Camaçari: Envolvidos no estupro de acusados de latrocínio são autuados em flagrante
O crime ocorreu na 18ª DT de Camaçari | Foto: Reprodução / Bahia No Ar

Após a repercussão do vídeo em que dois suspeitos de envolvimento no latrocínio do casal Juvenal Amaral Neto, de 57 anos, e Kelly Cristina Amaral, 44, são abusados sexualmente e obrigados a praticarem sexo oral entre si, o titular da 18ª Delegacia Territorial (DT/Camaçari), Leandro Acácio, afirma que quatro detentos envolvidos no estupro e na gravação da violência já foram identificados e autuados em flagrante. O registro do crime cometido dentro da carceragem da unidade policial começou a circular pelo WhatsApp nessa quinta-feira (11) (saiba mais aqui). Os quatro criminosos vão responder pelo crime de estupro e devem ser transferidos para o sistema prisional dentro dos próximos dias. De acordo com o delegado, um inquérito foi instaurado para apurar as circunstâncias em que o telefone chegou à delegacia. Já Daniel Neves Santos Filho e Carlos Alberto Neres Júnior serão encaminhados para outra unidade. Eles são acusados de invadir a casa do casal no município de Camaçari para tentar extorquir R$ 70 mil. Como não conseguiram o dinheiro, eles estupraram a mulher e assassinaram o casal. Os corpos dos dois foram encontrados enterrados no quintal da residência, na última terça (9) (saiba mais aqui).

Histórico de Conteúdo