Coronavírus: Cremeb suspende médico de 'influencers' por venda de 'soro de imunidade'
Foto: Reprodução / Instagram

Um médico na Bahia teve a interdição cautelar do exercício da medicina nesta sexta-feira (27) após vender nas redes sociais um soro de imunidade para prevenir a infecção por coronavírus. Aldo Grisi compartilhou a sugestão em seu Instagram. As postagens, no entanto, não estavam mais disponíveis nesta sexta em sua rede social.

 

O profissional é famoso no Instagram por fornecer o “chip da beleza”. Ele já atendeu artistas como Sheila Mello, Jerry Smith, Felipe Pezzoni, Emiliano d’Avila, Sidney Sampaio e o ex-pugilista Acelino Popó Freitas. 

 

A interdição do registro profissional dele foi publicada nesta sexta no diário oficial da União e assinada pela presidente do Conselho Regional de Medicina do Estado da Bahia (Cremeb). A informação foi divulgada no site do órgão, que informou que ele estava com a atividade suspensa em caráter preventivo para que, no desempenho da sua atividade, o médico não “venha a causar com sua conduta prejuízos à população, especialmente, diante da crise provocada pela pandemia do novo coronavírus”.

 

Em nota enviada ao Bahia Notícias, o Cremeb confirmou que a interdição se deu por conta da venda do soro. “O Cremeb/CFM não reconhece nenhum tipo de tratamento neste sentido e instaurou imediatamente Sindicância para apurar os fatos. A Sindicância foi concluída e foi proposta a interdição cautelar, aprovada por unanimidade pelo Conselho Plenário em 26/03/202”, diz o órgão no comunicado.

 

O SORO
No Instagram, o médico publicou um vídeo em que injetava na veia o soro, com a legenda “não espere 'gripar' para correr atrás”. “Não espere adoecer para cuidar da imunidade. Tem gente que fala assim: 'ah, mas eu não estou sentindo nada. Estou ótimo'. Ótimo. Que bom que você tá bem. O nosso soro da imunidade é para que você esteja bem e se mantenha bem”, diz, em trecho do post no story da rede social.

 

No decorrer dos stories, ele ainda garante que o material é um “protocolo exclusivo”. Ele ainda indicou que fez pesquisas em artigos sobre coronavírus para atualizar e reforçar o chamado soro da imunidade. 

 

Histórico de Conteúdo