Sexta, 13 de Setembro de 2019 - 12:30

Viana quer afastamento de desembargadores do TRT-BA se houver indícios de corrupção 

por Claudia Cardozo / Rodrigo Daniel Silva

Viana quer afastamento de desembargadores do TRT-BA se houver indícios de corrupção 
Foto: Angelino de Jesus/OAB-BA

O vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Luiz Viana Queiroz, defendeu nesta sexta-feira (13) o afastamento dos desembargadores do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT-5ª), que fica na Bahia, se houver "indícios fortes de corrupção".

Para Luiz Viana, o caso "merece tratamento duro". "A gente não pode aceitar havendo indícios fortes de corrupção que continue no exercício da Magistratura", frisou, durante sessão na seccional baiana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA).

Presidente da OAB-BA, Fabrício Castro afirmou que o Conselho de Ética vai analisar a situação dos advogados que estão supostamente envolvidos no caso. "A gente acredita na presunção de inocência, no devido processo legal, mas temos que separar as coisas", declarou.

Segundo a Polícia Federal e o Ministério Público Federal, o esquema criminoso na Corte trabalhista é voltado à venda de decisões judiciais e tráfico de influência. São investigados os desembargadores Norberto Frerichs, Washington Gutemberg Pires Ribeiro, Esequias Pereira de Oliveira e Maria Adna Aguiar do Nascimento. Além deles, o juiz Thiago Barbosa de Andrade e os advogados Henrique Aguiar e João Gonçalves Franco Filho são investigados (saiba mais aqui). 

Histórico de Conteúdo