Sergio Moro diz que Banco de DNA ficará completo até final do governo
Foto: Agência Brasil

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, usou o perfil do Twitter para falar do banco de dados de DNA. O ex-juiz garantiu que até o final do governo Bolsonaro o banco ficará mais completo.

 

Na ocasião, o ministro comparou os bancos dos Estados Unidos e Reino Unido com o existente no Brasil atualmente. De acordo com Moro, esta é uma das medidas mais importantes do projeto de lei anticrime, enviado ao Congresso Nacional.

 

O banco de dados de DNA é uma central onde estão, à disposição de autoridades e investigadores, os materiais genéticos coletados de criminosos condenados pela Justiça e os obtidos em cenas de crimes.

 

Moro afirmou que a ampliação do Banco Nacional de Perfis Genéticos "aumentará a taxa de resolução de investigação de qualquer crime, mas principalmente de crimes que deixam vestígios corporais".

Histórico de Conteúdo