'Cozinha dos Fundos' e loja de bebidas na Pituba são flagrados com fraude de água
Foto: Divulgação

Técnicos da Embasa flagraram, na última quarta-feira (10), uma hamburgueria e uma loja de bebidas, no bairro da Pituba, em Salvador, sendo abastecidas irregularmente. 

O imóvel onde funcionam o “Cozinha dos Fundos” e mais um estabelecimento estava com a água cortada por falta de pagamento, mas a ligação foi reaberta de forma fraudulenta. Com apoio da Polícia Civil, da Polícia Militar e do Departamento de Polícia Técnica, a Embasa suspendeu novamente o fornecimento de água e notificou os responsáveis pelo imóvel, que agora vão responder criminalmente pela fraude constatada.

Com 24 contas de água em aberto, o imóvel tem débito acumulado de mais de R$ 100 mil. A Embasa havia tentado suspender o fornecimento ao imóvel diversas vezes, após a religação indevida, mas foi impedida por pessoas que não deixavam a equipe técnica realizar o corte. Desta vez, além de suspender o fornecimento, a empresa retirou todo o ramal que leva água ao imóvel para dificultar a religação fraudulenta. O inquilino do imóvel, presente durante a ação, comparecerá à delegacia para prestar esclarecimentos.

O furto de água é qualificado como crime contra o patrimônio, de acordo com o artigo 155 do Código Penal Brasileiro, cujo parágrafo 3º, ao tratar de furtos, equipara “à coisa móvel a energia elétrica ou qualquer outra que tenha valor econômico”. A pena prevista na lei é reclusão de um a quatro anos e multa.

Histórico de Conteúdo