Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Casos de infecção sexual que apodrece a pele crescem no Reino Unido
A Inglaterra vem registrando aumento dos casos de “donovanose”, infecção sexualmente transmissível (IST) que causa feridas na pele e pode evoluir para o apodrecimento dos tecidos. A situação foi alvo de alerta de médicos do país.

Leia mais

Salvador é 3ª capital do país com maior índice de adolescentes que já iniciaram vida sexual

A capital baiana é a 3ª do país com o maior percentual de adolescentes de 13 a 17 anos que já iniciaram a vida sexual. O dado foi revelado pela Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE) 2019 divulgada nesta sexta-feira (10) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

 

Os dados mostram que em Salvador 4 em cada 10 adolescentes que frequentam a escola admitiram que já tiveram relações sexuais. A cidade fica atrás apenas de Macapá (capital do Amapá) e seus 44,8% e Manaus (capital do Amazonas) com 43,2%. A capital baiana fica empatada com Rio Branco, no Acre com 39,9%. 

 

De acordo com os dados levantados pelo IBGE, Salvador segue a tendência do estado e o percentual de adolescentes que já haviam tido alguma relação sexual era maior entre os meninos (45,7%) do que entre as meninas (34,4%).

 

A tendência se mantém também em relação a diferença entre os estudantes da rede pública e privada. No estado entre os alunos da faixa etária pesquisada da rede pública 36,3% já tiveram alguma relação sexual, enquanto na rede privada o índice foi de 25,1%. Em Salvador o percentual ficou em 44,3% nas escolas públicas frente a 28,3% nas particulares. 

 

A pesquisa identificou que em Salvador a iniciação sexual antes dos 13 anos era um pouco menos comum do que no estado como um todo. Os dados mostraram que o índice desse indicador no estado é maior que no país (leia mais aqui). Na capital baiana, 36,3% dos adolescentes que já haviam feito sexo alguma vez revelaram que aconteceu antes dos 13 anos, sendo 46,2% entre os rapazes e 23,8% entre as moças.

 

Os dados sobre o uso de preservativo mostraram que em Salvador 42,8% dos adolescentes não utilizou proteção na primeira relação sexual. O percentual aumentou quando a pergunta foi sobre a relação sexual mais recente, em que 43,4% informaram que não usaram camisinha.

 

GRAVIDEZ

Salvador tinha, em 2019, o maior percentual entre as capitais de adolescentes mulheres que já havia engravidado: 13% das que já haviam tido relação sexual. Assim como no estado em geral, havia uma desigualdade muito grande entre alunas da rede pública (onde 15,7% já haviam engravidado) e privada (2,2%).

Leia mais

Índice de adolescentes que fizeram sexo antes dos 13 anos na Bahia é maior que no país
A Bahia tem um percentual de iniciação sexual precoce maior que o nacional. Por aqui, 35% dos adolescentes com idade entre 13 e 17 anos e que frequentam a escola revelam já ter tido alguma relação sexual, menor que o índice de 35,4% do país. Só que dentro desse grupo dos que já haviam feito sexo alguma vez na vida, na Bahia quase 4 em cada 10 revelaram que a primeira relação aconteceu antes dos 13 anos de idade. Nesse ponto o indicador nacional ficou em 36,6%.

Leia mais

Camas de papelão em Tóquio não foram projetadas para evitar sexo entre atletas
Circulou por diversos sites, na manhã desta sexta-feira (16), que, na intenção de evitar a prática de sexo entre atletas durante a pandemia de Covid-19, o Comitê Olímpico Internacional adotou, nos Jogos de Tóquio 2020, uma cama de papelão que não aguenta a pressão do ato. Contudo, na verdade, o objeto já estava sendo projetado desde 2019, e tem a missão de tornar o evento mais sustentável.

Leia mais

Governo federal vai reforçar compra de camisinhas para distribuição nacional
O Ministério da Saúde anunciou que vai comprar 360 milhões de preservativos masculinos para distribuição gratuita em todo o país. O contrato de R$ 62,9 milhões é com a empresa Guangzhou Double One Latex Products, que no Brasil é representada pela Equilíbrio Comércio de Produtos Farmacêuticos.

Leia mais

Abstinência sexual e masturbação crescem na pandemia, mostra estudo
O isolamento forçado pela pandemia da Covid-19 teve impacto na vida sexual das pessoas. Pesquisadores de vários países do mundo se debruçaram sobre o estudo desse tema e identificaram o aumento da abstinência, da masturbação e também a busca por “inovações”. As informações são de reportagem do jornal O Globo.

Leia mais

Vela com essência da vagina de Gwyneth Paltrow explode na casa de cliente
A vela de nome This Smells Like My Vagina (em traduçaão "Esse é o cheiro da minha vaginha") que possui essência da vagina da atriz Gwyneth Paltrow e lançada por sua própria empresa, a Goop, explodiu na casa de uma cliente no norte de Londres, na Inglaterra. 

Leia mais

Epidemiologista diz que mundo terá 'overdose de sexo' com fim da pandemia em 2024

De acordo com estudos do epidemiologista social Nicholas Christakis, da Universidade de Yale, dos EUA, em 2024 o mundo viverá uma "overdose de sexo, sacrilégios e gastança" com o final da pandemia da Covid-19.

 

"Durante as epidemias, aumenta a religiosidade, as pessoas se tornam mais abstêmias, economizam dinheiro, ficam avessas ao risco e estamos vendo tudo isto agora, assim como aconteceu por centenas de anos durante as epidemias", explicou ao "Guardian" o especialista, que está lançando um livro sobre o tema.

 

Para reforçar sua tese, ele fez uma associação com os anos posteriores a 1920, que serviram de resposta à gripe espanhola, que dominou o mundo em 1918. "As pessoas buscarão implacavelmente as interações sociais", disse Christakis, nomeando a licenciosidade sexual, um reverso da religiosidade e um boom econômico como tendências prováveis. As informações são do Extra.

Leia mais

Portugal emite alerta após 7 casos de Covid em frequentadores de clube de striptease

Depois da identificação de sete casos da Covid-19 relacionados a um clube de striptease localizado em Ponta Delgada, em Portugal, autoridades de saúde do país emitiram um alerta. 

 

Após testagem e análise da rotina dos infectados, as autoridades portuguesas identificaram que os casos estavam relacionados ao estabelecimento Doll House Gentlemen’s Club. 

 

A partir daí as pessoas que frequentaram o estabelecimento entre os dias 30 de outubro e 3 de novembro, e também aquelas que tiveram contato com algum frequentador do estabelecimento, tem sido orientadas a contatar a Linha de Saúde Açores.

 

As autoridades também tem pedido que os frequentadores do clube de striptease adotem medidas de prevenção.

Leia mais

Gemidos e respiração forte estão entre sons sexuais preferidos no Brasil, revela pesquisa
As frases e sons que os brasileiros tanto adoram quanto detestam na hora do sexo foram identificadas em uma pesquisa feita pelo site adulto Vivalocal. Os resultados mostram que o ruído preferido é o dos gemidos para 34% das mulheres e 32% dos homens. Em seguida aparece a respiração pesada, citada por 20% das mulheres entrevistas e por 18% dos homens. 

Leia mais

Histórico de Conteúdo