Quarta, 09 de Outubro de 2019 - 17:20

Aspra realiza nova assembleia nesta quarta; SSP nega adesão de PMs a 'greve'

por Lucas Arraz

Aspra realiza nova assembleia nesta quarta; SSP nega adesão de PMs a 'greve'
Grupo grevista segue em vigília na Adelba | Foto: Divulgação / Aspra

A Associação dos Policiais e Bombeiros e de seus Familiares da Bahia (Aspra), responsável pela deflagração de greve de um grupo de policiais militares no estado nesta terça-feira (8) (veja aqui), realiza uma nova assembleia nesta quarta (9). A reunião da categoria, marcada para às 19h, tem como objetivo avaliar o andamento e a adesão ao movimento. O encontro será realizado na Associação Desportiva e Cultural Coelba (Adelba), onde os apoiadores da greve estão em vigília.

 

Para o deputado estadual Soldado Prisco (PSC), que encabeça o movimento e foi duramente criticado pelo governador Rui Costa (PT) por supostamente incitar politicamente a categoria e dar números inflacionados (veja aqui), 70% da tropa na capital e o no interior já aderiu a greve. 

 

Procurada pelo Bahia Notícias, a Secretaria da Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) declarou que acompanha de perto as escalas de serviço com o Comando Geral da Polícia Militar e que, até o momento, não houve falta entre os militares que atuam em Salvador, na Região Metropolitana e no interior do estado. A pasta ainda destacou que nas últimas horas 48 criminosos foram presos, quatro adolescentes apreendidos e pouco mais de 10 mil pessoas abordadas por unidades da PM.

Histórico de Conteúdo