Segunda, 15 de Julho de 2019 - 11:40

Presidente do PCdoB diz que é 'injusta' crítica de Otto Alencar sobre reforma

por Rodrigo Daniel Silva

Presidente do PCdoB diz que é 'injusta' crítica de Otto Alencar sobre reforma
Foto Manu Dias/GOVBA

Presidente do PCdoB na Bahia, Davidson Magalhães (PCdoB) disse, nesta segunda-feira (15), que é "injusta" a crítica do senador Otto Alencar (PSD) sobre a reforma da Previdência. Na semana passada, Otto condenou o fato de deputados federais do PT, PCdoB e PSB votarem contra a matéria em Brasília, mas aprovarem proposta semelhante na Bahia (relembre aqui). 

"[As propostas do governo Bolsonaro e da gestão de Rui Costa] são coisas completamente diferente. Não tem nada a ver. Acho que é injusta [essa crítica]. [A proposta de Rui aprovada na Assembleia Legislativa] não tem um conjunto de perdas. Não tem termo de comparação", argumentou o comunista, que também é secretário estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte.

Em entrevista ao Bahia Notícias, Davidson Magalhães afirmou, ainda, que é "normal" integrantes da base de Rui votarem a favor da reforma (relembre aqui). "Isso diz respeito à heterogeneidade da base política. Não vejo nada de excepcional. É uma base política ampla e tem diversos posicionamentos. E respeitamos", atenuou.

Na semana passada, a presidente do PSB, Lídice da Mata, negou "incoerência" do seu partido ao votar contra a reforma da Previdência em Brasília, mas ser a favor de medida semelhante na Bahia (veja aqui). Já o deputado federal Joseildo Ramos (PT) rebateu e sugeriu que o PSD "se move ao sabor das circunstâncias" diferentemente da sua sigla (reveja aqui).

Histórico de Conteúdo