Usamos cookies para personalizar e melhorar sua experiência em nosso site e aprimorar a oferta de anúncios para você. Visite nossa Política de Cookies para saber mais. Ao clicar em "aceitar" você concorda com o uso que fazemos dos cookies

Feira: Prefeitura ainda não tem definição sobre futuro do Hospital de Campanha
Foto: Divulgação / Prefeitura de Feira de Santana

O destino do Hospital de Campanha da Covid-19 de Feira de Santana ainda não foi determinado. Na próxima sexta-feira (30), a unidade de saúde deve encerrar as atividades. O anúncio da desativação foi feito pela prefeitura na última sexta-feira (23). Segundo o Acorda Cidade, a gestão municipal informou que o funcionamento do local consumia cerca de R$ 3 milhões mensais.

 

A possibilidade de o local se transformar em mais uma unidade de saúde para a cidade ainda não foi estimada. Ao site, o prefeito Colbert Martins Filho disse que o maior obstáculo para continuar com a unidade de saúde é o custo. Enquanto funcionou, o Hospital de Campanha recebia verba federal via SUS [Sistema Único de Saúde].

 

Segundo o diretor do Hospital de Campanha, Francisco Mota, alguns equipamentos usados na unidade serão devolvidos à empresa contratada e outros entregues à secretaria de saúde do município. O hospital funcionou desde o dia 4 de junho do ano passado (lembre aqui).

Histórico de Conteúdo