Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

'Auxílio emergencial' da capital, 'Salvador por Todos' vai ser estendido, diz Bruno Reis
Foto: Valter Pontes/Secom

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), anunciou no fim da tarde desta segunda-feira (22) que o programa “Salvador por Todos” vai ser prorrogado. O martelo foi batido após reunião com o presidente da Câmara Municipal, Geraldo Jr. (MDB), e a vice-prefeita da capital, Ana Paula Matos (PDT).

 

Segundo Bruno, um novo pedido de extensão do auxílio emergencial de R$ 270 vai ser enviado ao Legislativo municipal no fim de março, quando iria vencer a última parcela do benefício.

 

"Avaliamos junto com Geraldo Júnior o estágio da pandemia na nossa cidade. Hoje a Prefeitura e a Câmara de Salvador adotaram novas medidas para o combate à Covid-19. Pois nos últimos dias os números cresceram. E temos uma nova cepa do vírus na cidade. E contamos com Geraldo Júnior e a Câmara neste combate. Em março enviaremos a esta Casa outra proposta para a prorrogação do auxílio-emergencial", afirmou Bruno.

 

O gestor soteropolitano não detalhou até quando o auxílio deve ser estendido. 

 

Coordenado pela Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esporte e Lazer (Sempre), o benefício abrange trabalhadores informais cadastrados no município, a exemplo de barraqueiros, donos de quiosques, baianas de acarajé, guardadores de carro, recicladores e baleiros. 

 

O "Salvador por Todos", nome dado ao auxílio fornecido pela prefeitura, seria concedido até o fim de 2020. Contudo, por conta da crise econômica, a gestão municipal optou por estender o benefício por mais três meses.

Histórico de Conteúdo