Sexta, 26 de Junho de 2020 - 00:00

Leo Prates

Leo Prates
Foto: Bahia Notícias

“O nosso problema é que as pessoas não estão vendo corpos pela rua e enterros coletivos. Mas estamos com mais de mil soteropolitanos mortos pelo coronavírus. Só vamos pensar em flexibilização, quando a taxa de ocupação de leitos de UTI ficar abaixo de 70%. Hoje estamos com cerca de 86% ocupados”. 


Secretário municipal de Saúde de Salvador, ao afastar a possibilidade da capital trabalhar na reabertura imediata do comércio.

Histórico de Conteúdo