Segunda, 17 de Fevereiro de 2020 - 09:20

Após venda, Hospital Aliança terá novo prédio e mais de 300 leitos, diz superintendente

por Rodrigo Daniel Silva

Após venda, Hospital Aliança terá novo prédio e mais de 300 leitos, diz superintendente
Foto: Alexandre Galvão / Bahia Notícias

O superintendente do Hospital Aliança, Albérico Mascarenhas, disse, nesta segunda-feira (17), que a unidade de saúde vai passar por uma ampliação e será construído um novo prédio após ser vendido para a Rede D’Or, que é o maior grupo hospitalar privado do país (saiba  mais aqui).

 

Ao Bahia Notícias, Mascarenhas declarou que a nova torre será erguida no mesmo lugar onde fica o hospital, na Avenida Juracy Magalhães, em Salvador. "Não está fechado esse número, mas os arquitetos estão trabalhando no projeto e queremos ampliar em mais de 50% os leitos. Hoje, temos 208 e vamos passar a ter mais de 300 leitos", explicou. 

 

O conselho do hospital hoje é presidido por José Renato Tourinho. Depois de o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) autorizar a venda, o colegiado vai passar a ter três membros: dois da Rede D’Or e um do Hospital Aliança. 

 

A unidade de saúde foi vendida por R$ 800 milhões. Com a aquisição, a rede passa a controlar 80% dos hospital. 

Histórico de Conteúdo