Cientistas testam vacina contra dengue; substância apresenta 80% de eficácia
Foto: Agência Pará

Resultados de testes clínicos de uma nova vacina contra a dengue foram divulgados nesta semana e forma considerados promissores. O imunizante está sendo desenvolvido por uma empresa japonesa com participação de cientistas brasileiros.

 

Mais de 20 mil jovens e crianças com idade entre quatro e 16 anos, e de 26 locais diferentes participaram dos primeiros testes clínicos. Os participantes da pesquisa receberam a primeira dose há um ano. Parte recebeu o medicamento e a outra placebo. Três meses depois receberam a segunda dose. Durante esse tempo, os pacientes foram avaliados para verificar se contraíam a doença ou não.

 

O grande desafio no desenvolvimento da vacina para a dengue é que ela é transmitida por quatro tipos diferentes de vírus, tornando bem mais difícil criar uma única droga para combatê-los.

 

De acordo com reportagem da Super Interessante, a vacina, chamada TAK-003, teve eficácia de 73,7% para o tipo 1, 97,7% para o tipo 2 e 62,3% para o tipo 3. Houve crianças infectadas com o tipo 4, mas os números não foram expressivos o suficiente para entrarem na conta final. Nos casos em que as crianças pegaram dengue mesmo com a vacina, a severidade dos sintomas foi bem menor.

Histórico de Conteúdo