Quarta, 12 de Fevereiro de 2020 - 10:00

Dá para manter o hálito saudável no Carnaval?

por Renata Barbosa

Dá para manter o hálito saudável no Carnaval?
Foto: Divulgação

Carnaval é sinônimo de mistura. E não estou falando apenas da multidão aglomerada atrás do trio, nem da combinação de gêneros e estilos musicais. Nesse período, que coincide com o verão, misturamos calor com bebidas alcoólicas, comidas de rua e muito tempo fora de casa, o que pode trazer uma companhia indesejada nessa folia: o mau hálito. Mas não precisa se desesperar, pois alguns cuidados simples podem fazer a diferença na saúde bucal e no bem estar de quem vai pular Carnaval, afinal, um hálito saudável é reflexo de um corpo saudável.


Cuidados com a alimentação
Na maioria das vezes, o que provoca o mau hálito são os restos de alimentos que ficam na boca após as refeições. Outra causa comum são os alimentos com odor forte, como alho, cebolas e até álcool. Esses tipos de comida criam o mau odor na boca e alguns até são absorvidos pelo corpo, entrando na corrente sanguínea e causando o mau hálito pelos pulmões. Já os alimentos ricos em açúcares e carboidratos em geral estimulam a formação de uma camada bacteriana sobre o dente, chamada de biofilme, com mais rapidez e facilidade. Como passamos mais tempo fora de casa, a boca pode ficar sem a devida higienização, o que propicia o mau hálito e outros problemas bucais.


Cerveja e cigarro são inimigos do hálito fresco
A ingestão constante de bebidas alcoólicas e o fumo alteram o fluxo salivar, gerando ressecamento e descamação das mucosas, o que pode provocar alterações no hálito. Os alimentos e bebidas, como cerveja, tem a capacidade de formar uma película sobre a língua, conhecida como saburra lingual, fazendo com que fique branca e causando halitose depois de um tempo.
Mantenha o corpo hidratado


Para evitar o mal hálito, o ideal é beber água e fazer bochechos. Sempre digo aos pacientes que a saliva é necessária para ajudar a limpar a boca e lavar as partículas de comida. Beber muita água é importante, tanto para estimular a produção de saliva e manter a saúde bucal, quanto para manter a hidratação do corpo.


Faça a higienização adequada
Não apenas os dentes, mas também as próteses, aparelho ortodôntico e a língua possuem muitas bactérias, assim como células mortas e restos de comida. É necessário escovar a língua ou usar um limpador durante a higiene bucal. Balas e pastilhas sem açúcar podem até mascarar o odor, mas apenas a higiene bucal vai acabar com o mau hálito. Minha dica é: invista em um pequeno kit básico de higiene bucal para emergências. 


*Renata Barbosa é dentista periodontista e uma das sócias da Spazio Oral

 

*Os artigos reproduzidos neste espaço não representam, necessariamente, a opinião do Bahia Notícias

Histórico de Conteúdo