Feira: Prefeitura nega expulsar feirantes e diz que centro está sendo revitalizado
Inauguração Centro Comercial Estação Nova | Foto: Divulgação

Frente a acusações de que o prefeito José Ronaldo (DEM) estaria expulsando feirantes do Centro de Abastecimento da cidade (veja aqui), a prefeitura de Feira de Santana negou a informação, alegando que, na verdade, o local será revitalizado. "O que está sendo realizado pelo Governo Municipal no Centro de Abastecimento nada tem a ver com expulsão de feirantes. Ao contrário, nós estamos revitalizando o espaço com uma grande obra, que vai beneficiar a todos eles", disse o secretário municipal do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antonio Carlos Borges Junior. De acordo com a prefeitura, o Centro de Abastecimento será transformado no Centro Comercial Popular, que irá acolher 1.800 feirantes "que hoje estão espalhados pelas ruas do centro da cidade". Com relação à ocupação da guarda municipal para que os feirantes fossem expulsos, a prefeitura afirmou que uma proteção está sendo fixada para a segurança de transeuntes. "Para tal, iremos demolir um banheiro em desuso, que estava sendo utilizado como ponto de viciados em drogas", diz o secretário. Borges ainda afirma que a acusação é realizada para criar obstáculos para a obra. "Há políticos interessados, orientando mal essas pessoas e tentando criar factoides na imprensa", argumentou.

Histórico de Conteúdo