Bancada do PT na AL-BA propõe comenda para reitor em meio a embate da Ufba com governo Rui
João Carlos Salles protagoniza embate com gestão | Foto: Bahia Notícias

A bancada de deputados estaduais do PT na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA)
deu entrada, na tarde desta sexta-feira (10), em um projeto que concede a Comenda 2 de Julho, maior honraria do Legislativo Estadual, para o reitor da Universidade Federal da Bahia (Ufba), João Carlos Salles. 

 

O projeto foi proposto pelos deputados em meio a um processo que a Ufba move contra a prefeitura de Salvador pela instalação de leitos Covid no Hospital Salvador (veja aqui) e acabou envolvendo o secretário estadual de saúde, Fábio Vilas-Boas, que criticou a postura do reitor de judicializar a implementação dos leitos e recusar parecer do estado para a adaptação da maternidade Climério de Oliveira para ser referência no tratamento do coronavírus (saiba mais aqui).

 

De acordo com o líder do PT na AL-BA, deputado Marcelino Galo, a decisão de conceder a comenda ao reitor neste momento não tem envolvimento com a disputa entre estado e universidade. O parlamentar pontuou que a proposta é uma homenagem a trajetória do reitor e que a bancada do PT não responde por questões administrativas do governo. 

 

“A iniciativa da bancada do PT não tem envolvimento com questões administrativas do governo. Somos a bancada do PT. Quem representa o governo é a bancada de governo, que tem seu líder. Essa iniciativa do PT visa reconhecer os serviços prestados por João Carlos Salles à Bahia ao longo do tempo”, disse Galo. 

 

“Conheço João Carlos Salles e sei de toda a sua trajetória. Durantes todos esses anos como reitor da Ufba, por diversos momentos, a Bancada do PT na Assembleia Legislativa da Bahia esteve ao seu lado na luta por recursos e pela independência da universidade baiana. A gestão e história de João Carlos merece esta homenagem por sua defesa intransigente da democracia, da autonomia universitária e do ensino superior público e de qualidade”, destacou o líder do PT. O projeto de resolução foi assinado por todos os deputados da bancada petista. 

 

Boa parte dos deputados estaduais da bancada petista possuem bases e lideranças dentro da Universidade Federal da Bahia. 

 

Natural de Cachoeira, João Carlos é filósofo, tradutor e professor titular da Ufba. Tornou-se reitor da universidade, pela primeira vez, em 2014, quando também ocupou a cadeira de número 32 da Academia de Letras da Bahia.Em 2018, foi reconduzido para o cargo onde permanece até os dias atuais. A Comenda 2 de Julho é a maior honraria concedida pela Casa Legislativa. A honraria foi apresentada anteriormente pelo deputado petista Jacó, que concedeu o projeto de resolução para que a bancada do PT na Alba apresentasse de forma coletiva. 

Histórico de Conteúdo