Consórcio é contratado para fiscalizar obra do BRT; prefeitura diz que é exigência da Caixa
Foto: Divulgação

As obras de implantação do trecho 1 dos Corredores de Transprote Público Integrado de Salvador, onde funcionará o BRT, serão fiscalizadas pelo Consórcio Sondotécnica/Geohidro. O resultado da licitação foi publicado no Diário Oficial desta terça-feira (13), no valor de R$ 9.038.646,09. De acordo com o secretário de Mobilidade (Semob), Fábio Mota, a contratação da empresa é uma exigência feita pela Caixa, fonte dos recursos para a obra, segundo a qual é necessário uma empresa de apoio na fiscalização e gerência da obra. Neste caso, o consórcio Sondotécnica/Geohidro dará suporte à Superintendência de Obras Públicas (Sucop), responsável pela execução da obra. A ordem de serviço para início da implantação dos corredores de transporte será assinada no dia 28 de março, como uma das ações comemorativas do aniversário de Salvador. O primeiro trecho do BRT ligará a Lapa ao Iguatemi, passando pelo Parque da Cidade. 

Histórico de Conteúdo