MPT-BA abre inquérito para apurar morte de engenheiro em aeroporto de Salvador
Foto: Divulgação

O Ministério Público do Trabalho da Bahia (MPT-BA) abriu um inquérito para apurar a morte do engenheiro eletricista Elison Santos Barbosa, de 35 anos, ocorrido na quinta-feira (20), no Aeroporto de Salvador. Segundo informações da auditoria fiscal do trabalho, o engenheiro sofreu uma forte descarga elétrica na pista principal do aeroporto. Ele foi socorrido pelas equipes de atendimento pré-hospitalar, foi conduzido ao Hospital Municipal de Salvador, onde foi constatada a sua morte.

 

O engenheiro tentava fazer a religação da sinalização luminosa da pista de pousos e decolagens, que foi desligada após uma obra realizada na madrugada daquela quinta-feira. Ao tentar fazer a religação, o engenheiro teria tocado um quadro elétrico que julgava estar desenergizado e levou o choque. Os auditores fiscais do trabalho estiveram no local nesta sexta-feira (21) para iniciar as investigações sobre as responsabilidades do acidente. Como não foi possível ouvir testemunhas e apurar todas as circunstâncias do fato, o auditor já marcou um retorno ao local na próxima semana, quando fará também as solicitações de documentos das empresas envolvidas.

 

Segundo familiares, Elison era funcionário de uma empresa terceirizada que prestava serviços no local, mas não souberam precisar o nome da empresa. O MPT reunirá informações sobre o caso e deverá convocar a empresa e a Infraero para prestar esclarecimentos. O objetivo do inquérito do MPT é apurar as responsabilidades para a ocorrência do acidente de trabalho e a ocorrência de eventuais descumprimentos de normas de saúde e segurança do trabalho.

Histórico de Conteúdo