Sexta, 20 de Julho de 2018 - 18:40

Apenas em 2018, 839 pessoas morreram de gripe no país

Apenas em 2018, 839 pessoas morreram de gripe no país
Foto: Reprodução / G1

A Secretaria de Vigilância do Ministério da Saúde revelou que de janeiro a julho deste ano, 839 pessoas morreram de gripe no Brasil, registrando um aumento de quase 200% em relação ao mesmo período de 2017, quando foram registradas 285 mortes.


No total, foram registradas 4.680 infecções em todo o país até a última segunda-feira (16). O aumento no número de mortes acompanha o aumento da quantidade de casos da doença.


De acordo com o Globo, os estados com maior número de casos foram São Paulo (1.702), Ceará (376), Paraná (432) e Goiás (378).


O vírus influenza é dividido em tipos, subtipos e linhagens. Em 2018, a maioria das mortes foram decorrentes do subtipo H1N1 (60%), já no ano passado, a maior parte foi provocada pelo influenza A (H3N2). 

SMS reforça importância de vacinação contra o sarampo
Foto: Reprodução / DM

A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) emitiu um alerta à população sobre a vacina contra o sarampo. A Vacina Tríplice Viral, que protege contra Sarampo, Caxumba e Rúbeola, é recomendada pelo Ministério da Saúde para indivíduos de 1 a 49 anos de idade. Maiores de idade que não têm certeza se foram vacinados na infância devem procurar um posto de saúde para realizar a imunização.

 

O sarampo é uma doença febril aguda causada por um vírus que pode atingir indivíduos em qualquer idade. O vírus pode ser trasmitido de pessoa para pessoa, através de secreções das vias respiratórias, que são eliminadas na tosse, espirros ou até mesmo na fala.

 

O Brasil confirmou, até a última terça-feira (17), 677 casos de sarampo em seis estados: Amazonas, Roraima, Rondônia, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. De acordo com boletim do Ministério da Saúde, divulgado na quarta-feira (18), há ainda 2.724 casos em investigação (leia mais aqui). A vacinação deve ser feita mesmo em regiões em que não há surto.

 

O indivíduo que apresentar sintomas como febre, manchas avermelhadas pelo corpo, tosse, coriza, conjuntivite e manchas brancas na parte interna da boca, deve procurar a unidade de saúde mais próxima de sua residência.

 

A vacina é contra-indicada para gestantes, casos suspeitos de sarampo e imunocomprometidos.

Pediatras repudiam série de animação da Netflix com super-heroínas drags
Foto: Divulgação

A Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) divulgou uma nota para criticar a série de animação nacional “Super Drags”, após a Netflix anunciar o lançamento da atração para o segundo semestre deste ano. No comunicado oficial, a entidade diz que considera impróprio para crianças o conteúdo da série, que tem como protagonistas três rapazes que se transformam em super-heroínas drag queens. Mesmo a Netflix tendo informado que se trata de uma atração voltada para adultos, a SBP diz que “respeita a diversidade e defende a liberdade de expressão e artística no país, no entanto, alerta para os riscos de se utilizar uma linguagem iminentemente infantil para discutir tópicos próprios do mundo adulto, o que exige maior capacidade cognitiva e de elaboração por parte dos espectadores”. A entidade afirma ainda que o fim da aplicação de multa e suspensão às emissoras de rádio e TV ao exibirem programas em horário diverso do autorizado pela classificação indicativa “deixa crianças e os adolescentes dependentes, exclusivamente, do bom senso das emissoras de TV e plataformas de streaming, agregando um complicador a mais às relações delicadas existentes no seio da família, do ambiente escolar e da sociedade, de forma em geral”.


A Netflix, por sua vez, defendeu que “oferece uma grande variedade de conteúdos para todos os gostos e preferências. 'Super drags' é uma série de animação para uma audiência adulta e não estará disponível na plataforma infantil (Netflix Kids). A seção dedicada às crianças, combinada com o recurso de controlar o acesso aos nossos títulos, faz com que pais confiem em nosso serviço como um espaço seguro e apropriado para os seus filhos. As crianças podem acessar apenas o nosso catálogo infantil, e nós colocamos o controle nas mãos dos pais sobre quando e a que tipo de conteúdo seus filhos podem assistir".

Doutor Bumbum defende que procedimento estético foi correto: 'Justiça será feita'
Foto: Fernanda Frazão / Agência Brasil

Acusado pela morte da bancária Lilian Calixto após um tratamento estético nos glúteos, o médico Denis Furtado afirmou que o procedimento foi feito de maneira correta. O "Doutor Bumbum" foi preso na tarde desta quinta-feira (19), junto à mãe, Maria de Fátima Furtado, também envolvida no caso (veja aqui).

 

"Foram requisitados todos os exames compatíveis ao risco cirúrgico. O procedimento foi correto, foi lícito. O que a paciente usou de medicamentos lá no [hospital] Barra D'Or, eu não tenho ciência. Eu tenho certeza de que a minha atuação como médico foi correta", afirmou Denis à imprensa.

 

Segundo a Agência Brasil, o médico ressaltou que Lilian estava lúcida e andando após o procedimento. Também sustentou que havia condições adequadas para a cirurgia, denominada bioplastia, na cobertura onde mora. "A justiça será feita", finalizou o Doutor Bumbum.

Quatro funcionários de clínica são assessores parlamentares de Targino Machado
Foto: Reprodução / Informe Baiano

Funcionários que trabalham na clínica Associação Beneficente Luz da Vida, fechada recentemente pela Vigilância Sanitária (veja aqui), estão lotados no gabinete do deputado estadual Targino Machado. Segundo informações confirmadas pelo Bahia Notícias, quatro servidores da área médica foram nomeados e seguem lotados no gabinete do parlamentar. Entre os assessores estão P. A. R., que trabalha como técnico de enfermagem; E.B.R., que é enfermeira, W. D. S., um médico cirurgião-geral, e B. L. S., médico oftalmologista.

 

O deputado está sendo investigado pela Polícia Federal por suspeita de corrupção eleitoral. Ele foi flagrado recentemente em vídeo pedindo que uma mulher transferisse o título de eleitor para Feira de Santana, em troca de um procedimento médico (lembre aqui). Em vídeo gravado no dia que a Vigilância Sanitária foi até a clínica, que funcionava de forma clandestina e foi fechada na quarta-feira (17), é possível ver prontuários médicos e receituários com a foto do deputado, semelhante a material promocional de campanha. Também é possível ver, dentro da clínica, a frase “fazer o bem sem olhar a quem”, escrita na parede, ao lado de uma fotografia de Targino Machado.

 

Homens podem se recuperar de gripes mais rápido que mulheres, diz pesquisa
Foto: Reprodução / Frekvence

Uma pesquisa feita por cientistas da Escola de Saúde Pública Bloomberg da Universidade Johns Hopkins, nos EUA e publicada nesta terça-feira (17) diz que homens podem se recuperar mais rápido de gripes do que mulheres.

 

Segundo os cientistas, os homens produzem uma proteína fundamental para regenerar os pulmões mais do que as mulheres.

 

De acordo com o Globo, os pesquisadores infectaram camundongos vivos e células de homens e mulheres cultivadas em laboratório com o vírus Influenza, causador da gripe. Eles observaram que as células derivadas de homens produziram mais de uma proteína promotora de crescimento chamada amphiregulin, importante nos processos de cicatrização. Os camundongos machos se recuperaram mais rápido da doença do que as fêmeas.

 

Os cientistas acreditam que a descoberta pode levar ao desenvolvimento de novos tratamentos contra a gripe que elevem a produção de amphiregulin, particularmente nas mulheres.

Saúde atinge meta de 90% de vacinados contra gripe; Brasil confirma 839 mortes pela doença
Foto: Agência Brasil

O Ministério da Saúde informou nesta quarta-feira (18) que atingiu a meta de vacinar 90% do público-alvo da campanha de vacinação contra gripe. De acordo com o último boletim, 51,4 milhões de pessoas estão imunizadas contra a doença, o que representa 90,2% da população prioritária. 

 

As regiões Centro-Oeste (99,45%) e Nordeste (94,71%) foram as únicas que ultrapassaram a meta. No entanto, a Bahia registra 89,6% de imunizados, o que corresponde a 3,4 milhões de doses aplicadas.

 

Em todo o país, os grupos de gestantes e crianças continuam com cobertura vacinal contra a gripe de 77,8% e 76,5%, respectivamente. "Temos que continuar avançando, principalmente em gestantes e crianças. Esses públicos ainda podem procurar um posto e vacinar contra a gripe. Lembrem-se que vacinar, é proteger", reforçou a coordenadora do Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde, Carla Domingues.

 

O boletim mostra ainda que, até 16 de julho, foram confirmadas 839 mortes por gripe no país e 4.680 casos. Do total, 2.813 casos e 567 óbitos foram por H1N1.

Casal é flagrado fazendo sexo em teto solar de carro na Rússia
Foto: Reprodução/9onlineNews

Um casal foi flagrado fazendo sexo em meio a um engarrafamento de uma estrada movimentada de São Petersburgo, na Rússia. Os dois aparecem em pé dentro de um carro e com as cabeças para fora do teto solar do veículo.

 

De acordo com o IG, uma testemunha afirmou que o casal parecia não se importar com as pessoas ao redor e fazia gestos obscenos durante o ato.

 

A imprensa russa apontou que, após o fim da relação sexual, o homem deu um beijo na mulher e fechou o teto solar do carro. Ainda não há informações se a polícia está investigando o caso.

Hospital de SP alerta para suposta fraude em campanha para cirurgia de menina
Foto: Reprodução/EPTV

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (HC-RP) desmentiu, através de nota nas redes sociais, uma campanha que arrecada fundos para a cirurgia cardíaca de uma menina de 10 anos que faz tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).


O hospital informa que a paciente Taylla Cristina Silva, de 9 anos, não foi submetida a qualquer cirurgia nas datas mencionadas nas mídias sociais. A instituição pública ainda ressalta que consultas, exames, cirurgias e medicamentos são oferecidos de forma gratuita.

 

De acordo com o G1, após a divulgação do comunicado feito pelo HC-RP, a postagem sobre a menina foi apagada. "Aparentemente, a campanha apresenta informações inverídicas que necessitam ser esclarecidas. A Instituição está tomando as devidas providências legais cabíveis em relação ao caso e também para evitar propagação de campanhas possivelmente fraudulentas envolvendo este Hospital", disse o HC na nota.

 

A instituição pediu ainda que a população tenha cautela quando for doar para campanhas semelhantes, em especial no caso mencionado, até que sejam apurados os fatos pelas autoridades competentes.

Taxa de mortalidade infantil sobe 9,2% na Bahia depois de 25 anos em queda
Foto: Reprodução / RBS TV

Depois de passar 25 anos em queda, a taxa de mortalidade infantil aumentou 9,2% na Bahia em 2016. De acordo com dados divulgados nesta semana pelo Ministério da Saúde, o estado teve 18 óbitos infantis a cada mil nascimentos em 2016. A taxa ficou acima da média nacional, que foi de 14 mortes a cada mil nascimentos no mesmo ano. A partir do ano de 1990, tanto a Bahia quanto o Brasil, começaram a apresentar uma queda no número de mortes de crianças. No mesmo ano, o estado registrava taxa de 66 mortes por cada mil nascimentos. Em 2015, a taxa já havia baixado para 16,4.

 

No Brasil, houve um aumento de 4,8% em 2016 em relação ao ano anterior, quando foram registradas 13,3 mortes a cada mil nascimentos. De acordo com o G1, o Ministério da Saúde acredita que a alta mortalidade tem relação com o vírus zika e também com as mudanças socioeconômicas. De acordo com o órgão, a vacinação em crianças, que é um fator importante para a redução da mortalidade, atingiu o menor nível em 16 anos. Na Bahia, por exemplo, 63 cidades não chegaram a vacinar, em 2017, nem metade das crianças contra poliomielite, ou paralisia infantil.

Quinta, 19 de Julho de 2018 - 16:00

'Doutor Bumbum' é preso em centro comercial no RJ

'Doutor Bumbum' é preso em centro comercial no RJ
Foto: Reprodução / O Globo

O médico Denis Cesar Barros Furtado, conhecido como Doutor Bumbum e mãe dele Maria de Fátima Barros Furtado, foram presos na tarde desta quinta-feira (19), dentro de um centro comercial na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. Os policiais do 31º BPM receberam as informações do local onde eles se encontravam através do Disque-Denúncia.

 

Os dois estavam foragidos desde domingo (15) com suspeita de envolvimento no procedimento que causou a morte da bancária Lilian Calixto (veja aqui).

 

De acordo com o Globo, o Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal (CRM-DF) cassou o registro do médico em um processo ético-profissional. A decisão ainda cabe recurso.

 

Denis e sua mãe foram levados para a 16ª DP, na Barra da Tijuca, onde o crime está sendo investigado.

Quinta, 19 de Julho de 2018 - 11:30

Dica Hammer: A coluna doeu durante o exercício?

Dica Hammer: A coluna doeu durante o exercício?
Foto: Divulgação

Você já sentiu ou escutou alguém reclamar de dores na coluna durante a realização das séries de exercícios físicos? Se considerarmos a percepção diária do educador físico Romildo Rios, da rede Hammer Fitness Club, com os seus alunos, a provavelmente a sua resposta para pelo menos uma destas perguntas será sim. “Muitas pessoas se queixam de dor na coluna durante a prática de exercícios e, em alguns casos, elas chegam a apontar este ou aquele exercício como causador. Mas, será que o exercício realmente é o grande vilão da história?”, questiona.


Para evitar esse desconforto e lhe ajudar a combater a dor lombar siga estas 9 dicas listadas pelo profissional:


•    Trabalhe alongamento diariamente; 
•    Faça exercícios de fortalecimento do core; 
•    Analise a regulagem do aparelho; 
•    A depender do aparelho, coloque um colchonete no encosto;
•    Evite exercício que gere compressão axial; 
•    Mulheres - evitem o uso excessivo de salto alto;
•    Analise a carga colocada nos aparelhos. Respeite o seu limite!
•    Faça exercícios livres (agachamento, stiff) com abdômen contraído. 
•    E, não esqueça: para uma melhor segurança procure sempre um profissional capacitado para lhe acompanhar! 

Quinta, 19 de Julho de 2018 - 11:20

Traficantes impedem vacinação contra sarampo em Manaus

Traficantes impedem vacinação contra sarampo em Manaus
Foto: Reprodução / Rede Amazônica

Uma ação emergencial de combate ao sarampo em Manaus foi impedida de acontecer, na noite desta quarta-feira (18). De acordo com a prefeitura da cidade, traficantes não permitiram que agentes de saúde aplicassem vacinas contra a doença de casa em casa, no bairro Jorge Teixeira. Com mais de 400 casos de sarampo confirmados desde março deste ano, a capital amazonense está em situação de emergência.

 

"Alguns traficantes da área impediram a equipe de continuar fazendo ação até o horário previsto", afirmou à Rede Amazônica uma enfermeira que atuava na ação. Os traficantes fecharam os limites das ruas das Goiabeiras e Carapanauba. O trabalho terminou por volta de 19h, uma hora antes do previsto. Os agentes informaram que não havia policiais no local.

 

A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) afirmou, em nota, que o caso será investigado pela Polícia Civil. "A Secretaria ressalta, ainda, que tem intensificado operações policiais no bairro do Jorge Teixeira nos últimos meses, com base em levantamentos do setor de inteligência".

 

Após a situação, o prefeito de Manaus, Artur Neto, afirmou que acompanhará as equipes durante a ação nesta quinta.

Prefeitura de Ibicaraí denuncia optometrista que atuou como oftalmologista em parceria
Foto: Reprodução / TV Santa Cruz

A Secretaria Municipal de Saúde de Ibicaraí denunciou um optometrista após descobrir que ele realizava atendimentos oftalmológicos em um projeto da gestão municipal. O profissional, que é técnico em óculos e lentes de contato, não tem autorização para fazer exames, mas, em dois dias de consultas no Hospital Municipal Arlete Maron, chegou a atender mais de 100 pessoas e receitou uma lente com grau 1,5 maior para um jovem.

 

Segundo informações do G1 BA, a descoberta foi feita pela pasta depois que eles firmaram um acordo com uma ótica de Vitória da Conquista para a realização de exames de vista gratuitos. Assim, depois que dezenas de pacientes já haviam sido atendidos, a secretaria descobriu que o responsável por fazer os exames era um optometrista e não um médico oftalmologista, como adequado.

 

Identificado como Eunápio Souza, o optometrista vive em Vitória da Conquista. Em contato com a TV Santa Cruz, ele justificou que houve uma confusão. "Eu não sou médico. O que foi feito lá foi um atendimento de cuidado primário da visão, o qual eu sou apto a fazer. Houve esse mal entendido e nós já estivemos na delegacia para esclarecer. Estamos à disposição de qualquer órgão ou pessoa para esclarecer isso", afirmou.

 

Já a secretária de Saúde de Ibacaraí, Domilene Borges, relatou ao portal que eles exigiram que os pacientes fossem atendidos por um médico da área. "Solicitamos do pessoal responsável pelo projeto a documentação do médico que faria o atendimento e ficamos no aguardo, cobrando sempre, e eles demoraram para encaminhar. Quando a gente recebeu a documentação, descobrimos que ele não era oftalmologista", explicou a secretária. Diante da situação, a prefeitura adiantou que vai firmar um pacote de atendimento com oftalmologistas para garantir a realização das consultas, o que inclui as pessoas já atendidas pelo optometrista nesse projeto.

Ministério da Saúde confirma 677 casos de sarampo em seis estados brasileiros
Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

O Brasil confirmou, até a última terça-feira (17), 677 casos de sarampo em seis estados: Amazonas, Roraima, Rondônia, São Paulo, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. De acordo com boletim do Ministério da Saúde, divulgado nesta quarta-feira (18), há ainda 2.724 casos em investigação.

 

A pasta informou que o país enfrenta atualmente dois surtos de sarampo, no Amazonas (444 casos confirmados) e em Roraima (216), ambos relacionados à importação. "Isso ficou comprovado pelo genótipo do vírus (D8) que foi identificado, que é o mesmo que circula na Venezuela", informa o ministério em nota. 

 

Em 2016, o Brasil recebeu da Organização Pan-Americana da Saúde o certificado de eliminação da circulação do vírus do sarampo. O atual esforço do Ministério da Saúde é para manutenção do certificado, com a tentativa de interromper os surtos e impedir que se estabeleça a transmissão sustentada da doença, quanto o mesmo surto tem duração acima de 12 meses.

 

A pasta informou que intensificou a vacinação das crianças, público mais suscetível ao sarampo. Ainda assim, adultos não vacinados devem receber a vacina prioritariamente em locais onde há surto da doença, como em Roraima e Manaus (AM). 

Viver Bem: Pediatra ajuda a identificar sintomas de vermes em crianças
Foto: Pixabay

Dor abdominal, barriga inchada, cansaço sem razão aparente, períodos de oscilação entre prisão de ventre e diarreia, coceira no bumbum, entre outros. Esses sintomas em crianças podem ser sinal de verme. Mas as mães não precisam se desesperar, pois o problema pode ser tratado de forma simples. 

 

As verminoses são organismos parasitas que ficam, principalmente, no intestino e podem trazer prejuízos à saúde de adultos e crianças. No caso das crianças, por não conseguirem, muitas vezes, entenderem o que sentem, as mães precisam ficar atentas aos sintomas já citados e levar os filhos ao pediatra periodicamente, que identificará o problema nos exames, visto que alguns tipos podem não apresentar sintomas.

 

Algumas das vermes mais comuns são a ascaridíase (conhecida popularmente como lombriga), giárdia, ameba e a oxiuríase. De acordo com a pediatra do Hapvida, Carla Sartori, a transmissão dessas verminoses estão comumente ligadas à água e alimentos contaminados. “Mãos sujas na boca, carnes mal cozidas, animais de estimação que não são acompanhados frequentemente por um veterinário, são alguns dos fatores que podem levar a essa contaminação”, explica.

 

A especialista afirma ainda que cada tipo de verminose possui um tratamento específico, normalmente, medicamentoso. Ela alerta ainda que alguns cuidados simples podem evitar o problema. “Higienizar bem as frutas e legumes e lavar as mãos com frequência já evitam a maioria dos tipos mais comuns”, complementa a médica do Hapvida.

Aprovada no RJ, lei que proíbe eutanásia de cães e gatos pode ser proposta na Bahia
Foto: Reprodução / Notícia Hoje

Aprovada pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) no mês passado, uma lei que proíbe a eutanásia de cães e gatos também pode ser proposta na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA) em breve. Segundo o deputado estadual da causa animal, Marcell Moraes (PSDB), a aprovação no Rio pode ser um bom pontapé para o texto ganhar espaço no resto do Brasil. 

 

“Imagine se um parente estivesse doente, sem estar em estágio terminal. Você mandaria desligar os aparelhos?”, questionou o deputado. Pelo texto aprovado no Rio de Janeiro, os animais só poderão ser sacrificados caso seja constatada doença grave infecto contagiosa incurável que coloque em risco a saúde das pessoas ou de outros animais, ou quando o animal estiver em severo sofrimento.

 

Questionado se a proibição não poderia colocar animais, cujos donos não podem arcar com os custos do tratamento, em constante sofrimento, o deputado argumentou que cabe ao Estado impedir que isso aconteça. “Falta ao governo estadual e federal investir em políticas públicas para os animais que precisam da nossa ajuda. Não temos equipamentos básicos como uma Samu veterinária”, lamentou Marcell. 

 

Para Mariana Mello, veterinária, a criação da lei por aqui também acabaria com um vício da categoria em eutanasiar animais que chegam aos consultórios: “Tem colegas que fazem e que não se incomodam em exercer essa prática. Mas ela vai de encontro ao que a gente estuda. Estudamos para salvar as vidas dos animais”. A médica lembra que ter um animal é assumir uma responsabilidade e cabe ao dono arcar com os custos de qualquer operação. 

 

“As pessoas têm que entender que animal não é bicho de pelúcia. Ter uma animal hoje é ter um artigo de luxo. A veterinária está evoluindo para salvar mais bichos e os donos precisam ter condição financeira para arcar com os tratamentos”, ponderou Mello. 

 

Seguindo o jornal O Dia, com a aprovação da Lei, o descumprimento acarretará em multa de mais de R$ 8,3 mil. Estabelecimentos privados que descumprirem a Lei também poderão perder o alvará de funcionamento, enquanto instituições públicas poderão ser responsabilizadas administrativamente.

ANS diz que só mudará aumento em plano de saúde por decisão da Justiça
Foto: Reprodução / O Globo

Depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu a regra que fixa um limite de 40% para exames e consultas em planos de coparticipação e franquia, a Agência Nacional de Saúde Complementar (ANS) falou que vai manter a nova norma.

 

Ao jornal O Globo, o diretor de Desenvolvimento Setorial da ANS, Rodrigo Aguiar, falou que o papel da agência é equilibrar os interesses do mercado e dos usuários dos planos e que “não é um órgão de defesa do consumidor”.

 

Ele afirmou que quer manter o teto de 40% e que só vai mudar o aumento no planos de saúde se houver decisão da Justiça nesse sentido. A decisão do STF que revogou o teto, atendeu a um pedido do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A norma entraria em vigor no fim de dezembro. Agora, depende da análise do plenário da Suprema Corte. 

Exame de sangue detecta câncer de pele em estágio inicial
Foto: Reprodução / Wikipédia

Pesquisadores da Universidade Edith Cowan, em Perth, na Austrália, desenvolveram um exame de sangue capaz de diagnosticar o melanoma em estágio inicial.

 

O melanoma é o mais mortal entre os cânceres de pele, por isso, o diagnóstico precoce é essencial para aumentar as chances de tratamento. Para identificar o tumor é necessário realizar o autoexame e caso surja alguma alteração, o material é coletado e enviado para a biópsia.

 

O líder das pesquisas, Pauline Zaenker explicou que pacientes que têm o melanoma detectado em estágio inicial tem a taxa de sobrevivência de cinco anos entre 90% e 99%. Se não for detectado cedo e se espalhar pelo corpo, a taxa cai para menos de 50%.

 

De acordo com o Globo, o exame de sangue detecta os anticorpos produzidos pelo corpo como resposta ao melanoma. Novos experimentos ainda são necessário para validar os resultados, mas a expectativa é que a ferramenta esteja disponível dentro dos próximos três anos.

 

Dado do Instituto Nacional de Câncer (Inca) aponta que o câncer de pele é o mais frequente do país, respondendo por cerca de 30% dos tumores malignos registrados no Brasil. Estimativas indicam que 132 mil casos de melanoma são diagnosticados anualmente.

OMS informa que surto de ebola no Congo pode ter fim decretado na próxima semana
Foto: Divulgação / CDC

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, informou nesta quarta-feira (18) que, se nenhum novo caso de ebola for confirmado na próxima semana na República Democrática do Congo, a epidemia da doença chegará ao fim no país. O anúncio oficial deve ser feito na próxima quarta (25), segundo informações da Agência Brasil.

 

No entanto, ele reforçou, por meio de publicação no Twitter, que os trabalhos de vigilância ativa no Congo seguem em andamento e permanecerão assim mesmo após o fim da epidemia. Na semana passada, Tedros já havia dito que o surto foi contido em grande parte e que o risco de propagação do vírus na região é considerado baixo.

 

A OMS acrescentou, em comunicado, que os trabalhos de identificação de pessoas que tiveram contato com casos suspeitos ou confirmados da doença no país foram concluídos no dia 27 de junho, quando o último grupo que havia sido exposto ao vírus completou 21 dias de monitoramento sem apresentar sintomas. De 1º de abril a 3 julho, 53 casos de ebola foram confirmados na República Democrática do Congo, incluindo 29 mortes. O total inclui 38 casos confirmados laboratorialmente e 15 casos prováveis.

Brasil é o 2º no ranking do impacto da psoríase na qualidade de vida
Foto: Reprodução / Laís Rios

Um estudo realizado pela Hall and Partners coloca o Brasil em segundo lugar no ranking das nações cujos pacientes relatam maior impacto da psoríase. Em primeiro lugar aparece a Arábia Saudita.


De acordo com a Agência Brasil, a pesquisa foi feita com 2.361 pessoas e revelou que a doença provoca grande impacto negativo na qualidade de vida de 71% dos pacientes brasileiros. A pesquisa ouviu homens e mulheres de 18 a 75 anos em 26 países.


No Brasil, 58% dos brasileiros afirmaram que a doença interfere negativamente em suas atividades profissionais. Segundo a pesquisa, 72% dos pacientes brasileiros disseram que sua expectativa com relação ao tratamento foi atingida apenas parcialmente; 62% relataram alto impacto da doença na vida social; e 67% desejavam voltar a ter uma vida normal.


O coordenador do Ambulatório de Psoríase do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Ricardo Romiti, explicou que a psoríase "é uma inflamação da pele que acomete os braços, o tronco e o couro cabeludo. Pode também começar na infância, ou com mais idade também, mas isso não é o mais comum".


A doença pode surgir em qualquer fase da vida, influenciada pelo ambiente do indíviduo, pelo uso de medicamentos ou estresse, fatores que interferem no sistema imunológico, fazendo com que as células da epiderme comecem a e dividir aceleradamente.

Quarta, 18 de Julho de 2018 - 19:10

Barato e com má fama, PMMA não deveria ser usado para fins estéticos

por Folhapress

Barato e com má fama, PMMA não deveria ser usado para fins estéticos
Foto: Reprodução / Pixabay

A bancária Lilian Calixto morreu no último domingo (15) após complicações em cirurgia realizada por Denis Cesar Barros Furtado, conhecido em redes sociais como Doutor Bumbum (relembre). Além de não ter formação em cirurgia plástica, o médico, que está foragido, realizou o procedimento em sua casa, o que é proibido.

A suspeita é que ela tenha sofrido uma embolia pulmonar devido à aplicação da substância PMMA (polimetilmetacrilato) para preenchimento estético.

Não é de hoje, porém, que o PMMA carrega má fama. A SBCP  (Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica) não recomenda o uso do produto para fins estéticos.

O CFM (Conselho Federal de Medicina) e a SBCP já se manifestaram em 2006 sobre o assunto, condenando sua utilização indiscriminada. Em 2007, após ampla discussão, a Anvisa proibiu a manipulação da substância em farmácias.

"Há vários produtos biocompatíveis e seguros, como o ácido hialurônico, que faz parte do corpo. O PMMA é barato, definitivo e traz um monte de riscos, mas as pessoas se enganam pelo sonho, pela mentira, pela fantasia", diz Níveo Steffen, presidente da SBCP.

O material é permanente, ou seja, não é absorvido pelo corpo, e pode causar deformações, inflamações, necrose e até a morte.

"Imagine se você coloca essa substância solta num tecido como a região glútea. Você levanta, senta, anda, se mexe, e o organismo reage àquilo como um corpo estranho, provocando uma reação inflamatória", diz ele.

O produto é aprovado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), mas indicado em pequenas quantidades como tratamento reparador de lipodistrofia, ou seja, a redistribuição de gordura que pode causar alterações no rosto de pessoas com HIV/Aids. Segundo Steffen, a aplicação ajuda a corrigir essas deformações e a reduzir o estigma.

"Depois dessa liberação, percebemos uma deturpação no uso do produto e uma série de problemas nas mais variadas áreas do corpo em grande quantidade, especialmente para dar volume nos glúteos."

No censo de 2017 da SBCP, a entidade incluiu pela primeira vez dados sobre as sequelas dos implantes com PMMA devido ao aumento no número desses casos. Foram feitas 4.432 cirurgias plásticas reparadoras para corrigir problemas decorrentes do PMMA de um total de 664.809.

Já uma pesquisa realizada pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica - Regional São Paulo (SBCP-SP) apontou mais de 17 mil casos de complicações por causa do PMMA entre 2016 e 2017. Para a maioria dos cirurgiões plásticos, o produto deveria ter seu uso e comercialização banidos do mercado nacional.

Julho Verde: Hospital Aristides Maltez realiza triagem para câncer de cabeça e pescoço
Foto: Divulgação

O Hospital Aristides Maltez realiza, no próximo dia 28, uma triagem para identificar casos de câncer de cabeça e pescoço. Parte da campanha Julho Verde, a ação acontece em parceria com o Departamento de Cirurgia de Cabeça e Pescoço e o Departamento de Fonoaudiologia. A triagem será iniciada às 7h, quando os pacientes serão examinados e, caso necessário, os casos suspeitos passarão por avaliação posterior no hospital. Serão atendidos 50 pacientes. A campanha Julho Verde tem o objetivo de conscientizar sobre o câncer de cabeça e pescoço, esclarecer fatores de risco e o que se pode fazer para o diagnóstico precoce e prevenção.

Disque Denúncia oferece recompensa de R$ 1 mil por informações sobre Dr. Bumbum
Foto: Divulgação

O Portal dos Procurados divulgou nesta quarta-feira (18) um cartaz com recompensa de R$ 1 mil por informações que levem às prisões do médico Denis César Barros Furtado, de 45 anos, e de sua mãe, Maria de Fátima Furtado, de 66 anos. Os dois são os principais suspeitos pela morte da bancária Lilian Calixto, de 46 anos (clique aqui).

 

Moradora de Cuiabá (MT), a vítima viajou até o Rio de Janeiro para realizar um procedimento estético nos glúteos com Denis César Furtado, conhecido como "Doutor Bumbum". O procedimento foi realizado no último sábado (14), em um apartamento, na Barra da Tijuca. Devido a complicações, Lilian foi levada pelo médico para o Hospital Barra D'or, onde morreu na madrugada de domingo.

 

Denis César Furtado e Maria de Fátima Furtado, que também teria participado do procedimento, já são considerados foragidos da Justiça. O médico tem oito anotações criminais antigas no Rio de Janeiro, incluindo por homicídio, porte ilegal de arma e ameaça. 

Tanhaçu: Justiça Federal concede benefício a bebê com microcefalia
Foto: Lay Amorim / Achei Sudoeste

Uma decisão da Justiça Federal decidiu pela concessão de benefício para um bebê de um ano e nove meses que nasceu com microcefalia em Tanhaçu, no sudoeste baiano. A concessão foi estabelecida pelo valor de um salário mínimo, atualmente em R$ 954. Segundo o site Achei Sudoeste, a decisão foi feita por unanimidade pela 4ª Turma Recursal do Juizado Especial Federal Cível da Seção Judiciária do Estado da Bahia que acolheu recurso impetrado pelo advogado Paulo Henrique Amorim. A decisão da 4ª Turma Recursal reformou sentença anterior que tinha negado o benefício por considerar que a renda per capita do grupo familiar do bebê tinha ultrapassado o limite de até ¼ do salário mínimo. Conforma a relatora, juíza Ana Carolina Dias Lima Fernandes “possuindo a autora impedimento que obstrui a sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas, e sendo a perícia conclusiva acerca da existência do estado de carência da parte, que não possui meios de prover a própria manutenção ou de tê-la provida por sua família, reputo corno satisfeitos os requisitos legais exigidos para a concessão do benéfico do amparo assistencial, de forma que merece reparo a sentença recorrida”, deferiu.

Feira: Clínica ligada a Targino Machado é interditada por atuar de forma clandestina
Foto: Ed Santos / Acorda Cidade

Uma clínica que funciona em uma associação ligada ao deputado Targino Machado (DEM) foi interditada nesta terça-feira (17) em Feira de Santana. Conforme a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia, por meio da Vigilância Sanitária, o local funcionava de forma clandestina pelo fato de não ter alvará de funcionamento. Segundo o Acorda Cidade, a Associação Beneficente Luz da Vida tem como médicos voluntários o deputado estadual Targino Machado. A interdição foi feita após denúncia anônima à Ouvidoria Geral do Serviço Único de Saúde (SUS) e ação conjunta do Núcleo Regional de Saúde e da Vigilância Sanitária do estado. Ao site feirense, Targino Machado disse que a clínica é uma associação sem fins lucrativos, criada há dez anos pelo atual presidente da Câmara de Vereadores, Zé Carneiro. Targino declarou que foi presidente da entidade até o ano passado. Ainda segundo o deputado, ele e outros responsáveis pela clínica vão atuar para reabertura do espaço que segundo o legislador atende cerca de duas mil pessoas por semana, fazendo apenas de consulta.

Quarta, 18 de Julho de 2018 - 07:10

Anvisa aprova novas regras para suplementos alimentares no país

por Natália Cancian | Folhapress

Anvisa aprova novas regras para suplementos alimentares no país
Foto: Getty Images

Suplementos alimentares, como cápsulas de vitaminas, ômega 3 e whey protein, vão ganhar novas regras no país.

As medidas, que compõem um novo marco regulatório para o setor, foram aprovadas nesta terça-feira (17) pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Até então, não havia uma regulamentação específica para esses produtos, que ficavam dispersos entre as categorias de alimentos e medicamentos no país.

Agora, produtos como vitaminas e minerais, substâncias bioativas e probióticos, suplementos para atletas, entre outros, passam a ter normas únicas.

Entre as mudanças, está a definição de uma lista com 382 nutrientes e substâncias autorizadas para uso nesses produtos, as quais passarão a ter limites mínimos e máximos indicados para uso pré-estabelecidos.

Além da composição, outra mudança ocorre na embalagem. Segundo a Anvisa, a ideia é que os rótulos deixem mais claro ao consumidor, ao ver um produto, de que se trata de um suplemento alimentar.

Em outra medida, a norma elenca critérios para exposição, nas embalagens, das chamadas "alegações funcionais" —quando um suplemento diz que tem "ação antioxidante", "auxilia na formação de músculos", "alta absorção de cálcio", entre outros.

Para isso, foi criada uma lista com 189 alegações possíveis e situações em que podem ser usadas. Segundo a Anvisa, a ideia é evitar casos de produtos que trazem alegações irregulares ou não comprovadas, situação que tem sido frequente no mercado.

Atualmente, a estimativa é que 54% dos lares do país tenha ao menos uma pessoa que consome suplementos, de acordo com dados da Abiad (Associação Brasileira da Indústria de Suplementos para Fins Especiais), uma das associações que representam o setor.

Para a presidente da Abiad, Tatiane Pires, as regras devem colocar o Brasil "na vanguarda na regulação de suplementos". "Isso deve eliminar obstáculos, além de reduzir a assimetria de informações que existe hoje no mercado", afirmou em reunião da agência.

A previsão é que as normas passem a valer para novos produtos de forma imediata. Para os que estão no mercado, o prazo de adaptação será mais longo: de cinco anos.

Questionado, o diretor-presidente da Anvisa, Jarbas Barbosa, nega prejuízos ao consumidor com a extensão do prazo. 

Segundo ele, as novas normas devem trazer maior comprovação de segurança. "Antes, havia diversas lacunas regulatórias", afirmou. "Também havia pedidos de registro ambíguos e desproporcionais aos níveis de risco."

Probióticos
Ao mesmo tempo em que classificam as normas como um avanço, no entanto, representantes de empresas que produzem suplementos também apontam preocupações.

Um deles é a definição de substâncias que podem ser usadas para probióticos, categoria que terá mais exigências em relação a outros suplementos.

Segundo Gislaine Gutierrez, da Abifisa (Associação Brasileira das Empresas do Setor Fitoterápico e Suplemento Alimentar), a lista deixa de fora substâncias utilizadas em produtos já ofertados no mercado.

Mesma avaliação tem Ubirajara Marques, da Brasnutri. "Verificamos que alguns ingredientes e aditivos não foram contemplados, apesar de terem uso consagrado", diz.

De acordo com Barbosa, apesar de uma definição de uma lista inicial, a norma prevê atualizações periódicas. O prazo ainda não foi definido.

INTS oferece exames oftalmológicos gratuitos no Salvador Norte Shopping
Foto: Divulgação

O Instituto Nacional de Amparo à Pesquisa, Tecnologia e Inovação na Gestão Pública (INTS) oferece, na próxima terça-feira (24), mais de 100 consultas, exames oftalmológicos e encaminhamentos para cirurgia de catarata e glaucoma no bairro de São Cristóvão. Realizados na unidade móvel do projeto De Olho na Saúde, os exames incluem Tonometria, Auto-refração, Dilatação, Biomicrocospia e Fundocospia. O atendimento acontece das 7h às 17h, no estacionamento do Salvador Norte Shopping. Interessados devem ter acima de 30 anos e portar RG, CPF, comprovante de residência e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS).

Pediatra é agredida por pais de criança em clínica; SBP cobra maior proteção aos profissionais
Foto: Reprodução / GloboNews

Uma pediatra foi agredida pelos pais de uma criança em uma clínica de Niterói, Rio de Janeiro. A médica Lyse Soares, de 34 anos, registrou o crime na delegacia.

 

De acordo com o casal, Natália Jesus da Silva e Paulo Ricardo Rodrigues, houve omissão de socorro por parte da médica. Ela teria se recusado a internar o filho deles, que estava com febre, durante a madrugada.

 

Imagens de câmeras de segurança mostram a médica sendo agredida por Natália com um tapa e um puxão de cabelo. Pouco depois, Paulo Ricardo dá socos na profissional, no corredor do hospital. Em um momento do vídeo, a criança é vista no chão do hospital.

 

Em entrevista à imprensa, Lyse afirmou que ficou afastada do trabalho durante dois meses por conta do estresse pós-traumático. "Quando eu acordei, o pessoal da enfermagem estava me segurando no corredor, onde a agressão tinha acontecido. Eu não sabia de nada. Minha colega falou 'sua boca está sangrando'. Foi aí que eu vi que não era só um puxão de cabelo", contou.

 

Devido ao ocorrido, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) acionou os ministérios da Saúde e Segurança Pública, além da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), para providenciar medidas que assegurem maior proteção aos profissionais. Para a entidade, casos como o de Lyse são um "exemplo grave do grau de vulnerabilidade ao qual os serviços de saúde estão expostos".

 

Estudo da SBP aponta que dois em cada 10 pediatras afirmam sofrer com frequência situações de violência no trabalho. O problema afeta diretamente o cotidiano de 26% dos pediatras que trabalham apenas no Sistema Único de Saúde (SUS) e de 26% dos que se dividem entre a rede pública e consultórios de planos de saúde. Entre os profissionais que atuam apenas em consultórios particulares, o indicador é de 12%.

Sinpojud cobra providências do MP-BA para apurar denúncia contra Planserv
Foto: Sinpojud

O Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário (Sinpojud) cobrou do Ministério Público da Bahia (MP-BA) celeridade e providências na apuração da denúncia contra o Planserv. A entidade sindical reclama que o plano de saúde dos servidores públicos tem limitado o número de consultas e exames, colocando em risco a vida dos pacientes. O diretor do Sinpojud, Jorge Cardoso, junto com a advogada Elane Oliveira, se reuniu com o promotor de Justiça Cristiano Farias para cobrar as providências. Cardoso informou que já se passaram dois meses da realização da denúncia e até o momento nenhuma resposta foi obtida pelo Planserv. Na ocasião, o promotor se comprometeu em enviar o caso imediatamente para três Promotorias: a de saúde, de improbidade e criminal. A medida visa apurar se há cerceamento no acesso à saúde dos servidores públicos.

Histórico de Conteúdo