Professor da China compra diagnóstico de tuberculose por R$ 270 para prolongar feriado
Foto: Reprodução/Extra

Um professor da China investiu uma quantia equivalente a R$ 270 na compra de um diagnóstico de tuberculose e radiografias de pulmões. A intenção do profissional era prolongar um feriado nacional para ficar mais alguns dias afastado das aulas, conforme reportagem do jornal Extra.

 

Os resultados dos exames foram entregues pelo professor, identificado como Du, aos diretores da escola no início do mês de outubro. A mentira do profissional foi fortalecida quando dois alunos ficaram doentes com suspeita de tuberculose. A escola teve, inclusive, que realizar exames em todos os alunos, conforme a reportagem.

 

A matéria do Extra ainda indica que a volta ao trabalho também custou ao bolso do professor, que teve que desembolsar um valor de cerca de R$ 180 por um diagnóstico que mostrava que ele já estava curado. A suposta melhora de Du gerou dúvidas entre os pais dos alunos, por ter acontecido de maneira muito rápida. A direção da escola, então, chamou Du para fazer novos exames.

 

Os novos exames a que o professor foi submetido revelaram a verdade, que Du não tinha tuberculose. O exame e o diagnóstico médico pertenciam a outra pessoa. Ainda de acordo com o Extra, Du pediu desculpa. A direção da escola ainda não definiu o destino do professor.

Histórico de Conteúdo