Weintraub vai à Câmara para explicar bloqueios na verba das universidades
Foto: Reprodução / TV Câmara

A Câmara ouve nesta quarta-feira (15) o ministro da Educação, Abraham Weintraub, convocado pela Câmara dos Deputados para dar explicações sobre os bloqueios no orçamento das universidades de ensino superior do país (saiba mais aqui). 

 

Por se tratar de convocação, Weintraub foi obrigado a comparecer e responder a perguntas de deputados, sob pena de incorrer em crime de responsabilidade na hipótese de ausência sem justificação adequada. 

 

De acordo com o G1, o requerimento de convocação foi aprovado por 307 votos favoráveis e 82 contrários. Weintraub é ouvido em uma "comissão geral" (sessão de debates no plenário). Ele é o primeiro ministro do governo Bolsonaro convocado por alguma das casas do Congresso.

 

A maioria dos partidos orientou as bancadas a votarem a favor do requerimento. Somente PSL e Novo orientaram contra a convocação. Veja como os parlamentares votaram. 


O depoimento do ministro ocorre concomitantemente a protestos contra o contingenciamento orçamentário em todo país. 

Histórico de Conteúdo