Rui pede que governo federal coordene ações e diz que vai continuar com medidas progressivas
Foto: Manu Dias / GovBa

O governador Rui Costa (PT) pediu que o governo federal coordene as ações das vidas humanas no Brasil e revelou que a Bahia vai continuar tomando medidas progressivas, com base em recomendações dos especialistas. O pedido veio após reuniões com governadores brasileiros nesta quarta-feira (25).

 

"Fizemos duas reuniões, uma do fórum dos governadores do Nordeste e outra dos 27 governadores. E houve uma posição consensual e que não há incompatibilidade de cuidar da vida das pessoas e da manutenção da sobrevivência dos empregos e da renda. Cuidar da assistência das pessoas mais pobres, dos ambulantes e informais. Esse papel é do governo federal", disse Rui em entrevista a TV Record.  

 

O governador ressaltou que o número de mortes no Brasil continua crescendo e pediu que "todos nós façamos o que for preciso para salvar vidas de idosos ou jovens". 

Histórico de Conteúdo