Estilista brasileiro é finalista de prêmio de moda francês
Foto: Reprodução / Instagram

O estilista da Marca Nieth Nyer, Francisco Terra, está na lista de finalistas do Andam deste ano, divulgada nesta semana. A premiação é organizada pela Associação Nacional para o Desenvolvimento das Artes da Moda (Andam). De acordo com o site Universa, o prêmio seleciona 15 estilistas ou marcas como finalistas para concorrer em quatro categorias diferentes todos os anos (Grande Prêmio, Acessórios, Inovação e Marca Criativa). O estilista disputa a última categoria ao lado de Pierre Kaczmarek & Elena Mottola, da Afterhomework, Kevin Germanier, da Germanier e Ludovic de Saint Sernin.

 

 

Em entrevista à RFI após a divulgação da seleção, o estilista declarou que estava muito feliz com a notícia. "Me concentrei no prêmio desde o primeiro ano da marca, pois acredito na proposta do Andam. Me abrirá portas inimagináveis", destacou. Para ele, o acontecimento é uma comprovação de que as coisas estão caminhando como desejado. 

 

Francisco Terra é mineiro, formado na França e com passagem pelos estúdios de criação dos grandes nomes da moda parisiense, como Givenchy e Carven. O estilista fundo a sua marca há três anos e o nome dela foi em homenagem aos avós.

Sexta, 25 de Maio de 2018 - 20:00

Barbados vai ter primeira-ministra pela primeira vez 

Barbados vai ter primeira-ministra pela primeira vez 
Foto: Reprodução / Instagram

É a primeira vez na história que o país elege uma mulher para o cargo. A advogada Mia Mottley, 52, será a primeira mulher chefe de Governo de barbados após a vitória do partido Trabalhista (BLP) nas eleições. O líder do governante Partido Democrático do Partido Trabalhista (DLP), Freundel Stuart, reconheceu oficialmente a derrota nesta sexta-feira (25). Além disso, ele anunciou que está se aposentando da vida política.

 

De acordo com o site Universa, Mottley liderou as votações desde o início da apuração e seus seguidores lotaram as ruas da capital, Bridgetown, para celebrar a vitória. Nestas eleições, houve um recorde de candidatos, dentre eles 135 candidatos e sete partidos políticos.

Estudante vai à sua formatura após dar à luz nos Estados Unidos
Foto: Reprodução / Twitter

A estudante egípcia Zeinab Abdalla, 26, teve uma formatura com mais emoções do que esperava. Isso porque, em menos de 24 horas antes de pegar o diploma, ela estava no hospital, dando a luz à sua segunda filha. Em um vídeo publicado pela Universidade de St. Thomas, em Minnesota, nos Estados Unidos, ela aparece de beca e comemora: "Foi uma luta, mas não poderia perder esse momento", afirma.

 

Segundo o site Universa, o parto inesperado aconteceu antes das 20h, enquanto a cerimônia de formatura estava prevista para acontecer às 17h30 do dia seguinte. Ao receber o diploma, Zeinab falou sobre a filha recém nascida e surpreendeu seus colegas e professores com sua presença. A formanda concluiu o mestrado em estudos de desordens psicólogicas, com foco em autismo, na companhia da filha mais velha e de alguns familiares.

Sexta, 25 de Maio de 2018 - 14:00

Como preparar a pele para maquiagem no inverno

Como preparar a pele para maquiagem no inverno
Foto: Reprodução / Pinterest

A pele é uma das partes do corpo que mais sofre com a chegada das baixas temperaturas. No inverno, a principal queixa  é o ressecamento da pele provocado pelo vento e os banhos com água muito quente. Essa falta de hidratação acaba provocando um aspecto descamado até mesmo em peles mais oleosas, o que dificulta muito na hora de preparar o rosto para a maquiagem. 

 

De acordo com o maquiador e visagista Pablo Inisio, tem alguns truques para que as agressões do frio não atrapalhem o visual e a qualidade das makes “A primeira dica sem dúvida é manter a pele sempre muito bem hidratada. Buscar evitar o ressecamento com produtos específicos para a cútis, porque além de impedir o aspecto craquelado na hora da make, quanto mais hidratada a pele estiver mais tarde ela vai envelhecer, devido a elasticidade preservada pela oleosidade”. O especialista ainda lembra que é interessante usar uma base adequada ao clima do Inverno. “O ideal é procurar uma base mais cremosa com propriedades hidratantes que vão colaborar para deixar a pele mais saudável e bonita”, acrescenta.

 

Outra dica para uniformizar a pele e deixar a make impecável é lembrar de sempre higienizá-la antes de aplicar a maquiagem. “É importante lavar bem e tonificar a pele para eliminar todas as possíveis impurezas. Os três pilares higienizar, tonificar e hidratar vão garantir um aspecto homogêneo e agradável para a pele mesmo nos dias mais frios”, comenta Pablo Inisio. Quanto a finalização da pele, uma das maiores dúvidas no Inverno é sobre a utilização dos pós compactos, que podem gerar uma aparência ressecada para o rosto em climas mais gelados, mas o especialista garante que o truque está no produto certo. “As bases em pó são uma ótima opção pois não tem a consistência tão fragmentada quanto os pós comuns, além de possuir proteção solar e hidratação, o que ajuda a finalizar a pele e deixar a make linda e firme”, completa.

Sexta, 25 de Maio de 2018 - 11:00

Modelo plus size se revolta com aplicativo de fotos

Modelo plus size se revolta com aplicativo de fotos
Foto: Reprodução / Instagram

Conhecida pela militância contra a gordofobia no universo da moda, a modelo plus Tess Holliday denunciou em uma publicação no Instagram que teve fotos roubadas por um aplicativo que emagrecia o corpo de modelos gordas. "Um aplicativo que tem quase 50 mil downloads foi estúpido o suficiente para roubar fotos minhas e de outras duas mulheres e usá-las para esse absurdo".

 

 

An app that has nearly 50k downloads was dumb enough to steal photos of myself & two other plus size women & use them for this nonsense.???? I’m sharing this because I wanna address a few things. First of all, the fact that anyone thinks it’s ok to market this to ANYONE is appalling, but like, come on y’all ????????‍?? Secondly, why is @instagram not regulating the sponsored content like this? In a world of paid content, flat tummy teas, appetite suppressing lollipops (so many ????) its important for me to tell y’all that I have & will never partner with a brand or do paid content unless I genuinely use it or would recommend it to my best friend. I’ve been offered crazy amounts of money to sell y’all all kinds of things like teeth whitening (that doesn’t work), weight loss products (that are dangerous), etc., but that’s me- to each their own ????????‍?? Lastly never let anyone make you feel like you need to alter your appearance or who you are. You are enough. You are worthy of love in your current body, whatever that body looks like. As for this bogus app, my lawyers will be sliding in your DM’s boo?????#effyourbeautystandards

Uma publicação compartilhada por T E S S ???? (@tessholliday) em

Segundo o site Universa, a modelo ainda contou que o uso indevido das fotos é um dos problemas e criticou o Instagram por permitir esse tipo de conteúdo. "Nunca deixe ninguém fazer você sentir que precisa alterar sua aparência ou quem você é. Você é o suficiente Você é digno de amor em seu corpo atual, seja qual for", concluiu a modelo na publicação.

Sexta, 25 de Maio de 2018 - 08:05

Quando algo é barato demais, sai caro para alguém

por Estella Marques

 Quando algo é barato demais, sai caro para alguém
Foto: Divulgação

No ano passado, consegui um freela de comunicação na edição baiana da semana Fashion Revolution. Durante o mês de abril, ativistas engajados no movimento por uma moda mais sustentável, consciente e justa se reúnem em memória ao desabamento do edifício Rana Plaza, em Bangladesh, segundo maior exportador de vestuário do mundo. No local funcionava um complexo de fábricas têxteis, sem qualquer condição digna para aquelas pessoas trabalharem - isso considerando estrutura física, carga horária e salário. No último dia 10, voltei a ser provocada por algo que aquela experiência de 2017 me proporcionou.

 

Foi a advogada Taiana Dantas, uma das sócias do E-commerce Alend, quem me lembrou de um dos aprendizados mais importantes dessa minha curta experiência com moda. "(...) Mas quando você vê algo barato demais, está saindo caro pra alguém", observou, quando me dizia por que sua grife de roupas sustentáveis tinha preços mais caros, embora abaixo da média do mercado.

 

E é exatamente isso. São peças autônomas que juntas montam o quebra-cabeça da moda desenfreada e prejudicial ao meio ambiente. Começa pela blusinha barata, de tecido com pouca qualidade, que a gente não resiste em comprar. Às vezes não precisamos daquela peça, às vezes a peça é datada e suas peculiaridades entregam que logo ela deixará de ser o modismo da vez. Certamente estimulamos um mercado de peças baratinhas que, por trás daquela vitrine, é injusto com sua mão de obra e irresponsável com o meio ambiente. A indústria têxtil é a segunda que mais polui no mundo, para além do consumo de água exagerado que é demandado pelo setor.

 

Quando algo é barato demais, de fato aquilo sai caro para alguém. De acordo com uma reportagem da Revista Galileu, as 1.133 pessoas que morreram no Rana Plaza recebiam salário mensal de R$ 360,00 e tinham que trabalhar pelo menos 10 horas durante seis dias da semana. Antes de o edifício desabar, os funcionários relataram o surgimento de rachaduras nas paredes. Comprar itens em lojas de departamento para onde as pessoas do Rana Plaza trabalhavam, pode ser bacana para o nosso bolso. Mas existem pessoas em condições piores do que as nossas para pagar essa conta.

 

Não estou aqui dizendo que nunca comprei ou jamais comprarei blusas baratas em lojas fast fashion. Seria hipocrisia demais, inclusive porque são essas peças que correspondem à minha realidade financeira. Mas estou aqui para recomendar o seguinte: pense. Avalie se vale à pena abarrotar o armário de roupas que você não vai usar com frequência; observe o local onde você está comprando suas roupas e questione as condições de produção daquelas peças. Existe um aplicativo chamado Moda Livre, que reúne grandes marcas de vestuário do mundo e classifica o grau de transparência de cada uma delas, conforme divulgação de dados referentes ao combate ao trabalho escravo. Busque informação.

 

A realidade coletiva só muda quando mudamos primeiro. Em tempo onde se prega a preocupação com o outro, comprar de maneira consciente também é um ato de empatia. Pense nisso.

 

Estela Marques é jornalista, mestranda do PósCom/Ufba e escritora no blog Moça Criada. Acompanhe suas publicações em: www.mocacriada.com.br, no Instagram @Mocacriada e no Twitter @marquestela.

Quinta, 24 de Maio de 2018 - 20:00

Cineasta Harvey Weinstein pode se entregar à polícia

Cineasta Harvey Weinstein pode se entregar à polícia
Foto: Reprodução / Instagram

Após ser denunciado por mais de 60 mulheres, Harvey Weinstein deve se entregar à polícia nesta sexta-feira (25), de acordo com o The New York Times. A decisão do produtor de cinema foi veiculada depois de ter sido acusado formalmente pela Justiça norte-americana referente aos casos de abuso sexual. 

 

O escândalo surgiu no final de 2017 e motivou a criação do #MeToo. O movimento levou atrizes, cineastas, produtoras e outras profissionais da área relatarem à imprensa que foram assediadas pelo cineasta.

 

Após as denúncias, o produtor foi demitido da própria empresa e expulso das academias que participava, como o Oscar e o BAFTA. Dentre as 60 vítimas que denunciaram, estão as atrizes Angelina Jolie, Gwyneth Paltrow, Cara Delevigne, Lea Seydoux e Alice Evans.

Quinta, 24 de Maio de 2018 - 17:00

Frida Kahlo ganha exposição virtual em plataforma do Google

por Estadão Conteúdo

Frida Kahlo ganha exposição virtual em plataforma do Google
Foto: Reprodução / Pinterest

A pintora mexicana Frida Kahlo é tema de uma exposição gigantesca, que reúne mais de 800 peças, entre obras, imagens, cartas e retratos. A mostra, porém, não é em algum museu ou galeria, e sim na plataforma digital "Google Arts & Culture", voltada para o mundo das artes.

Ao todo, o Google contou com mais de 30 parceiros para montar a exposição, que conta com obras de arte e peças raras da pintora mexicana. Entre as obras de coleções particulares, que raramente vão à público, está "View of New York", em que Kahlo desenhou o que via pela janela do Barbizon Plaza Hotel, em 1932.

Dentro da mostra, é possível visitar cinco lugares virtualmente por meio da ferramenta "Street View", além de ver 20 obras com tecnologia de super alta definição, que permite enxergar detalhes que passariam despercebidos a olho nu. Um exemplo é a obra "Autorretrato" dedicada a Leon Trotsky, em que é possível ver uma carta de Frida escondida na obra.


Para a exposição, a artista Alexa Meade, a cantora Ely Guerra e a fotógrafa Cristina Kahlo, sobrinha-neta da pintora, desenvolveram uma seção chamada "Frida e Eu", que mostra a importância da artista nas artes mexicanas, como música e fotografia, até os dias de hoje.

A mostra virtual está disponível no site do Google Arts & Culture.

Jada Pinkett Smith revela que usa turbantes devido a doença
Foto: Reprodução / Getty Images

A atriz é uma das 7 milhões de pessoas que sofrem de alopecia no mundo. A artista falou sobre a doença quando foi questionada sobre o uso frequente de lenços e turbantes na cabeça durante o seu programa "Red Table Talk". Segundo o site Universa, ao falar das condiçoes, Jade revelou que a sua maior insegurança é um problema comum. "Foi aterrorizante no começo. Eu estava no banho e via todos aqueles fios de cabelo nas minhas mãos. Eu tremia de medo", relatou. Ela foi diagnosticada com alopecia areata, que é uma doença autoimune que provoca a queda capilar.

Foto: Reprodução / Instagram

 

Para a atriz, a influência na autoestima foi imediata. "Cuidar do meu cabelo era meu ritual de Beleza". No entanto, os acessórios para a cabeça fizeram a encarar o problema de outra forma. "Quando meu cabelo está com turbante, me sinto uma rainha", afirma.

Quinta, 24 de Maio de 2018 - 09:50

Ariana Grande responde a fã que a criticou por terminar com Mac Miller

por Estadão Conteúdo

Ariana Grande responde a fã que a criticou por terminar com Mac Miller
Foto: Reprodução / Instagram

No início deste mês, veio à tona a notícia de que Ariana Grande e Mac Miller terminaram o namoro, o que deixou alguns fãs do casal chateados. Um exemplo foi um usuário do Twitter, que disse ter ficado decepcionado com a cantora por terminar com alguém que fez um álbum totalmente dedicado à ela, e ainda insinuou que ela estaria com outro. "Saber que Ariana Grande o largou por outro cara depois que ele abriu seu coração em um álbum de dez músicas para ela chamado The Divine Feminine de 2016 é a coisa mais triste que aconteceu em Hollywood", tuitou ele. 

 

Para sua surpresa, a cantora viu a mensagem e fez questão de responder, com um grande sermão sobre mulheres que se mantém em relacionamentos ruins por medo do que os outros vão pensar. "É absurdo você minimizar o próprio respeito e valor feminino ao dizer que alguém deveria ficar em um relacionamento tóxico porque ele escreveu um álbum sobre ela, o que não é o caso, inclusive (apenas Cinderella é sobre mim). Eu não sou uma babá ou uma mãe e nenhuma mulher deveria sentir como se tivesse que ser", disse Ariana na nota. "Eu sempre me preocupei com ele e tentei apoiar sua sobriedade e orei para que ele ficasse melhor por anos (e sempre irei, é claro), mas envergonhar/culpar uma mulher pela incapacidade de um homem de lidar com suas questões é um problema muito maior. Vamos, por favor, parar de fazer isso. É claro que eu não compartilhei o quão difícil e assustador foi enquanto estava acontecendo, mas foi. Eu vou continuar a orar, do fundo do meu coração, que ele resolva tudo e que qualquer outra mulher nesta posição faça o mesmo", concluiu a cantora. Posteriormente, o usuário que publicou o tuíte pediu desculpas para a cantora. "Minhas sinceras desculpas, Ariana", ao que ela respondeu: "Obrigada por me ouvir, eu aprecio muito sua resposta. Eu te envio amor".

Quinta, 24 de Maio de 2018 - 08:05

Celulite: maior incidência é nas mulheres!

Celulite: maior incidência é nas mulheres!
Foto: Divulgação

Sim mulheres tem mais celulite que homens. Segundo o site Vix, estima-se que entre 85% e 98% das mulheres tenham celulite, enquanto no universo masculino acredita-se que a estimativa seja de 30%.

 

"Mas por que tamanha injustiça?" pensam a maioria das mulheres! Não se sabe ao certo, mas é uma questão ligada principalmente a fatores hormonais . Mas a outras causas:  "Os septos fibrosos têm diferenças anatômicas, que são estruturais, entre homens e mulheres", resume a médica dermatologista Mariana Marteleto.

 

Algumas mulheres demonstram até ter mais tendência que outras, é verdade, mas tudo pode ser amenizado com uma alimentação saudável, prática de esportes e cuidados com a pele. Se os famosos furinhos te incomodam, o melhor é procurar um dermatologista para avaliar o grau da celulite e indicar que tratamentos são mais eficazes. 

Comissão do Senado amplia medidas protetivas na Lei Maria da Penha
Foto: Reprodução / Agência Brasil

A comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado aprovou nesta quarta-feira (23), medidas que aumentam as possibilidades de aplicação das medidas protetivas na Lei Maria da Penha. Se houver a aprovação na Câmara, delegados de polícia poderão assinar a medida, que atualmente só pode ser autorizada pela Justiça. Segundo o relatório do senador Humberto Costa (PT-PE), a medida prevista na lei para manter os agressores afastados das vítimas de violência doméstica poderá ser realizada na denúncia, sem necessidade da abertura de um inquérito e exame de corpo de delito. Em novembro do ano passado, a mesma mudança foi vetada pelo presidente Michel Temer. Ele argumentou que o trecho era inconstitucional ao buscar estabelecer uma "competência não prevista para as polícias civis". Se não houver nenhum pedido de reavaliação no senado, a medida segue para aprovação na Câmara.

Amamentação é menor em países mais ricos, aponta pesquisa da Unicef
Foto: Reprodução / Pinterest

Mesmo com toda informação relacionada a relevância do aleitamento materno, muitos países apresentam uma taxa pequena referente a quantidade de bebês que são amamentados. De acordo com uma pesquisa realizada pela Unicef, o maior problema está entre os países mais ricos.

 

O resultado foi obtido através dos dados de 123 países. Os números mostraram que quanto maior a renda, menos crianças são amamentadas. Enquanto, em localidades de renda baixa ou média, apenas 4% das crianças nunca foram amamentadas contra 21% de nações mais ricas que enfretam o mesmo problema.

 

Os únicos países que tiveram taxas proporcionais foram: Uruguai, Oman e Suécia. Nos EUA, 74%  raramente são amamentados e na Irlanda, o índice é de 55%.

 

A Organização Mundial de Saúde e a própria Unicef recomendam que o aleitamento pode acontecer até os dois anos de idade do bebê. Ainda segundo o estudo, entre as famílias mais pobres, 64% das crianças chegam a esse idade com essa preocupação. Já entre as mais ricas, somente 41% seguem a recomendação.

Fantasiada de Faustão em encontro familiar, senhora fica famosa na internet
Foto: Reprodução / Twitter

Se você ainda não conhece a Meyre, saiba que ela ficou muito popular após internautas se encantarem pela sua fantasia de Faustão. Tudo começou quando a neta de uma amiga postou uma foto dela no Twitter.

"Na festa à fantasia da minha tia, a melhor amiga da minha avó tava de Faustão e foi disparado a melhor fantasia da festa", postou a jovem.

 


O que era para ser um simples comentário sobre uma festa familiar, acabou por alçar Meyre à condição de mais nova sensação da internet. Sua foto havia sido curtida mais de 75 mil vezes até o início da note desta terça-feira (22).

A jovem ainda disse, em seu Twitter, que a senhora ainda não sabe do sucesso que fez: "Nem imagina que tá famosa na internet", postou a garota.

Quarta, 23 de Maio de 2018 - 11:00

Como usar óleos essenciais na rotina de beleza

Como usar óleos essenciais na rotina de beleza
Foto: Reprodução / Pinterest

Já foi comprovado que os óleos tem inúmeras funções benéficas para a beleza e tratamento da pele e cabelos. São muitas opções, mas ultimamente, os óleos essenciais tem tido uma grande repercursão entre os cosméticos. Segundo o site da revista Cosmopolitan, esses óleos são os extratos puros das plantas, ou seja, uma fórmula mais concentrada que cada planta possui.

 

Para os especialistas, antes de tudo, o ideal é que se faça um teste de alergia para evitar complicações ao usá-los. Os óleos essenciais são responsáveis por trazer a cura para a pele, pois tem efeito de cicatrização e hidratação devido ao poder de penetração na epiderme que é muito alto. Para serem aplicados na pele, podem ser diluídos em outros óleos vegetais ou cremes de base neutra. Os óleos atuam no rejuvenescimento da pele, controle da oleosidade ou hidratação da pele e cabelos.

Os óleos essenciais mais usados são o de lavanda, melaleuca e de rosas. Conheça algumas das propriedades deles:

 

Lavanda

É um dos mais conhecidos e usados na estética e tem o poder de regenerar a pele. Pode ser usado em peles com acne, rugas, queimaduras e feridas.

Melaleuca

Tem propriedades bactericida, fungicida cicatrizante e revigorante. É indicado para problemas de pele causados por fungos, acne, psoríase e manchas de pele.

Rosas

O óleo de rosas é um aliado para a nossa estética e beleza. Pode ser usado para tratar o ressecamento e encelcimento precoce da pele.

Alecrim

Além de ser usado na pele para reduzir inchaços e tratar dermatite, o alecrim reduz a caspa e melhora o couro cabeludo. Pode ser aplicado diretamente sobre a raiz  do cabelo ou diluído no shampoo e condicionador.

Quarta, 23 de Maio de 2018 - 08:05

Conheça a Suíte Master da Casacor São Paulo

por Iga Bastianelli

Conheça a Suíte Master da Casacor São Paulo
Foto: Divulgação

De 22 de maio até 29 de julho, o Jockey Club recebe a 32ª edição da CASACOR São Paulo. Sob o tema "Casa Viva", a maior e mais importante mostra de arquitetura, decoração, design e paisagismo do Brasil, apresenta ao público 70 espaços assinados pelos principais profissionais do segmento.

 

Entre os ambientes destaque para a Suíte Master, ambiente de 55m² projetado pelo arquiteto Marlon Gama, que evidencia o requinte e o conforto com a utilização de peças da marca Natuzzi Editions. Seguindo a proposta de um ambiente aconchegante e ao mesmo tempo clean e minimalista, o profissional fugiu da impessoalidade. Assim, o espaço integrado entre estar, descanso e closet, contou com a disposição dos móveis de forma versátil.

A praticidade do dia a dia resume o layout dinâmico do ambiente, que permitiu a mistura de estilos, formas, texturas e materiais, que estão em evidência no mobiliário.

 

Integrar a área de serviço à cozinha torna o espaço mais funcional
Foto: Divulgação

Em apartamentos pequenos é comum termos a área de serviço interligada à cozinha. Para que os ambientes não se confundam e tenham suas independências funcionais é preciso um projeto arquitetônico bem planejado, que traga praticidade e organização para cada devido espaço.

 

De acordo com a designer de interiores Flaviane Pereira e a arquiteta Márcia Coimbra, proprietárias do escritório Ágille Arquitetura, algumas soluções são imprescindíveis para ajudar na otimização do espaço e personalização de cada ambiente. “Com um bom planejamento é possível encontrar soluções para montar e equipar os ambientes com armários bem projetados e que atendam às necessidades dos moradores. Isso permite que todos os cantinhos tenham o melhor aproveitamento possível, como a utilização de utensílios aramados, divisores ou móveis auxiliares que deixam o espaço funcional e trazem ao mesmo tempo organização e praticidade ao dia a dia. Uma bancada retrátil, nichos suspensos, móveis com rodízios, são alguns recursos utilizados em espaços compactos. Assim como armários aéreos, lavanderias e móveis embutidos, instalações de grades para pendurar acessórios ou prateleiras para guardar panelas, caixas organizadoras e varal. Itens que fazem toda a diferença na hora de otimizar os espaços”, indicam.

 

Para as profissionais, as paredes também precisam ter o seu destaque nessa organização, como uma horta vertical ou um porta-temperos, na cozinha. Já a área de serviço, quanto mais funcional e organizada, com certeza trará aos usuários uma sensação de fluidez e harmonia na hora das tarefas cotidianas.

 

Atualmente, a maioria das cozinhas é projetada pelas construtoras no estilo corredor e, assim, sua única fonte de iluminação natural é proveniente da área de serviço. Porém, apesar disso, é necessário que os ambientes se mantenham separados e, segundo as profissionais, uma ótima dica é optar por portas de correr de vidro incolor. “Elas ocupam pouco espaço e têm a função de bloquear odores da cozinha, sem perder nada de luminosidade da janela da área de serviço. Além de dar continuidade ao espaço sem bloqueio visual, o uso de adesivos também é permitido e, também, o vidro jateado, pra quem não quer ter visibilidade ou ocultar roupas e demais itens na área de serviço sem perder a luminosidade do espaço”.

 

Outra dica de Flaviane e Márcia são as divisórias com cobogós, elementos vazados e coloridos que ocupam pouco espaço e dão um ar de descontração aos dois ambientes, dividindo-os, sem confinar ou diminuir o espaço. Elas ressaltam que o primordial é dar funcionalidade aos ambientes, sem que haja interferência entre eles, porém com harmonia.

 

“O destaque de um planejamento para estes dois ambientes é que ele traga praticidade, que seja funcional ao projeto proposto e que, também, proporcione leveza ao espaço”, reiteram.
 

Bolsa de Nova York terá mulher na presidência pela primeira vez
Foto: Reprodução

Após 226 anos, a Bolsa de Nova York, a Nyse, vai ter a presidência ocupada por uma mulher pela primeira vez na história. Stacey Cunningham, 43, vai substituir Thomas Farley no comando do grupo. Essa mudança faz com que duas das três bolsas mais importantes dos Estados Unidos sejam dirigidas por mulheres. Já que Adena Friedman ocupa um cargo de liderança na Nasdaq desde o ano passado. A nova presidente trabalhava na instituição em 1994,  como diretora de operações.  Segundo o site O Globo, quando Stacey trabalhou na Nyse na década de 90, ela era uma das 40 mulheres em meio aos 1.300 homens que tinham cargos na Bolsa.

Terça, 22 de Maio de 2018 - 13:00

Luiza Brunet relembra episódio de agressão do ex e fala sobre importância de denunciar

por Estadão Conteúdo

Luiza Brunet relembra episódio de agressão do ex e fala sobre importância de denunciar
Foto: Reprodução / OTVFoco

A ex-modelo Luiza Brunet lembrou das agressões que sofreu de seu ex Lírio Parisotto e falou sobre as formas para combater este tipo de problema no País. "Quando eu fui agredida, é complicado você fazer a denúncia de uma pessoa que você gosta e viveu durante quase cinco anos. Mas não queria fazer parte da estatística. Era um assunto que eu já estava super a par... Minha mãe era agredida quando era casada com meu pai, quando jovem, mas naquela época não se falava em violência doméstica. A mulher era 'propriedade' do homem e ele fazia o que quisesse", contou em entrevista ao canal de Leda Nagle no YouTube. Luiza acredita que há uma falta de união entre as mulheres, que acaba sendo prejudicial para causas importantes em sua visão: "Acho que é uma coisa educacional. As mulheres são machistas, elas não se fortalecem entre elas. Existe uma grande quantidade de mulheres que poderiam mudar esse quadro de violência contra a mulher. Se todas se unissem e fizessem uma campanha chancelando essas mulheres agredidas, para se sentirem seguras, seria muito melhor e mais fácil para a gente coibir esse tipo de violência contra a mulher. Mas elas não são assim. Pelo contrário, tiram sarro das mulheres, acham que são mentirosas, estão querendo tirar proveito, não existe uma harmonia entre as mulheres, como existe com os homens", criticou. Por fim, deixou um conselho às pessoas que passam por uma situação de agressão ou abuso: "Qualquer tipo de assédio você tem que falar, tem que expor. Tem que fazer a denúncia, mesmo que demore um, dois anos, não importa, tem que fazer. E parar com isso de esconder".

 

Engenharia é uma profissão masculina para 90% das meninas, segundo Unesco
Foto: Reprodução / Pinterest

A maioria das meninas entre 6 e 10 anos de idade acreditam que profissões como engenharia e outras ligadas a números e tecnologias não são profissões femininas. Esse foi o resultado  de uma pesquisa realizada pela Unesco em São Paulo, México e Buenos Aires.

 

Das 180 crianças entrevistadas, 90% concordaram que engenharia é uma profissão para homens. Além disso, a Cadeira Regional UNESCO Mulher, Ciência e Tecnologia na América Latina chegou  a outros dados alarmantes ao entrevistar 1500 pais, mães e professores.

 

De acordo com o site Universa, o resultado mostrou que 50% dos pais acreditam que o pouco interesse das filhas em matérias como ciência e informática se deve somente ao "gosto pessoal". Enquanto, apenas 33% deles reconheceram que as meninas não são estimuladas a participarem das disciplinas.

RBN Digital completa um ano com mais de 1,5 milhão de ouvintes

A RBN Digital completa nesta terça-feira (22) um ano de pleno funcionamento, levando música e informação de qualidade por meio do aplicativo para Android e IOS ou pela página www.rbndigital.com. No período, foram mais de 1,5 milhão de ouvintes que acessaram o serviço, uma plataforma gratuita que tem o Bahia Notícias como base para os boletins de notícias a cada uma hora de programação. Para o diretor-executivo do portal, Ricardo Luzbel, o retorno do investimento na RBN Digital pode ser observado com o número de pessoas impactadas pela rádio, que já foi acessada em mais de 80 países e em mais de 1.300 cidades ao redor do mundo. “A RBN Digital é um dos braços do nosso investimento em melhorar a qualidade da informação disponível para os nossos leitores, que também contam com a melhor programação musical da internet”, revelou Luzbel. A programação da RBN Digital, coordenada pelo DJ Wilson, traz ainda o comentário político do editor-chefe do Bahia Notícias, Fernando Duarte, e uma programação inteiramente para entreter os ouvintes com qualidade. O aplicativo da RBN está disponível para Android e IOS e mais de 4 mil usuários já possuem o app em smartphones.

Já conhece ou experimentou algum espaço de 'Coworking'?
Foto: Freepik

O aluguel de uma sala de escritório pode ser muito caro, ficar trabalhando em casa pode ser solitário e difícil, por que então não participar de um escritório compartilhado? Sim, isso existe e se chama coworking.

 

Segundo pesquisas do site Desk Coworking, assim como o home office, o coworking nasceu nos Estados Unidos, mais ou menos em 2005, pela cabeça de Bred Neuberg. Melhorar a produtividade, o desempenho, ter uma primeira impressão legal, sem ter custos altos (bom para quem tá começando): nisso que se resume esses escritórios colaborativos.

 

Em Salvador, numa busca rápida, é possível achar vários anúncios de espaços do tipo, em vários bairros, inclusive salas nos grandes shoppings da capital baiana. Pode ser uma boa oportunidade para trabalhar com pessoas diferentes do seu universo e economizar bastante com o aluguel.

 

O investimento para montar seu espaço é apenas seu material pessoal como notebook e tablete, o resto todo é por conta da administração do coworking.

 

A flexibilidade também é outro atrativo, segundo o site Locus BC. Num aluguel os dias de pagamento são mensais e rígidos, nesse estilo de escritório são diversas as opções de planos diários, mensais, semestrais, etc. Outro ponto favorável é a possibilidade de aumentar a rede de contatos e relacionamento.

Segunda, 21 de Maio de 2018 - 21:40

TSE discute nesta terça-feira cota do fundo eleitoral destinada a mulheres

por Rafael Moraes Moura e Amanda Pupo | Estadão Conteúdo

TSE discute nesta terça-feira cota do fundo eleitoral destinada a mulheres
Foto: Roberto Jayme/ Ascom /TSE

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deverá analisar na noite desta terça-feira (22) uma consulta formulada por um grupo de deputadas e senadoras que querem a fixação de um patamar mínimo de 30% do bilionário Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) para candidaturas femininas. Em parecer enviado ao TSE, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, se manifestou favorável ao pedido das parlamentares e considerou a consulta "tão legítima quanto necessária". Segundo a reportagem apurou, Raquel deverá participar da sessão da Corte Eleitoral, onde o MP é representado pelo vice-procurador-geral eleitoral, Humberto Jacques. "Quando há financiamento público (...) indutor de política pública de igualdade de gênero na vida partidária e nas campanhas eleitorais, o Estado brasileiro patrocina, dessa forma, o aperfeiçoamento do regime democrático e a proteção dos direitos fundamentais da pessoa humana", escreveu Raquel Dodge. No dia 15 de março, o STF determinou que pelo menos 30% do total de recursos do Fundo Partidário destinado a campanhas eleitorais devem ser destinados às candidaturas femininas, considerando que a legislação eleitoral prevê que os partidos têm de reservar 30% das vagas em eleições para mulheres. Tanto o fundo partidário quanto o fundo eleitoral são abastecidos com verbas públicas. O primeiro é destinado à manutenção das siglas e pode ser usado nas eleições, enquanto o segundo é exclusivo para as campanhas. Depois do julgamento no STF, um grupo liderado pelas senadoras Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) e Lídice da Mata (PSB-BA) apresentou uma consulta no TSE sobre a distribuição de recursos do fundo eleitoral, que será implantado pela primeira vez neste ano. As parlamentares questionam se o patamar legal mínimo de 30% para candidaturas femininas também deve ser aplicado para a distribuição de recursos do FEFC e do tempo na propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. "Sendo ambos fundos públicos para custeio de campanhas eleitorais, um complementar ao outro, impossível que o princípio constitucional da igualdade não se irradie sobre ambos da mesma forma", avaliou Raquel Dodge. Para Raquel Dodge, os recursos públicos do Fundo Eleitoral para as campanhas devem ser divididos entre o conjunto de candidatas e candidatos na mesma proporção do número de candidatos homens e mulheres. A procuradora-geral da República também é favorável à fixação da reserva de um mínimo de 30% do tempo no horário eleitoral para candidaturas femininas. A relatora da consulta é a ministra Rosa Weber, que assumirá o comando do tribunal durante as eleições. "O tema é importante porque as mulheres são importantes", disse Rosa à reportagem. Já o parecer da área técnica do TSE obtido pela reportagem recomenda que o TSE não decida sobre o tema. Sem entrar no mérito da questão, o parecer alega que a consulta apresentada por um grupo de deputadas e senadoras não é a via processual adequada para tratar do assunto, pois pretende transferir um entendimento firmado no STF em torno do Fundo Partidário para o FEFC na arena eleitoral. Conforme o documento, o TSE "não pode atuar em substituição ao STF". A manifestação da área técnica do TSE é de caráter consultivo, e não vinculativo - ou seja, o documento é levado em consideração pelos ministros, mas o plenário pode firmar um entendimento em sentido contrário. 

Nutrição saudável pode contribuir para aumentar as chances de gravidez
Foto: Reprodução / Getty Images

Não é preciso ser nenhum especialista para saber que os alimentos que consumimos influenciam na nossa qualidade de vida. Uma dieta equilibrada pode melhorar o sistema imunológico, dar mais energia e até evitar problemas para engravidar, de acordo com uma pesquisa publicada na revista científica Human Reproduction. 

 

Para esse estudo foram entrevistadas cerca de 6 mil mães da Austrália, Nova Zelândia, Reino Unido e Irlanda. 
Segundo o site da revista Boa Forma, o proncipal questionamento foi o que as mulheres comiam antes de se tornarem mães, as que consumiam muito fast food na semana demoraram até um mês a mais para engravidar.
Isso se deve, conforme a explicação de especialistas, consumir alimentos industrializados com maior frequência aumenta a taxa de insulina no sangue , o que pode descontrolar os níveis hormonais e  atrasar a ovulação.   

Os especialistas em nutrição e ginecologia acreditam que uma dieta rica em leguminosas e folhas verdes-escuras podem aumentar a fertilidade. Esses alimentos são ricos em nutrientes e podem trazer dentre outros  benefícios a saúde da mulher.

Segunda, 21 de Maio de 2018 - 17:00

Gina Haspel toma posse como nova diretora da CIA

por Nicholas Shores | Estadão Conteúdo

Gina Haspel toma posse como nova diretora da CIA
Gina é a primeira mulher a ocupar o cargo | Foto: Reprodução / Instagram

A nova diretora da Agência Central de Inteligência (CIA, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, Gina Haspel, tomou posse nesta segunda-feira (21), em uma cerimônia com a presença do presidente americano, Donald Trump, na sede da organização, em Langley, no Estado da Virgínia.

Em discurso antes do juramento de posse, Trump lembrou que a oposição democrata tentou barrar a confirmação pelo Senado da indicação de Gina para o cargo. "Mas, "depois do seu depoimento, eles não tinham mais qualquer chance" de fazê-lo, ressaltou o presidente.

A nomeação de Gina foi alvo de polêmicas porque ela foi chefe de base de um centro de detenção secreto na Tailândia, onde suspeitos de terrorismo foram afogados. Também houve dúvidas sobre como ela preparou um telegrama que seu chefe usou para ordenar a destruição de vídeos das sessões de interrogatórios realizados no local.

A recém-empossada número 1 da comunidade de inteligência dos EUA destacou em seu pronunciamento a necessidade de a CIA aprofundar os conhecimentos de seus agentes em línguas estrangeiras e direcionar mais recursos ao exterior, citando "a ameaça do terrorismo" e a essência "internacional" da agência.

Gina também disse estar orgulhosa por ser a primeira mulher a assumir esse cargo e enfatizou que isso só foi possível com base em anos de trabalho "sem reconhecimento" de várias outras agentes femininas em cargos "de alto e de baixo escalão". (Com informações da Associated Press)

Segunda, 21 de Maio de 2018 - 14:00

Casa mais iluminada é tendência de decoração

Casa mais iluminada é tendência de decoração
Foto: Divulgação

Como o pé direito das residências está cada vez mais baixo, os profissionais do décor estão optando por substituir o gesso e a iluminação central por abajures e luzes nas paredes. Normalmente, o projeto luminotécnico de um ambiente é feita por lâmpadas de luz difusa, capazes de iluminar o ambiente como um todo e luzes pontuais com lâmpadas de efeito, sendo responsável pela sensação de aconchego e pela valorização de pequenos detalhes na decoração.

 

Porém, de acordo com a arquiteta Carmen Calixto, para ambientes onde se tenha alguma restrição ao rebaixo do forro, a distribuição de luz no teto pode ser um pouco mais complexa o que faz com que mudemos a forma tradicional de pensar a iluminação nos espaços.

 

“Existe outras formas de se conseguir uma iluminação eficiente e aconchegante na ausência de forro de gesso. As luminárias de parede, de mesa ou de piso entram em cena possibilitando os efeitos luminotécnicos mais variados, sem redução do pé direito e sem necessidade de execução de forro”, explica.

 

Segundo a designer de ambientes Laura Santos, o uso de arandelas nas paredes também ajuda a dar ao ambiente mais luminosidade, além de proporcionar mais beleza e elegância ao recinto. “Quando você quer iluminar o ambiente, tendo uma luz mais forte e eficiente, a ideia das arandelas é uma boa opção, pois você consegue iluminar bem e trazer claridade para o ambiente como um todo, mas também propiciam uma iluminação mais cênica, criando personalidade e estilo para o espaço”, conta.


Laura Santos ressalta ainda que é fundamental saber aproveitar a iluminação de maneira que ele tire atenção do teto baixo e foque em elementos mais interessantes da decoração: “Isso dá mais charme ao ambiente e não deixa o projeto muito morno. Com estes artifícios de iluminação na parede e abajures, a gente consegue resolver bem esta questão do pé direito”, afirma.

A iluminação de parede também valoriza muito o revestimento e, quando é inserida em superfícies que tenham algum tratamento especial, a luz gera um efeito decorativo ainda mais bonito, como indica Carmen Calixto: “Algumas opções interessantes são: papéis de parede, revestimentos cerâmicos, tintas especiais, cimento queimado ou mosaicos de madeira e pedra. O efeito de luz e sombra provocado pela luminária tende a valorizar a superfície”, finaliza.

Quase 60% das mulheres não namorariam um fumante, segundo pesquisa
Foto: Reprodução / Instagram

A maioria das mulheres não sentem atração por homens que fumam, de acordo com uma pesquisa realizada por uma empresa de suplementação de Oxigênio. O estudo investigou as preferências de 1.006 pessoas solteiras entre 18 e 76 anos.

 

Segundo o site Universa, o resultado mostrou que 70% das participantes afirmaram que sentem repulsa por fumantes e 56% disseram que não namorariam alguém que fuma. Isso porque, para eles, pessoas que fumam podem ter mau hálito, gosto ruim ao beijar e dentes amarelados.

 

Já os homens entrevistados, 46% não namorariam alguém que fuma e 65% acham o fumo pouco atraente. A maioria dos entrevistados eram não-fumantes, só 24,3% eram fumantes e 18,7% adeptos do cigarro eletrônico.

Segunda, 21 de Maio de 2018 - 08:05

Vamos botar uma bota?

Vamos botar uma bota?
Foto: Pinterest

Chegou o período de clima mais ameno em Salvador, um pouco mais de vento e chuva e entra em cena no look casacos, lenços e botas, porém, o último item a depender do modelo vai bem em vários momentos do ano.

O blog Chata de Galocha fala sobre usar botas a todo momento, quando for um dia mais quente, uma botinha com short, saia ou vestido curto por exemplo, ou até mesmo uma de cano alto com uma calça jeans.

As botas podem dar efeito de alongar ou de achatar ... ou até mesmo cortar a silhueta como resultado final do look, tudo depende de como é usada, o modelo e até as cores influenciam. Para alongar procure sempre manter as cores iguais na parte inferior, calça preta, bota preta, como cita Glória Kalil, em seu blog Chic. Em relação ao salto é importante saber que quanto mais alto mais social deve focar o look.

O portal Vix conta que quando a questão é o tamanho do cano da bota a roupa varia. Cano alto/montaria, boa para mulheres com pernas longas e finas. Vai bem com vestidos e calças justas, quando se tratar de calça jeans, a roupa deve ficar para dentro do calçado. Cano curto fica legal com leggins, saias e vestidos também, quando for uma baixinha a usar é bom fazer um look monocromático.

Domingo, 20 de Maio de 2018 - 14:00

Mulheres mostram seus corpos pós-parto em Instagram

Mulheres mostram seus corpos pós-parto em Instagram
Foto: Reprodução / Instagram

A gestação é um momento delicado para as mulheres. Além das mudanças da rotina, muitas delas ainda sofrem imposições e cobranças relacionadas ao corpo. Para elevar a auto-estima dessas mulheres,uma norte-america criou o Instagram Take Back Post Partum. O intuito do perfil é compartilhar fotos de mulheres reais que mostram os impactos da gravidez sobre seus corpos, como estrias e flacidez. A ideia é demonstrar que todas essas características são naturais.

 

As imagens mostram bebês recém-nascidos e barrigas flácidas, ao lado de mães sorridentes, que compartilharam histórias da gestação e do pós-parto.

 

“Barriga de múmia (sim, as mulheres também ficam com a pele do corpo). Alguém me disse recentemente que eu seria capaz de me livrar da minha bolsa de barriga, que eu não estava trabalhando duro o suficiente, se eu me exercitasse mais, e se eu fosse mais rigorosa com o que eu comia, eu teria um estômago liso novamente . Embora não tenha perturbado ou afetado o modo como me sinto em relação ao meu corpo, acredito que isso precisa ser abordado", diz uma das publicações mais recentes do perfil.

 

“Mummy tummy (yes women grow body hair too). Someone recently said to me that I’d be able to get rid of my tummy pouch, I just wasn’t working hard enough, if I exercised more, and if I was stricter with what I ate I’d have a flat stomach again. Although it didn’t upset or affect the way I feel about my body, I believe it needs to be addressed nonetheless. _ My “tummy pooch” is a byproduct of three things- loose skin, an ab separation, and adhesions causing my scar to be pulled inwards (creating a dip.) It has nothing to do with my overall weight. LOTS of mothers wear marks from pregnancy and child birth and i’s a MISCONCEPTION that you can get rid of these marks through diet or exercise. You cannot starve your way to taut skin. Nor can you exercise away indented scars. Yes, you can work towards getting your stomach as flat as possible if that’s what you want, but these unrealistic expectations can be harmful. _ It’s ok to bare the marks of your pregnancy and birth proudly. The same as it’s ok to feel a little bit upset and like a stranger in your new body. It’s human. Learning to accept and love yourself as you are is a process- it’s ok if you’re not quite there yet. It’s also ok to work towards personal body goals, working out and eating healthily to sculpt your body in a particular way doesn’t mean that you have to hate the body you’re in now. On the contrary. It’s all about doing what makes you feel happy and accomplished. _ What is NEVER ok is someone telling you that you should work harder to attain an unachievable body image- so that you might fit THEIR expectations of what the female body should look like. That shit needs to be shut down immediately. If someone can’t accept your postpartum body or encourages you to change any aspect of the way you look because they don’t feel comfortable with it- that is THEIR problem, THEIR issue that needs to be worked on. It ultimately stems from their own insecurities. _ Never allow someone to make you feel bad about your body and never apologise for your body. Your body created life! If that’s not something to be proud of, to be in absolute awe of, then I don’t know what is!” @mamaclog #takebackpostpartum

Uma publicação compartilhada por @ takebackpostpartum em

Domingo, 20 de Maio de 2018 - 11:00

Conceito dinamarquês hygge vai influenciar moda do inverno brasileiro

por Gabriela Marçal | Estadão Conteúdo

Conceito dinamarquês hygge vai influenciar moda do inverno brasileiro
Foto: Reprodução / Pinterest

Mesmo no Brasil, onde o inverno não é tão rigoroso, o conceito hygge vai ser uma influência na próxima estação. Além de aconchego, tradução dessa palavra dinamarquesa para o português, esse estilo de vida valoriza a recuperação do prazer das coisas simples e os relacionamentos.

"O hygge é uma macrotendência que vem crescendo desde 2016 e deve se destacar neste inverno. As macrotendências duram pelo menos cinco anos. Essa influência também conversa com a alta das roupas esportivas e os tênis, que atendem às necessidades da vida real", explica a consultora de tendências Silvia Scigliano.


Na prática, essa tendência é uma contraposição à 'montação' fashionista. No entanto, o estilo também tem suas características como cores neutras, calçados sem salto, tecidos mais naturais, malhas e tricôs.

Fernanda Niemeyer e Renata Alhadeff, estilistas da grife A. Niemeyer, conheceram o conceito hygge aplicado à decoração e o incorporaram as coleções da marca paulistana. O resultado pôde ser visto na coleção de inverno desfilada na última edição da São Paulo Fashion Week (SPFW).

Histórico de Conteúdo