EUA e China estão próximos de chegar a acordo sobre pacto comercial
Foto: Reprodução / Agência Brasil

O secretário de Comércio dos Estados Unidos (EUA), Wilbur Ross, deu indicações de que o país poderá, em breve, chegar a um acordo final sobre um pacto comercial inicial com a China.

 

Ele disse à FOX TV na sexta-feira (15) que os dois países estão, no momento, discutindo os últimos detalhes sobre a primeira fase do pacto comercial. Ele indicou também que os dois lados vão realizar, em breve, conversações em nível ministerial por telefone para discutir os pormenores, de acordo com a Agência Brasil.

 

Um funcionário de alto escalão da Casa Branca deu também indicações de que os dois países estão quase chegando a um acordo.

 

Os comentários positivos fizeram com que os preços das ações chegassem a um valor recorde na sexta-feira na Bolsa de Valores de Nova York. O índice industrial Dow Jones ultrapassou, pela primeira vez, a marca de 28 mil.

 

O presidente dos EUA, Donald Trump, havia dito na terça-feira que ele e o presidente da China, Xi Jinping, poderiam assinar em breve um acordo inicial sobre o pacto. Contudo, há ainda divergências entre os dois países em relação à aquisição, pela China, de produtos agrícolas dos Estados Unidos, e à retirada parcial de tarifas sobre produtos chineses por parte de Washington.

 

O governo americano diz que, a menos que haja progresso, o país irá impor uma tarifa adicional sobre smartphones fabricados na China a partir de 15 de dezembro.

Histórico de Conteúdo