolsonaro na propaganda de TV
Fotos: Ricardo Stuckert e Agência Brasil

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) terá cerca de 1 minuto a mais do que o presidente Jair Bolsonaro (PL) na propaganda eleitoral diária em rádio e TV na disputa ao Palácio do Planalto.
 

Segundo dados divulgados nesta quinta-feira (18) pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Lula terá 3 minutos e 39 segundos. Já a coligação formada pelo atual presidente conseguiu 2 minutos e 38 segundos.
 

Essas propagandas mais longas são exibidas em blocos nos canais de rádio e TV.
 

Além disso, o petista terá 286 inserções de 30 segundos em 35 dias de campanha, uma média de 8,1 por dia, contra 207 pequenas propagandas de Bolsonaro do mesmo período e veiculadas nos intervalos comerciais das emissoras, uma média de 5,9 por dia.
 

Na abertura da campanha em rádio e TV, marcada para o próximo dia 26, a primeira propaganda divulgada será a de Roberto Jefferson (PTB).
 

Na sequência, serão exibidas as propagandas de Soraya Thronicke (União Brasil), Felipe D'Avila (Novo), Lula (PT/ Coligação Brasil da Esperança), Simone Tebet (MDB/Coligação Brasil Para Todos), Bolsonaro (PL/Coligação Pelo Bem do Brasil) e Ciro Gomes (PDT).
 

A ordem das propagandas em cada dia é decidida em sorteio pelo TSE.
 

Os tempos de propaganda em bloco e das inserções são definidos a partir do tamanho das coligações de cada candidato. Já as propagandas de postulantes a outros cargos são definidas pelos Tribunais Regionais Eleitorais.
 

As inserções, em especial, têm potencial de atingir eleitores que não assistem aos blocos fixos na TV e rádio.
 

Abaixo, os tempos definidos pelo TSE para propagandas diárias em blocos no rádio e na TV, além do número de inserções de 30 segundos dos candidatos durante 35 dias de campanha.
 

A lista foi ordenada do maior tempo de propaganda para o menor.
 

- Lula (PT/Coligação Brasil da Esperança) - 3 minutos e 39 segundos / 286 inserções
 

- Jair Bolsonaro (PL/Coligação Pelo Bem do Brasil) - 2 minutos e 38 segundos / 207 inserções
 

- Simone Tebet (MDB/Coligação Brasil Para Todos) - 2 minutos e 20 segundos / 184 inserções
 

- Soraya Thronicke (União Brasil) - 2 minutos e 10 segundos / 170 inserções
 

- Ciro Gomes (PDT) - 52 segundos / 68 inserções
 

- Roberto Jefferson (PTB) - 25 segundos /33 inserções
 

- Felipe D'Ávila (Novo) - 22 segundos /29 inserções

Quinta, 18 de Agosto de 2022 - 19:00

Jerônimo Rodrigues realiza primeiro comício da campanha em Itajuípe

por Redação

Jerônimo Rodrigues realiza primeiro comício da campanha em Itajuípe
Foto: Divulgação

Em seu primeiro comício da campanha ao Governo da Bahia, Jerônimo Rodrigues (PT) ressaltou sua trajetória de vida e destacou que irá realizar um governo em sintonia com a população baiana. O evento foi realizado nesta quarta-feira (17), em Itajuípe, no Litoral Sul da Bahia.

 

"Vocês terão um governador que tem a cara de vocês, o coração de vocês e a história de vocês [...] Aqui não tem interesse individual, aqui é a missão de um grupo, um grupo que cuida de gente", disse Jerônimo Rodrigues.

 

No evento, o governador Rui Costa (PT) reforçou que o povo precisa eleger candidatos que sejam comprometidos com os baianos.  "Eu lembro que a minha mãe me falava: ' Esses políticos filhinhos de papai, de gente milionária, só lembram do pobre na hora da eleição. Quando a favela desaba, eles não aparecem'. Eu entrei na política para cumprir uma missão, a missão de cuidar de gente. Eu não podia virar as costas para o meu povo e deixar que o povo ficasse vulnerável para oportunistas, os milionários que nunca cuidaram das pessoas. Só multiplicam o patrimônio próprio, o povo empobrece e eles enriquecem", pontuou Rui.

 

O senador e candidato a reeleição Otto Alencar (PSD) falou da importância de ter políticos que cuidem de gente e que sejam alinhados com Lula, candidato do partido à Presidência. "Coragem, força e luta. 2 de outubro é a vitória de Lula pelo Brasil e de Jerônimo pela Bahia", garantiu Otto. 

 

Em seu plano de governo, o candidato de Lula na Bahia destaca que irá ampliar a rede de atenção à pessoa com doença renal crônica, com pelo menos um serviço nas regiões de saúde de Guanambi, Itabuna, Juazeiro, Seabra e Ibotirama. Além disso, Jerônimo Rodrigues garante  que irá atuar fortemente para promover a proteção da Amazônia Azul, elaborando a Política Estadual Oceânica com fins de fomentar pesquisa, articular e elaborar soluções, desenvolver capacidades, fortalecer a governança alicerçada em transparência e participação social.

Bolsonaro cresce, mas Lula segue líder e venceria eleições no 1º turno, diz Datafolha
Fotos: Alan Santos/PR e Ricardo Stuckert

O presidente Jair Bolsonaro (PL) cresceu e diminuiu para 15% a vantagem de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na corrida presidencial, de acordo com o levantamento divulgado pelo instituto Datafolha na noite desta quinta-feira (18).

 

Em relação à pesquisa de julho, Bolsonaro saiu de 29% para 32%, enquanto Lula se manteve com 47% das intenções de voto. Segundo o Datafolha, se as eleições fossem hoje, o petista venceria no primeiro turno, com 51% dos votos válidos – quando se excluem os votos brancos e nulos.

 

Em terceiro lugar, aparece o ex-ministro Ciro Gomes (PDT), com 7% da preferência do eleitorado. Ele é seguido pela senadora Simone Tebet (MDB), que se manteve com 2% das intenções de voto, e Vera Lúcia (PSTU), com 1%. 

 

Os candidatos Leonardo Péricles (UP), Felipe D'Ávila (Novo), Soraya Thonicke (União), Eymael (DC), Roberto Jefferson (PTB) e Sofia Manzano (PCB) não pontuaram. Brancos e nulos somam 6%, enquanto 2% dos entrevistados se declararam indecisos.

 

Lula se destaca entre os eleitores da região Nordeste, onde registra 57% da preferência, contra 24% de Bolsonaro. Até no Sudeste, onde o atual presidente venceu em 2018, o petista vence: 44% a 32%.

 

Por outro lado, Bolsonaro vence Lula nas regiões Sul (49% a 43%), Centro-Oeste (42% a 36%) e Norte (43% a 41%), esta última considerada um empate técnico devido à margem de erro.

 

O Datafolha entrevistou presencialmente 5.744 eleitores em 281 cidades, entre os dias 16 e 18 de agosto. A margem de erro é de 2% para mais ou para menos, com nível de confiança de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número BR-09404/2022.

Quinta, 18 de Agosto de 2022 - 18:40

Homem é encontrado morto com olhos arrancados e orelhas cortadas no DF

por Redação

Homem é encontrado morto com olhos arrancados e orelhas cortadas no DF
Foto: Reprodução / TV Globo

Um homem de 26 anos de idade, identificado como Murilo Braga, foi encontrado morto nesta quarta-feira (17) com olhos arrancados, orelhas cortadas e dentes quebrados na região administrativa de Santa Maria, no Distrito Federal. As informações são do portal G1.

 

A família de Murilo foi ao Instituto Médico Legal (IML) nesta quinta (18) e reconheceu o corpo. A 33ª Delegacia de Polícia Civil em Santa Maria investiga o caso e trabalha com duas hipóteses: crime motivado por tráfico de drogas ou "alguma represália".

 

Um suspeito foi preso na tarde desta quarta. Ele tem passagem na polícia por tráfico de drogas e usava tornozeleira eletrônica. Segundo a delegada-chefe da 33ª DP, Cláudia Alcântara, pode haver mais dois envolvidos na morte de Murilo. O suspeito, no entanto, ficou em silêncio na delegacia.


 
De acordo com a Polícia Civil, Murilo não tinha ficha criminal, mas foi testemunha em um crime, no Gama. Ele, que morava com a mãe e o irmão, foi visto pela última vez em um bar, em Santa Maria, na noite de segunda-feira (15). O jovem era padeiro, mas estava desempregado.

 

‘PERVERSIDADE’

"Foi uma perversidade muito grande o que fizeram com meu filho", lamentou a mãe de Murilo, que se identificou apenas como Kátia, em entrevista à TV Globo.

 

Kátia afirmou que seu filho foi a um bar com amigos, na CL 212 de Santa Maria, na segunda-feira (15). Segundo a mulher, durante a madrugada, Murilo emprestou o celular, que era dela, para um homem.

 

A mãe afirma que Murilo foi embora para casa e, só no dia seguinte, percebeu que o homem não devolveu o aparelho. De acordo com ela, o filho resolveu ir até a casa do suspeito para pegar o telefone de volta.

 

"Eu disse: 'Não vai não, meu filho. Ele [suspeito] usa tornozeleira eletrônica’. Meu filho saiu só para morrer", diz a mãe do jovem.

Quinta, 18 de Agosto de 2022 - 18:36

Dupla Simone e Simaria chega ao fim após 10 anos de carreira

por Redação

Dupla Simone e Simaria chega ao fim após 10 anos de carreira
Foto: Reprodução/TV Globo

A dupla Simone e Simaria anunciaram neste quinta-feira (18), por meio das redes sociais, o encerramento da parceria musical. No comunicado, as artistas informam que, a partir de agora, ambas vão seguir em carreira solo. 


Além disso, os todos shows contratados até está quinta, serão cumpridos apenas por Simone. As duas agradecem a todos pela compreensão e esclarecem que "essa pausa se fez necessária para definição dos próximos passos de suas carreiras".

"Me afastei temporariamente dos palcos para cuidar dos meus filhos e da minha condição vocal. Sigo cumprindo meus compromissos de publicidade e planejando os próximos passos da minha carreira artística", escreveu Simaria. 

Simone completa: "A minha vontade de estar nos palcos é imensa e preciso fazer aquilo que amo! Seguirei cantando e levando toda a minha alegria e amor para todos os fãs de todo o Brasil. Em breve estarei de volta aos palcos e conto com o apoio, carinho e energia de vocês nessa minha nova trajetória".

Quinta, 18 de Agosto de 2022 - 18:25

Prefeitura recebe proposta para implantação de novo circuito do Carnaval

por Redação

Prefeitura recebe proposta para implantação de novo circuito do Carnaval
Foto: Divulgação

O prefeito Bruno Reis recebeu do Conselho Municipal do Carnaval (Comcar) a proposta de implantação de um novo circuito, situado na orla da Boca do Rio, para o Carnaval de Salvador em 2023 (lembre aqui). 

 

O documento do Comcar aponta benefícios e vantagens referentes à realização da folia no trecho de orla que vai do Centro de Convenções de Salvador, na Boca do Rio, até a entrada da Avenida Pinto de Aguiar, em Patamares. 

 

O prefeito Bruno Reis salientou que o documento agora será avaliado pela equipe técnica da Prefeitura. "Vamos discutir internamente os detalhes e a viabilidade de execução dessa proposta. A intenção é dar o parecer com maior brevidade possível", assegurou.

 

A ação ocorreu no Palácio Thomé de Souza e contou com as presenças de representantes da entidade, além do presidente da Empresa Salvador Turismo (Saltur), Isaac Edington.

Pesquisa revela que Bahia é o estado onde a polícia mais matou nos últimos dois anos
Foto: Divulgação / SSP-BA

As operações policiais que aconteceram na Bahia entre junho de 2020 e junho de 2022 foram as mais mortal entre cinco estados estudados pela Rede de Observatórios de Segurança. O resultado da pesquisa foi publica nesta quinta-feira (18).

 

De acordo com o levantamento, no período houve 1.989 mortes registradas sendo que 16% das ações policiais que resultam em mortes aconteceram na Bahia, 10,4% no Rio de Janeiro, 11,8% em São Paulo, 3,5% em Pernambuco e 2,5% no Ceará. A quantidade de chacinas em operações nas unidades da federação também chamam atenção. Foram 3 no Ceará, 6 em Pernambuco, 10 em São Paulo, 11 na Bahia e 67 no Rio de Janeiro.

 

A pesquisa também constatou aumento das ações de policiamento no primeiro semestre de 2022. Maio de 2022 registrou acréscimo geral de 30% em comparação ao mesmo mês em 2021, seguido por abril com incremento de 16% e junho com 10%. Comparando com o mesmo período no ano passado, o que se vê é um crescimento de 18%.

 

“Ao que tudo indica o número de ações policiais é sensível aos contextos políticos e cenários eleitorais e a ordem é ‘polícia na rua’. Não seria admirável se a hipótese se confirmasse: em anos eleitorais, na medida em que as eleições se aproximam, as polícias estaduais tendem a aumentar patrulhamentos e operações, ou pelo menos tendem a realizações que promovam sua visibilidade”, ressalta um trecho do documento.

 

Em nota enviada ao Bahia Notícias, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) afirmou que “as Polícias Civil e Militar são pautadas para atuar dentro da legalidade e do uso proporcional da força e que casos que fujam dessas premissas devem ser denunciados para que as medidas legais sejam adotadas”.

 

A SSP ainda lembra que está em processo de análise para a aquisição das câmeras corporais que serão acopladas aos fardamentos com objetivo de oferecer cada vez mais transparência às ações policiais.

Quinta, 18 de Agosto de 2022 - 18:00

Senador pede ao STF investigação de empresários suspeitos de defender golpe

por Renato Machado | Folhapress

Senador pede ao STF investigação de empresários suspeitos de defender golpe
Foto: Jefferson Rudy / Agência Senado

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) ingressou com uma petição no Supremo Tribunal Federal pedindo a investigação de empresários bolsonaristas que teriam defendido, em um grupo no WhatsApp, um golpe de Estado para manter Jair Bolsonaro (PL) no poder, caso ele perca as eleições.
 

A petição solicita a tomada de depoimento dos envolvidos, a quebra dos sigilos, o bloqueio de contas e as necessárias prisões preventivas.
 

"Não passarão! Estamos peticionando ao STF, pedindo quebra de sigilo, bloqueio e se necessário prisão. A democracia não pode tolerar convivência com quem quer sabotá-la", afirmou Randolfe, que é líder da oposição no Senado e integra a campanha de Luiz Inácio Lula da Silva.
 

A existência desse grupo de empresários e as trocas de mensagens foram noticiados pelo colunista Guilherme Amado, do portal Metrópoles.
 

BOLSONARO DIZ QUE NOTÍCIA SOBRE EMPRESÁRIOS GOLPISTAS É FALSA
 

Em São José dos Campos (SP), onde visita centro tecnológico, Bolsonaro chamou o post do portal de "fake news".
 

"Que empresários? Qual é o nome deles? Chega de fake news. Qual jornalista [divulgou isso?] Toda semana quase vocês demitem um ministro meu citando fontes palacianas", disse o presidente a jornalistas em evento em São José dos Campos.
 

"Guilherme Amado? Você tá de brincadeira. Esse cara é o fim do mundo. É uma fábrica de fake news. Ele acusou o Luciano Hang de dar golpe, é isso?", questionava ele sem deixar o repórter explicar. "Mostra isso aí. Para de minhoca na cabeça."
 

GRUPO DE MENSAGENS INCLUI LUCIANO HANG, DA HAVAN, QUE NEGA GOLPE
 

O grupo inclui contas atribuídas a empresários de diversas partes do país, como Luciano Hang, dono da Havan, dono da Havan, Meyer Nigri, fundador e presidente do conselho da Tecnisa, Ivan Wrobel, da construtora W3 Engenharia, Afrânio Barreira, do Grupo Coco Bambu, e José Isaac Peres, dono da gigante de shoppings Multiplan.
 

Hang chegou a ter o seu indiciamento proposto no relatório final da CPI da Covid, por incitação ao crime
 

As mensagens mostram a defesa de instalação de ditadura e um golpe a favor de Bolsonaro, mas os participantes não indicam estarem articulando nesse sentido.
 

O dono da Havan confirmou à Folha que integra o grupo, mas disse que quase nunca se manifesta e em momento algum falou sobre os Poderes.
 

"Vejo que meu nome vende jornal e gera cliques. Me envolvem em toda polêmica possível, mesmo eu não tendo nada a ver com a história", disse Hang à Folha. "Sou pela democracia, liberdade, ordem e progresso."
 

Questionada sobre as manifestações do fundador no grupo de empresários, a assessoria da Tecnisa informou que a companhia "não fala em nome de Meyer Nigri" e que ele "não é porta-voz da empresa".
 

A preocupação com investidas frequentes de grupos bolsonaristas contra a democracia levou entidades empresariais e da sociedade civil, políticos e cidadãos a endossarem cartas em defesa do Estado de Direito democrático no Brasil.
 

Em uma das mensagens, segundo o portal Metrópole, José Koury, dono do Barra World Shopping (RJ), teria afirmado preferir "golpe do que a volta do PT" e acrescentou que a instalação de uma ditadura não traria prejuízos econômicos, pois "com certeza ninguém vai deixar de fazer negócios com o Brasil. Como fazem com várias ditaduras pelo mundo.
 

Outra mensagem divulgada e incluída na petição de Rodrigues ao STF partiu de Ivan Wrobel, da W3, que afirma que o desfile de 7 de setembro vai inibir iniciativas contra Bolsonaro. "Quero ver se o STF tem coragem de fraudar as eleições após um desfile militar na av. Atlântica com as tropas aplaudidas pelo público", publicou.
 

Marco Aurélio Raymundo, o Morongo, dono da marca de surfwear Mormaii, respondeu que o "7 de Setembro está sendo programado para unir o povo e o Exército e ao mesmo tempo deixar claro de que lado o Exército está".
 

Em outro momento, outro empresário afirmou que o "golpe teria que ter acontecido nos primeiros dias de governo".
 

Ao Metrópole, alguns empresários se manifestaram negando que defendem um golpe de Estado ou que apoiam atos que sejam ilegítimos, ilegais ou violentos.
 

Na petição apresentada ao Supremo, no entanto, Randolfe Rodrigues argumenta que os fatos expostos "já são gravíssimos" e acrescenta que novas histórias ainda devem ser divulgadas envolvendo o grupo.
 

O senador acrescenta que o inquérito que investiga os ataques ao regime democrático seria o melhor instrumento para incluir a apuração referente aos empresários.
 

"O presente inquérito, que apura os ataques ao regime democrático, é o melhor instrumento para responder a essas indagações, sendo imperioso que o STF atue em defesa da Constituição Federal, do regime democrático e do sistema eleitoral", afirma o texto da petição.
 

"Dessa forma, requer-se que sejam apurados os fatos noticiados [...] com a imediata remessa ao Ministério Público e à Polícia Federal para a tomada de depoimento dos envolvidos, a quebra dos sigilos, o bloqueio de contas e as necessárias prisões preventivas", conclui.

Quinta, 18 de Agosto de 2022 - 17:40

Turista francesa é esfaqueada no pescoço em assalto na Barra

por Redação

Turista francesa é esfaqueada no pescoço em assalto na Barra
Foto: Jefferson Peixoto / Secom-PMS

Uma turista francesa de 20 anos foi esfaqueada no pescoço durante um assalto, na noite de quarta-feira (17), nas pedras do Cristo, no bairro da Barra, ponto turístico de Salvador. As informações são do G1.

 

A vítima contou em depoimento à Polícia Civil que o crime foi cometido por um homem que estava com uma faca de serra. A jovem teve o celular roubado na ação.

 

Para o G1, a polícia informou que a turista foi levada por amigos a um hospital da região, onde foi feito um curativo. Na manhã desta quinta-feira (18), ela registrou ocorrência na Delegacia de Proteção ao Turista (Deltur) e, em seguida, foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) Nina Rodrigues para exames de lesões corporais.

 

Até o momento nenhum suspeito foi preso.

Bahia tem redução de 11% em crimes violentos letais intencionais durante o 1º semestre
Foto: Kelly Hosana / SSP-BA

Os primeiros seis meses de 2022 apresentaram uma redução nos crimes de homicídio doloso, latrocínio e lesão corporal seguida de morte em todo o estado, de acordo com dados oficiais do governo da Bahia, publicados nesta quarta-feira (17) no Diário Oficial do Estado (DOE).

 

De 1 de janeiro a 30 junho de 2022, a Bahia contabilizou 2.630 casos de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs), 328 casos a menos do que no ano passado, quando o estado contabilizou 2.958 mortes.

 

A maior redução aconteceu na Região Integrada de Segurança Pública (Risp) Sudoeste, que registrou a diminuição de 20,7% nas ocorrências, saindo de 226 em 2021, para 179 este ano. Atualmente a região sudoeste detém a segunda maior taxa populacional, com mais de 2,1 milhões de habitantes.

 

Os dados serão considerados para o pagamento do Prêmio por Desempenho Policial (PDP) realizado pelo governo do estado, para as equipes que conseguiram reduzir as mortes violentas na Bahia no primeiro semestre do ano, após atingirem e ultrapassarem a meta de 6% de redução.

 

“O resultado do empenho das forças policiais da Bahia está aí e mostra o quanto somos capazes de trabalhar ainda mais para reduzirmos ainda mais esses números. Reforçaremos o trabalho para chegarmos ao final do segundo semestre com mais números positivos”, afirmou o secretário da Segurança Pública da Bahia, Ricardo César Mandarino.

Quinta, 18 de Agosto de 2022 - 17:05

Salvador recebe show aéreo da Esquadrilha da Fumaça; saiba mais

por Redação

Salvador recebe show aéreo da Esquadrilha da Fumaça; saiba mais
Foto: Reprodução / Esquadrão de Demonstração Aérea

A Esquadrilha da Fumaça, da Força Aérea Brasileira, vai chamar a atenção para o céu da região do Farol da Barra, em Salvador, na próxima quinta-feira (25). A ação, que faz parte das comemorações dos 80 anos da Base Aérea de Salvador, terá acesso gratuito da população, onde poderão apreciar toda a apresentação e as famosas acrobacias aéreas da esquadrilha. Saiba mais acessando BN Hall.

Quinta, 18 de Agosto de 2022 - 17:01

Fora do SBT, Lívia Andrade anuncia ida para Globo: 'De volta no domingo'

por Redação

Fora do SBT, Lívia Andrade anuncia ida para Globo: 'De volta no domingo'
Foto: Reprodução/SBT

Fora das telinhas desde outubro de 2020, Lívia Andrade está de casa nova. Nesta quarta-feira (17), a famosa anunciou nas redes sociais sua ida para a Globo. 

Lívia vai estrear na bancada da próxima temporada do "Acredite Em Quem Quiser", do Domingão com Huck. Ao lado dela, estarão Déa Lúcia, mãe de Paulo Gustavo, e padre Fábio de Melo.

"Quando eu vou voltar pra TV? Agora, sim, posso responder. De volta no domingo, dia tão especial pra mim. Mas agora é no 'DOMINGÃO COM O HUCK', na Globo! Plim Plim Plim", anunciou a atriz em seu perfil no Instagram. 

 

Histórico de Conteúdo