Após Neto, Rui também condiciona realização do Carnaval 2021 à vacina para Covid-19
Foto: Fernando Duarte / Bahia Notícias

O governador Rui Costa (PT) revelou que sem a existência de uma vacina contra o novo coronavírus é impossível pensar na realização do Carnaval de Salvador em 2021. “Não tenho dúvida, nem Carnaval, nem reveillón", disse a Record TV Itapoan.  O prefeito ACM Neto (DEM) também vem externando sua preocupação com amigos e auxiliares sobre a realização da festa.

 

"Não só no Brasil, no mundo inteiro, não haverá show enquanto não tiver a vacina, por que nós podemos ter uma segunda ou terceira onde de contaminação e matar milhões de pessoas. Não haverá, com certeza, aglomeração de pessoas”, comentou o governador. 

 

Rui já tinha confirmado o cancelamento das festas juninas nas cidades do interior da Bahia (relembre aqui). O governador explicou que o cancelamento será em razão da aglomeração de pessoas. 

 

“O vírus vai estar circulando o ano inteiro, no mundo inteiro, até se produzir uma vacina. Vi a OMS anunciar que a vacina só deve estar disponível com produção em escala mundial, em um cenário otimista, em 9 ou 10 meses, então não haverá aglomeração neste período", finalizou.

Histórico de Conteúdo