Enfermeiras do Hospital de Porto Seguro participam de elaboração de livro do MS
Foto: Reprodução/Google Maps

Enfermeiras do Hospital Regional Deputado Luis Eduardo Magalhães (HRDLEM), em Porto Seguro, concluíram o curso de “Qualificação de Enfermeiros Obstetras” e contribuíram com a elaboração de um capítulo do livro “Impacto Social da formação permanente de Enfermeiras (os) Obstetras no Brasil”, do Ministério da Saúde. A publicação traz relatos das experiências vividas pelas cinco profissionais baianas durante o curso.

 

De acordo com a Sesab, a qualificação aconteceu por 15 dias. As profissionais tiveram experiências de vivência prática e teórica nas maternidades Mariska Ribeiro e Maria Amélia Buarque de Hollanda, no Rio de Janeiro.

 

O curso tem como objetivo, ainda segundo a Sesab, trabalhar na qualificação dos profissionais nos processos de cuidado e gestão, com foco na atenção ao parto e nascimento. A estrutura permitiu a atualização de conhecimentos técnico-científicos e de um modelo mais humanizado para prestar serviços de excelência às parturientes do SUS.

 

“Foi muito rico pra nós ampliar o conhecimento e reconhecer a autonomia do enfermeiro obstetra. Escrever um capítulo desse livro de destaque na Rede Cegonha encerra com chave de ouro essa etapa”, analisou a enfermeira Micaeli Oliveira, uma das participantes.

Histórico de Conteúdo