Carnaval sem cordas: 'É legal para o baiano, mas o turista acha estranho tudo isso', diz Bell
Foto: Elias Dantas / Ag. Haack / Bahia Notícias

Sobre a discussão de Carnaval com ou sem corda, o cantor Bell Marques comentou que o carnaval sem cordas agrada o baiano, no entanto os turistas que vêm curtir a folia não tem expertise para um Carnaval sem cordas. “Eles não conhecem as ruas, eles não conhecem qual a nossa história, é legal para o baiano, mas o turista acha estranho tudo isso”, afirmou o cantor. Quando questionado sobre o crescimento da pipoca nos últimos anos, Bell falou que tem observado que na verdade, existem muito mais trios do que foliões na pipoca. “Se vocês observarem nas ruas de salvador, os trios elétricos passam quase vazios, espaços muito vazios pra falar a verdade, e se tivessem grandes atrações, obviamente a pipoca iria atrás das grandes atrações”, explica, ressaltando que é preciso repensar a importância do Carnaval sem cordas. “Não é ruim ter trio elétrico sem corda, mas tem que ter uma boa atração, e aí entra a parte do empresariado para bancar essas atrações. Os blocos foram criados porque a prefeitura e os governos não bancavam os trios, mas hoje a gente tem que ponderar tudo o que estamos falando”, falou o cantor.

Histórico de Conteúdo