Refrigerante é o sexto alimento mais consumido por adolescentes
Foto: Reprodução / Pixabay
O Estudo de Riscos Cardiovasculares em Adolescentes (ERICA), realizado pelo Ministério da Saúde e pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) listou os 20 alimentos mais consumidos pelos adolescentes brasileiros. Um dos dados é preocupante: as frutas sequer aparecem na lista; já os refrigerantes estão entre os seis primeiros, ficando à frente das hortaliças.  A pesquisa apontou, ainda, que 17,1% dos adolescentes estão com excesso de peso, sendo 8,4% considerados obesos. A obesidade é maior entre os meninos, com 10,8%, contra os 7,6% das meninas. O ministro da Saúde, Ricardo Barros, assinou nesta quinta (7) uma portaria que traz as diretrizes para a promoção da alimentação saudável nas unidades de saúde em todo o país. O ministro também apresentará proposta para mudança legislativa a ser aplicada às escolas públicas e privadas. “Precisamos reduzir as causas e os danos por comportamentos de riscos, como sedentarismo e uma alimentação rica em sódio e açúcar, que levam a doenças como obesidade e hipertensão”, afirmou. Ele destacou, ainda, que os pacientes “em comportamento de risco”, que, segundo ele, abrange obesidade, sedentarismo, alcoolismo e tabagismo, são o grande desafio da saúde brasileira. “É preciso investir em saúde preventiva. É melhor para a população e onera menos o orçamento do Sistema Único de Saúde”, ressalta.

Histórico de Conteúdo