Terça, 02 de Abril de 2019 - 11:00

Líder da oposição critica retirada de conselheiros tutelares da Semps e ataca PRB 

por Rodrigo Daniel Silva

Líder da oposição critica retirada de conselheiros tutelares da Semps e ataca PRB 
Foto: Reprodução / Facebook

Líder da oposição na Câmara de Salvador, Sidninho (Podemos) criticou, nesta terça-feira (2), a proposta do Executivo de retirar os conselheiros tutelares da Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza (Semps) e pôr na pasta de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude (SMPJ), que está sob o comando da vereadora licenciada Rogéria Santos (PRB).  

Ao Bahia Notícias, Sidinho sugeriu que o PRB quer usar os conselheiros como "massa de manobra". "É muito estranho o fato de a mudança ocorrer quando uma vereadora do PRB vai para a pasta. Milagrosamente. E a gente sabe o que o PRB faz em cima desta eleição [dos conselheiros tutelares]. Utilizam o povo como massa de manobra. Para que tenha lisura, é preciso que permaneça na pasta [a Semps]", atacou o vereador.

A mudança dos conselheiros da Semps para SMPJ faz parte da reforma administrativa enviada pelo prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), para a Câmara. Nesta segunda-feira (1º), o texto foi aprovado na Comissão de Constituição, Justiça e Redação Final (CCJ). Nesta terça-feira (2), a matéria será analisada pelo colegiado de Orçamento.

Vice-presidente da comissão, Sidinho avisou que vai pedir vista do projeto – ou seja, mais tempo para apreciar a matéria. Presidente da Câmara de Salvador, Geraldo Júnior (SD), tinha a pretensão de votar a proposta em plenário nesta quarta-feira (3), mas, com o possível pedido de vista, a apreciação deve ser adiada.

Dentro da base governista, também há resistência à mudança. Nos bastidores, vereadores têm dito que o presidente do PRB na Bahia, o deputado federal Marcio Marinho (PRB), já teria avisado que, se os conselheiros forem para a SPMJ, o partido quer eleger "95%" dos 90. A eleição está prevista para acontecer em setembro.

Histórico de Conteúdo