Segunda, 18 de Dezembro de 2017 - 08:05

Dicas sobre o que vestir nas confraternizações e festas de fim de ano!

por Clara Gibson / Iga Bastianelli

Dicas sobre o que vestir nas confraternizações e festas de fim de ano!

Natal época das luzes, sabores, festas e amigos secretos por todos lados, mas a dúvida que fica no ar é: o que vestir? Como estamos no verão, e bem sabemos que por aqui faz um calor enorme, veja aqui algumas sugestões do que usar nessas festas tão aguardadas.

Sempre elegantes e frescos, os vestidos podem ser uma boa pedida na hora do natal ou ano novo. “São sempre as melhores opções pelos diversos modelos que se encaixam muito bem em várias cerimônias sem perder a elegância”, diz a consultora de moda Priscila Seijo. Segundo ela, o segredo para montar os looks é saber onde será a recepção da festa para avaliar se a composição será mais simples ou rebuscada.

Para confraternizações de trabalho as pantalonas voltaram a ser sucesso, super leves, práticas e confortáveis podem ser uma boa opção para os compromissos de natal mais formais. Outra boa ideia é a versão curta da pantalona, as pantacourt, a depender do trabalho é válido usar.

Agora se você é daquelas que adora o Natal junto com a criançada, senta no chão para montar presépio, abrir os presentes da garotada boas opções são os macaquinhos e jardineiras: por que não? Super na moda são bem versáteis!

Vamos lembrar também que os modelos que bombaram em 2017 podem ser facilmente aplicados nas festas de natal e ano novo. “Uma ótima sugestão são os vestidos ombro a ombro que vieram e estão com tudo. A pantcourt, vestidos ou blusas vichy, principalmente as pretas e brancas, com acessórios vermelhos também ficam bem”, sugere Priscila.

Uma boa sugestão para quem vai passar o ano novo na praia são shorts ou bermudas um pouco mais largas e confortáveis com camisetas ou blusas ombro a ombro que estão bastante em alta. Para finalizar, a consultora de moda indica uma boa rasteirinha para deixar o look confortável e gracioso.

 

Para a noite de natal, caso seja uma festa mais formal, vestidos de renda e com toques mais dourados ficam muito bem para a ocasião. Menos em uma festa menos arrumada, a elegância independe da cerimônia. “Um look discreto com qualidade é fantástico. Um vestido com bom caimento com delicadeza fica muito lindo”, sugere Priscila.

Domingo, 17 de Dezembro de 2017 - 14:00

Marca faz campanha para lembrar que a perfeição não existe

por Estadão Conteúdo

Marca faz campanha para lembrar que a perfeição não existe
Foto: Reprodução / Instagram

A grife britânica Missguided está tentando fazer com que suas consumidoras aceitem o próprio corpo e, para isso, lançou o projeto #KeepBeingYou (continue sendo você, em português). A primeira ação da marca foi firmar um compromisso de não retocar mais as modelos, colocando modelos com estrias na parte de lingerie do site. "Estamos na missão de inspirar vocês a se sentirem sem vergonha e confiantes em serem vocês mesmas. Só seja você mesma, bebê, porque não existe outra forma! Estamos firmando o compromisso de nunca mais retocar as 'imperfeições' perfeitas de nossas modelos", diz o texto do site. "Queremos inspirar nossos bebês do mundo todo a amarem a si mesmos, a abraçarem seus defeitos e não cobiçarem o que o mundo enxerga como perfeição", completa. 

 

,

 

Agora, como parte do projeto, a marca lançou a campanha #MakeYourMark (faça sua marca, em português), em que modelos, blogueiras e ativistas pela aceitação corporal, homens e mulheres, posaram usando apenas lingerie, saltos altos e casacos de pelo falso. No site da marca, eles misturaram as fotos com frases de amor próprio, ditas pelas próprias modelos como "passamos por muito sendo mulheres. Por nossos corpos, nossa saúde mental. Somos criaturas incríveis" e "minha parte favorita do meu corpo são minhas estrias. Depois de anos as odiando, agora, finalmente, eu consigo ver sua beleza."

 

 

As campanha completa, e também o perfil de cada uma das participantes, está disponível no site da grife.
 

 

Designer de sobrancelhas, mãe sofre pressão para modelar as da filha de 2 anos
Foto: Arquivo pessoal

A designer de sobrancelhas de Itapema (SC), Gabriela Lentz, de 25 anos, está acostumada a ouvir das suas clientes o pedido para tirar o exceso de pelos no meio das sobrancelhas. No entanto, algumas pessoas costumam fazer esse tipo de solicitação atambém ao se referirem à filha da designer, de apenas 2 anos, Alice. Recentemente, Gabriela dividiu com outras mulheres a sua in dignação em uma página do Facebook. "Jamais faria minha filha sentir dor só para agradar aos outros ou se adequar aos padrões de beleza", disse ela.

 

Em resposta aos comentários, Gabriela costuma fazer uma referência à artista Frida Khalo, ícone feminista que também tinha as sobrancelhas grossas, dizendo: "Ela é perfeita assim, é a minha Frida linda". Para Gabriela, as mulheres podem se submeter a tratamentos estéticos, e a mesma trabalha no setor, mas não para satisfazer o desejo dos outros. "Como mãe de duas meninas, tento deixar isso claro com palavras e atitudes para minhas filhas. Quero que elas vejam a beleza na diversidade. Nós somos o suficiente do jeito que somos e esse processo de auto-estima tem de começar cedo", disse ela ao site da revista Crescer. 

'O que é sororidade?' é a quinta pergunta mais procurada no Google
Foto: Shutterstock

Em 2017, uma das palavras mais procuradas pelos internautas foi "sororidade". Segundo a empresa Google, a pesquisa ficou na quinta colocação entre as mais procuradas, junto a perguntas como "O que é pangolim?", "O que é Sarahah?", "O que  é TBT?"  e "O que é ábaco?". O termo sororidade, de acordo com o site da revista Cosmopolitan, é utilizado frequentemente em discursos feministas e prega que, ao invés de rivalidade, exista uma união entre as mulheres. Seja no trabalho ou na "disputa"  por homens. A sororidade incentiva que as mulheres não sejam concorrentes entre si, mas parceiras a fim de buscar, entre outras metas, a igualdade de gênero. 

Alta taxa de açúcar na gravidez aumenta risco de doença cardíaca em bebês, diz estudo
Foto: Pixabay

Segundo uma pesquisa publicada nessa sexta-feira (15) liderada por pesquisadores da Universidade de Stanford (EUA), altos níveis de açúcar no sangue no início da gravidez aumentam o risco de problema cardíaco em bebês. 

 

O estudo foi publicado no Jounal of Pediatrics e analisou os efeitos do açúcas na primeira fase da gestação, o período em que o coração da criança está se formando. A relação encontrada independe da mãe ter diabetes, e a cada aumento de 10 miligramas de glicose na fase inicial da gravidez gera um acréscimo de 8% no risco de um problema congênito no órgão.

 

Para chegar aos resultados, a equipe analisou protuários médicos de 19.107 mães que tiveram bebês entre 2009 e 2015. Os registros continham detalhes do atendimento pré-natal, incluindo resultados de exame de sangue. a partir da análise feita, foi constatado que 811 bebês foram diagnosticados com doença cardíaca congênita. Também foram selecionadas as mães que tiveram as taxas de glicose testadas no início da gravidez e excluídas aquelas com diabetes já diagnosticada.

 

De acordo com o site G1, o próximo passo da pesquisa será seguier um grupo de mulheres na gestação para ver se os resultados se confirmam. Se forem confirmados, a pesquisa pode servir de base para protocolos que exortem médicos a pedirem o exame obrigatoriamente nos primeiros meses de gestação.  

Sábado, 16 de Dezembro de 2017 - 08:40

Cores de cabelo para o verão 2018

Cores de cabelo para o verão 2018

 

Mudar a cor dos cabelos é sem sombra de dúvidas algo que toda mulher faz em algum momento da vida, por isso é importante conhecer as tendências como as cores de cabelo verão 2018. São opções diversificadas e em tonalidades vivas: entre cores ousadas e mais discretas apresentando opções para os mais variados gostos e estilos de mulheres.

 

RUIVO

 

A tonalidade de cabelo vermelho mais popular do momento é o ruivo acobreado, que combina nuances quentes para gerar um acabamento único. O resultado é moderno e sofisticado, perfeito para mulheres de todas as idades. Para iluminar as madeixas, aposte em mechas douradas do tipo babylights, sobretudo nas pontas. Elas vão proporcionar leveza e movimento aos fios sem comprometer a naturalidade da cor.

 

 

CHOCOLATE

 

Algumas mulheres preferem ousar menos, optando assim por cores mais neutras para acompanhar as tendências em cores de cabelo verão 2018, para essas uma ótima opção é o chocolate e suas nuances.

 

O chocolate é uma tonalidade bem próxima do marrom, sendo a escolha ideal para quem deseja manter uma cor clássica, além de ser uma cor que combina com mulheres mais clarinhas e mais morenas.

 

LOIRO

 

O loiro também marca seu espaço entre as cores de cabelo verão 2018, principalmente em tonalidades mais fechadas e naturais como por exemplo o loiro praiano.

 

Se você prefere algo mais sutil vale ainda apostar nas mechas loiras com a técnica da raiz esfumaçada, que é uma excelente opção para aquelas que não querem se preocupar com o crescimento da raiz e o retoque das luzes.

 

Para segunda opção, quem é fã do cabelo loiro pode aproveitar a chegada do verão para apostar em uma tonalidade super clara como o loiro platinado. A cor é marcante e intensa, perfeita para quem gosta de ousar no visual. 

 

Outros tons platinados, dourados ou claros com técnicas ombré, californianas ou descoloração total. 

 

MECHAS COLORIDAS: AS CORES FANTASIA SÃO SUCESSO GARANTIDO

 

Para quem quer colorir os cabelos de maneira irreverente e despojada, as mechas coloridas são a melhor pedida. O cabelo com pontas coloridas faz sucesso no Instagram e promete ganhar força nos próximos meses, com a chegada do verão e das festas de carnaval. O rosa é a grande estrela do momento, mas o cabelo azul está conquistando cada vez mais adeptas. Pode ser necessário descolorir algumas mechas do cabelo antes de aplicar a cor desejada; por isso, é essencial realizar o procedimento no salão de beleza.

 

Sou uma amante da beleza, cultura negra e aos poucos cuidando melhor de minha pele. Formada em Marketing na Unijorge e cabeleireira em formação na Embelleze. Com tempo irão conhecer uma mulher super alto astral, que fala pelos cotovelos e muito curiosa !

Instagram: @caracoismeusblog
Canal : Caracois Meus
Blog: Caracoismeus.com.br
Fan page no Facebook: Caracois Meus

 

 

Fonte: http://www.segredosdesalao.com.br 

 

http://todabeleza.com.br/

Obras Sociais Irmã Dulce inauguram nova unidade para tratar pacientes com câncer
Foto: Divulgação

As Obras Sociais Irmã Dulce inauguraram nessa sexta-feira (15), às 10h, a primeira etapa da Unidade Dona Dulce Lopes Pontes. O espaço foi batizado com o nome da mãe de Irmã Dulce e é voltado para o acolhimento a pacientes com câncer já em tratamento na instituição. De acordo com o site do jornal Correio, a unidade tem sede no Largo de Roma, em Salvador. Segundo a líder da unidade, Ana Lívia da Costa, o projeto de reformulação contará também com a aquisição de novos equipamentos, como por exemplo monitores cardíacos, desfibriladores, Raio-X portátil e macas. Toda a construção da Unidade Dona Dulce está sendo feita a partir de doações. Os interesados podem contribuir com o projeto do novo espaço podem doar via conta bancária: Banco Bradesco / Agência 2864-9 / Conta Corrente 451-0.

Atrizes de Hollywood organizam protesto no ‘Globo de Ouro 2018’
Foto: Divulgação

Após as repercussões sobre os casos de assédio em Hollywood que foram divulgados durante o ano, atrizes de grande destaque pretendem retomar esse assunto no Globo de Ouro, que acontecerá no dia 7 de janeiro. Segundo a revista People, existe um protesto sendo organizado para ocorrer no evento. A nota afirma que as celebridades planejam usar trajes pretos como forma de protesto aos abusos sexuais e desigualdade de gênero que ocorrem dentro da indústria e fora dela. De acordo com a publicação, a ação contará com nomes indicados como Jessica Chastain, Meryl Streep e Emma Stone, além de outras atrizes. O The Hollywood Reporter destaca que o Screen Actors Guild Awards (SAG) também tocará no assunto ao só trazer mulheres nas apresentações das categorias. Os dois portais norte-americanos, publicaram que a proposta vai continuar em outros eventos de cinema e séries. 

Marca lança calcinha que mata bactérias e pode diminuir número de infecções
Foto: Repinanatoly

Desenvolvida pela marca de lingeries 2rios, a calcinha foi fabricada com um agente químico que destrói bactérias e microorganisos. Segundo Karine Liotino, consultora de inovação da marca, a calcinha mantém a eficácia mesmo depois de 100 lavagens. 

 

A novidade seria muito bem vinda principalmente para  mulheres que fizeram cirurgia na área genital. "só é importante buscar a orientação do profissional de saúde para analisar a situação e até fazer o diagnóstico de alguma doença", diz o médico Paulo César Giraldo, presidente da Sociedade de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo.

 

A calcinha funciona de forma que as fibras do tecido possuem uma tecnologia que tem um produto capaz de eliminar diversos tipos de germes. Os fundos e afins são atraídos por essa substância e ao entrarem em contato com ela, acabam mortos. De acordo com o fabricante, o processo evita o mau cheiro e a proliferação desses microorganismos.  De acordo com o site da revista Saúde, a calcinha não teria nenhum tipo de efeito no equilíbrio da flora vaginal, que fica alojada mais na parte interna do órgão. 

Sexta, 15 de Dezembro de 2017 - 11:00

Saiba como não errar na hora de usar óculos espelhados

Saiba como não errar na hora de usar óculos espelhados
Foto: Reprodução / Instagram

Há pelo menos três anos, os óculos espelhados voltaram a aparecer nos looks das fashionisrtas. O acessório passou a dominar vitrines de lojas famosas, com cores e modelos variados, conquistando o título de tendência para o verão. 

 

Um dos primeiros modelos a serem lançados nesse estilo foi o aviador, que apareceu no rosto de diversas famosas. Mas desde que voltou à moda, os óculos espelhados ganharam novas e diferentes versões, desde os redondinhos discretos e leves até os mais sofisticados e com referência vintage, que estão mais em alta. 

Muita gente que não era fã da lente acabou afrouxando o coração e se rendeu ao estilo da peça. Pos mais estilosos que sejam, nem sempre esses óculos são fáceis de combinar com os looks. 

 

Se você não quiser errar, unir o modelo descolado a roupas mais básicas é a melhor opção. Dessa forma, o look ganha um ar descontraído e alegre, e ainda garante estilo e ousadia, mesmo se o traje for uma simples calça jeans e uma camiseta branca. 

 

Mas se você é o tipo de pessoa que não tem medo de ousar nas produções, os óculos podem integrar looks tão coloridos quanto os de antigamente, abusando de tons que dialogam com a lente espelhada. 

Star Wars: em “Os Últimos Jedi”, o protagonismo é feminino
Foto: Gustavo Caballero / Getty Images

Star Wars chegou aos cinemas em 1977 apresentando ao público um universo de planetas e seres desconhecidos no qual o bem vence o mal. Seus protagonistas foram eternizados e desde então vêm lotando salas de cinema a cada lançamento. Na quinta-feira (14) estreia o oitavo filme da série, Os Últimos Jedi, no qual a protagonista, Rey, representada pela atriz britânica Daisy Ridley, de 25 anos, começará o seu treinamento para se tornar um jedi.

 

Até agora, o universo nerd tinha a Princesa Leia (Carrie Fisher) como figura maior, com a chegada de Rey, mais uma heroína para inspirar milheres de garotas no mundo todo. Quando questionada pela revista Claudia sobre ser um ícone para o público feminino, a atriz responde: "Não carrego a galáxia nos ombros, mas admito que é incrível vê-las vestidas como Rey". 

 

Diferente do filme de 183, o Retorno de Jedi, no qual Leia aparece sexualizada ao vestir um biquini dourado, os novos longas não chamam tanta atenção para o corpo das personagens. Enquanto Rey utiliza ataduras e roupas nada reveladoras, a vilã capitã Phasma, interpretada por Gwendoline Christie aparece com uma armadura cromada que a cobre da cabeça aos pés. "Ela demonstra violência pura, sem filtros – algo raro de ver em uma personagem feminina", explica Gwen. "Sem dúvida é animador observar que velhas histórias estão sendo remodeladas para garantir o destaque merecido às mulheres", comenta Daisy. 

 

A participação feminina não acaba nas telas e a presidente da produtora Lucasfilm, Kathleen Kennedy tem mais da metade das vagas da equipe preenchidas por executivas, buscando deixar a marca da diversidade na hitória dessa arte. 

 

Para a atriz que interpreta a protagonista da nova trilogia, é animador observar que velhas histórias estão sendo remodeladas para garantir o destaque merecido às mulheres. "A mocinha sempre era a namorada ou melhor amiga, não havia profundidade ou independência do papel masculino. Na composição da Rey e em Guerra nas Estrelas como um todo, acredito que transcendemos essa questão. Não há características que definem os papéis por gênero. Então todos podem ser fontes de inspiração ou referência", completou ela.

 Os perigos da bolsa pesada: saiba como evitar problemas de saúde
Foto: Pixabay

Como as nossas bolsas estão sempre presentes no nosso dia-a-dia, é normal colocar dentro delas tudo aquilo que precisamos, e também o que não precisamos. Se não tomarmos cuidado, elas acabam ficando muito cheias e pesadas, mas o ideal é que o peso das bolsas femininas não ultrapasse 10% do peso do seu corpo. 

 

Não importa se a ocasião é balada ou trabalho, sempre há dentro das bolsas alguma coisa que pode ficar de fora. O problema do excesso de peso na bolsa é que ele pode acarretar em problemas de saúde, como hérnias de disco, tendinite e má postura, além de causar transtornos para os ombros e o pescoço.

 

Para evitar esse tipo de problema, se possível prefira as bolsas com alças transpassadas, que distribuem melhor o peso da bolsa para todo o corpo. Outra opção é escolher modelos de bolsas menores, pois assim obrigatoriamente você levará apenas aquilo que é realmente essencial.

 

O material da bolsa também pode fazer toda a diferença e, ao escolher uma bolsa mais leve, você diminuirá consideravelmente o peso final a ser carregado. Para diminuir o peso você também pode escolher objetos menores de maquiagem e organizar melhor a bolsa, deixando os objetos maiores na parte principal e os menores em bolsos internos ou externos.

 

Também é indicado alternar durante o dia o lado que carrega a bolsa vai ajudar a manter a saúde em dia, não cobrecarregando um lado só do corpo. Atividades físicas também são bastante benéficas para preparar a a musculatura para suportar a carga de peso de modo que não sofra lesões. Pode ser ginástica, musculação, pilates ou qualquer outra atividade que ajude no fortalecimento da musculatura. 

Quinta, 14 de Dezembro de 2017 - 14:00

Ideias para decorar a casa em dias de festa

Ideias para decorar a casa em dias de festa
Fotos: Reprodução / Pinterest

Com o final do ano chegando, muitas festas acabam acontecendo e como muitas dessas comemorações podem acontecer na sua própria casa, veja como surpreender os convidados com criatividade, capricho e muito carinho, criando uma mesa e cantinhos especiais para recebê-los. 

 

1. Folhagens e sementes formam um caminho de mesa bem charmoso. Intercalado com velas, castiçais e arranjos simples a produção pode ficar ainda melhor.

 

 

2. Vasos de vidro para colocar flores podem ser  personalizados com fita de renda, veludo ou cetim, transformando-se em vasos criativos. Uma cola quente pode ser utilizada para fixar o tecido. Você pode criar uma composição com tamanhos variadosa para surpreender. 

 

 

3. Se a ideia for marcar o lugar de cada convidado na mesa, aposte em um copinho de cerâmica, ou vidro, com suculenta ou um cacto, que pode se transformar em uma lembrança para levar para casa. 

 

 

4. De acordo com o site da revista Claudia, em alternativa ao caminho de mesa tradicional, você pode usar um pedaço de tecido mais molinho como seda, criando um efeito bonito se colocado em toda a extensão da mesa. 

 

 

5. Uma ideia interessante também é dar novos usos à móveis e objetos da casa em dias de festa é um recurso bastante utilizado por decoradores em festas. Uma cômoda antiga, por exemplo, ganha uma nova cara se for utilizada com vasos de flores dentro das gavetas.

 

 

6. Jarras, bules e demais utensílios de prata acomodam bem flores e aqui, a ideia é fazer um caminho de mesa com folhagens para incrementar o visual.

 

Quinta, 14 de Dezembro de 2017 - 11:00

Veja como fazer a maquiagem durar mais em pele oleosa

Veja como fazer a maquiagem durar mais em pele oleosa
Foto: Soft_Light / Shutterstock

Quem tem a pele oleosa costuma sofrer com a produção excessiva de sebo na conhecida zona T do rosto. Além do desconforto, o grande desafio de quem tem a pele oleosa e gosta de se maquiar é conseguir fazer a maquiagem durar, principalmente nos dias mais quentes do ano. Veja algumas dicas para controlar a oleosidade da pele para conseguir um make perfeito.

 

1. Higienizar antes de qualquer coisa: antes de começar o seu tirual de maquiagem, aposte na limpeza do rosto com um sabonete que controle a oleosidade da pele. Depois da higienização, invista em um tonificante com a ajuda de um produto adstringente.

 

2. É necessário hidratar a pele: pele oleosa também precisa de hidratação e o ressecamento após o uso de sabonete pode deixar a pele ainda mais oleosa, já que o corpo quer repor a hidratação natural da pele.

 

3. Ajude a contrair os poros: ao terminar o ritual de higienização e hidratação, ajude os poros do rosto a se contraírem para que a maquiagem não fique acumulada em alguns locais e dure por mais tempo. O uso do primer e da água micelar podem ajudar e também uma compressa gelada.

 

4. Use uma maquiagem específica para o seu perfil: produtos de maquiagem específicos para po seu tipo de pele como base e corretivo adequados podem fazer toda a diferença.

 

5. Use pó compacto: para finalizar o visual e dar um efeito mate, recorra a uma camada generosa de pó translúcido. Para disfarçar o brilho, capriche principalmente na zona T. Um spray fixador pode ajudar também a fazer a produção durar, além de dar a sensação de secagem rápida e efeito seco.

Quinta, 14 de Dezembro de 2017 - 08:05

Confira as mudanças que acontecem no corpo da mulher grávida mês a mês

por Clara Gibson

Confira as mudanças que acontecem no corpo da mulher grávida mês a mês
Foto: Pinterest

Um período como a gestação traz a cada mês um sentimento diferente. No entanto, o período pode ser bem incômodo, pois o corpo da mulher passa por diversas mudanças para acomodar e cuidar do novo ser. De acordo com as enfermeiras Natalia Modica e Luciana Santos, da Criogênesis, órgãos como pulmão, estômago, bexiga e intestinos da mãe comprimem-se com o crescimento do bebê, o que pode causar alguns sintomas e desconfortos. “Os nove meses de gravidez podem ser divididos em três trimestres e, cada um, é marcado por algo importante no desenvolvimento do feto”, comentam.

 

1º.  Mês: É o período onde as coisas menos mudam, apenas a própria mulher sente. Os seios maiores, menstruação que atrasou, algum enjoo e a dúvida da gravidez. A não ser para quem já estava tentando engravidar, é um período quase que imperceptível. O bebê é muito pequeno, ainda um embrião, mas já está sendo formada a sua coluna vertebral.

 

2º. Mês: Pouca diferença do primeiro mês, atraso menstrual, é a hora de descobrir que vem gente nova para a família. Com o filho não tem muita diferença. A mãe sente mais sono, vontade de fazer xixi, náuseas e até mesmo prisão de ventre. A retenção hídrica atrasa a passagem do alimento pelo aparelho digestivo, levando à prisão de ventre.  “As paredes do intestino, estômago e bexiga amolecem por causa da progesterona. Isso favorece o acúmulo de líquidos nos tecidos do estômago e a pressão do útero sobre o órgão faz com que ele fique comprimido, dificultando a digestão” dizem as especialistas. 

 

3º. Mês: O peso já aumenta de fato. A barriga começa a sair e fica mais dura. Os seios aumentam cada dia mais, os sutiãs antigos não dão mais conta. Até o final da gravidez, eles podem aumentar três vezes de tamanho porque as glândulas mamárias se proliferam. Além disso, há maior acúmulo de gordura e a prolactina começa a preparar o seio para a produção de leite, que começa depois do parto.

 

4º. Mês: Ao final do primeiro trimestre, a barriga ficará maior, haverá menos enjoos e mais fome. O bebê já tem pernas e braços, está crescendo e cada dia se mexendo mais. Já dá para sentir os movimentos dele.

 

5º. Mês: No quinto mês, a mulher já está de fato grávida externamente falando. Pode haver azia, bem como a mudanças no cabelo, nas unhas e na pele. Os cabelos ficam maravilhosos. A superprodução de estrógeno faz baixar a testosterona, hormônio que afina o fio, facilitando seu desprendimento. Desse modo, dificilmente há queda. Depois do parto, aí, sim, os fios a mais caem bruscamente. Durante a gestação, 90% das grávidas desenvolvem manchas pelo corpo, consequência do hormônio melanotrófico, que age nas células da pigmentação e acelera a síntese de melanina. “É importante ressaltar que as manchas somem, normalmente, em até um ano após o parto, mais frequentemente naquelas que usaram protetor solar na gravidez”, tranquilizam as profissionais. Em contrapartida, a oleosidade diminui e a acne desaparece. Também podem aparecer estrias, pois como o volume de gordura sob a pele aumenta muito, as fibras da derme distendem e podem se romper, causando as marcas.

 

6º. Mês: Pode parecer maior o tamanho de sua barriga, mas ainda é só o início. O risco de abortos não haverá mais. Você já sabe se vem menino ou menina. Mas o cuidado aumenta para evitar um parto prematuro. O bebê não para de se mexer. Suas costas doem para sustentar o peso extra, o eixo de equilíbrio se desloca e as grávidas mudam a postura naturalmente. A partir do terceiro trimestre, há uma acentuação da lordose, os ombros são jogados para trás e as pernas ficam mais afastadas. As pernas também ficam inchadas. “A progesterona facilita a retenção de água, enquanto o aumento uterino comprime a veia cava (veia que transporta o sangue venoso do abdómen e dos membros inferiores para o coração), no lado direito do corpo. Desta forma, a circulação desacelera e o sangue se acumula nas pernas, pés e tornozelos”, finalizam as enfermeiras. Nesse período, é preciso repousar mais.

 

7º. Mês: Nessa época, a barriga mexe cada vez mais. O corpo já está se preparando para o parto e seu filho também. Ele não para quieto se acomodando para sair para o mundo aqui fora.

 

8º. Mês: Já está perto do parto. A sensação de sufocamento aumenta, o bebê pode estar perto dos pulmões. As contrações começam a chegar, a cada dia ele está mais animado para sair do aperto.

 

 9º. Mês: O ápice da gestação e o momento final. O volume do órgão passa de 90 cm3 para 1 000 cm3 perto do parto, aumentando em cerca de 20 vezes seu peso original. A quantidade de tecido também se multiplica, deixando a região “bem molinha” para acomodar o embrião. Seios inchados e cheios de leite, bexiga sempre cheia por conta da pressão que o bebê faz. Dores na coluna e na bacia por que ele já está encaixado na posição do parto. A essas alturas já existe uma data prevista. Ao momento que um líquido começar a sair, normalmente transparente, é o momento de ir para a maternidade.

Angelina Jolie escreve artigo sobre a violência sexual em guerras
Foto: Reprodução / Cosmopolitan

Angelina Jolie vem lutando ao redor do mundo contra a violência que afeta as mulheres, apoiando-se no discurso que "atualmente é mais perigoso ser uma mulher em zona de guerra do que um soldado". Recentemente, com o apoio da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), a atriz publicou um artigo pelo jornal The Guardian, no qual ela aponta como a aliança com a organização pode liderar um movimento para acabar com essa guerra de gêneros, especialmente entre militares.

 

"Apesar de ser algo proibido pelo direito internacional, a violência sexual continua a ser empregada como uma tática de guerra em diversos conflitos no Mianmar, Ucrânia, Síria e Somália. Incluindo estupros em massa, escravidão sexual e estupro como tortura. Isso explica em grande parte o perigo de ser uma mulher em meio a esses conflitos", diz ela no texto. 

 

Segundo o site da revista Cosmopolitan, a atriz também completou dizendo que "nesses conflitos, os corpos e direitos das mulheres são abusados e as consequências são muito mais duradouras, causando feridas mais profundas e que são muito mais difíceis de resolver e superar. Acabar com a violência sexual baseada no gênero é, portanto, uma questão vital de paz e segurança, bem como da justiça social".

Mulheres poderosas da mídia viram 'estrelas' de árvores de natal
Fotos: Reprodução / Instagram

Já pensou como seria ter a Beyoncé no topo da árvore de Natal? No lugar de colocar uma estrela reluzente, como geralmente ocorre nas árvores tradicionais, uma marca pensou em fazer miniaturas de grandes ícones femininos atuais para colocar em cima da árvore de natal. 

 

Além de Beyoncé, também são vendidas as imagens da tenista Serena Williams e a candidata a presidência Hilary Clinton, todas em poses temáticas de acordo com a profissão que exercem, vestidas de branco e com asas angelicais. Os enfeites podem ser adquiridos por 80 libras, equivalentes a aproximadamente R$353. Mas para quem não quer gastar tanto assim, a ONG também está produzindo cartões de Natal por 8 libras. Além das personalidades já citadas, os cartões podem ser estampados com Michelle Obama, Angelina Jolie e Adele.

 

Mãe perde bebê e loja de móveis desmonta o quarto e devolve dinheiro gasto
Foto: Renata Marino Senise / Arquivo pessoal

Cinco meses depois de perder a filha Isabella, a empresária Renata Marino Senise, de 33 anos, teve que reunir forças para guardar os pertences do quarto da menina, que morreu 10 dias depois de ter nascido, mas não sabia o que fazer com os móveis que faziam parte do quarto da filha.

 

A arquiteta que fez o local ficou sabendo da história e entrou em contato com a loja na qual a mobília foi comprada, que deu a Renada a opção de devolver o valor integral ou desmontá-los gratuitamente, guardando-os caso ela quisesse utilizá-los no futuro.

 

"Quando falei com a loja, a pessoa que me atendeu disse: ‘Nós vendemos mais que móveis, vendemos sonhos. Se o seu não foi do jeito que queria, não faz sentido você ficar com esses móveis. Nossos móveis não podem te dar tristeza'", disse Renata ao site da revista Veja. "Não esperava esse retorno de jeito nenhum, faziam mais de seis meses que eu havia comprado. É um carinho, você se sente abraçada", completou a empresária, que decidiu pelo estorno do dinheiro.

 

Isabella nasceu em maio de parto normal, na 38ª semana de gravidez. No entanto, quando mãe e filha estavam prontas para ter alta no hospital, elas tiveram uma febre e continuaram internadas, e a bebê não resistiu. "Depois descobrimos que estávamos com herpes tipo 1, a que todo mundo tem, mas que quando acontece pela primeira vez causa infecção", contou Renata.

 

"Esperei um tempo pra desmontar o quarto porque era muito difícil, era como reafirmar a morte dela. Aquele quarto era uma representação dela, mas foi perdendo o sentido. Com terapia, fui aceitando que a Bella não estava mais aqui, que era só um quarto vazio, empacotei tudo, mas não mexi nos móveis porque fiquei com medo de desmontar sozinha", afirmou a mãe de Isabella. Mesmo com a perda, Renata planeja ser mãe novamente. 

 

A Ameise Design, loja procurada pela arquiteta e responsável pela devolução dos valores, informou que não mantém um protocolo padrão sobre a devolução dos itens. "Nós fizemos o que achamos que seria certo e sensível para ajudar neste momento", conta o gerente da empresa, Diego Verri. 

 

 Xadrez Vichy: estampa que bombou nos anos 50 está de volta nos looks atuais
Fotos: Reprodução / Pinterest

Diferente das demais estampas xadrez, a estampa vichy tem uma disposição de cores diferente e espaços quadriculados bem assimétricos, se assemelhando a uma toalha de piquenique. A estampa se tornou uma marca registrada nos trajes de Brigitte Bardot, principalmente em seu casamento com o ator Jacques Charrier. O padrão da estampa surgiu na cidade francesa Vichy, que deu nome à tendência.

 

A versatilidade do xadrez Vichy é muito grande e por isso esta estampa pode ser usada como vestido, saia e blusa em conjunto com outras peças de estampas completamente diferentes que estão no seu guarda-roupa, como blusas listradas, jeans ou até mesmo com uma peça florida. 

 

 

Indo além do preto e branco, a estampa possui uma paleta de cores muito grande a ser explorada. Além disso, o que também pode variar é o tamanho dos quadrados, que podem ser maiores ou menores, bem como o espaçamento entre eles. 

 

 

De acordo com o site da revista Claudia, utilizar a estampa dos pés a cabeça também pode ser uma opção para quem não tem medo de "se jogar" na tendência. Podem ser conjuntinhos combinando e até mesmo um vestido simples. 

 

Quarta, 13 de Dezembro de 2017 - 08:05

Dúvidas sobre como usar tapetes em casa?

Dúvidas sobre como usar tapetes em casa?
Foto: Pinterest

 

Seja apenas para decorar, dar um charme ou para o conforto, os tapetes caem bem em diversos cômodos da casa. Desde a porta de entrada ou ao pé da cama para não acordar pisando no chão frio, mas qual a forma mais correta de utilizar? Qual o tamanho certo? Como combinar ? Qual o material mais indicado?  São diversas as dúvidas. Vamos mostrar algumas dicas da Revista Casa confira:

 

Qual deve ser o tamanho do tapete da sala de estar?

O importante é que o tamanho do tapete esteja adequado às dimensões do espaço.  É o tapete que demarca o espaço, assim, um modelo muito pequeno em frente ao sofá pode ficar esquisito. No entanto, se o “tapetinho” for uma peça preciosa, cheio de estilo, pode usar sem problema! Os profissionais aconselham um modelo que tenha no mínimo a largura do sofá e entre embaixo do móvel – mais ou menos até a metade. Segundo especialistas em um ambiente grande, fica chique usar um tapete que abrigue todos os móveis. A cor pode ser tanto na paleta de cores da sala, como pode desconectar um pouco, desde que converse com os outros tons da sala. 

Qual o tamanho ideal para um tapete que ficará sob a mesa de jantar?

O ideal é cada borda ter 1 m a mais do que a área ocupada pela mesa. É preciso ter espaço para arrastar as cadeiras. Exemplo: se a mesa tiver 1,50 x 1,50 m, o tapete deverá ter 2,50 x 2,50 m. O mínimo seria 70 cm de sobra para cada borda.

 

Como usar tapete nos quartos?

É recomendado colocar um tapete retangular no sentido contrário ao da cama, de forma que ele fique sobrando nas laterais e na frente. Nos quartos com carpete, os especialistas recomendam não colocar tapete. 

 

E os tapetes peludos vão bem em qualquer ambiente?

Os modelos mais peludos vão melhor em ambientes contemporâneos. os tapetes de pêlos altos agradam em locais onde as pessoas ficam descalças, como o home theater e o quarto.

Feminismo é eleita a palavra do ano, segundo dicionário Webster
Foto: Thinkstock

A Merriam-Webster, empresa de dicionários online nos Estados Unidos elegeu "feminismo" como a palavra do ano. A busca no site pela palavra cresceu 70% em relação a 2016 e de acordo com  o editor da empresa, esse crescimento é um reflaxo do crescimento das lutas das mulheres pelos seus direitos e eventos como a marcha para as mulheres, as denúncias de assédio e até mesmo a campanha presidencial de Hillary Clinton ajudaram nesse avanço.

 

Apesar de tudo, de acordo com o site da revista Cosmopolitan, muitas pessoas ainda não sabem o significado do feminismo e encaram a palavra e o movimento com preconceito. O Merriam-Webster define "feminismo" segundo como: "a teoria de igualdade política, economica e social dos sexos", ou "atividade organizada a favor dos direitos e interesses das mulheres". 

Terça, 12 de Dezembro de 2017 - 17:00

Anúncio de meia-calça plus size com modelos magras choca internautas

por Estadão Conteúdo

Anúncio de meia-calça plus size com modelos magras choca internautas
Foto: Divulgação / Wish

Um anúncio de meia-calça plus size do aplicativo de compras Wish incomodou alguns internautas. Apesar de ser um produto para um público que usa tamanhos grandes, a propaganda mostrava modelos magras usando a meia, esticando-a até o nariz e dentro de apenas uma perna da peça.

 

De acordo com alguns usuários do Twitter, na realidade, a foto promovia uma meia-calça que não rasgava facilmente, por isso a pose da modelo. O aplicativo está sendo acusado de colocá-las fora de contexto no anúncio das meias plus size. "O problema é: o que fez o Wish acreditar que seria OK usar aquelas fotos para plus size? Este é todo o ponto. Mesmo que a foto não tenha sido feita especificamente para isso, o site usou com este propósito", disse uma internauta.

 

Terça, 12 de Dezembro de 2017 - 14:00

Feminicídio é a causa de 87% das mortes violentas em MG

Feminicídio é a causa de 87% das mortes violentas em MG
Foto: grinvalds / ThinkStock

Em Minas Gerais, 86,68%, ou 387 das 458 mortes violentas de mulheres que ocorrem no estado são por feminicídio, segundo relatório da Secretaria da Segurança Pública. No primeiro semestre deste ano, foram 199 casos de feminicídio, que acontece especificamente porque a vítima é mulher. Foi a primeira vez que a secretaria divulgou uma estatística separada para esse tipo de crime, que começou a ser reconhecido por lei a partir de março de 2015. 

 

Não há uma estatística oficial sobre os números de feminicídio no Brasil e os dados mais aceitos são do Mapa da Violência. De acordo com o site da revista Claudia, apesar do documento não incluir especificamente esse tipo de crime, ele aponta que 50% das mortes violentas de mulheres são cometidas por parentes, o que é um forte indicativo. Sendo assim, a porcentagem mineira está muito acima da média nacional.

ONU pretende dobrar o número de mulheres nas missões de paz até 2020
Foto: ONU News / Divulgação

De acordo com Jean-Pierre Lacroix, subsecretário-geral do Departamento de Manutenção das Operações de Paz, ele vai começar a trabalhar para aumentar o número de mulheres nas operações de paz das Nações Unidas. Segundo a declaração feita por ele para a revista ONU News,na ultima semana, a ideia é dobrar a participação feminina até 2020, tanto em cargos militares quanto em policiais. "Não se trata de uma questão de equilíbrio de gênero apenas, mas de tornar mais efetivo o trabalho das missões", falou Laroix. 

 

Hoje, as mulheres representam só 4% das forças militares das Nações Unidas, com cerca de 110 mil soldados da ONU em 15 operações de paz ao redor do mundo.

 

De acordo com o site da revista Claudia, Lacroix tambpem comentou durante uma reunião realizada no Canadá em novembro, os países que contribuem com tropas pometeram aumentar a presença de mulheres no terreno. O subsecretário também garantiu que o trabalho da sua equipe a fim de garantir essas medidas começará já em 2018. 

Terça, 12 de Dezembro de 2017 - 10:50

Karol Conka denuncia assédio sexual em hotel no Rio: 'Dei na cara dele'

por Estadão Conteúdo

Karol Conka denuncia assédio sexual em hotel no Rio: 'Dei na cara dele'
Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira (11), a rapper e atriz Karol Conka estava no Sheraton Rio, no Leblon, zona sul da cidade, quando presenciou um homem estrangeiro assediando duas mulheres na área da piscina. Ela relatou o caso em vídeos publicados no Stories do Instagram. "A gente está aqui no Sheraton curtindo um final de trabalho para chegar esse gringo filho da p**a, aproveitador, e chamar as meninas de p**a e passar a mão nelas. É o dia inteiro isso, todo dia isso, gringo folgado. Agora, eu acho que a medida que tinha que ser tomada pelo Sheraton é a seguinte: o cara passou a mão nas meninas, fez gesto obsceno, tira o cara do local onde está todo mundo curtindo e vai resolver para lá. Mas não, estão aqui tranquilamente, só faltam dar beijinho na testa do tarado do c*****o", falou a cantora.

Karol então mostrou as duas mulheres que foram assediadas, e uma delas, indignada, disse: "Agora imagina se é uma garota menor, que tem 10, 11 anos?". A cantora voltou a publicar mais vídeos após alguns minutos para contar o desfecho da história, revelando que ela teve de partir para a agressão física para defender as vítimas devido à negligência do hotel. "A gerência do hotel disse que levou ele para lá, não acabou resolvendo muito. Na verdade, quem teve que resolver fui eu, acabei dando na cara dele. O pior é a galera justificar essa atitude ridícula falando que ele está bêbado, fora de si. Esses gringos têm que aprender, e todos vocês, caras folgados: não importa se você bebeu, você tem que respeitar. O que eu fico mais indignada é que, se não fosse eu chegar aqui e causar um auê, o pessoal, os seguranças continuariam assistindo a ele assediando a mulher e não iam fazer nada", contou.

A artista ainda falou que, no momento em que bateu no homem, os seguranças tentaram impedi-la. "Sabe o que foi pior? Na hora em que eu dei na cara desse merda, desse lixo, os seguranças falaram assim: 'Não agrida'. Ah, então ele pode chegar aqui e passar a mão na menina, ficar com o 'bindolo' (sic) de fora, se masturbando, e eu não posso dar na cara desse lixo? Quando você se cala diante de uma situação de abuso e agressão, você é cúmplice. Quando você vir uma situação dessa, reaja, não fique ao lado do agressor", finalizou. Karol ainda publicou um texto, dizendo que o Sheraton Rio não está preparado para lidar com situações de assédio sexual. Procurado pela reportagem, o hotel não havia enviado resposta até a publicação desta matéria. 

Terça, 12 de Dezembro de 2017 - 08:05

Para empreender melhor fique atento aos erros mais comuns

Para empreender melhor fique atento aos erros mais comuns
Foto: Freepick

Decidir  por ser dona da própria empresa pode ser uma decisão arriscadas na vida de uma mulher. Por mais que se diga que a intuição feminina é poderosa, o mundo  dos negócios vive de fatos, e só intuição não basta para ser bem sucedida em um negócio. É preciso se preparar e aprender também com quem já errou. Há muitos erros comuns nas empresas, independente do porte que ela tenha, aprender sobre empreender é também dominar esse assunto.

Segundo o SEBRAE, no Brasil, existem 6,4 milhões de estabelecimentos e 99% deles são registrados como micro e pequenas empresas. Jacqueline Guerra, uma das embaixadoras da RME, Rede Mulher Empreendedora, formada em administração de empresas, foi a campo pesquisar quais são os erros comuns nessa imensa quantidade de micro e pequenas empresas do Brasil, ela listou 19 e dentre esses seguem alguns:

  • Falta de plano estratégico;
  • Perda de cliente por mal atendimento;
  • Falta de controle do dinheiro que entra, saí e é poupado;
  • Inadimplência;
  • Atraso de pagamento aos fornecedores;
  • Falta de desenvolvimento da equipe;
  • Ausência de um gestor de recursos humanos;
  • Ausência de um administrador;

Essas falhas implicam no mal funcionamento da pequena empresa, na deficiência dos serviços oferecidos, o que acaba sendo um outro grave erro, e até mesmo na falência.

Saber o que os outros fazem é entender do macro ambiente externo, faz parte do momento de pesquisa para ter um contraponto do que não fazer, o que não pode ser repetido na sua empresa. Confira a lista completa e o trabalho da RME em: http://redemulherempreendedora.com.br/2017/08/29/19-dificuldades-encontradas-na-gestao-das-micro-e-pequenas-empresas/

'Não vou tirar as minhas roupas por uma causa vazia', diz Adriana Lima
Foto: Reuters / Aly Song

No domingo (10), Adriana Lima fez um desabafo em seu perfil no Instagram. A modelo, que se tornou a pessoa que mais desfilou na passarela da Victoria's Secret e ficou famosa por sua sensualidade, escreveu sobre a pressão que padrões de beleza causam nas mulheres.

 

"Algo mudou em mim quando uma amiga veio me contar o quão triste estava com o seu corpo", escreveu Adriana na legenda da foto. "Isso me fez pensar que todo dia da minha vida eu acordo e penso: 'Como eu estou? Vou ser aceita no trabalho?'. Nesse momento eu percebi que a maior parte das mulheres provavelmente acorda todas as manhãs e tenta se manter em um estereótipo que a sociedade/mídias sociais/moda impuseram…".

 

"Isso não é fisicamente ou mentalmente saudável, então eu decidi que vou fazer uma mudança. Não vou mais tirar minhas roupas por uma causa vazia", escreveu Adriana Lima. Alguns fãs se perguntarem se ela continuaria desfilando para a Victorias Secret. Após a publicação, internautas repararam que a modelo deixou de seguir algumas Angels na rede social e também Ed Razek, diretor criativo do desfile, além do próprio perfil da marca.

 

No Brasil pelo menos 72% das crianças de 10 a 12 anos têm celular próprio
Foto: Pixabay

Nas famílias brasileiras em que os pais têm smartphone, 72% das crianças entre 10 e 12 anos também possuem um aparelho próprio. Esta é a faixa etária em que a maioria dos meninos e meninas passa a ser dona de um smartphone. Outros 28% não têm, mas usam o dos pais.  Uma pesquisa inédita realizada pelo Panorama Mobile Time/Opinon Box, revela os hábitos dos pais brasileiros em relação ao acesso dos filhos a smartphones. 


Foram entrevistados 545 adultos brasileiros que possuem smartphone e têm filhos de 0 a 12 anos de idade. As entrevistas foram realizadas online ao longo do mês de outubro. A margem de erro é de 4 pontos percentuais. "Isso significa uma grande responsabilidade, tanto para as crianças quanto para os pais, que concedem tal liberdade, mas precisam controlá-la de perto", comenta Fernando Paiva, editor do Mobile Time.
O estudo aponta que desde cedo as crianças brasileiras estão tendo acesso a smartphones, seja por meio dos aparelhos dos pais ou com os seus próprios. Na média, 33% das crianças de 0 a 12 anos têm smartphone; 39% não têm, mas usam o dos pais; e 28% não têm e nem usam o dos pais. Apenas uma minoria de 7% continua sem acesso, pelo menos no âmbito familiar.


"Quando analisado por faixa etária da criança, nota-se um gradual crescimento da proporção que tem smartphone próprio e diminuição daquela que não tem. Na faixa de 0 a 3 anos, metade das crianças não têm qualquer acesso a smartphones, enquanto a outra metade tem, sendo 41% através do aparelho dos pais e 9% já com o seu próprio, por incrível que pareça", aponta Paiva.

 

No grupo de 4 a 6 anos, há uma virada drástica: uma minoria de 18% segue sem qualquer acesso, enquanto mais da metade (60%) acessa através do smartphone dos pais e outros 22% já têm o seu aparelho. No grupo de 7 a 9 anos pela primeira vez há mais crianças com smartphone próprio (46%) do que acessando o dos pais (34%), enquanto 20% não usam smartphones.

 

Por sua vez, na faixa entre 10 a 12 anos quase três quartos das crianças já têm o seu smartphone próprio, ou 72%, para ser exato. Outros 21% acessam somente pelo aparelho dos pais e uma minoria de 7% continuam sem acesso, pelo menos no âmbito familiar.

 

As novas bicicletas

Se antigamente as crianças pediam bicicletas de presente, agora elas querem smartphones. O aparelho toma o lugar dos brinquedos entre os itens mais desejados pela garotada, mesmo entre aqueles que mal aprenderam a falar. Na média, 52% das crianças de 0 a 12 anos já pediram um smartphone de presente para os seus pais. O desejo cresce conforme a idade. Entre aquelas de até 3 anos, 28% já fizeram esse pedido. Na faixa
de 10 a 12 anos, 92% . Os amigos dos filhos são os culpados. Na opinião dos pais, são eles quem mais influenciam seus filhos a quererem um celular. A TV aparece em segundo lugar, apontada por 22% dos entrevistados.


Quando questionados se verificam com quem seu filho(a) conversa pelo celular e conteúdo das conversas, 87% dos 180 pais cujos filhos de 0 a 12 anos têm smartphone próprio. Quanto ao controle de conteúdo acessado pelas crianças, de cento e oitenta pais cujos filhos de 0 a 12 anos têm smartphone próprios 81% deles afirmou que não possuem esse controle e apenas 12% afirmou que sim.


Quando os pais foram perguntados se eles acham que o smartphone, nos dias atuais, ajuda ou atrapalha na criação dos filhos, 52% respondeu que o aparelho ajuda mais do que. Os demais afirmaram o contrário. Nesta questão foram ouvidos 545 pais que têm smartphone e possuem filhos de 0 a 12 anos.

Marca de Rihanna incentiva fã que diz que tem lábios muito grandes a usar batom vermelho

Desde que Rihanna lançou a Fenty Beauty, a sua marca de maquiagem, a cantora defende o posicionamento da beleza inclusiva. A quantidade de tons de base, que abrangem os mais variados tipos de pele, foi a primeira delcaração bem estabelecida da marca sobre diversidade. Como não poderia ser diferente, o lançamento do batom vermelho Stunna também teve uma campanha promovendo o tema, prometendo uma cor que combina com todas as mulheres. 

 

Na sessão de comentários na divulgação do batom, a menina Grace Naa Atswei Boye escreveu que acreditava ter uma boca muito grande para usar o batom. "Eu quero experimentar tanto. Mas já me falaram que vermelho não combina comigo, meus lábios são muito grandes", disse ela em um comentário. 

 

De acordo com o site do jornal Estadão, outros usuários começaram a respondê-la com palavras de incentivo para ela usar a cor que preferir. "Sua boca é perfeira, quem te disse isso estava muito enganado! Você deveria experimentar!", disse uma pessoa. A partir disso, a conta da marca de maquiagem também respondeu à garota: "Lábios vermelhos são para TODOS!". Em seu perfil oficial, a Fenty Beauty postou também um print da conversa entre as mulheres a partir da participação de Grace. "A irmandade da Fenty Beauty é real, amamos todas vocês!", escreveu a marca.

 

Em entrevista ao site Buzzfeed, Grace confessou que, na verdade ama batons de cores fortes. "Mas acabei desistindo de usá-los, porque me disseram muitas vezes que não ficavam bem em mim", explicou a garota. Ela também contou que a equipe da Fenty Beauty havia entrado em contato com ela para mandar um batom para ela. 

 

 

The #FENTYBEAUTY sisterhood is real!! We ?? ya’ll. (Comments on a recent #stunna post on @fentybeauty).

Uma publicação compartilhada por FENTY BEAUTY BY RIHANNA (@fentybeauty) em

Rastreamento do Câncer de Mama atende em 5 municípios da região de Serrinha
Foto: Divulgação

O programa Saúde sem Fronteiras Rastreamento do Câncer de Mama atende mais cinco municípios da região de Serrinha, com o objetivo de detectar precocemente casos da doença. Serão oferecidos exames de mamografia para mulheres com idade de 50 a 69 anos em Quijingue, Queimadas, Nordestina, Araci e Monte Santo. Segundo a Secretaria da Saúde da Bahia (Sesab), 7.332 mulheres estão aptas a participar da ação nestes municípios. Em Quijingue, a unidade móvel estará estacionada até 21 de dezembro, na Avenida São João, na Secretaria Municipal de Saúde. Em Queimadas, os exames acontecem na Praça da Bandeira, em frente à Câmara de Vereadores, no período de 11 a 22 de dezembro. Já em Nordestina, o atendimento será de 11 a 18 de dezembro, na Academia de Saúde, na Praça Custódia Amambahy. Em Araci, a unidade móvel estaciona na Praça Nossa Senhora da Conceição, em frente à Prefeitura Municipal, no período de 13 a 30 de dezembro. Finalmente, no período de 14 a 30 de dezembro, em Monte Santo, a unidade móvel ficará estacionada na Praça Monsenhor Berenguer, ao lado da Igreja Matriz. Para as mulheres com diagnóstico positivo, o tratamento cirúrgico, quimioterápico ou radioterápico será realizado em unidades de alta complexidade em oncologia. 

Histórico de Conteúdo